• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Congresso Nacional de Marketing 2013
 

Congresso Nacional de Marketing 2013

on

  • 957 views

Partilhamos convosco o Programa final do Congresso Nacional de Marketing APPM. ...

Partilhamos convosco o Programa final do Congresso Nacional de Marketing APPM.
No próximo dia 17 de Abril, o Museu da Electricidade em Lisboa será o palco da "Re-Evolução do Marketing". Mais informações em: www.appmsnm.com

Statistics

Views

Total Views
957
Views on SlideShare
957
Embed Views
0

Actions

Likes
5
Downloads
13
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Congresso Nacional de Marketing 2013 Congresso Nacional de Marketing 2013 Presentation Transcript

    • XIVCONGRESSONACIONALDO MARKETING17 DE ABRIL 2013 -A RE-EVOLUCAODO MARKETINGPROGRAMA
    • #1 PAINEL A RE-EVOL UÇ ÃO DO CO  NSUMO NOS ÚLTIM ETING OS ANOS ASSISTIM DE MARK MUDANÇA NAL NACIO S ABRUPT OS A nsum o AS NOS SO Do co COMPORT RES CAO MUDANÇA AMENTOS DOS CONS CONG RE-E VOLU A UMIDORES INEL- S QUE TÊ M A SUA G . # 1 PA MUTAÇÃO ÉNESE NA DOS SIST VIGENTES EMAS ECO E NA EVOL NÓMICOS COM REFL UÇÃO TEC EXOS NA NOLÓGICA SOCIALIZA S FORMAS ÇÃO. DE NESTE PA INEL IREM COMO A D OS ABORD EMOCRATIZ AR TEMAS COCOONIN AÇÃO DO L G, O SAU UXO, OORIGENS DOSISMO POR PARTE E O VOLTAPRODUTO DAS MARC R ÀS S E SERVIÇ AS, OS.
    • CONGRESSO NACIONAL DE MARKETING
    • Nádia RAtsivação, CSR e Relações Públicas, do Continente eiDiretora de responsabilidade 2001, entre os projetos de sua (Vencedor doNa Sonae desde c Continenteé possível destacar o Mega Pic Ni novation Award 2011), oPrémio BEA 2011 e do Sonae Inorriso (Vencedor Ouro do Mercado de Sabores, a Missão S poldina, o Movimento Prémio Eficácia), a Popota e Leo ntinente (Vencedor Ouro do ca Co Hipersaudável, a Marca ÚniSonhos, Clube de Produtores, entre Prémio Eficácia), Tony Tour de grandes patrocínios como a outros, bem como a ativação e o Comité Olímpico de Portugal. Seleção Nacional de Futebol ão de Relações Anteriormen te, Nádia Reis desempenhou a funç ontinente, de l na Modelo|C Públicas e Responsabilidade Sociation na Sonae Distribuição e Customer Service and Comunicalácio Hotel (Sonae Capital). de Guest Relations no Porto Pa Social pela Nascida em 1977, licenciou-se em Comunicação seu percurso SSO ao longo do CONGRE Univ. do Minho em 2001, tendo, competências de comunicação AL NACION TING académico e profissional adquirido, Gestão de Patrocínios, ca DE MAR KE assim como de Gestão da Marções Públicas, Organização e Planeamento e Estratégia, Rela e Promoção de Vendas. Gestão de Eventos, Publicidade
    • Rita Torres Baptista ComunicaçãoDirectora Coordenadora de Marketing deBanco Espírito Santo mais de 15 anos deGestora e profissional de marketing com io, Gestão de Marca e Negócexperiência em Desenvolvimento deng. O fio condutor consistente, Comunicação Integrada de Marketi reira tem sido o ainda que diversificado, na sua car g projetos nas áreas de desen volvimento de soluções de marketinnce e Comunicação a Retalho de FMCG, e-Commerce, Ba Publicitária. ifica tendências de e criativa por natureza, Rita descodr. Insights que Curiosa ido mercado e de comportamento do consum só descansando ”, assembla e estrutura em “grandes ideias o. quando as vê implementadas com sucess MBA, na HEC Paris Atualmente a completar um Executive xury. Uma escolha a cem com um Major de especialização em Lue na gestão de marcas que por cento relacionada com o seu interess de fortes intangíveis. tão criam valor sustentável através da ges CONGRE SSO AL NACION TING -Lisbon School soma KE À licenciatura em Gestão pela Católica NSEAD e Cornell. DE MAR credenciais de Executive Education do I sa, Rita gosta de fes Com uma natureza eclética e esteta con , arquitetura e moda. partilhar a sua paixão pela arte, design
