Your SlideShare is downloading. ×
  • Like
Desenvolvimento Embrionário!
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Now you can save presentations on your phone or tablet

Available for both IPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Desenvolvimento Embrionário!

  • 18,967 views
Published

 

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
No Downloads

Views

Total Views
18,967
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1

Actions

Shares
Downloads
374
Comments
0
Likes
11

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Desenvolvimento EmbrionárioDenise S. AntonioElidiane FeltrinKamylla B. Michelutti
  • 2. EmbriologiaCiência que estuda o desenvolvimetno dos animais desde a fecundação até a formação do embrião.
  • 3. Tudo se inicia no momento da fertilização do óvulo, que a partir de então se passará a chamar de zigoto.Zigoto: é o portador do material genético do espermatozóide ou do óvulo, se divide por mitose até formar um novo indivíduo.
  • 4. Aspectos gerais do desenvolvimento embrionário O zigoto sofre divisões celulares ocorrendo assim a: Diferenciação e Especialização : células-tecidos- órgãos-sistemas-organismo
  • 5. Nutrição do embriãoInício do desenvolvimento; →Vitelo: grânulos de substâncias nutritivas, acumuladas durante a formação do óvulo.
  • 6. Nutrição do embrião em diferentes espéciesDifusão: água do mar (animais marinhos).Reserva de vitelo: ovo com casca, vitelo representado pela gema do ovo (répteis e aves).Alimentação parenteral: desenvolve dentro do organismo materno ao qual estão ligados (mamíferos).
  • 7. Tipos de ovos
  • 8. Tipos deSegmentação ou Clivagem
  • 9. Estágios Iniciais do Desenvolvimento Embrionário• O desenvolvimento embrionário dos organismos foi estudado tendo como modelo animais como o Anfioxo, invertebrado pertencente ao grupo dos cefalocordados.
  • 10. As clivagens sofridas pelo zigoto são muito rápidas.A massa de células resultante chama- se Mórula.
  • 11. Formação da blástula Blastoderme BlastoceleAs células da mórula continuam a sofrer divisões e migrampara a periferia formando uma esfera e deixando no centro umacavidade cheia de líquido (blástula) sendo a cavidade em seuinterior a blastocele e a camada externa de células ablastoderme.
  • 12. Diferentes formas de blástulas
  • 13. GastrulaçãoFaz surgir uma nova cavidade o Arquêntero “antigointestino”, que se comunica com o exterior através deuma abertura o Blastóporo. Ex: Gastrulação por embolia.
  • 14. Como se formam tecidos e órgãos?• Movimentos morfogenéticos: série de dobramentos celulares, que resultam em mudanças radicais na formação do embrião, com intensa síntese de material nuclear, sucessivas divisões celulares e migrações dessas células para posições específicas no embrião.• Isto resulta na formação de novas camadas os folhetos embrionários que determinam o conjunto de órgãos e tecidos bem definidos.
  • 15. Vídeohttp://www.youtube.com/watch?v=7s- J1MG3CNw
  • 16. Folhetos embrionáriosDiblásticos (ectoderme e endoderme): cnidáriosTriblásticos (ectoderme, mesoderme e endoderme): maioriados animais
  • 17. Tipos de gastrulaçãoPor embolia;Por epibolia;
  • 18. OrganogêneseMovimentos de células e o dobramento do folheto embrionário que originam os diversos órgãos do embrião.Vídeohttp://www.youtube.com/watch?v=UgT5rUQ9 EmQ&feature=related
  • 19. Neurulação
  • 20. Celoma É a cavidade formada pela mesoderme epreenchida pelo líquido celomático, que acomodaos orgãos internos do animal. Acelomados: animais que não possuem celoma(cnidários e platelmintos) Pseudoceloma: cavidade que não é internamenterevestida por mesoderme (vermes nematóides).
  • 21. Celoma
  • 22. Anexos embrionáriosAdaptações evolutivas dos vertebrados amniótas ao meio terrestre.
  • 23. Vesícula vitelínicaMais simples e primitivo anexo embrionário(peixes, répteis, aves e mamíferos).
  • 24. AlantóideVesícula em forma de saco que armazena as excretas produzidas pelo embrião.
  • 25. Âmnio e CórioÂmnio: membrana interna, delimita ao redor do embrião o espaço chamado cavidade amniótica, preenchido pelo líquido amniótico (evita dessecação e impactos).Cório: membrana mais externa envolvendo todo o conjunto, vesícula vitelínica, alantóide, embrião e o âmnio.
  • 26. Âmnio e Cório
  • 27. Placenta e cordão umbilical• Os mamíferos sofreram modificações evolutivas que conduziram à viviparidade condições para o embrião se desenvolver dentro do corpo da mãe.• Com isso surgem modificações na forma e função dos anexos embrionários surgindo a placenta e o cordão umbilical.
  • 28. Placenta e cordão umbilical
  • 29. Desenvolvimento pós-embrionárioDesenvolvimento indireto: inclui fase larval que passam por metamorfose, são bem diferentes da forma adulta (alta taxa de predação).Desenvolvimento direto: não apresenta fase larval e o desenvolvimento se dá dentro do ovo ou no interior do corpo do adulto, indivíduo jovem é parecido com o adulto (menor número de descendentes).
  • 30. Obrigada!!