Rosário Durão “ World of Communication”, Dawn Hudson Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa Mestrado em Tradução Un...
ÍNDICE <ul><li>Perguntas </li></ul><ul><li>Características dominantes do mundo actual </li></ul><ul><li>Para um entendimen...
ÍNDICE <ul><ul><li>A tradução como comunicação profissional internacional  </li></ul></ul><ul><ul><li>Esquema da comunicaç...
PERGUNTAS DOS MESTRANDOS <ul><li>P: Qual foi o tema da sua tese? </li></ul><ul><ul><li>R:  «Tradução Científica e Técnica:...
PERGUNTAS A PROPÓSITO DO TÍTULO DA TESE <ul><li>P: Porque terei falado em pluricompetências e a que pluricompetências pens...
PERGUNTAS A PROPÓSITO DO TÍTULO DA TESE <ul><li>P: Porque terei falado em «produção de documentação» e não em «tradução»? ...
PERGUNTAS SOBRE OS MESTRANDOS <ul><li>P: Porque decidiram fazer um mestrado em tradução? </li></ul><ul><ul><li>R: </li></u...
PERGUNTAS SOBRE OS MESTRANDOS <ul><li>P: O que esperam fazer quando acabarem o mestrado? </li></ul><ul><ul><li>R: </li></u...
PERGUNTAS SOBRE OS MESTRANDOS <ul><li>P: Como se integra o mestrado no vosso plano de carreira? </li></ul><ul><ul><li>R: <...
PERGUNTAS AOS MESTRANDOS SOBRE O OBJECTO DE ESTUDO E SUA APLICAÇÃO <ul><li>P: O que é para vós a tradução? </li></ul><ul><...
PERGUNTAS AOS MESTRANDOS SOBRE O OBJECTO DE ESTUDO E SUA APLICAÇÃO <ul><li>P: O que é para vós um tradutor? </li></ul><ul>...
OS MESTRANDOS EM CONTEXTO <ul><li>P: Como descrevem o mundo actual? </li></ul>27/11/2008  -  20-22 horas A Tradução como A...
<ul><li>P: Como descrevem o vosso lugar no mundo actual? </li></ul>27/11/2008  -  20-22 horas A Tradução como Acto de Comu...
<ul><li>P: Carreguem na ligação em baixo e assistam ao vídeo «Did you know 2.0».  Enquanto o fazem, verifiquem se a vossa ...
CARACTERÍSTICAS DOMINANTES DO MUNDO ACTUAL <ul><li>Predomínio da comunicação imediata </li></ul><ul><li>Em breve, quase to...
PARA UM ENTENDIMENTO FORMAL DO QUE É A TRADUÇÃO  <ul><li>A «Classificação nacional das áreas de educação e formação ( CNAE...
<ul><li>1)  TRADUÇÃO = LÍNGUAS ESTRANGEIRAS </li></ul><ul><ul><li>Línguas e Literaturas Estrangeiras  (222) área que «diz ...
<ul><li>2)  TRADUÇÃO = COMPOSIÇÃO </li></ul><ul><ul><li>Áudio-Visuais e Produção dos Media  (213) área que diz «respeito à...
<ul><li>3)  TRADUÇÃO = COMUNICAÇÃO / INFORMAÇÃO </li></ul><ul><ul><li>Jornalismo e Reportagem  (321) área que diz «respeit...
SENDO ASSIM ... A REAVALIAÇÃO DOS MESTRANDOS <ul><li>P: A tradução é? </li></ul><ul><ul><li>R: </li></ul></ul><ul><ul><ul>...
<ul><li>P: Os tradutores são? </li></ul><ul><ul><li>R: </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Transmissores. </li></ul></ul></ul>2...
<ul><li>P: O contexto é? </li></ul><ul><ul><li>R: </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>A base em que se situam os tradutores </l...
O PONTO DE VISTA DA CONVIDADA <ul><li>Algumas definições </li></ul><ul><ul><li>Uma definição de  tradução : «uma actividad...
<ul><ul><li>Definições de  tradutor : </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>« Tradutores  são os indivíduos que concluíram um cur...
<ul><ul><ul><li>Tradutores profissionais  são aqueles «que, após terem concluído um curso de Tradução ou um curso no âmbit...
