Aprendendo a Sobreviver e a Evoluir no Século XXI

462
-1

Published on

Módulo: EThICS 903.007.03_Aprend Sobr Evol Séc XXI
Tópico: ESTRATÉGIA ORGANIZACIONAL
Assunto: Aprendendo a Sobreviver e a Evoluir no Século XXI
Escopo:

QUAL É O PROBLEMA?
Algumas Empresas Longevas
Princípios Comuns às Empresas Longevas
Organização Como Ser Vivo
Organizações que Aprendem
As 5 Disciplinas das Organizações que Aprendem
PENSAMENTO ESTRATÉGICO
Planejamento Estratégico: O Que Não É e O Que É
Planejamento Estratégico: Para Quê ?
Hierarquia de Planejamento
Ciclo Integrado de Planejamento, Ação e Revisão
Etapas e Elementos do Planejamento Estratégico
Segmentação Ambiental das Organizações
Cenário Ambiental da Empresa
Públicos Relevantes da Organização
Análise SWOT
Megatendências (algumas...)
E Daí?

Published in: Business
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
462
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Aprendendo a Sobreviver e a Evoluir no Século XXI

  1. 1. ENGENHARIA, EThICS TECNOLOGIA, INTELIGÊNCIA, ENGINEERING CONSULTORIA & SISTEMAS Ref EThICS 903.007.03 ESTRATÉGIA ORGANIZACIONAL - Aprendendo a Sobreviver e a Evoluir no Século XXI - Antonio Sallum Librelato a.sallum@uol.com.br - (12) 3941 8277 Setembro/200315/11/2008 Propriedade Intelectual de EThICS Engineering 1
  2. 2. EThICS ESTRATÉGIA ORGANIZACIONAL ENGINEERING - Aprendendo a Conviver! e a Evoluir no Século XXI - Ref EThICS 903.007.03 QUAL É O PROBLEMA? O que fazer para que a Organização Sobreviva, Conviva e Evolua Num ambiente em que Há muita incerteza e Há muito risco15/11/2008 Propriedade Intelectual de EThICS Engineering 2
  3. 3. EThICS ESTRATÉGIA ORGANIZACIONAL ENGINEERING - Aprendendo a Conviver! e a Evoluir no Século XXI - Ref EThICS 903.007.03 Adaptado de: Geus, Arie de: “A Empresa Viva” Algumas Empresas Longevas Stora: Suécia, século XIV, sempre de capital aberto Grupo Sumitomo: Japão, século XVI Mitsui, Daimaru: Japão, séculos XVII e XVIII Mitsubichi, Susuki: Japão, século XIX DuPont, Hudson Bay Company, W. R. Grace, Kodak: EUA, século XIX Grupo Shell: Inglaterra, década de 189015/11/2008 Propriedade Intelectual de EThICS Engineering 3
  4. 4. EThICS ESTRATÉGIA ORGANIZACIONAL ENGINEERING - Aprendendo a Conviver! e a Evoluir no Século XXI - Ref EThICS 903.007.03 Adaptado de: Geus, Arie de: “A Empresa Viva” Princípios Comuns às Empresas Longevas Sensibilidade ao meio ambiente: representa a capacidade da empresa de aprender e se adaptar. Coesão e identidade: trata-se da capacidade inata da empresa de construir uma comunidade e uma persona para si mesma. Tolerância e seu corolário, a descentralização: são os sintomas da consciência ecológica da empresa, sua capacidade de formar relacionamentos construtivos com outras entidades, dentro e fora de si mesma. Conservadorismo financeiro: sua capacidade de efetivamente governar seu próprio crescimento e evolução.15/11/2008 Propriedade Intelectual de EThICS Engineering 4
  5. 5. EThICS ESTRATÉGIA ORGANIZACIONAL ENGINEERING - Aprendendo a Conviver! e a Evoluir no Século XXI - Ref EThICS 903.007.03 Adaptado de: Geus, Arie de: “A Empresa Viva” Organização Como Ser Vivo Cria seus próprios processos. Evolui naturalmente. Tem um senso de identidade próprio, sua própria pessoa. Tem seus próprios objetivos e sua própria capacidade de ação autônoma. É capaz de reconstruir a si mesma, de ter continuidade como uma entidade identificável que vai além de seus membros atuais. Leva a ver seus membros como comunidades humanas de trabalho. Pode aprender como uma entidade.15/11/2008 Propriedade Intelectual de EThICS Engineering 5
