Your SlideShare is downloading. ×
A galinha medrosa
A galinha medrosa
A galinha medrosa
A galinha medrosa
A galinha medrosa
A galinha medrosa
A galinha medrosa
A galinha medrosa
A galinha medrosa
A galinha medrosa
A galinha medrosa
A galinha medrosa
A galinha medrosa
A galinha medrosa
A galinha medrosa
A galinha medrosa
A galinha medrosa
A galinha medrosa
A galinha medrosa
A galinha medrosa
A galinha medrosa
A galinha medrosa
A galinha medrosa
A galinha medrosa
A galinha medrosa
A galinha medrosa
A galinha medrosa
A galinha medrosa
A galinha medrosa
A galinha medrosa
A galinha medrosa
A galinha medrosa
A galinha medrosa
A galinha medrosa
A galinha medrosa
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

A galinha medrosa

8,391

Published on

História Tradicional Portuguesa

História Tradicional Portuguesa

Published in: Education
0 Comments
3 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
8,391
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
15
Actions
Shares
0
Downloads
150
Comments
0
Likes
3
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. A Galinha Medrosa Recontada por: António Mota
  • 2. Era uma vez uma galinha muito medrosa. Era tão medrosa que a própria sombra a assustava…
  • 3. .
    • Um dia, a galinha saiu do galinheiro, e pôs-se a esgravatar no chão , a ver se conseguia uma minhoca para pôr no papo.
  • 4.
    • O dia começou a aquecer e a galinha, para não apanhar sol na cabeça, encostou-se a uma parede.
  • 5.
    • Ainda mal se tinha encostado, já um bocado de cal saía da parede branca e caía em cima da cabeça da galinha.
  • 6.
    • A galinha ficou muito assustada e desatou a correr.
    • Um galo ao ver a galinha a correr, perguntou-lhe:
    -Porque é que foges tão depressa, comadre galinha? -O céu está a cair aos pedaços. Já caiu um bocadinho na minha cabeça!
  • 7.
    • -Que desgraça, que desgraça -Disse o galo.
    E desatou a correr atrás da galinha.
  • 8.
    • Um porco que andava a apanhar bolotas, ao ver a galinha e o galo, perguntou-lhes:
    -Porque é que fogem tão depressa?
  • 9.
    • A galinha respondeu:
    • -O céu está a cair aos pedaços. Já caiu um bocadinho na minha cabeça.
    • -Que desgraça, que desgraça! – Disse o porco
    E desatou a correr atrás do galo e da galinha.
  • 10.
    • Um gato, que andava a caçar ratos, ao ver a galinha, o galo e o porco perguntou-lhes:
    -Porque é que fogem tão depressa?
  • 11.
    • A galinha respondeu:
    • O céu está a cair aos pedaços. Já caiu um bocadinho na minha cabeça.
    • -Que desgraça, que desgraça! – Disse o gato.
    E desatou a correr atrás do porco, do galo e da galinha
  • 12.
    • Um pato que tinha saído do lago, ao ver a galinha, o galo, o porco e o gato perguntou-lhes:
    -Porque é que fogem tão depressa?
  • 13. E a galinha respondeu: - O céu está a cair aos pedaços. Já caiu um bocadinho na minha cabeça! -Que desgraça, que desgraça! – disse o pato. E desatou a correr atrás do gato, do porco, do galo e da galinha.
  • 14. Uma raposa, que estava a descansar na sua toca, ao ver a galinha, o galo, o porco, o gato e o pato, perguntou-lhes: - Porque é que fogem tão depressa?
  • 15. E a galinha respondeu: O céu está a cair aos pedaços. Já caiu um bocadinho na minha cabeça. -Que desgraça, que desgraça! – Disse a Raposa. E desatou a correr atrás do pato, do gato, do porco, do galo e da galinha.
  • 16. Uma cabra, que estava a pastar no prado, ao ver a galinha, o galo, o porco, o gato, o pato e a raposa, perguntou-lhes: -Porque é que fogem tão depressa?
  • 17. E a galinha respondeu: -O céu está a cair aos pedaços. Já caiu um bocadinho na minha cabeça. -Que desgraça, que desgraça! – Disse a cabra. E desatou a correr atrás da raposa, do pato, do gato, do porco, do galo e da galinha.
  • 18. Uma ovelha que estava deitada à sombra de uma árvore, ao ver a galinha, o galo, o porco, o pato, a raposa e a cabra, perguntou-lhes: -Porque é eu fogem tão depressa?
  • 19.
    • A galinha respondeu:
    • O céu está a cair aos pedaços. Já caiu
    • um bocadinho na minha cabeça!
    • Que desgraça, que desgraça! – disse a
    • Ovelha.
    E desatou a correr atrás da cabra, da raposa, do pato, do gato, do porco, do galo e da galinha.
  • 20. Um cão que estava deitado à porta olhando a lua, ao ver a galinha, o galo, o porco, o gato, o pato, a raposa, a cabra e a ovelha, perguntou-lhes: - Porque é que fogem tão depressa?
  • 21.
    • E a Galinha respondeu:
    • O céu está a cair aos pedaços. Já caiu
    • um bocadinho na minha cabeça!
    • E o cão perguntou:
    • Quem é que viu o céu a cair aos pedaços?
  • 22.
    • Eu não !
    • Disse a ovelha.
    • – A galinha é que
    • contou.
    -Eu não! Disse a raposa. A galinha é que contou.
  • 23. -Eu não! Disse o pato. -A galinha é que contou.
    • -Eu não!
    • Disse o gato.
    • A galinha é que
    • contou
  • 24. -Eu não! Disse o porco. -A galinha é que contou. -Eu não! Disse o galo. -A galinha é que Contou.
  • 25. -Eu vi! - Disse a galinha. -A galinha é que contou! -Eu não! - Disse a cabra .
  • 26. E disse o cão: -Parem com esta correria e venham meter-se debaixo da cama da minha dona, até ver em que é que as coisas param!
  • 27. A galinha, o galo, o porco, o gato, o pato, a raposa, a cabra, a ovelha e o cão, meteram-se debaixo da cama da velha. E lá ficaram muito quietinhos a ver o que acontecia. E adormeceram…
  • 28. A meio da noite, a velha mexeu-se, a cama rangeu, e os animais sobressaltaram-se. Com medo que o céu caísse aos pedaços, ficaram muito agitados.
  • 29. A galinha cacarejava… O galo cantarolava…. O porco roncava…. O gato miava…
  • 30. O pato grasnava… A raposa regougava… A cabra berrava… A ovelha balia…. O cão ladrava…
  • 31. E a velha, que acordou sobressaltada com todo aquele barulho, saiu da cama e gritou: - Todos lá para fora!!!
  • 32. A galinha, o galo, o porco, o gato, o pato, a raposa, a cabra, a ovelha e o cão, saíram debaixo da cama da velha.
  • 33. E quando chegaram à rua, olharam para o céu e viram que nada tinha acontecido… … e agora?
  • 34. Agora?... Pozinhos de Perlim…pim…pim… A história chegou ao… FIM
  • 35. JI Brandoa nº 2 Ano Lectivo 2008/2009 Reconto da história « A galinha vaidosa», por António Mota. Adaptação: Educadora Maria da Luz Montagem e desenhos: Meninos e Educadora da sala 4 Pesquisa de imagens: Encarregados de Educação, Educadora e crianças. Desenhos no paint: Igor

×