Your SlideShare is downloading. ×
++ Revoluçao republicana
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
225
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. A Implantação da República Um novo partido, que surge ainda no século XIX, vai aproveitar o descontentamento dos diferentes grupos sociais e, através de uma revolta, instaurar a República em 1910. Os Portugueses passaram a ser governados de outra forma.
  • 2. Atraso do desenvolvimento agrícola e industrial O País tinha grandes dívidas Humilhação sentida pela cedência ao Ultimato Promessas do Partido Republicano A maior parte da população vivia mal Grande agitação e falta de liberdade       Razões da Queda da Monarquia
  • 3. O Mapa Cor-de-Rosa Portugal exigia o seu direito em ocupar os territórios compreendidos entre Angola e Moçambique – mapa cor-de-rosa O Ultimato Inglês A Conferência de Berlim decidiu que os territórios africanos pertenceriam aos países que os ocupassem efectivamente. Em 11 de Janeiro de 1890, a Inglaterra enviou ao rei D. Carlos um Ultimato : ou os Portugueses desocupavam os territórios situados entre Angola e Moçambique ou o governo inglês declarava guerra a Portugal.
  • 4. O Governo viu-se obrigado a aceitar o Ultimato, o que provocou manifestações de descontentamento. Em 14 de Janeiro de 1890, o Partido Republicano Português organizou uma grande manifestação em Lisboa, acusando o rei D. Carlos e o Governo de terem traído os interesses dos Portugueses em África .
  • 5. O Partido Republicano Os republicanos achavam que à frente do País não devia estar um rei , o qual nem sempre tinha as capacidades necessárias para o cargo, mas sim um presidente eleito pelos Portugueses e que governasse só durante alguns anos. Consideravam, portanto, que a forma de governo do País tinha de ser alterada. A monarquia devia ser substituída por uma república .
  • 6. O 31 de Janeiro de 1891 O Regicídio Em 31 de Janeiro de 1891 deu-se, no Porto, a primeira revolta armada contra a monarquia. A guarda municipal, fiel à monarquia, venceu os revoltosos. O número de mortos foi grande No dia 1 de fevereiro de 1908, em Lisboa, dá-se um atentado contra a família real. São mortos o rei D. Carlos e o príncipe herdeiro , D. Luís Filipe. A acção do Partido Republicano
  • 7. Com a morte de D. Carlos e do príncipe herdeiro, Luís Filipe, foi aclamado rei D. Manuel II , que tinha apenas 18 anos
  • 8. A Revolução Republicana      Bombardeamento do Palácio Real pelos republicanos.  Fuga do rei D. Manuel II para Inglaterra.  Prisão dos padres jesuítas pelos republicanos.   Barricadas republicanas na Rotunda.  Desembarque da marinha no Terreiro do Paço.    Proclamação da República na Câmara Municipal.   Visita do Governo Provisório aos revolucionários acampados na Rotunda.
  • 9. Na manhã de 5 de Outubro de 1910 , José Relvas e outros membros do directório do Partido Republicano Português, à varanda da Câmara Municipal de Lisboa e perante milhares de pessoas, proclamaram a República .
  • 10. 5 de Outubro de 1910
    • A República foi proclamada dos Paços do Concelho (a Câmara Municipal) em Lisboa. A importância deste facto foi tal que se decidiu que essa data fosse um dia feriado.
  • 11. Ultimo Rei da Monarquia
    • D. Manuel II
    O último Rei da Monarquia - D.Manuel II D. Manuel II partiu para Inglaterra com a restante família real, ficando aí a viver no exílio.
  • 12. República
    • O primeiro presidente foi Teófilo Braga , mas foi apenas presidente do Governo Provisório até às eleições.
  • 13. República
    • O primeiro Presidente de Portugal eleito pelo povo foi Manuel de Arriaga .