  6. 6. EThICS ESTRATÉGIA ORGANIZACIONAL ENGINEERING - Aprendendo a Conviver! e a Evoluir no Século XXI - Ref EThICS 903.007.03 Adaptado de: Senge, Peter: “A Quinta Disciplina” Organizações que Aprendem “Organização que aprende”: É aquela que está continuamente expandindo sua capacidade de criar seu futuro. Não basta apenas aprender para sobreviver: aprendizagem adaptativa = aquela que visa a sobrevivência; aprendizagem generativa = aquela que amplia a capacidade de criar. “A empresa é o locus da inovação em uma sociedade aberta.”15/11/2008 Propriedade Intelectual de EThICS Engineering 6
  7. 7. EThICS ESTRATÉGIA ORGANIZACIONAL ENGINEERING - Aprendendo a Conviver! e a Evoluir no Século XXI - Ref EThICS 903.007.03 Adaptado de: Senge, Peter: “A Quinta Disciplina” As 5 Disciplinas das Organizações que Aprendem São cinco as “tecnologias componentes” que inovam as organizações que aprendem. Cada uma proporciona uma dimensão vital na construção de organizações realmente capazes de “aprender”, de ampliar continuamente sua capacidade de realizar suas mais altas aspirações: 1. Pensamento sistêmico 2. Domínio pessoal 3. Modelos mentais 4. A construção de uma visão compartilhada 5. Aprendizagem em equipe15/11/2008 Propriedade Intelectual de EThICS Engineering 7
  8. 8. EThICS ESTRATÉGIA ORGANIZACIONAL ENGINEERING - Aprendendo a Conviver! e a Evoluir no Século XXI - Ref EThICS 903.007.03 Adaptado de: Senge, Peter: “A Quinta Disciplina” As 5 Disciplinas das Organizações que Aprendem 1. Pensamento sistêmico: • É um quadro de referência conceitual, um conjunto de conhecimentos e ferramentas úteis para esclarecer os padrões como um todo e a ver como modificá-los efetivamente. • É a disciplina que integra as outras quatro num corpo coerente de teoria e prática. 2. Domínio pessoal: • É a disciplina de continuamente esclarecer e aprofundar nossa visão pessoal, de concentrar nossas energias, de desenvolver paciência e de ver a realidade objetivamente.15/11/2008 Propriedade Intelectual de EThICS Engineering 8
  9. 9. EThICS ESTRATÉGIA ORGANIZACIONAL ENGINEERING - Aprendendo a Conviver! e a Evoluir no Século XXI - Ref EThICS 903.007.03 Adaptado de: Senge, Peter: “A Quinta Disciplina” As 5 Disciplinas das Organizações que Aprendem 3. Modelos mentais: • São pressupostos profundamente arraigados, generalizações ou mesmo imagens que influenciam nossa forma de ver o mundo e de agir. • É a disciplina em que se aprende a desenterrar nossas imagens internas do mundo, a levá-las para a superfície e mantê-las sob rigorosa análise. • É a capacidade de manter conversas ricas em aprendizados, que equilibrem indagação e argumentação, em que as pessoas exponham de forma eficaz seus próprios pensamentos e estejam abertas à influência dos outros.15/11/2008 Propriedade Intelectual de EThICS Engineering 9
  10. 10. EThICS ESTRATÉGIA ORGANIZACIONAL ENGINEERING - Aprendendo a Conviver! e a Evoluir no Século XXI - Ref EThICS 903.007.03 Adaptado de: Senge, Peter: “A Quinta Disciplina” As 5 Disciplinas das Organizações que Aprendem 4. A construção de uma visão compartilhada: • É a disciplina capaz de traduzir a visão individual em uma visão compartilhada do futuro que buscamos criar, em um conjunto de princípios e prática orientadoras. 5. Aprendizagem em equipe: • É a disciplina em que os membros da equipe, através do “diálogo”, criam a capacidade de deixarem de lado as idéias preconcebidas e participarem de um verdadeiro “pensar em conjunto”. dia-logos = livre fluxo de significado em um grupo15/11/2008 Propriedade Intelectual de EThICS Engineering 10
