• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Vegetacao brasileira
 

Vegetacao brasileira

on

  • 5,235 views

 

Statistics

Views

Total Views
5,235
Views on SlideShare
5,235
Embed Views
0

Actions

Likes
2
Downloads
251
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Vegetacao brasileira Vegetacao brasileira Presentation Transcript

    •  
    •  
    •  
    •  
    • Paisagens naturais brasileiras
      • Florestais
      • campestres
      • complexas
      • litorâneas
      Variedade vegetal resulta: - clima - altitude - forma do relevo
    • Área dos Biomas Brasileiros
    • Formações florestais Floresta Amazônica
      • A floresta abriga 2.500 espécies de árvores (um terço da madeira tropical do planeta) e 30 mil das 100 mil espécies de plantas que existem em toda a América Latina.
      • Floresta Equatorial ou Hiléia
      • Ocupa 40% do território brasileiro (região norte +norte do MT + oeste do MA)
      • Clima quente e úmido
      • Latifoliada, heterogênea, densa, perene, hidrófila
      • Dividida em 3 estratos: igapó, várzea e terra firme
      • Apresenta diversos estratos ou andares formados pelas copas das árvores (o mais alto, em geral, entre 30 e 40m acima do solo)
      • É rica em epífitas (orquídeas e bromélias)
      • Temperatura estável no decorre do ano (média entre 25º e 28º C)
      • Muitas espécies endêmicas (que ocorrem em apenas determinado local)
      • Vasta diversidade de fauna
    • Desmatamento na Amazônia
    •  
    • Formações florestais FlorestaTropical
      • Heterogêna, densa, úmida
      • No litoral = Mata Atlântica – estendia-se do RN ao RS, vegetação de encosta, foi intensamente devastada pela ocupação humana
      • No interior da região sudeste = Mata da Bacia do Paraná – foi devastada pelo avanço do café
      • A Mata Atlântica (floresta pluvial costeira) está situada entre o R.N e o R.S.
      • É um dos hotspots mais valiosos da Terra.
      • Composto por uma série de fitofisionomias bastante diversificadas
      • Abriga uma parcela significativa da biodiversidade do Brasil.
      • Possui cerca de 20.000 espécies de plantas, sendo muitas endêmicas e epífitas
      • As folhas são largas (latifoliadas) e perenes (perenifólias).
      • Entre aves, mamíferos, répteis e anfíbios são 1.361 espécies de animais das quais 567 são endêmicas.
    • Formações florestais Mata dos Cocais
      • Mata de transição
      • Aparece no Meio-Norte (MA e PI)
      • Climas opostos – equatorial e semi-árido
      • Babaçu = área + úmida
      • Carnaúba = área - úmida
    • Formações florestais Floresta Subtropical
      • Floresta aciculifoliada = folhas finas e alongadas
      • Homogênea
      • Mata das Araucárias (= pinheiro-do-paraná) – estendia-se de São Paulo ao Rio Grande do Sul
      • Sofreu intensa exploração (madeira)
    • Formações complexas (estrato arbóreo + arbustivo + herbáceo) Cerrado
      • Também denominado savana-do-brasil
      • Ocupava originariamente 25% do território
      • O clima do cerrado é quente, semi-úmido, com verão chuvoso e inverno seco.
      • Aparece na região CO e arredores
      • Pequenas árvores e arbustos retorcidos, com casca grossa, folhas pequenas caducifólias, raízes profundas
      • 67% da vegetação nativa modificada
      • Devastado pela pecuária e agricultura comercial mecanizada (soja).
      • Vegetação pseudo-xerófita, com galhos retorcidos e cascas grossas
      • O Cerrado é o segundo maior bioma brasileiro. Ocupa uma área de 200 milhões de km2, o que corresponde a 25 % do território nacional.
      • Apresenta aproximadamente 10 mil espécies de plantas diferentes (muitas de uso medicinal). Isso sem contar as 759 espécies de aves que se reproduzem na região, 180 espécies de répteis, 195 de mamíferos,. O número de insetos é surpreendente: apenas na área do Distrito Federal há 90 espécies de cupins, mil espécies de borboletas e 500 tipos diferentes de abelhas e vespas.
    •  
    • Formações complexas (estrato arbóreo + arbustivo + herbáceo) Caatinga
      • Formação típica do clima semi-árido
      • Aparece no sertão nordestino
      • Ocupa 11% do território nacional
      • Composta por plantas xerófitas (cactos), caducifólias e pela carnaubeira (folhas recobertas por cera)
      • Área ocupada pela agropecuária tradicional predatória e extração de lenha
      • Ameaçada de desertificação
    •  
    • Formações complexas (estrato arbóreo + arbustivo + herbáceo) Pantanal matogrossense
      • Interior do MT e MS – extensa planície aluvial
      • Vegetação variada:
      • nas porções inundáveis aparecem as espécies rasteiras (pecuária);
      • nas porções de alagamento eventual aparecem espécies rasteiras, cerrados, caatingas, matas tropicais (=complexo do pantanal)
      • Recentemente apareceram a agricultura comercial, caça ilegal e pesca predatória
    •  
    • Formações herbáceas (campestres) Campos
      • O Pampa é a única grande área natural restrita a um único estado brasileiro,o Rio Grande do Sul.
      • O bioma avança para o Uruguai e a Argentina. É exclusivo do sul da América do Sul.
      • O Pampa ocupa pouco mais de dois por cento do território nacional, de acordo com o Mapa de Biomas do Brasil, do IBGE.
      • Compostos por vegetação rasteira com gramíneas e pequenos arbustos
      • Campos meridionais = Campanha Gaúcha no RS, “campos limpos”, pecuária
      • Campos da Hiléia – áreas inundáveis da Amazônia oriental (AP e ilha do Marajó)
      • Campos de altitude – região sudeste e planalto das guianas
    •  
    • Formações litorâneas Mangues
      • Estendem-se pela costa brasileira
      • Vegetais adaptados ao ambiente salobro (estuários) e pouca oxigenação
      • Arbustos e árvores de troncos finos e raízes aéreas
      • Extração de caranguejos
      • Ameaçados pela especulação imobiliária
    •  
    • Formações litorâneas Restingas - Dunas - Praias
    • Domínios Morfoclimáticos (vegetação + clima + relevo + solos + hidrografia)
    • Domínios Morfoclimáticos (vegetação + clima + relevo + solos + hidrografia)