Projeto de Logística aplicado à Supply Chain

2,980 views
2,703 views

Published on

Artigo de projetos de logistica aplicado a supply chain de autoria de Angela Mazzeo e co-autoria minha

Published in: Business
0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
2,980
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
48
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Projeto de Logística aplicado à Supply Chain

  1. 1. Lean Supply Chain aplicado a projetos de logística internacional Autor: Angela Mazzeo Co-autor: Nelson RosamilhaAtualmente com a globalização em curso e o mundo ainda lutando contra a recessãoeuropéia e estagnação econômica norte americana, a logística internacional enfrenta umambiente cada vez mais dinâmico, recessivo e profissionalmente exigente quanto acompetências profissionais múltiplas; neste cenário altamente competitivo as empresas estãoem busca de novas práticas, de forma a otimizar suas operações reduzir custos, aumentar aqualidade de seus processos e principalmente e cada vez mais diminuir o prazo de entregapara seus clientes.Neste contexto, metodologias tais como: Lean, Agile e métodos para Gerenciamento deProjetos se tornam atrativas. Até pouco tempo atrás o fator qualidade era considerado umdiferencial competitivo nas operações logísticas, hoje em dia é considerado um pré-requisitopara uma empresa atuar no mercado.O grande desafio do gestor de projetos logísticos é fazer com que a tríade ( prazo, custo equalidade) seja atendida durante o ciclo de vida do projeto, para assegurar que o produtocerto seja entregue no local determinado, com prazo correto e dentro dos custos orçados.Para se obter sucesso neste contexto é necessário uma forte gestão alinhada às melhorespráticas, com foco na melhoria de processos enxutos e capacitação profissional.Em projetos de logística internacional nos deparamos com as mesmas dificuldades elimitações de um projeto convencional: solicitações de mudanças, atrasos no cronograma,falha de comunicação e principalmente extrapolação nos custos orçados. Além destesfatores atrelados à estrutura de um projeto há riscos intrínsecos ao processo logístico, quedevem ser mapeados e considerados antes da aprovação do projeto.
  2. 2. Entre os principais riscos em processos internacionais podemos citar: • Fornecedor único; • Companhia aérea; • Transportadora; • Seguro da carga; • Legislações internacionais; • Trâmites aduaneiros; • Mudanças na política do país de origem; • Crises internacionais; • Atentados terroristas; • Mudanças climáticas;Partindo da premissa que o filosofia Lean visa agregar valor à produtos e serviços através daredução de custos e aumento da qualidade, o conceito Lean Supply Chain torna-se aplicávelà estes projetos.O primeiro passo durante o desenvolvimento do Plano de Projeto é analisartodo o fluxo do processo logístico identificando os pontos que agregam valor, bem como ospontos críticos que podem afetar diretamente a qualidade e o prazo dos entregáveis. Éfundamental mapear e gerencias todos os steakholders (interessados no projeto) envolvidose suas respectivas responsabilidades documentando formalmente não esquecendo de suasexpectativas). A gestão das informações passa a ser um ponto fundamental para o sucessodeste projeto, uma vez que, determinados tipos de cargas possuem certas restrições quanto àembalagem de transporte, tempo de trajeto e condições específicas para armazenamento demodo que a qualidade do produto em trânsito não seja alterada . Em caso de fornecedores com subsidiárias em diversos países é importante verificar apadronização da configuração da carga e da documentação de referência.Todas as premissase restrições devem ser conhecidas por todos os envolvidos nas operações, antes da aprovaçãodo projeto. Uma alternativa viável quando se possui projetos com orçamentos elevados eprazos enxutos, seria a utilização de contratos do tipo aliança, onde os riscos sãocompartilhados com os skeakholders da cadeia, havendo uma maior sinergia com cadeialogística, desta forma o desenvolvimento dos fornecedores é importante para padronizaçãoda documentação e fluxo de informações, caso contrário haverá uma cadeia mista, contendoelos que ora puxam e ora empurram as operações , gerando atrasos nas entregas. Umaspecto importante a ser considerado em projetos de logística internacional é o aspectocultural, uma vez que a aliança estabelece o relacionamento entre contratante e contratado,que juntos formam uma nova “organização” cuja missão é a implantação do escopo doprojeto, ambas as partes devem estar preparadas para mudanças culturais, que irão refletirem novos conhecimentos e posteriormente no comportamento dos steakholders.
  3. 3. Logo a filosofia Lean aplicada à projetos colabora no aumentando a integração da cadeia denegócios de forma a contribuir para que os entregáveis declarados no escopo do projetosejam executados dentro do custo, prazo e qualidade, atendendo assim, as expectativas docliente.

×