Analise De Conteudo Matriz
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Analise De Conteudo Matriz

on

  • 2,429 views

 

Statistics

Views

Total Views
2,429
Views on SlideShare
2,383
Embed Views
46

Actions

Likes
2
Downloads
90
Comments
0

1 Embed 46

http://e-portefolio-mie.blogspot.com 46

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Analise De Conteudo Matriz Analise De Conteudo Matriz Document Transcript

    • METODOLOGIAS DE INVESTIGAÇÃO EM EDUCAÇÃO Mcem 2009/10 Análise de conteúdo - matriz Entrevistado: Professora de Educação Especial Local da entrevista/meio de entrevista: Setúbal Duração da entrevista: 15 minutos Tema Categorias Sub-categorias Indicadores/unidades Unidades de Contexto de registo Perfil Pessoal - Formação - Académica - Mestra “Mestra em Educação e Sociedade” e profissional - Profissional - Educação Especial “910- Educação Especial” do(a) entrevistado(a) - Pessoal - Auto-didacta “Auto-didacta.” - Inicial - Formação inicial “Na Formação inicial tive contacto com o projecto Minerva…” - Projecto Minerva - Percurso - Serviço Docente - Tempo de serviço “Entre 16 e 25 anos” Profissional - Cargos - Coordenação “Sim, Coordenadora do Serviço Especializado dos Apoios Educativos.” - Recursos TIC - Equipamento informático - Computadores “…na sala de educação especial temos quatro computadores, - Ligação Internet finalmente, com ligação à internet em rede…” - Rede - Utilização - Apoio “…apoio aos alunos… - Sala virtual “…um trabalho numa sala virtual, e tem uma plataforma Moodle e - Plataforma Moodle portanto eles fazem lá muito trabalho dessa natureza com o meu SANDRA SOUSA 1
    • METODOLOGIAS DE INVESTIGAÇÃO EM EDUCAÇÃO Mcem 2009/10 -aplicações informáticas apoio.” “…utilizo bastante, plataformas com aplicações de jogos educativos…” - Software “Também tenho softwares específicos para trabalhar a educação especial nomeadamente o mimocas, ou o mimocas para Língua Portuguesa e o mimocas p a matemática. É uma aplica…, um software de uma instituição de educação especial.” Nível de conhecimento e participação do(a) - Redes Sociais - Conhecimento - Twitter “Twitter, Facebook, hi5,o Messenger, o Msn, claro e o Icq…“ entrevistado(a) - Facebook em redes sociais - Msn - Hi5 - Primeiro contacto - Icq “… e o Icq, acho q já n existe mas hum… mas foi a minha 1ª “ - Registo - Facebook “No Facebook e o Twitter fiz o meu registo, sendo que o Twitter só - Twitter registei, não utilizo. Utilizo o Facebook..” - Preconceitos - Hi5 “O hi5 eu nunca utilizei [silêncio] porque tenho preconceito…” - Informação pessoal “…é um preconceito nada fundamentado porque nunca lá entrei, - Privacidade porque as pessoas que eu ouvia falar que tinham o hi5 colocavam lá uma série de informação muito pessoal, isso a mim… ah! e que SANDRA SOUSA 2
    • METODOLOGIAS DE INVESTIGAÇÃO EM EDUCAÇÃO Mcem 2009/10 estava disponibilizada para toda a gente e isso a mim coloca-me algumas reservas porque eu não me apetece ter a minha informação disponível para toda a gente.” - Nível etário “ É um preconceito que também se baseia não só em nível etário - Nível cultural mas também aaa em nível cultural…” - Utilização - Protocolo de iniciação “nunca li o protocolo de iniciação…” - Várias redes “…não me faz sentido trabalhar em duas redes em simultâneo…” - Aproximação “…, tem que ver com a aproximação, a pessoas que estão a uma distância de mim, distância geográfica, que não me permitiria contactar…” - Contacto imediato “…o contacto imediato com pessoas que estão à minha volta mas com as quais eu, pela vida profissional que tenho, pelo pouco tempo que tenho, não consigo ter…” - Encontrar pessoas “…que me permite encontrar pessoas que eu já não via há que tempos e que já fizeram parte da minha vida…” - Movimentos sociais e “…e simultaneamente há um aspecto no Facebook q a mim me de natureza politica agrada particularmente que é a adesão a algumas causas. E portanto eu consigo ter um contacto muito directo com alguns movimentos sociais e de natureza politica, que de outra forma eu teria de ir à procura da informação dispersa.” SANDRA SOUSA 3
