Your SlideShare is downloading. ×
0
So aula 04_software
So aula 04_software
So aula 04_software
So aula 04_software
So aula 04_software
So aula 04_software
So aula 04_software
So aula 04_software
So aula 04_software
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

So aula 04_software

71

Published on

Aula 04

Aula 04

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
71
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
6
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Aula Software 04 CONCEITO DE SOFTWARE SOFTWARE LIVRE X SOFTWARE GRATUITO SOFTWARE PROPRIETÁRIOS AQUISIÇÃO DE SOFTWARES PIRATARIA DE SOFTWARE PROFESSOR RONEY SOUSA
  • 2. CONCEITO DE SOFTWARE Chamamos de Software qualquer programa ou conjunto de programas que instrui o hardware sobre a maneira como ele deve executar uma tarefa. Ele trata a informação de forma automática e intermedeia a comunicação entre o homem e máquina.
  • 3. CONCEITO DE SOFTWARE Sistemas Operacionais: este software pode ser visto como o administrador geral do computador, sendo o principal programa da máquina, capaz de gerenciar tanto o hardware como software e demais dispositivos Aplicativos: programas utilizados nas diversas tarefas básicas do usuário, realizando a parte prática do nosso dia-a-dia, podendo ser recomendados tanto para atividades das empresas, na elaboração de documentos, relatórios, auxiliando o dia-dia das pessoas nas organizações ou até mesmo para atividades pessoais. Linguagens de programação: programas utilizados para o desenvolvimento dos mais variados softwares, através de ferramentas de edição de textos, interpretadores e compiladores. Utilitários: complementam as funções dos softwares aplicativos, auxiliando em tarefas práticas ao usuário, como: cópia de arquivos (backup), compactação de dados, desfragmentação e limpeza de disco, como também na prevenção de vírus e ameaças virtuais ao computador. Automação: responsáveis pelas automações industriais, comerciais de serviços. São exemplos os programas de desenho industrial, softwares de gerenciamento bancários, controle financeiro e até mesmo softwares usados na robótica.
  • 4. SOFTWARE LIVRE X SOFTWARE GRATUITO É comum nos depararmos com certa dúvida sobre Software Livre e Software Gratuito. Para esclarecer esta questão, podemos definir como Software Livre todo programa que pode ser usado, copiado, estudado, modificado e até mesmo redistribuído sem qualquer impedimento. Entretanto é importante que este software seja avaliado pela licença GPL (General Public License - Licença Pública Geral), que organiza diversos projetos para programas de livre distribuição. Um Software Livre não necessariamente significa que não poderá ser comercializado, isto é, poderá ser de uso, de desenvolvimento e distribuição comercial. Já um Software Gratuito é aquele que pode não ter seu código fonte aberto, e possuir licenças restritivas, não sendo comercializável e não autorizando sua redistribuição ou modificação.
  • 5. SOFTWARE PROPRIETÁRIOS Ao contrário dos Softwares Livres, um programa Proprietário é aquele que não permite sua redistribuição ou qualquer modificação em seu código fonte, sem a prévia autorização de seu desenvolvedor, que poderá inclusive cobrar para tal, sendo necessário adquirir sua licença. Exemplos: pacote Office da Microsoft, CorelDraw da Corel Corporation , Dreamweaver da Adobe, Nero da Ahead Software AG.
  • 6. AQUISIÇÃO DE SOFTWARE Agora que você já sabe diferenciar Software Livre de Software Gratuito e de Software Proprietário, deve ainda saber que existem diversas maneiras para você adquirir seus programas. Você poderá comprar Software Proprietário direto do fornecedor ou de uma empresa representante, como o caso do Pacote Office da Microsoft ou dos Produtos da Adobe – PhotoShop e Illustrator, por exemplo. Existe ainda a possibilidade de baixar estes programas da Internet através de sites específicos, como o Baixaki, Superdownloads e Techtudo, por exemplo.Mesmo nestes sites, você encontrará programas que são proprietários e que terão um prazo para você conhecê-lo antes mesmo de comprá-lo. Como também irá encontrar softwares inteiramente gratuitos e diversos programas de livre distribuição.
  • 7. SAIBA MAIS!
  • 8. ATENÇÃO! VOCÊ SABE O QUE É SOFTWARE PIRATA? Ao adquirir um programa proprietário, você precisa estar ciente que deverá pagar suas licenças de acordo as recomendações de seu desenvolvedor, para poder registrá-lo e usufruir de seus recursos, por exemplo, poder manter este programa sempre atualizado. Entende-se por pirataria toda reprodução, cópia, venda ou distribuição do produto sem a devida autorização ou pagamento de seus direito autorais. Assim, a pirataria além de ilegal é também considerada Crime, e a pena por este delito pode variar de país para país. No Brasil a lei 10.695, de 01 /07/2003 é quem prevê crime com pena de reclusão de 2 a 4 anos e multa. Para impedir a Pirataria, muitas empresas optam por ativar seus produtos pela internet, através do fornecimento de chaves de ativação, identificando fisicamente o computador que será utilizado e, uma vez ativado, o usuário poderá reinstalá-lo várias vezes nos casos de uma eventual manutenção no computador.
  • 9. ATIVIDADES Páginas 26 da apostilas

×