Your SlideShare is downloading. ×
Taxonomia de Anderson
Taxonomia de Anderson
Taxonomia de Anderson
Taxonomia de Anderson
Taxonomia de Anderson
Taxonomia de Anderson
Taxonomia de Anderson
Taxonomia de Anderson
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Taxonomia de Anderson

3,875

Published on

A taxonomia de Anderson et al. considera quadro dimensões de conhecimento (factual, conceptual, procedimental e metacognitivo) e seis dimensões do processo cognitivo (relembrar, compreender, aplicar, …

A taxonomia de Anderson et al. considera quadro dimensões de conhecimento (factual, conceptual, procedimental e metacognitivo) e seis dimensões do processo cognitivo (relembrar, compreender, aplicar, analisar, avaliar e criar)

Published in: Education
2 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total Views
3,875
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
3
Comments
2
Likes
2
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Taxonomia de Anderson et al. (2001)A taxonomia de Anderson et al. (2001) considera quatro dimensões deconhecimento: • Conhecimento factual: conhecimento discreto e isolado de pequenos elementos ou pedaços de informação. Inclui o conhecimento de terminologia e de determinados detalhes e elementos; • Conhecimento conceptual: conhecimento de formas mais complexas e organizadas. Inclui o conhecimento de categorias e classificações, princípios, generalizações, teorias, modelos e estruturas; • Conhecimento procedimental: conhecimento sobre como fazer uma determinada coisa. Inclui conhecimento das aptidões, algoritmos, técnicas e métodos, assim como o conhecimento sobre os critérios usados para determinar quando e se se justifica fazer a acção; e • Conhecimento metacognitivo: conhecimento sobre cognição em geral e reconhecimento sobre a sua própria cognição. Inclui conhecimento estratégico, conhecimento sobre tarefas cognitivas e auto-conhecimento.Paralelamente, esta taxonomia define seis dimensões do processo cognitivo: • Relembrar: capacidade de recordar conhecimento relevante da memória de longo prazo; • Compreender: capacidade de construir significado a partir de mensagens orais, escritas ou gráficas; • Aplicar: Capacidade de executar um procedimento numa determinada situação; • Analisar: Capacidade de dividir o material nas suas partes constituintes e determinar como as partes se relacionam e constituem uma estrutura ou propósito; • Avaliar: Capacidade de fazer julgamentos baseados em critérios ou standards; e • Criar: Capacidade de juntar elementos de forma coerente e funcional ou reorganizar os elementos num novo padrão ou estrutura. 1© Rosário Cação e EVOLUI.COM 2011
  • 2. Dimensões do processo cognitivoDimensões de 1. 2. 3. 4. 5. 6.conhecimento Relembrar Compreender Aplicar Analisar Avaliar CriarConhecimento FactualConhecimento ConceptualConhecimentoProcedimentalConhecimentoMetacognitivo Tabela 1: Tabela da taxonomia de Anderson et al. (2001) 2 © Rosário Cação e EVOLUI.COM 2011
  • 3. Razões para Utilizar a Taxonomia de Anderson et al. (2001)Há seis motivos para categorizar os objectivos pedagógicos: - Permite aos formadores examinarem os objectivos do ponto de vista dos formandos: o que eles têm de saber e fazer para atingir determinado objectivo. Uma lista de factos é suficiente (conhecimento factual) ou precisam de uma estrutura que agregue esses factos (conhecimento conceptual)? Precisam de saber classificar (compreender), diferenciar (analisar) ou fazer ambos? - Permite aos formadores verem a panóplia de possibilidades da formação, levantando a questão dos objectivos de nível mais elevado. Esta classificação traz a possibilidade – e o desejo – dos objectivos abordarem também o conhecimento metacognitivo, já que este vai permitir que os formandos "aprendam a aprender’’ (Bransford, Brown, & Cocking, 1999); - Permite aos formadores relacionarem o conhecimento com os processos cognitivos inerentes aos objectivos. Podemos realisticamente esperar que apliquem o conhecimento factual ou é mais fácil ajudá-los a compreender o conhecimento procedimental antes de o tentarem aplicar? Podem os formandos compreender o conhecimento conceptual através da análise do conhecimento factual? - Facilita a função do formador ao fornecer a panóplia de tipos de objectivos que podem aplicar em cada uma das suas formações. Ao classificar os objectivos, a função da avaliação é mais fácil. - Permite operacionalizar actividades pedagógicas e a