Your SlideShare is downloading. ×
Artigo Entrevista W3C 2011
Artigo Entrevista W3C 2011
Artigo Entrevista W3C 2011
Artigo Entrevista W3C 2011
Artigo Entrevista W3C 2011
Artigo Entrevista W3C 2011
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Artigo Entrevista W3C 2011

101

Published on

Published in: Technology
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
101
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Artigos de Colaboração www.esat.com.br 3ª CONFERÊNCIA WEB W3C BRASIL 2011 - RIO DE JANEIRO - RJ. Aconteceu nos dias 17 e 18 de Novembro um dos maiores eventos do universo digital no Rio de Janeiro, a 3ª Conferência Web W3C Brasil 2011. A ESAT, como não poderia ser diferente, esteve presente no evento, participando e cobrindo as novidades trazidas durante a conferência com o Desenvolvedor de Interfaces Sharepoint - Ronei Pasquetto e o Desenvolvedor Web Thiago Breda, que conversaram conosco sobre o que viram durante a conferência, as novidades, as surpresas e os fatos mais marcantes sobre o evento que tem como objetivos reunir e agregar uma comunidade de múltiplos interessados em torno do uso e desenvolvimento de tecnologias web em © ESAT Consultoria 1
  • 2. Artigos de Colaboração 3ª Conferência Web W3C Brasil – Rio de Janeiro, 2011 www.esat.com.br busca do futuro da rede, a universalização pelo módulo Speech do CSS3. Definição de para qualquer dispositivo, lugar e cultura, ângulos, tempo, frequência de fala, mantendo-a segura e confiável para quem definições de volume, especificações, acessa. soletração. É incrível de se imaginar tudo o que podemos fazer para que pessoas com Nesta edição, os temas debatidos durante dificuldades visuais possam acessar a web a conferência foram HTML5, CSS3, e participar desta rede sem a qual a nossa Acessibilidade, Dados Abertos, Web sociedade provavelmente não sobreviveria. Semântica e Visualização de Dados. Todas as palestras e questões abordadas tiveram [ESAT/Marketing]: Interessante. É sempre focos em situações e momentos atuais, e bacana de se ver iniciativas e preocupações também prospecções para futuras como esta, procurando meios de tornar situações que podem vir a fazer parte do acessível a todos, o que a maioria de nós cotidiano de quem desenvolve e acessa. toma por “comum”. Claro que não da mesma forma, mas o assunto seguinte [ESAT/Marketing]: Quando começamos a sobre interoperabilidade entre dispositivos cobertura do evento no primeiro dia, vocês também trouxe boas impressões sobre a pareciam bastante empolgados com preocupação dos desenvolvedores quanto algumas das novidades que viram. As à amplitude da rede? novidades quanto à acessibilidade foi a primeira que chamou a atenção. Porquê? Thiago: Sem dúvida. O que foi trazido por Ana Gomes quanto à importância da Ronei: Bom, a conferência já começou com compreensão sobre o meio e as o pé direito falando sobre CSS3 (em diferenciações quanto à dispositivos moveis específico sobre o “novo” módulo de foi bem interessante. As opções que as Speech) com Thiago Campos. O assunto em empresas e nós, como desenvolvedores, sí já era interessante, ainda mais temos quando enfrentando situações de considerando as aplicações que foram “transposição” de um portal para formatos demonstradas. válidos a dispositivos móveis, por exemplo, O foco desta primeira palestra, por mais foi uma parte interessante da discussão. que falasse, claro, da tecnologia por trás do Desenvolvedores sabem, claro, os limites conceito, era o conceito de Acessibilidade do que se pode fazer. em si e tudo o que poderia ser alcançado O que é interessante da discussão foi o foco graças às inúmeras possibilidades trazidas © ESAT Consultoria 2
  • 3. Artigos de Colaboração 3ª Conferência Web W3C Brasil – Rio de Janeiro, 2011 www.esat.com.br dado à padrões de desenvolvimento. Ronei: Não apenas “de peso”, mas uma Padrões como HTML5 (tecnologias de surpresa muito positiva e interessante foi a padrões abertos) que é capaz de prover equipe MSDN da Microsoft trazendo a suporte a um desenvolvimento altamente plataforma de desenvolvimento e complexo e interoperável entre publicações Web free – WebMatrix. praticamente qualquer dispositivo que Fernando Martim questionou se temos hoje como opção. Este ponto da “desenvolver web é codificar”, e a partir daí discussão foi por onde entramos falando da Fabrício Sanchez assumiu demonstrando a inviabilidade do Flash como padrão de capacidade de desenvolvimento da desenvolvimento e a demonstração de um WebMatrix em um passo a passo que excelente trabalho sendo feito pela Adobe demonstrava os horizontes do que poderia com o EDGE, que possibilita aos ser feito seja por um desenvolvedor desenvolvedores criar conteúdo rico, iniciante, ou um sênior. A aplicabilidade da animações etc e exportar o trabalho WebMatrix é imensa e a Microsoft marca diretamente para HTML5. presença na conferência com uma Um passo em direção à substituição da bagagem bastante expressiva. própria ferramenta desenvolvida por eles que reinou durante anos. Acima disso, a preocupação com entender o ambiente, os formatos e a maneira como os dispositivos se comportam, para poder definir com mais clareza, como será o desenvolvimento. Fatores como o uso de canetas, longevidade de baterias, memória, capacidade touch-screen etc. [ESAT/Marketing]: Acessibilidade e disponibilidade de conteúdo parecem ter sido pontos bem fortes dentre os temas que faziam parte da programação. Alguma [ESAT/Marketing]: É uma bela notícia, até outra palestra trouxe novidades de peso? mesmo para quem já desenvolve para SharePoint e está acostumado com as soluções Microsoft. Foi comentado algo © ESAT Consultoria 3