  • 14. Símbolos da República
    • A implantação da República fez com que Portugal mudasse a sua bandeira e o seu hino para aqueles que temos actualmente e o nome da sua moeda para o escudo (substituiu o real )
    - Bandeira (verde e vermelha) - Hino – A Portuguesa - Escudo
  • 15. Símbolos da República: Hino Nacional A Portuguesa
  • 16. Hino Nacional Português
    • O Hino Nacional chama-se "A Portuguesa", foi composto em 1891 e adoptado pela República em 1911. Música de Alfredo Keil e letra de Henrique Lopes de Mendonça.
    Heróis do mar, nobre Povo, Nação valente, imortal Levantai hoje de novo O esplendor de Portugal! Entre as brumas da memória, Ó Pátria, sente-se a voz Dos teus egrégios avós, Que há-de guiar-te à vitória! Às armas, às armas! Sobre a terra, sobre o mar, Às armas, às armas! Pela Pátria lutar Contra os canhões marchar, marchar! Desfralda a invicta Bandeira, À luz viva do teu céu! Brade a Europa à terra inteira: Portugal não pereceu Beija o solo teu jucundo O Oceano, a rugir d'amor, E o teu braço vencedor Deu mundos novos ao Mundo! Às armas, às armas! Sobre a terra, sobre o mar, Às armas, às armas! Pela Pátria lutar Contra os canhões marchar, marchar! Saudai o Sol que desponta Sobre um ridente porvir; Seja o eco de uma afronta O sinal de ressurgir. Raios dessa aurora forte São como beijos de mãe, Que nos guardam, nos sustêm, Contra as injúrias da sorte. Às armas, às armas! Sobre a terra, sobre o mar, Às armas, às armas! Pela Pátria lutar Contra os canhões marchar, marchar!
  • 17. Símbolos da República: Bandeira Nacional
  • 18. Bandeira Nacional
    • A 19 de Junho de 1911, depois de se implantar a República, a Bandeira Nacional substituiu a Bandeira da Monarquia Constitucional.
    Bandeira Monárquica Bandeira republicana
  • 19. Bandeira Nacional
  • 20. Bandeira Nacional
    • A Bandeira Nacional é dividida na vertical com duas cores fundamentais: verde escuro do lado esquerdo (ocupando dois quintos) e encarnado à direita (ocupando três quintos).
  • 21. E as suas cores? O que significam?
    • o verde , a cor da esperança e do mar, foi escolhida em honra de uma batalha onde esta cor deu a vitória aos portugueses.
    • o vermelho é uma cor de força, coragem e alegria, que representa o sangue derramado pelos portugueses;
  • 22.
    • Ao centro, sobre as duas cores, tem o Escudo das Armas Nacionais, e a Esfera Armilar Manuelina, em amarelo e avivada de negro. Simboliza as viagens dos navegadores portugueses pelo Mundo, nos séculos XV e XVI.
  • 23.
    • o branco representa a paz;
    • o Escudo lembra a defesa do território;
    • as Quinas , a azul, representam as primeiras batalhas na conquista do País (diz-se que são os cinco reis mouros vencidos na Batalha de Ourique por D. Afonso Henriques);
  • 24.
    • - cada quina contém cinco pontos brancos : as cinco chagas de Cristo que ajudou D. Afonso Henriques a vencer esta batalha; - os sete castelos amarelos representam os castelos tornados aos mouros por D. Afonso III.
  • 25. Sabes o que significa a esfera armilar ?
    • A esfera armilar foi um símbolo que o Rei D. Manuel I escolheu para representar as descobertas marítimas
  • 26. Diferenças entre Monarquia e República O chefe de estado era o Rei O Rei herdava o trono O rei governava até à morte O chefe de estado é um Presidente O Presidente da República é eleito O seu mandato é limitado no tempo
  • 27. Fontes utilizadas Impressas Amorim, Ana, História e Geografia de Portugal – 6º ano , Lisboa Editora Costa, Fátima, História e Geografia de Portugal – 6º ano , Porto Editora Digitais http://cdrfanzeres.no.sapo.pt http://www.portugal.gov.pt http://www.arqnet.pt