  11. 11. EThICS ESTRATÉGIA ORGANIZACIONAL ENGINEERING - Aprendendo a Conviver! e a Evoluir no Século XXI - Ref EThICS 903.007.03 PENSAMENTO ESTRATÉGICO PRINCÍPIOS CONCEITOS E DISCIPLINAS SENSIBILIDADE AO MÉTODOS PENSAMENTO MEIO AMBIENTE SISTÊMICO COESÃO E DOMÍNIO IDENTIDADE PLANEJAMENTO PESSOAL TOLERÂNCIA E ESTRATÉGICO MODELOS DESCENTRALIZAÇÃO MENTAIS CONSERVADORISMO CONSTRUÇÃO DE FINANCEIRO PLANO VISÃO ESTRATÉGICO COMPARTILHADA APRENDIZAGEM EM EQUIPE AÇÃO ESTRATÉGICA15/11/2008 Propriedade Intelectual de EThICS Engineering 11
  12. 12. EThICS ESTRATÉGIA ORGANIZACIONAL ENGINEERING - Aprendendo a Conviver! e a Evoluir no Século XXI - Ref EThICS 903.007.03 Adaptado de: Drucker, Peter F.: “Tecnologia, Gerência e Sociedade” Planejamento Estratégico: O Que Não É e O Que É Não é “previsão”. É um processo sistemático e contínuo de tomar decisões empreendedoras (que compreendem riscos), com o melhor conhecimento possível de seu futuro, organizando os esforços necessários para a execução dessas decisões e medindo os resultados dessas decisões contra as expectativas, por meio de feedback sistemático e organizado. Não diz respeito às futuras decisões. Diz respeito ao caráter futuro das decisões do presente. Não é uma tentativa de eliminar ou minimizar o risco. É um processo decisório que implica risco.15/11/2008 Propriedade Intelectual de EThICS Engineering 12
  13. 13. EThICS ESTRATÉGIA ORGANIZACIONAL ENGINEERING - Aprendendo a Conviver! e a Evoluir no Século XXI - Ref EThICS 903.007.03 Adaptado de: Drucker, Peter F.: “Tecnologia, Gerência e Sociedade” Planejamento Estratégico: Para Quê ? É necessário justamente porque não podemos predizer nem controlar o futuro. A questão não é o que vai acontecer no futuro, mas que evento futuro devemos considerar em nossos planos e realizações presentes, que prazos temos que considerar, e como os fazemos convergir para uma decisão simultânea no presente. É necessário porque podemos decidir apenas no presente. Serve para estabelecermos o que devemos fazer hoje para estarmos preparados para um amanhã incerto. O resultado de um planejamento estratégico bem sucedido deve ser a capacidade de assumir um risco maior.15/11/2008 Propriedade Intelectual de EThICS Engineering 13
  14. 14. EThICS ESTRATÉGIA ORGANIZACIONAL ENGINEERING - Aprendendo a Conviver! e a Evoluir no Século XXI - Ref EThICS 903.007.03 Adaptado de: Oliveira, Djalma de P. R.: “Planejamento Estratégico” Hierarquia de Planejamento •Decisões estratégicas. •Planejamento estratégico: processo administrativo que proporciona sustentação metodológica para se estabelecer a melhor direção a ser seguida pela organização, NÍVEL visando ao otimizado grau de interação com o ambiente e atuando de forma inovadora e diferenciada. ESTRATÉGICO •Decisões táticas. •Planejamento tático: processo que tem como principal NÍVEL TÁTICO finalidade a utilização eficiente dos recursos disponíveis para a consecução de objetivos previamente fixados, segundo estratégias e políticas definidas pelo plano estratégico. •Decisões operacionais. •Planejamento operacional: processo que leva à formalização, principalmente através de documentos NÍVEL OPERACIONAL escritos, das metodologias de desenvolvimento e implantação estabelecidas.15/11/2008 Propriedade Intelectual de EThICS Engineering 14
