• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Entendendo Domain-Driven Design
 

Entendendo Domain-Driven Design

on

  • 23,221 views

 

Statistics

Views

Total Views
23,221
Views on SlideShare
22,725
Embed Views
496

Actions

Likes
18
Downloads
465
Comments
4

4 Embeds 496

http://www.rponte.com.br 388
http://www.slideshare.net 105
http://www.slideee.com 2
http://localhost 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel

14 of 4 previous next Post a comment

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Entendendo Domain-Driven Design Entendendo Domain-Driven Design Presentation Transcript

    • Entendendo Domain-Driven Design Rafael Ponte http://www.rponte.com.br rponte@gmail.com
    • Quem? ● Desenvolvedor ● Atualmente trabalha na IVIA ● Sócio fundador da Triadworks ● Entusiasta Java, JSF e DDD ● Coordenador do grupo JSF
    • Software design is art “Software design is an art, and like any art it cannot be taught and learned as a precise science, by means of theorems and formulas.” Floyd Marinescu
    • O que é Domain-Driven Design?
    • Domain-Driven Design não é uma tecnologia ou metodologia, mas sim uma abordagem de design de software disciplinada que reúne um conjunto de conceitos, técnicas e princípios com foco no domínio e na lógica do domínio para criar um domain model.
    • Domain-Driven Design não é uma tecnologia ou metodologia, mas sim uma abordagem de design de software disciplinada que reúne um conjunto de conceitos, técnicas e princípios com foco no domínio e na lógica do domínio para criar um domain model.
    • Domain-Driven Design não é uma tecnologia ou metodologia, mas sim uma abordagem de design de software disciplinada que reúne um conjunto de conceitos, técnicas e princípios com foco no domínio e na lógica do domínio para criar um domain model.
    • O modelo pode ser expresso de várias formas, como uma apresentação Domain-Driven Design não é uma em PowerPoint, diagramas tecnologia ourascunho de em UML, metodologia, mas sim papel, peças de Lego, ou uma abordagem de design de software mesmo o código da disciplinada que reúne um conjunto de aplicação.. conceitos, técnicas e princípios com foco no domínio e na lógica do domínio para criar um domain model.
    • Domain-Driven Design não é uma tecnologia ou metodologia, mas sim uma abordagem de design de software disciplinada que reúne um conjunto de conceitos, técnicas e princípios com foco no domínio e na lógica do domínio para criar um domain model.
    • Strategic ... Design ... Layered architecture Domain-Driven Design não é uma Ubiquitous Domain patterns tecnologia ou metodologia, mas sim Language uma abordagem de design de software disciplinada que reúne um conjunto de conceitos, técnicas e princípios com ... foco no domínio e na lógica do domínio para criar um domain model. Domain-Specific Supple Language (DSL) Design OO
    • Ubiquitous Language
    • Layered architecture
    • Layered architecture
    • Domain patterns
    • Entity
    • Value Object
    • Repository
    • Service
    • Modelando Objetos
    • Para implementar um Domain Model... ...fuja da arquitetura BOLOVO
    • BO Business Object LO Layer Object VO Value Object
    • Arquitetura Orientada a BOLOVO ContaAction ContaForm ContaVO ContaBO ContaDAO DB
    • Arquitetura Orientada a BOLOVO ContaAction ContaForm ContaVO ContaBO ContaDAO DB
    • ContaVO ContaBO
    • Quais as vantagens ao adotar DDD?
    • Podemos destacar... ● Quanto mais próximo você está do negócio menos sofre com mudanças ● O entendimento do desenvolvedor sobre o negócio, evitando assim erros e ajudando no negócio em si, questionando e sugerindo otimizações ● Código menos acoplado e mais coeso
    • Concluindo ● Procure utilizar DDD em aplicações com domínios complexos ● Ubiquitous Language e Domain Model são o cerne da DDD ● Não se apegue a rigidez conceitual, e claro, não lute contra os frameworks ● Leia, mas leia muito sobre o assunto
    • Referências ● Livro Domain-Driven Design, 2004 (Eric Evans) ● Domain-Driven Design: http://domaindrivendesign.org/ ● GUJ: http://www.guj.com.br/ ● Caelum: http://www.caelum.com.br ● Shoes' blog: http://blog.fragmental.com.br ● Fowler's patterns: http://martinfowler.com/eaaCatalog/ ● Domain-Driven Design Quickly: http://www.infoq.com/minibooks/domain-driven-design-quickly ● MundoJava Nº 17 e Nº 28: http://www.mundojava.com.br/
    • Obrigado! rponte@gmail.com http://www.rponte.com.br/