Turismo sustentável slides (2)
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Turismo sustentável slides (2)

on

  • 4,954 views

 

Statistics

Views

Total Views
4,954
Views on SlideShare
4,929
Embed Views
25

Actions

Likes
2
Downloads
153
Comments
0

2 Embeds 25

http://umgoldeeducacao-cilguara.blogspot.com.br 22
http://umgoldeeducacao-cilguara.blogspot.com 3

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Turismo sustentável slides (2) Turismo sustentável slides (2) Presentation Transcript

  • Turismo Sustentável "O turismo sustentável no seu sentido mais puro, é uma indústria que tenta provocar um baixo impacto sobre oambiente e a cultura local, ao ajudar a gerar rendimentos, emprego e simultaneamente conservar os ecossistemaslocais. É um turismo responsável, que é simultaneamente ecológico e cultural. Assim, as atividades do turismo sustentável têm de ter um impacto mínimo sobre o meio ambiente e a cultura da comunidade local. Segundo a Organização Mundial do Turismo, o turismo sustentável é o turismo que leva à gestão de todos os recursos de forma a que as necessidades econômicas, sociais e estéticas possam ser satisfeitas enquanto a integridade cultural, processos ecológicos essenciais, diversidade biológica e sistemas de suporte de vida são reservados.
  • Segundo a Organização Mundial do Turismo, o turismo sustentável é o turismo que leva à gestão de todos os recursos de forma a que as necessidades econômicas, sociais e estéticas possam ser satisfeitas enquanto a integridade cultural, processos ecológicos essenciais, diversidade biológica e sistemas de suporte de vida são reservados.
  • O que é Ecoturismo?"Segmento da atividade turística que utiliza, de formasustentável, o patrimônio natural e cultural, incentiva sua conservação e busca a formação de umaconsciência ambientalista através da interpretação do ambiente, promovendo o bem-estar das populações."
  • O Brasil ainda está dando os primeiros passos para oturismo sustentável, havendo ainda aqui uma maiorpreocupação com o ecoturismo do que com primeiro,mas algumas cidades já o adotaram como, por exemplo,a cidade de Bonito, situada no Mato grosso do Sul,sendo um dos grandes destaques do turismo nacional,adotou uma política sustentável a partir dos anos 90,quando começou a ser mais visitado e sentiu anecessidade de colocar regras no turismo para que nãodestruísse seus bens naturais.
  • TURISMO SUSTENTÁVELPassaporte Verde para a Copa do Mundo de 2014Sede da Copa do Mundo de 2014, o Brasil adotará o conceito de turismosustentável para receber milhares de turistas estrangeiros que virão ao paísem função do evento. Representantes do Ministério do Meio Ambiente(MMA) e do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma)reuniram-se em Brasília, para definir uma lista de cooperação com açõesestratégicas que serão desenvolvidas por meio de parceria entre os órgãos. Euma dessas ações é o fortalecimento da campanhaPassaporte Verde durante a Copa.
  • O Passaporte Verde é um guia, disponível na maioria dos pontos turísticos e na rede hoteleira, com detalhes, informações e orientações sobre o turismo sustentável, atividade que respeita o meio ambiente, favorece a economia local e o desenvolvimento social e econômico das comunidades. A publicação é resultado da força- tarefa internacional para o desenvolvimento do turismo sustentável.
  • As práticas do turista sustentável vão desde o planejamento até o meio de transporte utilizado na viagem. Ao escolher seu destino, o turista deve certificar-se que o local oferece meios de transporte,acomodações e tratamento de lixo e esgoto adequados. Para isso, deve preferir acomodações que tenham equipamentos eficientes e que permitam o uso racional da energia e da água e priorize o serviço de guias e condutores integrantes das comunidades locais.
  • FYALL (1998) lançou dez princípios para odesenvolvimento do Turismo de forma sustentável, todos focados de forma direta ou indireta na melhoria da qualidade de vida da comunidade local1º - Usar os recursos com sustentabilidade: a conservação e ouso sustentável dos recursos-naturais, sociais e culturais écrucial e faz sentido mantê-los para o futuro da atividade.