  15. 15. EThICS ESTRATÉGIA ORGANIZACIONAL ENGINEERING - Aprendendo a Conviver! e a Evoluir no Século XXI - Ref EThICS 903.007.03 Ciclo Integrado de Planejamento, Ação e Revisão Meio Ambiente Interno Meio Ambiente Externo INTELIGÊNCIA COMPETITIVA, GESTÃO DA INFORMAÇÃO & GESTÃO DO CONHECIMENTO Dados e Tendências Novos Percepções e Cenários Conhecimentos RACIOCÍNIO PLANEJAMENTO PLANEJAMENTO PLANEJAMENTO AÇÕES ESTRATÉGICO ESTRATÉGICO TÁTICO OPERACIONAL OPERACIONAIS Perfil Plano Plano Plano Operacional Resultados Estratégico Estratégico Tático Resultados Esperados Obtidos AVALIAÇÕES E REALIMENTAÇÕES15/11/2008 Propriedade Intelectual de EThICS Engineering 15
  16. 16. EThICS ESTRATÉGIA ORGANIZACIONAL ENGINEERING - Aprendendo a Conviver! e a Evoluir no Século XXI - Ref EThICS 903.007.03 Etapas e Elementos do Planejamento Estratégico PRINCÍPIOS DE CONCEITOS E DISCIPLINAS DE LONGEVIDADE MÉTODOS DE PE APRENDIZADO Perfil RACIOCÍNIO ESTRATÉGICO Estratégico FORÇA MOTRIZ ANÁLISE DO AMBIENTE NEGÓCIO METAS Plano MISSÃO Estratégico OBJETIVOS PRINCÍPIOS ESTRATÉGIAS COMPETITIVAS AÇÃO ESTRATÉGICA VISÃO15/11/200 DURADOUROS MUTÁVEIS8 Propriedade Intelectual de EThICS Engineering 16
  17. 17. EThICS ESTRATÉGIA ORGANIZACIONAL ENGINEERING - Aprendendo a Conviver! e a Evoluir no Século XXI - Ref EThICS 903.007.03 Segmentação Ambiental das Organizações Meio Ambiente Externo Ambiente Indireto (conceitual) Ambiente Direto (operacional) Ambiente Interno (organizacional) Unidades Outras Locais Unidades15/11/2008 Propriedade Intelectual de EThICS Engineering 17
  18. 18. EThICS ESTRATÉGIA ORGANIZACIONAL ENGINEERING - Aprendendo a Conviver! e a Evoluir no Século XXI - Ref EThICS 903.007.03 Adaptado de: Albrecht, Karl: “Radar Corporativo” Cenário Ambiental da Empresa Geofísico Cliente/ Consumidor Jurídico Competitivo EMPRESA Político Econômico Social Tecnológico15/11/2008 Propriedade Intelectual de EThICS Engineering 18
  19. 19. EThICS ESTRATÉGIA ORGANIZACIONAL ENGINEERING - Aprendendo a Conviver! e a Evoluir no Século XXI - Ref EThICS 903.007.03 Públicos Relevantes da Organização Clientes Concorrentes Distribuidores Acionistas Mídia Governo EMPRESA Comunidade Equipe Parceiros Fornecedores Sindicatos Outros15/11/2008 Propriedade Intelectual de EThICS Engineering 19
  20. 20. EThICS ESTRATÉGIA ORGANIZACIONAL ENGINEERING - Aprendendo a Conviver! e a Evoluir no Século XXI - Ref EThICS 903.007.03 Análise SWOT Estabelecer a relação entre Pontos Fortes, Pontos Fracos, Oportunidades e Ameaças para dirigir as ações estratégicas. INTERNOS ANÁLISE SWOT Pontos Fortes Pontos Fracos (Strengths) (Weakenesses) (S-O) Capitalizar (W-O) M elhorar Meio Ambiente Como os pontos fortes Como as fraquezas podem Meio Ambiente Externo Oportunidades podem ser usados para ser sobrepujadas para Interno (Opportunities) trazer vantagem no trazer vantagem no EXTERNOS desenvolvimento de desenvolvimento de oportunidades? oportunidades? (S-T) M onitorar (W-T) Eliminar Como os pontos fortes Como as fraquezas podem Ameaças podem ser usados para ser sobrepujadas para (Threats) reagir contra as ameaças à reagir contra as ameaças à consecução de objetivos e consecução de objetivos e oportunidades? oportunidades?15/11/2008 Propriedade Intelectual de EThICS Engineering 20
  21. 21. EThICS ESTRATÉGIA ORGANIZACIONAL ENGINEERING - Aprendendo a Conviver! e a Evoluir no Século XXI - Ref EThICS 903.007.03 Megatendências (algumas...) Sociedade: Crescente consciência ambiental Crescente violência social Valorização do indivíduo Valorização da qualidade de vida Conflitos gerando guerras civis Consciência coletiva derivada da inteligência coletiva Consolidação de mega-entidades político-econômicas Redução do domínio do poder político e burocrático sobre a sociedade Revolução noolítica15/11/2008 Propriedade Intelectual de EThICS Engineering 21