  • 4. Artigos de Colaboração 3ª Conferência Web W3C Brasil – Rio de Janeiro, 2011 www.esat.com.br sobre experiência de usuário a partir de frente, seu tablete poderá continuar a ditar integração de dispositivos. Boas o que fazer com a sua receita etc. demonstrações? Experiências de compra baseadas em tecnologias de captação de movimento, Ronei: A princípio, imaginava ver alguns realidade aumentada para demonstração exemplos de integração que existem hoje de produtos em um e-commerce. Tudo sem (embora escassos), mas foi demonstrado tocar em nada, através de gestos e voz um framework capaz de integrar tecnologias que podem mudar a forma [ESAT/Marketing]: E quanto ao que foi como interagimos com a web - de forma falado sobre Ontologia e Web Semântica? experimental - e o ponto positivo foi as As impressões gerais pelas redes sociais interações variadas ao longo de uma acompanhando o evento foram boas ou mesma aplicação em diversos dispositivos. excelentes, mas vagas. Foi uma boa O conceito era o uso de comandos de voz e apresentação na opinião de vocês? toque para controlar diversos dispositivos Thiago: A apresentação da equipe de simultaneamente, interconectados ao Leonardo Burlamaqui foi excelente. processo ou sistema básico do que está Baseada basicamente nas dificuldades que sendo feito, como fazer uso de um tablete o portal Globo.com enfrentou (e ainda para ter os ingredientes de uma receita enfrenta) com a semântica dos sistemas ditada ao usuário enquanto ele cozinha, ao quanto aos conteúdos em busca de mesmo tempo em que a geladeira e seu gerenciamento destes e organização de sistema recebe as informações e informa o acordo com apresentação do conteúdo aos usuário de que ele não tem o suficiente de usuários. Um exemplo foi como apresentar um ou outro item. Neste momento, é mais ao usuário conteúdo relacionado que possa prático usar sua voz para comandar os interessar à ele sobre o ex-jogador dispositivos, mas conforme você chega ao Romário, sendo que conteúdo sobre ele mercado com a lista de compras no seu pode ser encontrado nas áreas de Esportes, smartphone, provavelmente vai ser mais Celebridades e Política. Toda a estrutura do cômodo ter a lista nele (automaticamente) portal é baseada em estudos de ontologia controlada pelo toque e conforme você encabeçados pela equipe de Arquitetura da delimita o que foi comprado, sua geladeira Informação, e para facilitar o trabalho de já estará à espera da mesma informação lidar com a semântica de todo o conteúdo, quando você chegar à sua casa. Dali para © ESAT Consultoria 4
  • 5. Artigos de Colaboração 3ª Conferência Web W3C Brasil – Rio de Janeiro, 2011 www.esat.com.br eles introduziram um Widget que atua apoiando) fizeram um bom trabalho. como um passo a passo de preenchimento Uma bela maneira de fortalecer um evento sobre as informações relevantes, tirando o que se mostra mais e mais importante para trabalho de ter que lidar especificamente o cenário digital. com a semântica da mão dos profissionais, [ESAT/Marketing]: Obrigado pela apenas mantendo a necessidade de participação e colaboração de vocês, o introdução das informações. Funciona feedback sobre as palestras e os insights como um Sistema de Anotações. sobre o que foi discutido. Estaremos [ESAT/Marketing]: Interessante. Bom, para esperando mais coberturas como esta em finalizarmos, alguma outra indicação ou eventos por vir. comentário sobre o evento? Fiquem ligados para mais informações sobre os maiores e mais importantes Ronei: Após inúmeras palestras muito eventos do mundo digital conosco aqui boas, encerramos nossa participação no pela ESAT. evento participando de um debate aberto coordenado por Ricardo Saavedra numa *** grande troca de experiências sobre A EMPRESA Usabilidade e Arquitetura da Informação. Um debate que discutiu como A ESAT POSSUI 10 ANOS DE MERCADO COM metodologias de desenvolvimento, AMPLA EXPERIÊNCIA EM PROJETOS DE SUCESSO PARA PORTAIS CORPORATIVOS, arquitetura de informação, coesão e BUSINESS INTELLIGENCE, EPM, CRM, E- comprometimento com a qualidade do LEARNING E TAMBÉM EM PRODUTOS produto final podem inferir sobre o PRÓPRIOS BASEADOS EM SHAREPOINT, TENDO resultado do processo, e como a qualidade COMO CLIENTES GRANDES ORGANIZAÇÕES NACIONAIS E MULTINACIONAIS resultante interfere diretamente em nossas vidas. O evento em si foi excelente, todas as palestras e todos os assuntos abordados, até mesmo aqueles que não estavam necessariamente dentre as prioridades para se assistir. A organização foi impecável e as empresas participantes do evento (tanto palestrando quanto © ESAT Consultoria 5
  • 6. Artigos de Colaboração 3ª Conferência Web W3C Brasil – Rio de Janeiro, 2011 www.esat.com.br © ESAT Consultoria 6

×