• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Projeto brincando com reciclados
 

Projeto brincando com reciclados

on

  • 19,696 views

 

Statistics

Views

Total Views
19,696
Views on SlideShare
19,647
Embed Views
49

Actions

Likes
2
Downloads
137
Comments
0

2 Embeds 49

http://artequeensina.blogspot.com 44
http://www.artequeensina.blogspot.com 5

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Projeto brincando com reciclados Projeto brincando com reciclados Document Transcript

    • CMEI COLEMAR NATAL E SILVAPROFESSORA: SANDRA APARECIDA DE MIRANDA NUNESTURMA: “B” I (AGRUPAMENTO DE 01 ANO A 01 ANO E 11 MESES) PROJETO: BRINCANDO COM RECICLADOS DEZEMBRO/2010
    • PROJETO: BRINCANDO COM RECICLADOS JUSTIFICATIVA: A idéia central do projeto “Brincando com reciclados” parte do pressuposto interessedas crianças, pois entendemos que a confecção dos brinquedos contribuirásignificativamente para a interatividade e sociabilidade do grupo, além da alegria queserá proporcionada às crianças de terem a possibilidade de brincar com brinquedosfeitos por eles. Constatamos também que o brinquedo é de fato um subsídio importantepara o desenvolvimento das aprendizagens e/ou psicomotor. Segundo as concepções de VYGOTSKY “A imaginação depende da experiência, dasnecessidades e dos interesses, assim como da capacidade combinatória e do exercíciocontido nessa atividade e não podemos reduzir a imaginação às necessidades esentimentos do homem”. Uma prática pedagógica adequada, tanto do educador doregular, como do educador dos apoios educativos passará não apenas por “deixar ascrianças brincar”, mas, sobretudo por “ajudar as crianças a brincar” e por “brincar comas crianças”, ou até mesmo por “ensinar as crianças a brincar” (1999, p.12). Acreditamos que o papel do professor é de fundamental importância no que se refereao despertar das crianças para as brincadeiras/brinquedo e mais, cabe ao educadororientar e dirigir as brincadeiras, e neste caso específico, ele deve ressaltar que taisbrinquedos podem ser construídos a partir de materiais reciclados e que já são materiaisconhecidos e apreciados nas brincadeiras do dia-a-dia das crianças. Posterior a esse momento de curiosidade, pensou – se então, na produção debrinquedos aproveitando materiais reciclados conforme citado, e estes materiais serãoutilizados na construção de brinquedos diversos em sala de aula com a participação dascrianças. Neste sentido concordamos com CARVALHO, quando ele afirma que: "Ao professorcabe organizar o brincar e, para isto, é necessário que ele conheça suas particularidades,seus elementos estruturais, as premissas necessárias para seu surgimento edesenvolvimento” (2000, p.48).
    • METODOLOGIAS: No primeiro momento faremos à exposição de materiais os quais já fazem parte doconvívio dos mesmos, observaremos às reações e motivações individuais, posterior aodiagnóstico, iniciaremos a confecção dos brinquedos. No segundo momento às crianças serão estimuladas a participar da confecção do dosbrinquedos. Durante a confecção do brinquedo/jogo, será observado a disposição e o gosto de cadaum. Logo após terem participado das etapas acima referidas, o brinquedo será dispostode forma acessível pra que todos possam brincar. Ressaltamos ainda, que na construçãode todos os brinquedos serão obedecidas às etapas mencionadas. SITUAÇÕES DE APRENDIZAGEM: Noções de trajetória, força, espaço geográfico, corpo humano, equilíbrio, esquema corporal, memória e noção de lateralidade, noções de números e cores. Trabalharemos tais noções a partir da confecção do jogo de boliche e brincadeira. As crianças participarão da confecção do jogo de forma visual e oral, onde serão reforçadas as noções de cores: vermelha e amarela e dos números. A professora organizará as garrafas lado a lado e dispostas de 01 a , às crianças recebem uma bola e de um determinado local tentam acertar e derrubar o maior número de garrafas. Noções de grandezas (grande/pequeno). A partir da construção de diversos objetos onde serão utilizados materiais reciclados: O professor confeccionará com latas, caixas e tampas: Carrinhos, bonecos que enriquecerão o jogo de faz de conta, reforçando assim, as noções de grande e pequeno, através de questionamentos e comparações. Noções de agrupamento/cores, socialização e alegria. Utilizando tampinhas de garrafa PET, será confeccionado o palhacinho, o professor orientará as crianças a organizarem as tampinhas em grupos da mesma cor, posterior a disposição de cores, o professor confeccionará o palhacinho, durante a construção ressaltar o papel do palhaço no que se refere à alegria, motivando as crianças a sorrirem e brincarem.
