1
1
Instituição: Instituto Tercnológico de Aeronáutica (ITA)
Contatos: 12 3947-6880
Wilson Cabral de Sousa Junior/ITA
Nadi...
2
Os elementos do trabalho a ser desenvolvido:
[Avaliação dos impactos das mudanças climáticas nas infraestruturas de
macr...
3
Como vamos trabalhar ?
• Recorte geográfico a ser utilizado: principais microbacias hidrográficas dos municípios
selecio...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Avaliação dos impactos das mudanças climáticas nas infraestruturas de macrodrenagem urbana e ambiente construído

379

Published on

Apresentação exibida durante o 2º Workshop sobre Adaptação à Mudança do Clima no Brasil em 2040, realizado nos dias 14 e 15 de abril, em São José dos Campos, São Paulo. Autores: Wilson Cabral de Sousa Junior e Nadiane Smaha Kruk (ITA), Marcos Eduardo Cordeiro Bernardes (UNIFEI) e Paolo Alfredini (USP). Mais informações em: http://ow.ly/w5K2k

Published in: News & Politics
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
379
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Avaliação dos impactos das mudanças climáticas nas infraestruturas de macrodrenagem urbana e ambiente construído

  1. 1. 1 1 Instituição: Instituto Tercnológico de Aeronáutica (ITA) Contatos: 12 3947-6880 Wilson Cabral de Sousa Junior/ITA Nadiane Smaha Kruk/ITA Marcos Eduardo Cordeiro Bernardes/UNIFEI Paolo Alfredini/USP
  2. 2. 2 Os elementos do trabalho a ser desenvolvido: [Avaliação dos impactos das mudanças climáticas nas infraestruturas de macrodrenagem urbana e ambiente construído] • Correção do bias das previsões de precipitação; • Modelagem hidrológica para macrodrenagem Modelagem 1 • Correção e convergência de referenciamento geodésico das principais regiões metropolitanas costeiras; • Previsão de elevação do NMM e projeção de impactos; • Análise de séries maregráficas e precipitação para estas regiões para identificação de função de probabilidade de conjunção de eventos extremos; • Análise de conjunção de eventos extremos com base nas projeções 2040 e 2100. Modelagem 2
  3. 3. 3 Como vamos trabalhar ? • Recorte geográfico a ser utilizado: principais microbacias hidrográficas dos municípios selecionados; foco no sistema de macrodrenagem; • Nível de resolução a ser adotado para análise: previsões de precipitações com resolução horizontal de 5 km (sudeste) e 20 km (demais regiões); • Interações com outras equipes setoriais e fontes externas: – dados de previsão de precipitação; – série histórica de precipitação – série histórica de vazão em alguns pontos das bacias; – registros de danos causados por eventos extremos de precipitação nas bacias de estudo. • Necessários ainda dados espaciais de tipo de solo, elevação do terreno, uso e ocupação do solo. • Serão produzidas equações de intensidade-duração-frequência para precipitações futuras, previsão de vazões futuras e impactos associados nas estruturas de macrodrenagem e meio urbano.
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×