avaliação da aprendizagem. Por exemplo, se o objectivo enfatiza a compreensão do conhecimento conceptual, as actividades pedagógicas vão focar-se nos atributos críticos desse conceito, em exemplos e não-exemplos. A avaliação também seria clarificada. Por exemplo, poderia ser solicitado aos formandos que exemplificassem e classificassem mas que as tarefas não fossem semelhantes às usadas nas aulas ou nos manuais. Esta grelha permite aos formadores confirmarem que os objectivos, as actividades pedagógicas e a avaliação estão na célula apropriada da tabela e que estão alinhados entre si. - Familiariza os formadores com termos usados na educação. Inferir requer que os formandos reconheçam um padrão na informação fornecida, enquanto que explicar requer a procura da causalidade desse padrão. Implementar requer ajustar o processo a uma nova situação mas executar 3© Rosário Cação e EVOLUI.COM 2011
  • 4. não. Gerar requer um pensamento divergente enquanto que organizar requer convergência. Verificar diz respeito à consistência interna ao passo que criticar está relacionado com critérios externos. Ao associar os termos a esta taxonomia, os formadores aumentam o seu grau de precisão e melhoram a sua comunicação e estratégia pedagógica. 4© Rosário Cação e EVOLUI.COM 2011
  • 5. Principais Tipos e Subtipos de Dimensões do ConhecimentoTipo Subtipo ExemplosConhecimento Os elementos básicos que os alunos têm de adquirirFactual Conhecimento de terminologia Vocabulário técnico, símbolos musicais Conhecimento de elementos Principais recursos naturais, fontes de específicos e detalhes informaçãoConhecimento As inter-relações entre osConceptual elementos básicos Conhecimento de Períodos de tempo geológico, tipos de classificações e categorias sociedades comerciais Conhecimento de princípios e Teorema de Pitágoras, lei da oferta e da generalizações procura Conhecimento de teoremas, Teoria da evolução, estrutura política modelos e estruturasConhecimento Como fazer uma coisa, métodos de recolha de dados, critérios para usarProcedimental aptidões, algoritmos, técnicas e métodos Conhecimento de aptidões e Aptidões usadas na pintura com de algoritmos relacionadas aguarelas, algoritmo de divisão com um tema Conhecimento de técnicas e Técnicas de entrevista, método científico métodos relacionadas com um tema Conhecimento de critérios Critérios usados para determinar quando para determinar quando se deve aplicar um procedimento que critérios apropriados envolva a segunda lei de Newton, critérios usados para avaliar a praticabilidade do uso de um determinado método de estimação de custosConhecimento Conhecimento da cognição em geral e consciência e conhecimento da suaMetacognitivo própria cognição Conhecimento estratégico Conhecimento capaz de capturar a estrutura de uma unidade de um assunto, o conhecimento o uso de heurísticas Conhecimento sobre tarefas Conhecimento dos tipos de testes que os cognitivas, incluindo professores particulares praticam conhecimento condicional e conhecimento da procura cognitiva de contextual diferentes tarefas Auto-conhecimento Conhecimento de que uma crítica detalhada a um documento é uma força pessoal enquanto escrever esse documento é uma fraqueza pessoal. Reconhecimento do seu nível de conhecimento.Tabela 2: Principais tipos e subtipos de dimensões do conhecimentoFonte: Anderson et al. (2001, p. 29) 5© Rosário Cação e EVOLUI.COM 2011
  • 6. Principais Tipos e Subtipos de Dimensões do Processo Cognitivo As categorias da dimensão processo cognitivo fornecem uma classificação dos processos cognitivos que podem ser incluídos nos objectivos pedagógicos. Estas categorias vão desde os processos cognitivos mais frequentemente encontrados nos objectivos, como o relembrar, compreender e aplicar, até aos mais raros como analisar, avaliar e criar. Cada uma das seis categorias está associada a dois ou três processos cognitivos mais específicos, no total de 19 descritos na forma de verbo operacional.Categorias de Processo cognitivo Nomes Processos cognitivos processo alternativos e exemplos 1. Recordar conhecimento relevante da memoria de longo prazo. Relembrar 1.1. Reconhecer Identificar Reconhecer as datas mais importantes da história de Portugal. 1.2. Recordar Lembrar Recordar ou identificar as datas dos principais marcos históricos do país. 2. Construir significado das mensagens do formador, incluindo a comunicação oral,Compreender escrita e gráfica. 