    • METODOLOGIAS DE INVESTIGAÇÃO EM EDUCAÇÃO Mcem 2009/10 - Diário/ partilha “…é quase como um diário das minhas emoções… é um espaço onde eu posso lá colocar o que me vai na alma e o que me revolta de vez em quando [riso] ou então o q me faz sentir muito bem.“ “…e simultaneamente também consigo partilhar com os meus amigos coisas que para mim são importantes e que eu gosto, como músicas, livros…“ - Blogue “… o blogue deixei de o manter porque estas coisas são tão imediatas no Facebook…” - Frequência “…É muito variável… hum, é praticamente diária mas eventualmente há dias em que eu não vou lá, há dias que, se eu estiver a trabalhar em casa, estou permanentemente ligada.” - Via telemóvel “…o meu telefone tem outro recurso, que é poder utilizar o Facebook, … a ter acesso a acessar à minha página e simultaneamente também poder passar para lá os meus pensamentos.” Perspectiva - Perspectivas - Utilização - Afinidades “…Facebook é um espaço para mim de relação interpessoal, com crítica do(a) interpessoais as pessoas que, para mim, são importantes ou com quem eu entrevistado(a) sobre as redes tenho afinidades de natureza, como eu dizia à pedacinho, politica, sociais religiosa, cultural…” - Selecção de amigos “…Sou muito selectiva na autorização dada a convites para amigos e não aceito qualquer pessoa para fazer parte da minha SANDRA SOUSA 4
    • METODOLOGIAS DE INVESTIGAÇÃO EM EDUCAÇÃO Mcem 2009/10 lista… quero poder estar à vontade para escrever…” - Perspectivas - Utilização - Facebook “ Não, não tenho [silêncio] No Facebook eu não utilizo nessa Pedagógicas perspectiva…” - Colegas “… tenho alguns colegas q fazem parte dos meus amigos que estão… quem eu autorizei e confirmei serem meus amigos e são meus colegas de trabalho, mas nunca falamos de trabalho no Facebook…” - Politicas Educacionais “ … a menos que um dos meus pensamentos sejam à volta das politicas da educação…” - Perspectivas - Utilização - Aceitar como amigos “…Sou muito selectiva… quero poder estar à vontade para familiares escrever… mesmo em termos familiares não daria autorização a qualquer pessoa… nunca daria autorização à minha mãe.” Expectativas - Perspectivas - Utilização - Espaço de troca e “…poderia ter uma página do serviço especializado dos apoios do entrevistado(a) pedagógicas interacção educativos, e estar aberta a todos os meus colegas e, poder ter sobre a um espaço de troca e interacção do ponto de vista pedagógica e utilização das redes sociais irmos construindo documentos…” no ensino - Perspectiva “Nunca tinha pensado nisso, estou a pensar nisso alto agora que estamos a conversar…” - Gmail “…Que de alguma forma fazemos utilizando o Gmail, em que os documentos andam para cá e para lá.” SANDRA SOUSA 5
    • METODOLOGIAS DE INVESTIGAÇÃO EM EDUCAÇÃO Mcem 2009/10 - Necessidade “Portanto, se calhar foi por isso que nunca senti necessidade de [utilizar as redes sociais]…” - Possibilidade “…, mas é possível, claro.” - Novas Tecnologias - Domínio dos docentes “As novas tecnologias são ainda… não são comuns ou nem todos os docentes, pelo menos do meu grupo, estão no mesmo nível, apesar de tudo, todos os docentes do meu grupo, trabalham com correio electrónico com alguma facilidade e o mesmo já não acontece relativamente a uma plataforma de outra natureza…” - Formação dos “…portanto isso implicaria também fazer alguma formação com as Docentes pessoas …” - Interesse dos Docentes “…ou q elas tivessem alguma disponibilidade para.” SANDRA SOUSA 6