  22. 22. EThICS ESTRATÉGIA ORGANIZACIONAL ENGINEERING - Aprendendo a Conviver! e a Evoluir no Século XXI - Ref EThICS 903.007.03 Megatendências (algumas...) Economia Capital intelectual valendo mais que o capital financeiro Tempo valendo mais que o dinheiro Extrema mobilidade dos investimentos Comunicação Conexão planetária Virtualização do mundo Redes, com Centros Virtuais de Inteligência Coletiva nos nós Velocidade, instantaneidade e disponibilidade15/11/2008 Propriedade Intelectual de EThICS Engineering 22
  23. 23. EThICS ESTRATÉGIA ORGANIZACIONAL ENGINEERING - Aprendendo a Conviver! e a Evoluir no Século XXI - Ref EThICS 903.007.03 Megatendências (algumas...) Educação e Aprendizado Aprendizado ao longo de toda a vida Intensificação do uso do ensino à distância e suportado pela rede Terceirização e privatização do ensino Consolidação de macro-provedores Marca como fator de escolha do provedor Busca do conhecimento e da sabedoria Customização e adequação às condições demográficas15/11/2008 Propriedade Intelectual de EThICS Engineering 23
  24. 24. EThICS ESTRATÉGIA ORGANIZACIONAL ENGINEERING - Aprendendo a Conviver! e a Evoluir no Século XXI - Ref EThICS 903.007.03 Megatendências (algumas...) Trabalho Aumento do trabalho sem vínculo empregatício Aumento da informalidade nas empresas Migração do trabalho intelectual para os centros de inteligência coletiva Tende a se deslocar cada vez mais em direção ao inautomatizável: a criatividade, a iniciativa, a coordenação e a relação Trabalho em equipes Teletrabalho15/11/2008 Propriedade Intelectual de EThICS Engineering 24
  25. 25. EThICS ESTRATÉGIA ORGANIZACIONAL ENGINEERING - Aprendendo a Conviver! e a Evoluir no Século XXI - Ref EThICS 903.007.03 Megatendências (algumas...) Mercado Globalização da concorrência Maior competição e restrição ao monopólio Padronização dos produtos Concentração de empresas Crescente desregulamentação Diferenciação pela inovação Mudanças demográficas15/11/2008 Propriedade Intelectual de EThICS Engineering 25
  26. 26. EThICS ESTRATÉGIA ORGANIZACIONAL ENGINEERING - Aprendendo a Conviver! e a Evoluir no Século XXI - Ref EThICS 903.007.03 Megatendências (algumas...) Organizações Busca da sobrevivência e da evolução Empowerment (delegação de autoridade com responsabilidade) Descontinuidade, melhoria contínua Velocidade e responsividade Organizações virtuais, flexibilidade Controle por meio da visão e princípios Criatividade, intuição Tolerância à ambigüidade Interdependência, alianças estratégicas Dissenso construtivo Vantagem colaborativa e em constante reinvenção15/11/2008 Propriedade Intelectual de EThICS Engineering 26
  27. 27. EThICS ESTRATÉGIA ORGANIZACIONAL ENGINEERING - Aprendendo a Conviver! e a Evoluir no Século XXI - Ref EThICS 903.007.03 E Daí? Refletir Analisar Discutir Decidir Adotar Aplicar Evoluir Atualizar15/11/2008 Propriedade Intelectual de EThICS Engineering 27
  28. 28. ENGENHARIA, EThICS TECNOLOGIA, INTELIGÊNCIA, ENGINEERING CONSULTORIA & SISTEMAS Ref EThICS 903.007.03 SERVIÇOS Consultoria Assessoria Estudo, Análise e Diagnóstico Planejamento Pesquisa & Desenvolvimento Implementação Treinamento Mentoração ENGENHARIA ESTRATÉGIA & TECNOLOGIA ÁREAS DE ATUAÇÃO ORGANIZACIONAL Antonio Sallum Librelato – Diretor (12) 3941 8277 - a.sallum@uol.com.br15/11/2008 Propriedade Intelectual de EThICS Engineering 28

×