2.1. Interpretar Clarificar, Parafrasear discursos ou documentos. parafrasear, representar, traduzir 2.2. Exemplificar Ilustrar, Dar exemplos de vários estilos de representar pintura. 2.3. Classificar Categorizar, Classificar um caso de desordem agrupar mental descrita. 2.4. Sumariar Resumir, Escrever um resumo de um filme ou generalizar de um evento. 2.5. Inferir Concluir, Numa língua estrangeira, inferir os extrapolar, princípios gramaticais a partir de interpolar, exemplos. prever 2.6. Comparar Contrastar, Comparar os eventos históricos a mapear, situações contemporâneas. corresponder 2.7. Explicar Construir Explicar as causas da crise financeira modelos de 1997. 3. Levar a cabo um procedimento numa determinada situação. Aplicar 3.1. Executar Fazer, levar a Dividir um número inteiro por outro cabo inteiro. 3.2. Implementar Usar Determinar as situações em que a segunda lei de Newton se aplica. 6 © Rosário Cação e EVOLUI.COM 2011
  • 7. 4. Dividir o material nas suas partes constituintes e determinar de que forma as partesAnalisar se relacionam entre si e com uma determinada estrutura ou objectivo. 4.1. Diferenciar Discriminar, Distinguir dados relevantes de dados distinguir, irrelevantes num problema focar, matemático. seleccionar 4.2. Organizar Integrar, Estruturar a evidência sobre um desenhar, determinado evento entre dados a estruturar, favor e dados contra uma determinada encontrar explicação para o evento. coerência 4.3. Atribuir Desconstruir Determinar o ponto de vista ou a visão política de um autor a partir de um texto seu. 5. Fazer julgamentos baseados em critérios ou standards.Avaliar 5.1. Verificar Coordenar, Determinar se as conclusões retiradas detectar, estão consistentes com os dados monitorizar, observados. testar 5.2. Criticar JulgarJulgar qual de dois métodos é o melhor para resolver um problema. 6. Colocar os elementos juntos para formar um todo coerente e funcional; reconhecer Criar os elementos num novo padrão ou estrutura. 6.1. Gerar Hipotetizar Gerar hipóteses que justifiquem um determinado fenómeno observado. 6.2. Planear Desenhar Planear uma intervenção numa determinada questão. 6.3. Produzir Construir Criar hábitos para determinados objectivos. Tabela 3: Categorias do processo cognitivo e processos cognitivos relacionados Fonte: Anderson et al. (2001, p. 31, 67-68) 7 © Rosário Cação e EVOLUI.COM 2011
  • 8. Aplicação Prática A tarefa de definição de objectivos pedagógicos inclui todo o processo desde a formulação do objectivo até à sua colocação na tabela da taxonomia. O processo começa por enunciar o objectivo com um verbo operatório, no infinitivo, com critérios de êxito e condições de realização. O verbo é então examinado para ver em qual das seis dimensões do processo cognitivo se encaixa. Aqui, é mais fácil analisar os 19 processos cognitivos específicos do que as categorias principais. Paralelamente, o objectivo é examinado no contexto de quarto tipos de dimensões de conhecimento (factual, conceptual, procedimental e metacognitivo). Também aqui, é mais fácil fazer a classificação olhando para os subtipos de categorias cognitivas. Exemplo: No final da formação o formando deverá ser capaz de aplicar correctamente e sozinho a abordagem ecológica de reduzir, reutilizar e reciclar. - Verbo: aplicar - encaixa na terceira dimensão cognitiva: aplicar. - Substantivo: abordagem ecológica de reduzir, reutilizar e reciclar: dimensão cognitiva procedimental (o processo de reduzir, reutilizar e reciclar). Dimensões do processo cognitivoDimensões de 1. 2. 3. 4. 5. 6.conhecimento Relembrar Compreender Aplicar Analisar Avaliar Criar Conhecimento Factual Conhecimento Conceptual Conhecimento Procedimental * Conhecimento Metacognitivo Tabela 4: Classificação do objectivo de acordo com a taxonomia de Anderson et al. (2001) Sugestão de Aplicação Triangule os objectivos, as actividades pedagógicas que desenvolve e a avaliação das aprendizagens que leva a cabo para identificar potenciais inconsistências. Referências Anderson, L. W., Krathwohl, D. R., Airasian, P. W., Cruikshank, K. A., Mayer, R. E., Pintrich, P. R., . . . Wittrock, M. C. (2001). A taxonomy for learning, teaching, and assessing: A revision of Blooms taxonomy of educational objectives, Abridged Edition. New York: Longman. Bransford, J. D., Brown, A. L., & Cocking, R. R. (1999). How people learn: Brain, mind, experience, and school. Washington, DC: National Academy Press. 8 © Rosário Cação e EVOLUI.COM 2011

×