• Save
Plano de Ação Educacional 2009-2010
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Like this? Share it with your network

Share

Plano de Ação Educacional 2009-2010

  • 27,704 views
Uploaded on

Planejamento estratégico para as ações propostas da Diretoria de Educação e Capacitação Profissional da Sociedade Brasileira de Informática em Saúde (SBIS), apresentado no congresso PEP 2009, São......

Planejamento estratégico para as ações propostas da Diretoria de Educação e Capacitação Profissional da Sociedade Brasileira de Informática em Saúde (SBIS), apresentado no congresso PEP 2009, São Paulo, novembro de 2009.

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
No Downloads

Views

Total Views
27,704
On Slideshare
27,677
From Embeds
27
Number of Embeds
2

Actions

Shares
Downloads
0
Comments
0
Likes
1

Embeds 27

http://www.slideshare.net 25
http://www.linkedin.com 2

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Diretoria de Educação e Capacitação Profissional
      • Plano de Ação
      • para o Biênio
      • 2009-2010
      • Dr. Renato M.E. Sabbatini Agosto de 2009
  • 2. Objetivos da Diretoria
    • Coordenar e fomentar as ações referentes à promoção e melhoria da qualidade da educação em tecnologias de informação e comunicação em saúde em todos os níveis;
    • Desenvolver recursos educacionais próprios e em colaboração com terceiros;
    • Valorizar o acesso continuado à educação e treinamento através da regulamentação e concessão do Título de Especialista em Informática em Saúde;
  • 3. Formação e Educação Profissional
    • Credenciar e manter um cadastro de centros de excelência de educação , formação, capacitação e recapacitação em TICs em saúde, bem como de cursos e outras atividades educacionais oferecidos anualmente pelos mesmos;
    • Normatizar currículos mínimos para cursos em nível técnico, de graduação e pós-graduação em nível de especialização;
    • Estabelecer e gerenciar um Programa de Aperfeiçoamento Profissional (PAP), com ênfase em educação continuada e concessão de créditos educacionais mediante o Certificado de Atualização Profissional (CAP) operado de forma semelhante ao do sistema AMB/CFM;
    • Desenvolver cursos próprios , presenciais e a distância, isoladamente ou ministrados conjuntamente em congressos da SBIS;
  • 4. Cooperação Educacional
    • Desenvolver relacionamento de cooperação com os departamentos educacionais de outras entidades congêneres (sociedades regionais e nacionais, federações internacionais, órgãos do governo, entidades educacionais), no sentido de aperfeiçoar as atividades da Diretoria voltadas aos sócios da SBIS de fomento da educação em informática em saúde;
    • Estabelecer parcerias com outras empresas, sociedades e entidades educacionais, com o objetivo de montar um acervo permanente de cursos na área, reconhecidos e credenciados pela SBIS;
    • Dar assessoria às empresas e instituições educacionais interessadas em implantar cursos de formação e capacitação em informática em saúde;
  • 5. Recursos Educacionais
    • Criar e manter uma biblioteca digital on-line , contendo recursos educacionais, de aprendizado e atualização;
    • Desenvolver, implementar, disponibilizar aos associados e parceiros, e manter recursos on-line para apoio virtual ao ensino e aprendizado (sistema de gestão de conteúdo, webconferência, sala de videoconferência na sede, etc.);
    • Registrar, gravar e documentar cursos , disponibilizando esse conteúdo em forma impressa ou eletrônica para seus associados.
  • 6. Título de Especialista
    • Normatizar, regulamentar e conceder um Título de Especialista em Informática em Saúde , mediante exames e provas de titulação realizadas regularmente. Os títulos concedidos serão revalidados periodicamente usando novas provas ou créditos de educação continuada através do Programa PAP/CAP;
    • Manter um cadastro público de especialistas titulados formalmente, ou por notória especialização;
  • 7. Programa de Aperfeiçoamento Profissional
    • Certificar as atividades de aprendizado e aperfeiçoamento profissional dos integrantes, através da emissão do Certificado de Atualização Profissional (CAP);