27/11/2008  -  20-22 horas A Tradução como Acto de Comunicação Fig. 1. Intervenientes no processo de tradução e suas relaç...
<ul><ul><ul><li>« Fornecedores de serviços de tradução (FST)  são todos aqueles que fornecem serviços de tradução, sem ter...
<ul><ul><li>Definição de  contexto : </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>O  contexto  é composto pelo conjunto da envolvente hu...
<ul><ul><li>O  contexto  da tradução profissional: </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Na tradução profissional, a comunicação ...
27/11/2008  -  20-22 horas A Tradução como Acto de Comunicação Fig. 2. Cultura intermédia de intercâmbio profissional (Dur...
A TRADUÇÃO COMO COMUNICAÇÃO PROFISSIONAL INTERNACIONAL <ul><li>A tradução profissional pode assumir diversas formas de com...
ESQUEMA DA COMUNICAÇÃO PROFISSIONAL INTERNACIONAL 27/11/2008  -  20-22 horas A Tradução como Acto de Comunicação Fig. 3. A...
O DUPLO OLHAR DOS COMUNICADORES PROFISSIONAIS INTERNACIONAIS <ul><li>Ser lucrativa </li></ul><ul><li>Conter custos </li></...
OS PROFISSIONAIS E A DOCUMENTAÇÃO <ul><li>Os advogados defendem e acusam, os docentes ensinam e investigam, os engenheiros...
A DOCUMENTAÇÃO E OS SEUS ESPECIALISTAS <ul><li>Produzir documentação eficaz é algo que compete a um grupo muito específico...
ALGUNS RECURSOS <ul><li>International Technical Communication SIG da STC </li></ul><ul><li>Multilingual guides </li></ul><...
<ul><li>Rosário Durão </li></ul><ul><li>rosariodurao.net  </li></ul><ul><li>rosariodurao.net/CommunicationStudio </li></ul...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

A Traducao como Acto de Comunicacao, Rosario Durao

1,002

Published on

Aula apresentado no âmbito da disciplina de «Língua, Discurso e Tradução» do mestrado em Tradução da FLUL, a convite da Prof. Doutora Margarita Correia

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
1,002
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "A Traducao como Acto de Comunicacao, Rosario Durao"

  1. 1. Rosário Durão “ World of Communication”, Dawn Hudson Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa Mestrado em Tradução Unidade curricular de «Língua, Discurso e Tradução» Docente: Prof. Doutora Margarita Correia 27 de Novembro de 2008, 20-22 horas
  2. 2. ÍNDICE <ul><li>Perguntas </li></ul><ul><li>Características dominantes do mundo actual </li></ul><ul><li>Para um entendimento formal do que é a tradução </li></ul><ul><li>Sendo assim... A reavaliação dos mestrandos </li></ul><ul><li>O ponto de vista da convidada </li></ul><ul><ul><li>Algumas definições </li></ul></ul><ul><ul><li>O contexto da tradução profissional </li></ul></ul>27/11/2008 - 20-22 horas A Tradução como Acto de Comunicação
  3. 3. ÍNDICE <ul><ul><li>A tradução como comunicação profissional internacional </li></ul></ul><ul><ul><li>Esquema da comunicação profissional internacional </li></ul></ul><ul><ul><li>O duplo olhar dos comunicadores profissionais internacionais </li></ul></ul><ul><ul><li>Os profissionais e a documentação </li></ul></ul><ul><ul><li>A documentação e os seus especialistas </li></ul></ul><ul><li>NOTA 1 : O título da aula e desta apresentação é da autoria dos mestrandos. </li></ul><ul><li>NOTE 2 : O texto em cinza refere-se às respostas fornecidas pelos mestrandos. </li></ul>27/11/2008 - 20-22 horas A Tradução como Acto de Comunicação
  4. 4. PERGUNTAS DOS MESTRANDOS <ul><li>P: Qual foi o tema da sua tese? </li></ul><ul><ul><li>R: «Tradução Científica e Técnica: Proposta para a Formação de Tradutores Pluricompetentes Especializados na Produção de Documentação Científica e Técnica do Inglês para o Português». A tese foi orientada pelo Prof. Doutor Carlos Castilho Pais e apresentada à Universidade Aberta. </li></ul></ul>27/11/2008 - 20-22 horas A Tradução como Acto de Comunicação
