Your SlideShare is downloading. ×
  • Like

Loading…

Flash Player 9 (or above) is needed to view presentations.
We have detected that you do not have it on your computer. To install it, go here.

×

Now you can save presentations on your phone or tablet

Available for both IPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

PEIC Outubro / 2010

  • 258 views
Published

Matéria sobre a pesquisa divulgada pela Fecomércio e CNC sobre o endividamento e a inadimplência das famílias palmenses.

Matéria sobre a pesquisa divulgada pela Fecomércio e CNC sobre o endividamento e a inadimplência das famílias palmenses.

Published in Business
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
258
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
0
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. 57% das famílias palmenses estão endividadas Por Valéria Campelo (Assessoria de Comunicação / Fecomércio-TO) Dados da Fecomércio Tocantins revelam que 57% das famílias palmenses estão endividadas em outubro. O índice foi constatado através da Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (PEIC) realizada este mês. Ao todo, 38.203 famílias da Capital possuem algum tipo de dívida. Um crescimento de três pontos percentuais em relação ao mês anterior. O índice de famílias com contas em atraso também aumentou, subiu um ponto percentual, alcançando 24% das famílias entrevistadas. As que ganham menos de 10 salários mínimos (SM) são as que mantêm mais compromissos em atraso, 26% delas. Enquanto as que têm renda acima dessa média e estão com débitos pendentes chega a 10%. A inadimplência alcançou 6% no total. O cartão de crédito lidera o ranking de dívidas. Chegou a comprometer 54,1% das famílias entrevistadas em outubro. O segundo lugar ficou para os carnês com 32,9%, em seguida o financiamento de carro com 19,8% e o crédito pessoal com 12,4%. Quando questionadas sobre a condição de pagamento dessas dívidas atrasadas até o próximo mês, 33,9% disseram que poderão pagar totalmente. 41,3% pagarão parcialmente as contas, 24% não terão condições de pagar e 0,8% não souberam responder.
  • 2. Dentre os endividados, 34,6% falaram que o comprometimento com as dívidas pode ir até mais de um ano. 21,9% irão pagar até três meses, 23% de três a seis meses, 19,1% entre seis meses e um ano e 1,4% não souberam responder. Considerando o total da renda mensal familiar, ao serem questionadas sobre a parcela comprometida com dívidas mensais, como cheque pré- datado, cartões de crédito, fiados, carnês de lojas, empréstimos pessoal, compra de imóveis e prestação de carro e seguro, 51,2% das famílias disseram ter de 11 a 50% da renda comprometida em dívidas, como mostra o quadro abaixo. A PEIC é um indicativo mensal que a Fecomércio Tocantins, em parceria com a CNC disponibiliza no Estado, por enquanto as pesquisas abrangem somente a Capital, como nos demais estados brasileiros, mas pode futuramente se expandir. A precisão da amostra admite veracidade de 95% para uma população constituída de famílias em potencial, com margem de erro de 0,035 sob o nível de confiança.