    • SSO CONGRE AL ON NACI ETING RUI PR ARK MúsicoEGAL DA CU DE M , Produ NH tor,crA Veio do iativo, outro Conse prec is lad rveir o 1963. amente de M o do mundo acau, onde . Mais nasce Aos qu u em pela c atro a a nos, aprend bidela e veiotrocaram- coisas eu o nome para lhe o a tenha – e ta da maio Lisboa, on rroz lvez r pa de substa onquistad por isso a rte das c ntivos o c , a paixo maior de idade lhe No iníc ão. todos io dos os contin anos 8 Restauuaram e de 0 a Mar e ro par ixou des trocas a pas se atrac não só. Apan sar a serformar em o o famo u em Lond hou a ond Herói – do Nichols so Fifht Floes, onde a a da música r em Knig or judo e casa é acol htsbrid Café no Ha u a gerir voltar hedo ge. Ma rvey mais u e, de novo ra há sempr quando a s de audma década c m Portuga e razões pa e iovisua o l, e ra l para mo produtontreteve-s No fina publicid r criat e l, o Ma ade ivo Portug caenconse uês, o rest se voltou ae a múrva, ao mar auro passo serpor pe sica – bem, juntaram-s u a rto. essa m e anteveos campos -se se , mpre
    • #2 Painel onárias Teorias Re-evoluci meçam Por norm a as revoluções co s ideia ma simple com uma ideia. U rça e corpo até fo que vai ganhando movimento, um se transformar n m produto. nu ma marca ou nu cutir algumas os disCONGRE SSO Neste painel vam árias como a n NACIONA L teorias re-evolucio ais e virtuais, a s reDE MARK ETING fusão dos mundo vância do som le L simplicidade e a re visão do #4 painE ua tEORIA S para as marcas o desenhos IAS eRE-EVOL UCIONAR mundo através d animados.
    • CONGRESSO NACIONAL DE MARKETING
    • R E SPEAKE KEYNOT Maste r en / Melt Leinon n é Miikka einone ia, M iikka L or lsínqu Direct a l de He Orad or, e Natur utor, nc. Marke ter, A land I d a Zee luente s C riativo es m ais inf ividade alidad da cr iat d as p erson ting e É uma rke do ma nas áreas esa. ~ a Finland 1ª mao . ar em ” resent e livro “Melt l gal ap a Portu ionária o Mundo Re om Vem a r evoluc ~o d ~o c eoria fusa relaça sua t io sobre a a sua a a al e res e Um ens undo Virtu on sumido M com o m os c rc as, co ç~ o. as ma ~ o de ino va a cas s mar c riaç a pre sas, a asso , As em r o p o o autor essitam da s Segun d dutos nec em ben que ro orm ar-se rito e os p ransf endo o espí ó e de t isto s g igant s man t ter iais. E o iais ma ns ma t olvimen ao imater eriza os be desenv e t o anas carac el graças a es hum entes ív moçõ é poss , às e difer cno lógico ntre estas te e mento cruza s. a . camad ~ perder CONGR ~ o a nao ça ES senta NACION SO Um a apreDE MAR AL KETING
    • #3 PAINEL ICA ÇÃO TECNOLÓGA RE-EVOLU SSO CONGRE E RDÁSSEMOSE SE AMANHÃ ACO AL NACION TING ÃO TADORES NOS NOS SOS COMPU KE DE MAR DE SE PACIDADETI VESSEM CA EDE? EL LIGAR EM R #3 pain LUCAO O A RE-EV GICA ONES TECNO LO SOS TELEF E SE OS NOS SSO SEM PARA I APEN AS SERVIS SEJA PARA MESMO, OU ? TELEFONAR S NEL IREMO NESTE PAI ENS E AS VANTAG DISCUTIR TAGENS DA AS DESVAN IA NUMA TECNOLOG , CIOLÓGICA PERSPE CTIVA SO OS. DE NEGÓCI C ULTURAL E
    • CONGRESSO NACIONAL DE MARKETING
