Your SlideShare is downloading. ×
Modelo de Uso da Terra para Agricultura (BLUM)
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Modelo de Uso da Terra para Agricultura (BLUM)

337
views

Published on

Apresentação exibida no 2º Workshop sobre Adaptação à Mudança do Clima no Brasil em 2040, realizado nos dias 14 e 15 de abril, em São José dos Campos, São Paulo. O documento busca traduzir mudanças …

Apresentação exibida no 2º Workshop sobre Adaptação à Mudança do Clima no Brasil em 2040, realizado nos dias 14 e 15 de abril, em São José dos Campos, São Paulo. O documento busca traduzir mudanças climáticas (clima e temperatura) em custos e produtividade. Autor: Andre Nassar. Mais informações em: http://ow.ly/w5K2k

Published in: News & Politics

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
337
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
4
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Adaptação à Mudança do Clima no Brasil em 2040: Cenários e Alternativas Abril, 2014 Slides Explicando o Modelo de Uso da Terra para Agricultura (BLUM) Andre Nassar
  • 2. Estrutura do Modelo Demanda doméstica Demanda Oferta Preço Custos Retorno Esperado Exportações Líquidas Estoque Final Produção Estoque Inicial Produtividade Área (substituição e expansão) (t-1) Variável exógena Variável endógenaFonte: ICONE Dados macroeconômicos exógenos: - População; - PIB Nacional e Mundial; - Preço do petróleo; - Taxa de câmbio real; - Índice de inflação; - Frota de veículos, preço da gasolina, índice de preços de fertilizantes. - Preços mundiais. Sistema de restrições exógenas: - Disponibilidade de terra - Aptidão para lavouras, pastagens e florestas plantadas (chuva, temperatura, solos) Como traduzir mudanças climáticas (clima e temperatura) em custos e produtividade 6 macrorregiões Alocação em microrregiões Escala
  • 3. Setores do Modelo Algodão Arroz Feijão Milho Soja Farelo de Soja Óleo de Soja Cana-de- açúcar Etanol Açúcar Bovinocultura (sistemas produtivos) Suinocultura Avicultura Pasto Indústria e Biodiesel Floresta Plantada Celulose Ferro gusa Lenha Madeira Painel de tecnologias
  • 4. Regiões Brasileiras no BLUM Fonte: ICONE AM MT PA MS RS TO GO MA PI SC PR SP MG BA RO AP AP CE RN PB PE AL SE ES RJ AC AM MT PA MS RS TO GO MA PI SC PR SP MG BA RO AP RR CE RN PB PE AL SE ES RJ AC Amazon Forest Atlantic ForestSavanna Steppe Pantanal wetland South Grassland
  • 5. Modelo de Uso da Terra para Agropecuária Brasileira (BLUM)  Modelo econômico de equilíbrio parcial, um país, multi-regiões;  Dois módulos: • Oferta (estoque inicial, produção) e demanda (consumo doméstico, exportações líquidas e estoque final) • Carnes e lácteos não têm variação de estoque • Uso da terra: efeitos expansão e competição  Oferta e demanda • Equilíbrio de mercado (calculado anualmente): modelo, através de interações, encontra preço que equilibra oferta e demanda • Oferta = demanda em cada ano para cada produto • Equilíbrio é calculado nacionalmente • Demanda • Substituição entre produtos => carnes; gasolina-etanol • Demanda derivada => carnes e lácteos – farelo e milho • Biodiesel => óleo de soja • Oferta • Área multiplicada por produtividade (tendência) • Carnes e lácteos: dinâmica do rebanho (suínos e bovinos)
  • 6. Modelo de Uso da Terra para Agropecuária Brasileira (BLUM)  Uso da terra • Lavouras • Resposta do produtor a rentabilidade: passada e futura • Custos de produção observados e projetados a partir de um índice de fertilizantes calculado com base em projeções do preço do petróleo e taxa de câmbio • Competição e substituição entre usos • Pastagens: projetadas em função do rebanho e rentabilidade da pecuária de corte e leite • “Doador de terra” principal • Terra disponível e apta é restrição • Avanço na fronteira • Determinado pela rentabilidade média da agropecuária em cada região BLUM; • Contribuição de cada atividade no avanço determinado por evidências empíricas (imagens de satélite, políticas públicas) e metodologia de alocação; • Diferenciação da dinâmica regional. • Segunda safra é analisada separadamente por não demandar terra adicional: • Milho 2ª safra: função da área de soja e rentabilidades (soja e milho) • Trigo e cevada: função da área t-1 e rentabilidades própria e do milho/cevada