    • OBJETIVOS: Orientar às crianças nas brincadeiras de forma a adquirirem hábitos saudáveis de comportamento; Desenvolver a coordenação motora, coordenação viso-motor, percepção tátil, visual e auditiva. Estimular a atenção, concentração, persistência e paciência; Apresentar brinquedos e brincadeiras a partir de material reciclado; Adquirir noções de respeito no manuseio de brinquedos e outros objetos de uso; Exercitar motricidade e linguagem oral, espaço geográfico, corpo humano, equilíbrio, esquema corporal, memória e noção de lateralidade quesitos que serão trabalhados durante a execução do projeto; Promover a socialização e a alegria.RECURSOS: Garrafas PET, caixas, latas, tampas, bucha vegetal, lixa, plástico, tecidos, tinta guache, papéis, cola e EVA... TEMPO PREVISTO: Aproximadamente dois bimestres.
    • BIBLIOGRAFIA:ALVES, Fátima. Psicomotricidade: corpo, ação e emoção. Rio de Janeiro: Wak,2003.SANTOS, Santa Marli Pires (Org.). Brinquedoteca: o lúdico em diferentescontextos. Petrópolis, RJ: Vozes, 1997.VYGOTSKY, L. S. O jogo (1999).Internet – fonte: http://drang.com.br/blog/2009/09/hoje-tem-marmelada/Internet – fonte: http//www.artequeensina.blogspot.com
    • ANEXOS:ATIVIDADES:1 – BolicheAs criançs com a ajuda da professora fazem montes de latas, recebem uma bola e de umdeterminado local tentam acertar e derrubar a pilha de latas rolando a bola.2 – Estafetas de bastões e latasOs alunos em fila, o primeiro com dois bastões e uma lata, um em casa mão paraempurrar a lata que está no chão, devendo levá-los a um ponto predeterminado. Após terido e voltado, entrega ao segundo da fila, continuando o jogo até que todos tenhamparticipado, a coluna que terminar primeiro vence.3 – Estafetas de encher latasO professor previamente colocará em uma das extremidades do espaço uma lata vaziapara casa grupo de participantes. Todas as latas deverão ser idênticas. No meio doespaço, colocará um balde contendo água até sua metade (ou vários). Os participantesestarão divididos em grupos. Cada grupo formará uma coluna, correrá até o balde eencherá o sua lata pequena, correndo até a lata que está vazia, despejando a água semusar a outra mão (a que não segura o copo).feito isso, voltará para sua coluna. Ao passarpor seu colega, deverá tocá-lo e este partirá, repetindo as atitudes do anterior. Vencerá aequipe que terminar primeiro.4 – Lata BarulhentaA uma distancia de da linha de saída coloca-se três cadeiras, uma distante da outra.Ao sinal do professor, a primeira criança da fila sai chutando a lata com os pés, passa-apor trás da primeira cadeira, passa por baixo da segunda cadeira e dá uma volta naterceira cadeira, voltando pelo mesmo percurso até a linha de saída conduzindo a lata eentregando ao amigo da fila.5 - Pé de lataO professora fará dois furos no fundo de duas latas de tamanhos iguais e prenderá obarbante, de modo que dê altura aos braços da criança.O aluno terá que se equilibrar sobre as latas e cumprir um percurso.6 – Ache o parA) percepção tátil: o professor confeccionará pares de latas com diferentes texturas e damesma cor, os alunos deverão encontrar o par correto por meio do tátil.B) percepção auditiva: o professor confeccionará pares de latas com diferentes sons e da
    • mesma cor, os alunos deverão encontrar o par correto distinguindo o som.7 – A boneca de lataA)Primeiro dançar a música fazendo os movimentos pedidos.B)Incentivar as crianças a construírem sua própria boneca. (esquema: cabeça: lata demolho ou atum, corpo: lata de leite ou Nescau, pernas e braços barbante e lã para oscabelos)8 – PercursoAs crianças terão que andar por um percurso feito com a latas e ao comando daprofessora irão para frente, para trás, pulando, engatinhando, sem encostar nas latas.9 - Derruba latasSobre uma mesa estarão latas vazias de refrigerante formando uma pirâmide. Terá umalinha de arremesso a cerca de 1,5 metros de distância. Cada participante recebe trêsbolinhas, para fazer três tentativas. Será anotado o número de latas derrubadas em cadatentativa.10 - Acerte as tampinhas nas latas da mesma corArruma-se as latas no chão com pelo menos um palmo de distância entre elas. Faz-seuma linha de arremesso a cerca de 1,5 metros de distância. Cada participante terá váriastampinhas para fazer tentativas. Vence quem acertar mais tampinhas dentro das latas damesma cor das tampinhas.11 – AgrupamentoAs crianças terão que verificar quantos grupos de tampinhas da mesma cor que poderãoser agrupadas.12 – Pegar a bola.O aluno deverá pegar a bola com a lata, que o professor jogará sempre de maneiradiferente, ora de um lado, ora de outro, levando o aluno a ter movimentos diferentes.13 – Empilhar latasOs alunos deverão empilhar diferentes latas testando as diversas possibilidades.14 – Faz de contaO professor confeccionará com latas para os alunos:Mesa, cadeira, armário, sofá e carrinhos que enriquecerão o jogo de faz de conta.