    • R E SPEAKEkEYNOT TENNØHELGE , NORW AY o de ECTOR gestã riativo AL DIR ho e na or cDIGIT desenFoi Direct e a no . o r ialist 2000 irect s que Espec s desde , Digital D s empresa a marc ratégico diferente est ega em e t esign, Estraesde o de às TI’s. foi vão d licidade Helge A a nos, io da INM à pub ena s 31 norár ável om ap io ho ans de 10, c om o prémlo seu inc partilha m 20 do c e e E ga. Pe ento ional . premiana Norueesenvolvim ade nacmunicação (I AB), d de a com unid g e Co alho trabs junto d de Market in foi .no/ ia ide naciona l 60720 elhores 803 dez m inter www.1 nto ttp://o um dose Planeame têm g: h com blo a d ões O seu ificado o na áre presentaç s d clas do Mun s suas amilhão de blogs tégico. Ais de um a Estrmulado ma nline. acu lizações o e é um os ua , Helg project ncia vendo vis periê nvol de ex e mos rreno des espectro borou noe de ter -te la stão d Em -o icado s. Co todo um diversif anizaçõeento e ge Choice g com sas e oresenvolvim o: Nordic y, em am pre ento, d com lisar, Evr anç esas emprorebrand, , Ringnesd, Kraft , l e cas DNB, St mar ls, o kia ycome way, N B, N port Hote ation Nor , NHO, NS - Oslo Air m Innovorway.co ige e OSL visitn n sid s, Gje Foodemoen. Gard
    • iredoMiguel Figue xcentricFundador E , dos quais e carreira 20 anos d el é forma doCom quase à web, Migu gados niv. Católic a12 foram li esas pela U de Emprem Gestão uações em sa s pós-grade com diver Business es co mo London . universidad e Univ. Nova D Switz erland, EPG school, IM u percurso Miguel co meçou o se rketing da al em 1996, no ma profession volvido em d e esteve en Unilever, on do País. den tro e fora projectos , Director i, dura nte 5 anos Em 2001 fo onaecom - de Mar keting da S fixas, com sidenciais icações re Clix, entre Telecomun re o Portal ilidade sob responsab isas. outras co ntric, uma i para fun dar a Exce Em 2006 sa agências d e restigiadas das mais p em Portuga l. a Marke ting digital de Online n rofessor de Publicida CONGRE SSO É também p cial. nicação So NACIONA L erio r de Comu Escola Sup ETING DE MARK
    • José Simões | Fundador Mo bitto Fundador e dir et especializada e or-geral da Mobitto, startup m da qual Cristia "mobile, loyalty & engagem n ent” Na Mobitto é o Ronaldo é accionista. res crescimento da ponsável pela estratégia e empresa. Os se na interseção u da tecnologia c s interesses focam-se comportament om o marketin o social. ge Doutorado pel a autor do livro Universidade Técnica de Be "K rlim Advertising ac ey Enablers for User-centr é ross Next Gen ic eration Networ ks". No passado tra baPortugal, Espa lhou e estudou em países co nha, Brasil, A mRussia. lemanha, US o Ae
    • G DE MARKETINCONGRESSO NACIONAL maRKETERS O Dos RE-EVOLUCA #2PAINEL- A eters ução do s Mark el – A Re-evol #4 Pain al rofission viva, os sse p ters s ão a cla r a economia continuar Os marke el por mante vontade de certeza v m in responsá ores felizes e co o os tempos de os de id v consum r mesmo quand os seus descriti cializados n e a sonha . E apesar de, o técnicos esp struir m n imperam serem vistos co as marcas a co funções, issão de ajudar ontrar soluções uito c m com a m mento, e a en midores, são de a posicion s para os consu a amálgama e m relevant que isto. São u profissionais zem. mais do numa só, são ados pelo que fa s s profissõe mente apaixon dar as diferente do a o profund nel iremos abor er, o imperativ i t Neste pa es de ser marke às vendas e a dimensõ ing, a ligação a profissão. k multitas de de valorizar necessida
    • CONGRESSO NACIONAL DE MARKETING
