• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Microcontroladores - A  revolução do Arduino
 

Microcontroladores - A revolução do Arduino

on

  • 3,712 views

Mini-Palestra que dei sobre Arduino no Arduino Hack Day :

Mini-Palestra que dei sobre Arduino no Arduino Hack Day :

http://blog.arduinrio.cc/2010/09/12/ii-arduino-hack-day-escola-tecnica-estadual-ferreira-viana/

Statistics

Views

Total Views
3,712
Views on SlideShare
3,517
Embed Views
195

Actions

Likes
0
Downloads
53
Comments
0

3 Embeds 195

http://www.arduinrio.cc 79
http://blog.arduinrio.cc 71
http://www.arduinrio.com 45

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Microcontroladores - A  revolução do Arduino Microcontroladores - A revolução do Arduino Presentation Transcript

    • Microcontroladores : A Revolução do Arduino
    • O que é um Microcontrolador?
      • Computador ?
      • CI ?
        • Computador num CI!
      • Computador
        • Entradas => INTELIGÊNCIA => Saidas
      • Microcontrolador
        • Entradas => INTELIGÊNCIA => Saidas
        • Sensores => INTELIGÊNCIA => Atuadores
          • No caso da robótica
    • Entradas e Saidas do Arduino Duemilanove
      • Isto geralmente não muda muito para um conjunto de microcontroladores de mesmo porte :
    • PWM (Modulação por Largura de Pulso)
    • Conversor Analógico<->Digital (ADC)
    • Hardware - status - 2004
      • Referência – PIC – Microchip
        • R$ 32,00 o microcontrolador
        • R$ 300,00 o ambiente de desenvolvimento
      • Melhores estágios – R$ 300,00 por mes
        • Possível?
          • Não para todos
    • Software – status - 2004
      • Catequese para se programar em assembly
        • Conhecida como a linguagem mais baixo-nível que humanos conseguem ler.
        • Menos papo e mais código, como se faz um LED piscar :
    • list p=16F630 ; list directive to define processor #include <p16F630.inc> ; processor specific variable definitions __CONFIG _CP_OFF & _CPD_OFF & _BODEN_OFF & _MCLRE_OFF & _WDT_OF F & _PWRTE_ON & _INTRC_OSC_NOCLKOUT VARIABLES UDATA_SHR delayA RES 1 delayB RES 1 ;********************************************************************** RESET_VECTOR CODE 0x000 ; processor reset vector goto main ; go to beginning of program PROGRAM CODE main call 0x3FF ; retrieve factory calibration value bsf STATUS,RP0 ; set file register bank to 1 movwf OSCCAL ; update register with factory cal value movlw 0x00 movwf TRISC bcf STATUS,RP0 ; set file register bank to 0 loop clrf PORTC call delay movlw 0xFF movwf PORTC call delay goto loop ;------------------------------------------------------------------- ;Delay Routine delay movlw 0xFF movwf delayA loopA movlw 0xFF movwf delayB loopB decfsz delayB, f goto loopB decfsz delayA, f goto loopA return ;------------------------------------------------------------------- END ; directive 'end of program'
    • A possibilidade da linguagem C
      • Era possível programar em C
        • Mas pra que? C é muito facil! É pros fracos!
        • Aliás, C gasta tanta memória que é melhor fazer em assembly
        • (vai debugar agora em assembly!)
    • Arduino – a quebra de paradigmas
      • Software Livre – Faça e extenda (em casa)
      • Hardware Livre – Faça e extenda (em casa!)
        • Cultura de simplificação
        • Linguagem Wiring – o “C simplificado”
        • Você também pode programar o Arduino em C puro.
        • Piscando um LED no Arduino :
    • int ledPin = 13; // LED connected to digital pin 13 void setup() { pinMode(ledPin, OUTPUT); // sets the digital pin as output } void loop() { digitalWrite(ledPin, HIGH); // sets the LED on delay(1000); // waits for a second digitalWrite(ledPin, LOW); // sets the LED off delay(1000); // waits for a second }
    • Shields – Bibliotecas de Hardware
      • Com apenas encaixando a placa de expansão e carregando a biblioteca, você já tem a funcionalidade pronta
      • No PIC você faria o interfaceamento e teria que programar a interface via software
      • Shields muito legais existentes :
        • Ethernet (rede cabo azul)
        • Wi-Fi
        • Controladora de diversos motores
        • Sensores diversos
        • Bluetooth
        • Muito mais!
    • Conclusão
      • Facilidade
        • Até artistas programam hoje
        • Estudantes de escolas técnicas não tem mais porque não estudar este assunto
          • Um Arduino custa R$ 40,00 vindo da china
          • Por volta de R$ 85,00 no Brasil.
      • Criatividade
        • A facilidade te abstrai os problemas menores para que você se preocupe com o seu real problema
      • Comunidade
        • Como nós aqui hoje, muitos se ajudam para um aprendizado coletivo, com isto todos só tem a ganhar.