  5. 5. PERGUNTAS A PROPÓSITO DO TÍTULO DA TESE <ul><li>P: Porque terei falado em pluricompetências e a que pluricompetências pensam que a tese se refere? </li></ul><ul><ul><li>R: </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Competências linguísticas </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Competências culturais </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Competências de pesquisa </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Capacidade de pensar como o autor original </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Capacidade de aproximar o leitor do autor original. </li></ul></ul></ul>27/11/2008 - 20-22 horas A Tradução como Acto de Comunicação
  6. 6. PERGUNTAS A PROPÓSITO DO TÍTULO DA TESE <ul><li>P: Porque terei falado em «produção de documentação» e não em «tradução»? </li></ul><ul><ul><li>R: Fi-lo porque a tradução é um processo mental. O que resulta e se vê é um texto, ou melhor, um documento, escrito numa determinada língua. </li></ul></ul>27/11/2008 - 20-22 horas A Tradução como Acto de Comunicação
  7. 7. PERGUNTAS SOBRE OS MESTRANDOS <ul><li>P: Porque decidiram fazer um mestrado em tradução? </li></ul><ul><ul><li>R: </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>A licenciatura não valeu de nada </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Para se especializarem numa área de tradução </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Porque gostam de línguas estrangeiras e gostam de estar em contacto com estrangeiros </li></ul></ul></ul>27/11/2008 - 20-22 horas A Tradução como Acto de Comunicação
  8. 8. PERGUNTAS SOBRE OS MESTRANDOS <ul><li>P: O que esperam fazer quando acabarem o mestrado? </li></ul><ul><ul><li>R: </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Investigação </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Tradução </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Trabalhar numa empresa </li></ul></ul></ul>27/11/2008 - 20-22 horas A Tradução como Acto de Comunicação
  9. 9. PERGUNTAS SOBRE OS MESTRANDOS <ul><li>P: Como se integra o mestrado no vosso plano de carreira? </li></ul><ul><ul><li>R: </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>É uma porta aberta para novas oportunidades </li></ul></ul></ul>27/11/2008 - 20-22 horas A Tradução como Acto de Comunicação
  10. 10. PERGUNTAS AOS MESTRANDOS SOBRE O OBJECTO DE ESTUDO E SUA APLICAÇÃO <ul><li>P: O que é para vós a tradução? </li></ul><ul><ul><li>R: </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Comunicação intercultural </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Forma de aproximação e compreensão </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Conhecer a cultura dos outros </li></ul></ul></ul>27/11/2008 - 20-22 horas A Tradução como Acto de Comunicação
  11. 11. PERGUNTAS AOS MESTRANDOS SOBRE O OBJECTO DE ESTUDO E SUA APLICAÇÃO <ul><li>P: O que é para vós um tradutor? </li></ul><ul><ul><li>R: </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Ponte entre culturas </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Mediador intercultural e interlinguístico </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Alguém que compreende e sabe fazer compreender </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Especialista </li></ul></ul></ul>27/11/2008 - 20-22 horas A Tradução como Acto de Comunicação
  12. 12. OS MESTRANDOS EM CONTEXTO <ul><li>P: Como descrevem o mundo actual? </li></ul>27/11/2008 - 20-22 horas A Tradução como Acto de Comunicação
  13. 13. <ul><li>P: Como descrevem o vosso lugar no mundo actual? </li></ul>27/11/2008 - 20-22 horas A Tradução como Acto de Comunicação
  14. 14. <ul><li>P: Carreguem na ligação em baixo e assistam ao vídeo «Did you know 2.0». Enquanto o fazem, verifiquem se a vossa percepção do mundo actual e da maneira como se situam nele se altera. Tomem nota das principais diferenças. </li></ul><ul><li>Did you know 2.0 (2 de Junho de 2007) </li></ul>27/11/2008 - 20-22 horas A Tradução como Acto de Comunicação
