Pericles

476 views

Published on

Published in: Entertainment & Humor
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
476
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Pericles

  1. 1.   HISTÓRIA DO AMIGO DA ONÇA
  2. 2. <ul><li>O famoso personagem foi criado pelo cartunista pernambucano Péricles de Andrade Maranhão, em 1943, e publicado de 23 de outubro de 1943 a 3 de fevereiro de 1962. </li></ul>  <ul><li>Os diretores da revista O Cruzeiro queriam criar um personagem fixo e já tinham até o nome, adaptado de uma famosa anedota... </li></ul><ul><li>Segue a anedota... </li></ul>
  3. 3. <ul><li>Dois caçadores conversam em seu acampamento: </li></ul><ul><li>- O que você faria se estivesse agora na selva e uma onça aparecesse na sua frente? </li></ul><ul><li>- Ora, dava um tiro nela. </li></ul><ul><li>- Mas, e se você não tivesse nenhuma arma de fogo? </li></ul>  - Bom, então eu a matava com meu facão. - E se você estivesse sem o facão? - Apanhava um pedaço de pau. - E se não tivesse nenhum pedaço de pau? - Subiria na árvore mais próxima! <ul><li>E se não tivesse nenhuma árvore? </li></ul><ul><li>Sairia correndo. </li></ul><ul><li>E se você estivesse paralisado pelo medo? </li></ul><ul><li>Então, o outro, já irritado, retruca: </li></ul><ul><li>Mas, afinal, você é meu amigo ou amigo da onça? </li></ul>
  4. 4.   23.11.1946
  5. 5.   06.06.1959
  6. 6.   29.08.1959
  7. 7.   12.09.1959
  8. 8.   19.09.1959
  9. 9.   26.09.1959
  10. 10.   03.10.1959
  11. 11.   10.10.1959
  12. 12.   24.10.1959
  13. 13.   31.10.1959
  14. 14.   16.01.1960
  15. 15.   26.03.1960
  16. 16.   02.04.1960
  17. 17.   09.04.1960
  18. 18.   07.05.1960
  19. 19.   30.07.1960
  20. 20.   24.09.1960
  21. 21.   15.10.1960
  22. 22.   Década de 50
  23. 23.   Década de 50
  24. 24.   Década de 50
  25. 25. <ul><li>Péricles morreu de forma trágica. </li></ul><ul><li>Na noite de 31 de dezembro de 1961, ele escreveu 2 bilhetes reclamando da solidão, fechou todas as portas do seu apartamento e ligou o gás. </li></ul><ul><li>Antes, o último gesto do criador do Amigo da Onça foi colocar um aviso na porta, escrito à mão: </li></ul><ul><li>“ Não risquem fósforos”. </li></ul> 

×