Your SlideShare is downloading. ×
Tempos Modernos
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Saving this for later?

Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime - even offline.

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Tempos Modernos

3,429
views

Published on

Crítica do Filme Tempos Modernos de Charles Chaplin ao Trabalho de Taylor

Crítica do Filme Tempos Modernos de Charles Chaplin ao Trabalho de Taylor

Published in: Technology, Business

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
3,429
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
51
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. QUAL A CRÍTICA QUE O FILME TEMPOS MODERNOS FAZ AOS TRABALHOS DE TAYLOR?1<br />Por Roneison Ramos2<br />A maioria das obras de Chaplin são sátiras sociais. Tempos Modernos de 1936, mostra imagem da sociedade capitalista, fruto da Revolução Industrial, que se iniciava na Europa a partir do século 18. Numa grande fábrica o operário Carlitos desempenha o trabalho repetitivo de apertar parafusos diante de uma esteira, a linha de montagem. De tanto repetir essa atividade, ele acaba tornando-se uma parte integrante da máquina. Isso pode ser observado no intervalo do turno, quando ele continua com a mente voltada para os movimentos do trabalho. Esse trabalho faz que ele perca a razão de tal forma que pensa que deve apertar tudo o que se parece com parafusos, como os botões de uma blusa, por exemplo. Carlitos vai parar nas engrenagens da máquina da fábrica, fazendo, dessa forma, uma grande crítica à comparação do homem sendo tratado como uma máquina (mecanicismo) pela forma de administração de Taylor. Essa é a principal crítica aos trabalhos de Taylor, o ser humano reduzido a uma mera peça de toda a engrenagem, sem a sua identidade, a sua individualidade, o seu valor próprio, tendo como único valor o trabalho mecanicista.<br />REFERÊNCIAS.<br />Amaral, M. G. Filme tempos modernos e Taylor. Disponível em: <http://www.administradores.com.br>. Acesso em: 21 de Maio de 2011.<br />Machado, J. L. A. Tempos Modernos - Imortal e atualíssimo. Disponível em: < http://www.planetaeducacao.com.br/portal>. Acesso em: 21 de Maio de 2011.<br />Trabalho da disciplina Teoria Geral da Administração, ministrada pelo Prof. Adm. Paulo César Diniz de Araújo, M.Sc. e M.B.A.<br />Aluno do curso de Administração da Universidade do Estado do Amazonas, matricula nº 1113010047.<br />