  15. 15. CARACTERÍSTICAS DOMINANTES DO MUNDO ACTUAL <ul><li>Predomínio da comunicação imediata </li></ul><ul><li>Em breve, quase toda a humanidade terá acesso instantâneo a todo o tipo de informação </li></ul><ul><li>Desenvolvimento acelerado das TIC </li></ul><ul><li> </li></ul><ul><li>Prevê-se que, em 2015, a quantidade de transacções comerciais internacionais suplante a quantidade de transacções nacionais </li></ul><ul><li>Comunicação em rede </li></ul><ul><li>Tecnologia e Comércio </li></ul>27/11/2008 - 20-22 horas A Tradução como Acto de Comunicação
  16. 16. PARA UM ENTENDIMENTO FORMAL DO QUE É A TRADUÇÃO <ul><li>A «Classificação nacional das áreas de educação e formação ( CNAEF )», da DGERT – Direcção Geral do Emprego e das Relações do Trabalho, sugere um triplo entendimento da formação em tradução e, por conseguinte, também, da tradução : </li></ul>27/11/2008 - 20-22 horas A Tradução como Acto de Comunicação
  17. 17. <ul><li>1) TRADUÇÃO = LÍNGUAS ESTRANGEIRAS </li></ul><ul><ul><li>Línguas e Literaturas Estrangeiras (222) área que «diz respeito ao estudo da sua composição e estrutura.» (DGERT) </li></ul></ul><ul><ul><li>Inclui, explicitamente, as formações em Tradução. (DGERT) </li></ul></ul>27/11/2008 - 20-22 horas A Tradução como Acto de Comunicação
  18. 18. <ul><li>2) TRADUÇÃO = COMPOSIÇÃO </li></ul><ul><ul><li>Áudio-Visuais e Produção dos Media (213) área que diz «respeito às técnicas necessárias à produção de livros, jornais, programas de radio e televisão, filmes, vídeos, música gravada e à reprodução gráfica (...) também se refere aos métodos de reprodução a cores, à fotografia e à computação gráfica, (...) à associação de imagens, texto e ilustrações para a produção de livros, revistas, anúncios, documentos publicitários, etc.» (DGERT) </li></ul></ul><ul><ul><li>Inclui os programas que incidem sobre composição de texto, composição de texto informatizada, produção assistida por computador, produção multimedia , entre outros. (DGERT) </li></ul></ul>27/11/2008 - 20-22 horas A Tradução como Acto de Comunicação
  19. 19. <ul><li>3) TRADUÇÃO = COMUNICAÇÃO / INFORMAÇÃO </li></ul><ul><ul><li>Jornalismo e Reportagem (321) área que diz «respeito ao estudo da teoria e da prática do jornalismo/reportagem no âmbito dos media, bem como ao estudo do processamento e conteúdo de mensagens. Inclui a recolha de informação e a redacção de notícias, comentários, artigos de fundo de interesse público, etc.» (DGERT) </li></ul></ul><ul><ul><li>Inclui os programas que incidem sobre ciências da comunicação, comunicação de massas (redacção e conteúdo), informação (redacção e conteúdo), jornalismo (imprensa), entre outros. (DGERT) </li></ul></ul>27/11/2008 - 20-22 horas A Tradução como Acto de Comunicação
  20. 20. SENDO ASSIM ... A REAVALIAÇÃO DOS MESTRANDOS <ul><li>P: A tradução é? </li></ul><ul><ul><li>R: </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Um suporte para tudo. </li></ul></ul></ul>27/11/2008 - 20-22 horas A Tradução como Acto de Comunicação
  21. 21. <ul><li>P: Os tradutores são? </li></ul><ul><ul><li>R: </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Transmissores. </li></ul></ul></ul>27/11/2008 - 20-22 horas A Tradução como Acto de Comunicação
  22. 22. <ul><li>P: O contexto é? </li></ul><ul><ul><li>R: </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>A base em que se situam os tradutores </li></ul></ul></ul><ul><li> </li></ul><ul><li>Os tradutores sem contexto não são tradutores. </li></ul>27/11/2008 - 20-22 horas A Tradução como Acto de Comunicação