  • 2º - Reduzir o excesso de consumo e o desperdício: aredução do excesso de consumo e desperdícios evita oscustos de restabelecer em longo prazo danos ambientaise contribui para a qualidade do turismo.
  • 3º - Manter a diversidade: manter e promover adiversidade natural, social e cultural é essencial parao turismo sustentável duradouro, e cria opçõesdiversificadas para a atividade.
  • 4º - Integrar o turismo ao planejamento: o turismo é integrado numaestrutura de planejamento estratégico nacional e local e que empreenda taxas deimpactos ambientais aumentando a viabilidade em longo prazo da atividade.
  • 5º - Apóia as economias locais: o turismo que apóia emlargo alcance as atividades econômicas locais e que levaem conta seus valores e recursos ambientais protegeessas economias e evita danos ambientais.
  • 6º - Envolver as comunidades locais: o total envolvimentodas comunidades locais no setor de turismo, não sóbeneficia a elas e ao meio ambiente em geral, mas tambémmelhora a qualidade da atividade turística.
  • 7º - O poder público e privado: a articulação entre o s doislados, as comunidades locais, as organizações e instituições ligadas ao turismo é essencial para elas trabalharem integradas, buscando solucionar potencias, conflitos e interesses.
  • 8º - Qualificar mão-de-obra: a qualificação da mão-de-obra integra o turismo sustentável e práticas de trabalho,na medida em que recruta mão-de-obra local em todos os níveis, melhorando a qualidade do produto turístico.
  • 9º - Comercializar o turismo com responsabilidade: omarketing que promove o turismo com ampla e responsável informação aumenta o respeito por ambientes naturais, sociais e culturais das áreas receptoras e aumenta a satisfação dos visitantes.
  • 10º - Desenvolver pesquisas: a realização de pesquisas e omonitoramento da atividade através de dados e analises sãoessenciais para ajudar a resolver problemas e trazerbenefícios para os espaços receptores, para o turismo e seusreceptores.
  • "... o desenvolvimento do turismo sustentável pode satisfazer as necessidades econômicas, sociais e estéticas, simultaneamente as integridades cultural e ecológica. Pode ser benéfico aos anfitriões e para os visitantesenquanto protege e melhora a mesma oportunidade para o futuro. Essas são as boas notícias. Contudo, o desenvolvimento do turismo sustentável envolve tomada de medidas políticas vigorosas baseadas em trocas complexas aos níveis social, econômico e ambiental" (ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DE TURISMO, 1993:51)
  • ANÁLISE CONCLUSIVA Considerando se tratar de uma área em franco desenvolvimento, com tamanha importância tendo em vista sua capacidade de geração de trabalho e renda a partir da realidade social contemporânea, tem-se nesse sentido um mix de possibilidades, alternativas,necessidades e responsabilidades que envolvem todos os atores do mercado turístico. Eles, em frente ao grande desafio de tornar o turismo uma fonte social natural sustentável, necessariamente estão obrigados às açõesde análise e planejamento da capacidade turística à qual estão expostos.
  • Não se admite mais uma ação sem ponderar sobre suasconseqüências, pois na grande transformação desse mercado,sendo ele o responsável por envolver diversas áreas sociais, o mesmo vem acompanhado de alterações legais e de comportamento dos consumidores, o que vai exigir a qualificação cada vez maior dos responsáveis por tornar, ou não, o turismo uma fonte positiva para a sociedade.
  • Fontes: BENI, Mário Carlos. Globalização do Turismo: megatendências do setor e a realidade brasileira. São Paulo: Aleph, 2003.GARROD, Brian; FYALL, Enoque. Beyond the rhetiric of sustainable tourism? Tourism Mnagement. Reino Unido: Elsevier Science, v. 19, n3, 1998. Instituto de Hospitalidade, Manual de boas práticas: aspectos econômicos relacionados ao turismo sustentável. Salvador, 2006.OMT. Planejamento para o desenvolvimento de turismo sustentável em nível municipal, Madrid, 1996.MAGALHÃES, Cláudia Freitas, Diretrizes para o Turismo Sustentável em municípios. São Paulo: Roca, 2002. NAISBITT, John. O paradoxo global. Rio de Janeiro: Campus, 1994. TORRE, De La. El turismo: fenómeno social. México, Fondo de Cultura Económica, 1992.