    • R E SPEAKEkEYNOT EIRA VENTURFER NANDO nt Preside r – Vicens EuropePartne Solutio n ing nizatio Pric gy & Orgais Phase) Strate Thes PhD PricingUniversity – t (Dauph ine agemen ion al Man ternat MBA In ford) icatio ns (E AP Ox lec ommun s & Te BcS System) Paris (ESCP l Engin eer e Paris) t dustria ic Institu cia n BTS Il Scientif xperiên s de e o de ano taçã (Eiffe de 25 n ea co m mais to e impleme undial na ár onta nvolvimen m C e elência no des égias de exc e Pricin g at estr ing. a 360º d tão de única e ges d e Pric abo rdagem Estratégia esearch, ma o R Tem u e , incluind Analítica e as e Expe rtis onen te sist em , Comp ações, Pricing s e organiz a pesso entas. mais olveu ferr am ira, desenv de carre acionais go d a sua intern tores de Ao lon projectos rentes sec tomóvel, e u de 200 oria em dif Seguros, A iços nsu lt ca e , Serv co an e FMCG de ade: B it) Saú activid ria, Retalho ão, media, édicos) e t iç Indus ica, distribu , Serviços M is (logíst cia, Hospita (Farmá . Energia
    • Andreia Partne Duarte, r / fun dador a Brav Partne emind r da B Empres ravemin a port d desd mentes uguesa e Abril bravas criada 2006. “Atitud que ac por tr e redita ês por co determina a m que a n A diferen vicção, acre ltitude” e qu ciador d e acresc es e d itam em serv entado e valor iços relaçã , que a o posta candid com o clien m na atos e te, co no rec que se m os onhec tem tr longo imento aduzid de 7 f pelo m o antás ercado ticos , ao Focam anos. o contr s-nos nas p ibu ess empres ir para o su oas para as. cesso das Licenc iada e Human m Gest os, de ão de sempen Refunçõe s de C hou an cursosdiferen on teriom tes em sultora em enteConsu presas duas ltoria em Rec internaciona ursos is de Human os.
    • O RESS Nuno Artur S CONG NAL NACIO TING Fundador e D ilva RKE DE MA Fundador e iretor Geral da Produções Fictícia Diretor Gera l do Canal Qs., agência e rede criativa. Não é fácil ex produtor? emplicar o que eu faço. Autor porque é mais presário? Ultimamente ? argumentista? simples. E cur digo iosamente ma empresário Pensando bem is respeitável. sou artista de , aquilo que tenho de com mas porque p variedades. Não só porque eçar a dizer é que negligenciáveisode causar divertidos equív me parece verdade para uso ficcio ocos, não nal. Tal como Pica período azul, sso (é gira a comparação alternativo (! eríodo rosa (?), etc, eu, não é?) teve o seu p humorista, fu ), vagamente intelectua fui ator de grupo ndei uma em presa | agênlc, literato, professor, Tudo isto não ia de autores, etc.televisão, sou adianta porque, desde qu e“aquele gajo d simplesmente conhecido co apareço na o Eixo ou lá o que é”. mo:
    • liveira mol+CompalFernando O ter nacional SuDirector In e três. anos, pai d47 xperimentei Estud ei Gestão, e trabalhei de formação, actividades Fernandes. na Papelaria tart-up de acei uma s Em 1994 abr a ser a gá s, que viria águas com r depressa pós cresce Frize, que a l em 2000. da pela Compa foi compra APPM fez o o felizes. A Fomos muit mios em e d ar dois pré favor de m tou mais rize conquis 2006, e a F . de Eficácia tr ês prémios assei pelas Desde es sa altura p 9 passei Comp al, e em 200 Vendas da Mercados às Vendas em ol+Compal, nais na Sum Internacio mpresas. ão das duas e após a fus responsáve l pelos e sou Actualment ionais da project os internac . Moçambique CONGRE SSO empresa, e m Angola e L eliz. NACIONA Continuo f ETING DE MARK
    • CONGRESSO NACIONAL DE MARKETINGlive Artakacorleone
    • hePedro CampicAKACORLEONE dor t ico / IlustraArtista Plás S PEIXINHOS.” D ORMES COM O“ESTA NOITE mente o n samento emCom este pe ONE cedojovem mafio so AKACORLE carreiradecidiu opt ar por uma não menosmais segura mas rador.emocion ante de ilust uck norris” Hoje em dia o “ch gatos, do submun do desenha s com má miúdas nu as e bandido dar com m edo de acor pinta, sem o s seus de cavalo no uma cabeça da. lençois de se SSO CONGRE L NACIONA ETING DE MARK
    • XIVCONGRESSONACIONALDO MARKETING17 DE ABRIL 2013 -A RE-EVOLUCAODO MARKETINGPROGRAMA