  23. 23. O PONTO DE VISTA DA CONVIDADA <ul><li>Algumas definições </li></ul><ul><ul><li>Uma definição de tradução : «uma actividade humana que, por essa razão, se encontra em constante transformação (...), uma actividade de natureza, essencialmente, prática, um fenómeno, uno e indecomponível, de comunicação, que compreende a reformulação intralinguística, a conversão interlinguística e a transmutação intersemiótica de informação, ou conteúdos (geralmente apresentados sob a forma de documentos) de qualquer natureza, relacionados com um determinado contexto, para um contexto diferente e com uma ou mais finalidades específicas, por intermédio de um ou mais tradutores. O desempenho desta acção requer conhecimentos e competências especiais.» (Durão 2007: 21-22) </li></ul></ul>27/11/2008 - 20-22 horas A Tradução como Acto de Comunicação
  24. 24. <ul><ul><li>Definições de tradutor : </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>« Tradutores são os indivíduos que concluíram um curso superior em Tradução não vocacionado para a especialização em áreas específicas do saber.» </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>« Tradutores especializados são os tradutores cuja formação superior tenha incidido sobre a Tradução científica, técnica ou de outra área, ou áreas, de especialidade.» </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>« Tradutores especialistas são as pessoas cuja formação superior tenha incidido, simultaneamente, sobre a Tradução e sobre uma ou mais áreas de especialidade adicionais (científicas, técnicas ou outras).» (Durão 2007: 24-25) </li></ul></ul></ul>27/11/2008 - 20-22 horas A Tradução como Acto de Comunicação
  25. 25. <ul><ul><ul><li>Tradutores profissionais são aqueles «que, após terem concluído um curso de Tradução ou um curso no âmbito da Comunicação ou de outro campo do conhecimento, que contemple, explicitamente, a Tradução, desempenham a actividade de forma regular, remunerada, responsável e segundo os princípios éticos básicos e transversais às profissões, em geral, e à profissão de tradutor, em particular.» (Durão 2007: 26). </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Os tradutores profissionais actuam no seio de uma complexa rede de intervenientes e relações profissionais (  Fig. 1 ). </li></ul></ul></ul>27/11/2008 - 20-22 horas A Tradução como Acto de Comunicação
  26. 26. 27/11/2008 - 20-22 horas A Tradução como Acto de Comunicação Fig. 1. Intervenientes no processo de tradução e suas relações (Durão 2007: 264 [inspirada em Nord 1997])
  27. 27. <ul><ul><ul><li>« Fornecedores de serviços de tradução (FST) são todos aqueles que fornecem serviços de tradução, sem terem concluído uma formação superior em Tradução.» (Durão 2007: 25) </li></ul></ul></ul>27/11/2008 - 20-22 horas A Tradução como Acto de Comunicação
  28. 28. <ul><ul><li>Definição de contexto : </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>O contexto é composto pelo conjunto da envolvente humana do tradutor profissional e das transacções comunicativas nas quais ele participa . </li></ul></ul></ul>27/11/2008 - 20-22 horas A Tradução como Acto de Comunicação
  29. 29. <ul><ul><li>O contexto da tradução profissional: </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Na tradução profissional, a comunicação processa-se invariavelmente entre culturas profissionais. As culturas profissionais apresentam semelhanças e diferenças entre si. </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Os tradutores profissionais são os especialistas da (inter)mediação da comunicação profissional. </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Os tradutores profissionais pertencem à cultura intermédia de intercâmbio profissional, que, em certos aspectos, se assemelha e, noutros, se distingue das culturas de partida e de chegada (  Fig. 2 ). </li></ul></ul></ul>27/11/2008 - 20-22 horas A Tradução como Acto de Comunicação
  30. 30. 27/11/2008 - 20-22 horas A Tradução como Acto de Comunicação Fig. 2. Cultura intermédia de intercâmbio profissional (Durão 2007: 216)