    • Qualquer associado da SBIS pode participar do Programa opcionalmente, cadastrando-se no mesmo e podendo utilizar a certificação emitida pelo CAP para fins curriculares, promoção funcional, etc.;
    • Somente poderão valer pontos as atividades educacionais registradas e credenciadas pela Comissão de Educação da SBIS;
    • A SBIS proporcionará um mínimo de 40 créditos a cada ano, sendo 20 deles podendo ser referentes a atividades de caráter regional ou estadual, e um mínimo de 10 créditos anuais correspondentes a programas à distância
  • 8. Tabela de Equivalência
  • 9. Titulação de Especialista em Informática em Saúde
    • Definição das capacidades, habilidades e conhecimentos aceitáveis para um especialista em Informática em Saúde
    • Instituição e normatização de um título formal de Especialista em Informática em Saúde pela SBIS
    • Estabelecimento de um sistema de exame e avaliação de candidatos, com a finalidade de concessão de um título de Especialista,
    • Estabelecimento de um sistema de revalidação periódica obrigatória do título (5 anos)
    • Desenvolvimento de ações junto à sociedade em geral, governos e empresas, para valorização e reconhecimento do título de Especialista
  • 10. Regulamentação do Título
    • Será normatizada, regulamentada, aplicada e fiscalizada pela Diretoria de Educação e Capacitação Profissional da SBIS, através de sua Comissão de Educação .
    • A Comissão desenvolverá as questões e critérios e aplicará um exame público pelo menos uma vez por ano, de preferência simultaneamente e no mesmo local que um dos congressos anuais da SBIS.
    • Cerca de 6 meses antes da data marcada, será publicado um edital e divulgada a abertura de inscrições, juntamente com o currículo mínimo a ser avaliado;
    • Constará de 3 fases: exame do Curriculum Vitae, prova de conhecimentos e entrevista (opcional);
    • Nos 2 primeiros anos, reconhecimento de notório saber e especialização apenas através da fase 1 (para especialistas com pelo menos 10 anos de atividade profissional na área);
    • Os titulados farão parte de um Cadastro Nacional de Especialistas , publicado e atualizado regularmente pela SBIS
  • 11. Comissão de Titulação
    • Será indicada pela diretoria da SBIS, em colaboração com a Diretoria de Educação e constará de:
      • Representante da Diretoria da SBIS
      • Diretor de Educação da SBIS
      • Representante de um curso de graduação
      • Representante de um curso de pós-graduação stricto-sensu
      • Representante de um curso de pós-graduação lato-sensu
      • Representante do setor produtivo (empregadores)
      • Secretario executivo, indicado pela diretoria
  • 12. Biblioteca Digital de Informática em Saúde
    • Será um recurso totalmente on-line de apoio ao ensino, aprendizado e atualização dos associados da SBIS cadastrados no site. Conterá o seguinte:
    • Próprios da SBIS
      • Artigos, resumos e slides dos congressos e eventos da Sociedade
      • Arquivo de noticias do boletim SBIS News
      • Artigos carregados no grupo SBIS-L
      • Vídeos e áudios gravados de eventos e cursos
      • Revista Journal of Health Informatics da SBIS
    • De Terceiros
      • Revistas com conteudo on-line de informática em saúde
      • Livros e monografias de informática em saúde
      • Artigos e arquivos dos sites Wikipedia, Wikiverse, Commons, Archive.org e outros repositórios de domínio público
      • Vídeos do YouTube, YahooVideos, GoogleVideos e outros repositórios semelhantes
      • Galerias de imagens
      • Apresentações públicamente disponíveis de slides
      • Apostilas
      • Teses e dissertações
      • Listas de sites e outros links interessantes da Internet
    • Listas e grupos de discussão
  • 13. O Que Já Foi Feito (Agosto 2009)
    • Criado o site Moodle, com hospedagem e suporte;
    • Criado o curso de Atualização em Informática em Saúde;
    • Especificada a sala de videoconferência, e feitos os contatos para a aquisição e montagem;
    • Criado o boletim eletrônico SBIS News;
    • Iniciada a construção da Biblioteca Digital;
  • 14.  
  • 15. Inscrição no Site
  • 16.  
  • 17. Curso On-Line
  • 18.  
  • 19. Sala de Videoconferência