Your SlideShare is downloading. ×
  • Like
Copia de apresentacao_sem_titulo
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Now you can save presentations on your phone or tablet

Available for both IPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Copia de apresentacao_sem_titulo

  • 631 views
Published

 

Published in Education , Technology
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
631
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3

Actions

Shares
Downloads
7
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. UFMG Gábner AlvesECI – Biblioteconomia Rudsen LisboaFundamentos da Organização da InformaçãoProf.ª Lídia Alvarenga ISBD – Esboço Nos Próximos slides você verá como funciona a ISBD, sua aplicação, e sua importância nas bibliotecas. Também verá a ifla e um mapa mental. International Standard Bibliographic Description (Descrição Bibliográfica Internacional Normalizada)
  • 2. O que é• A ISBD é mundialmente conhecida e amplamente aceita na comunidade biblioteconômica. Trata-se de um padrão operacional criado pela IFLA, é uma peça fundamental para a obtenção do controle bibliográfico universal (um dos programas da IFLA).• “[...] podemos dizer, sem medo, que a ISBD é a norma aceite a nível mundial para a descrição bibliográfica.” (RODRÍGUEZ, 2007)
  • 3. Histórico • O programa ISBD vem há mais de três décadas criando normas de representação documental para todos os tipos de recursos biblioteconômicos; • A primeira reunião foi na Europa, em Copenhague, patrocinada pelo Comitê de Catalogação da IFLA, em 1969. O objetivo principal era proporcionar a coerência na partilha de informação bibliográfica internacional;
  • 4. Histórico • A primeira publicação foi a ISBD(M), em 1971, a normalização para monografias; • Em sequência foram surgindo ISBDs específicas para outros recursos específicos; • Destaque para a criação da ISBD(G), que visa assegurar a harmonia entre as demais ISBDs; • Em 2002 foi criado o Grupo de Estudo ISBD de Publicações em Série, que mais tarde apurou a existência de inconsistências entre as ISBDs.
  • 5. Objetivos• Estabelecer critérios para uma catalogação compatível a nível mundial;• Tornar possível o intercâmbio de registros provenientes de diferentes fontes, de forma que os registros criados em países diversos possam fazer parte de catálogos de qualquer país;
  • 6. Objetivos • Auxiliar na interpretação de registros ultra- passando as barreiras linguísticas, de maneira que os registros produzidos em determinada língua possam ser interpre- tados por utilizadores de outras línguas; • Realçar a interoperacionalidade com outros sistemas.
  • 7. Características• Especifica os elementos que caracterizam a descrição bibliográfica e prescreve a ordem com que os mesmos devem ser apresentados;• Determina a pontuação com que devem ser separados os registros;• Independente de qualquer formato específico de informação, aplicável em qualquer tipo recurso e catálogo;• Possui procedimentos específicos que abrangem todo suporte de informação;• É a ferramenta principal da IFLA para manter o controle bibliográfico.
  • 8. Características • As ISBDs foram traduzidas oficialmente em 25 línguas; • Exitem 7 ISBDs especializadas, mais a ISBD geral; • Os textos publicados das ISDBs tem um prazo de 5 anos até serem revistos. São constantemente revisados; • Possuem procedimentos claros e definidos, rigidamente seguidos para serem criadas ou revisadas (ISBDs).
  • 9. Tipos de ISBDs• Geral - ISBD (G)• Monografias - ISBD (M)• Publicações em série - ISBD (S)• Documentos cartográficos - ISBD (CM)• Livro antigo - ISBD (A)• Música impressa - ISBD (PM)• Parte de documentos - ISBD (CP)• Doc. Não-livro, registos sonoros, registos visuais,audiovisuais, objetos - ISBD (NBM)• Documentos eletrônico – ISBD (ER)
  • 10. Procedimentos parapublicação• Criação do rascunho: criado por um grupo de trabalho formado por especialistas em catalogação;• Revisão mundial: o texto é enviado para a IFLANET e permanece um certo prazo disponível em determinadas redes;• Revisão final: todos os comentários recebidos são tomados em conta, o Grupo de Revisão das ISBDs revê todo o texto;• Votação: a versão definitiva é enviada ao Comitê Permanente da Seção de Catalogação e instituições copatrocinadoras. O voto permite duas opções, aprovar ou desaprovar;• Publicações: se o texto é aprovado, então é publicado. Atualmente sempre é disponibilizado digitalmente.
  • 11. Unificação / Consolidação• Recentemente, em função das demandas constatadas, as ISBDs foram unificados em uma normalização geral;• O Grupo de Estudos sobre a Orientação Futura das ISBDs, constituído em 2003, depois de 1 ano de trabalho, concluiu que as diversas ISBDs poderiam ser consolidadas;• À partir de então, o trabalho foi direcionado para proporcionar consistência e unificar, sempre que possível, as disposições da descrição de todos os recursos;• Uma série de princípios que visavam à uma maior harmonização e universalização dos procedimentos de descrição bibliográfica também foram adotados;• Em 2006, o Comitê Permanente decidiu que a ISBD
  • 12. Referência RODRÍGUEZ, Elena Escolo. ISBD consolidada: um passo em frente. 2007
  • 13. Sites de Busca www.ifla.org www.isbd.orgwww.imeicc5.com.br
  • 14. O que é www.ifla.org ?site oficial do isbd no mundo, normastécnicas contendo informações sobre a isbd e apilcações
  • 15. www.imecc5.com.brSite acadêmico que registra informações sobre áreabiblioteconômicas