  31. 31. A TRADUÇÃO COMO COMUNICAÇÃO PROFISSIONAL INTERNACIONAL <ul><li>A tradução profissional pode assumir diversas formas de comunicação profissional: </li></ul><ul><ul><li>Comunicação profissional nacional (p. ex., entre uma empresa de metalomecânica inglesa e um cliente inglês); </li></ul></ul><ul><ul><li>Comunicação profissional internacional, intercultural e unilinguística (p. ex., entre uma empresa de metalomecânica inglesa e um cliente americano); </li></ul></ul><ul><ul><li>Comunicação profissional internacional, intercultural e bilinguística (p. ex., entre uma empresa de metalomecânica inglesa e um cliente português); e </li></ul></ul><ul><ul><li>Comunicação profissional transnacional (ou global), multicultural e multilinguística (p. ex., entre um empresa de metalomecânica inglesa e clientes ingleses, americanos, portugueses ou outros). (Durão 2007: 269) (  Fig. 3 ). </li></ul></ul>27/11/2008 - 20-22 horas A Tradução como Acto de Comunicação
  32. 32. ESQUEMA DA COMUNICAÇÃO PROFISSIONAL INTERNACIONAL 27/11/2008 - 20-22 horas A Tradução como Acto de Comunicação Fig. 3. A comunicação profissional internacional (Durão 2007: 267)
  33. 33. O DUPLO OLHAR DOS COMUNICADORES PROFISSIONAIS INTERNACIONAIS <ul><li>Ser lucrativa </li></ul><ul><li>Conter custos </li></ul><ul><li>Ser a primeira a chegar a implantar o seu produto numa determinada parte do mundo </li></ul><ul><li>Exportar os seus produtos simultaneamente para diversas partes do mundo </li></ul><ul><li>Cultivar a lealdade do consumidor </li></ul><ul><li>Obter a certificação da qualidade dos seus produtos </li></ul><ul><li>Cumprir as normas nacionais e internacionais </li></ul><ul><li>Minimizar os riscos dos produtos </li></ul><ul><li>Língua(s)/Linguagem/ns </li></ul><ul><li>Estilos de aprendizagem </li></ul><ul><li>Estilos de comunicação </li></ul><ul><li>Literacia visual </li></ul><ul><li>Literacia técnica </li></ul><ul><li>Literacia informática </li></ul><ul><li>( from Hoft 1995: 1-2) </li></ul><ul><li>As necessidades da empresa </li></ul><ul><li>As características do utilizador </li></ul>27/11/2008 - 20-22 horas A Tradução como Acto de Comunicação No seu trabalho, os tradutores e outros profissionais da comunicação internacional devem estar atentos, simultaneamente, às necessidades da empresa e às características dos utilizadores.
  34. 34. OS PROFISSIONAIS E A DOCUMENTAÇÃO <ul><li>Os advogados defendem e acusam, os docentes ensinam e investigam, os engenheiros civis projectam e dirigem construções, os médicos tratam e curam os doentes, os meteorologistas analizam e prevêem os fenómenos meteorológicos... </li></ul><ul><li>No desempenho das suas actividades, estes e outros profissionais passam grande parte do seu tempo a escrever. </li></ul><ul><li>MAS a documentação que produzem nem sempre é eficaz porque não é concebida tendo em atenção o(s) público(s)-alvo, ou seja, as suas expectativas, necessidades e características (p. ex. idade, género, cultura, nível e tipo de literacia, nível de especialização, etc.). </li></ul>27/11/2008 - 20-22 horas A Tradução como Acto de Comunicação
  35. 35. A DOCUMENTAÇÃO E OS SEUS ESPECIALISTAS <ul><li>Produzir documentação eficaz é algo que compete a um grupo muito específico de profissionais: </li></ul><ul><li> </li></ul><ul><li>os Comunicadores Profissionais Internacionais , </li></ul><ul><li>nos quais se encontram os </li></ul><ul><li>tradutores profissionais . </li></ul><ul><li>Estes são especialistas da documentação profissional eficaz. </li></ul>27/11/2008 - 20-22 horas A Tradução como Acto de Comunicação
  36. 36. ALGUNS RECURSOS <ul><li>International Technical Communication SIG da STC </li></ul><ul><li>Multilingual guides </li></ul><ul><li>rosariodurao.net </li></ul><ul><li>Tcworld magazine </li></ul><ul><li>techcomm7e Web (companion site for Michael Markel’s Technical Communication ) </li></ul>27/11/2008 - 20-22 horas A Tradução como Acto de Comunicação
  37. 37. <ul><li>Rosário Durão </li></ul><ul><li>rosariodurao.net </li></ul><ul><li>rosariodurao.net/CommunicationStudio </li></ul>Obrigada pela vossa presença e pela vossa colaboração!

×