• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Relatório de Atividades (Modelo)
 

Relatório de Atividades (Modelo)

on

  • 18,237 views

Não é o original.. Só um modelo por enquanto

Não é o original.. Só um modelo por enquanto

Statistics

Views

Total Views
18,237
Views on SlideShare
18,236
Embed Views
1

Actions

Likes
2
Downloads
0
Comments
0

1 Embed 1

http://www.slideshare.net 1

Accessibility

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Relatório de Atividades (Modelo) Relatório de Atividades (Modelo) Document Transcript

    • RELATÓRIODE ATIVIDADESJaneiro | Fevereiro | Março | Abril
    • S U M Á R I OJANEIRO 3FEVEREIRO 10MARÇO 21ABRIL 38
    • RELATÓRIO DE ATIVIDADES JANEIRO Governo Federal destaca apoio à nova gestão da SeagroCom o propósito de manter a parceria com o integrada da carne bovina no Tocantins paraGoverno Federal, o secretário da Agricultura, impulsionar as exportações da carne para osda Pecuária e do Desenvolvimento Agrário, Estados Unidos e os países da União Européia.Jaime Café, apresentou os projetos da pastaque sãodesenvolvi- Convênios e açõesdos em par- administrativas sãoceria com oGoverno Fe- feitos em parceria comderal ao su- o Governo Federalperintende-nte Federal de Agricultura do Tocantins, JalbasManduca. São ações de capacitação doprodutor e técnicos, convênios sanidadeanimal e vegetal e apoio aos eventos. Duranteo encontro, o secretário também defendeu Incentivar a produção da carne foi uma das medidasadotar a medida de incentivar a produção debatidas na reuniãoAgronegócio recebe reforço com ações de incentivo da SeagroDepois da soja, a carne bovina é o segundo Campos criou novos mecanismos paraproduto de exportação tocantinense, que expandir os investimentos no Tocantins.responde por 72% da economia do Estado Entre as medidas estão à criação de trêse ganha mais reforço no atual Governo. subsecretarias de Aqüi-cultura e Pesca deO secretário da Agricultura, da Pecuária e Assentamentos e Produção de Energia Limpa. O secretário disse que essas subsecre-tarias são os pilares de sustentação para impul-sionar o agronegócio. “Cada subsecretaria responderá por funções de articulação das políticas públicas no setor agropecuário”, projetou. Jaime Café: “Cada subsecretaria responderá por funções de articulação das políticas públicas no setor agropecuário.”Desenvolvimento Agrário, Jaime Cafédisse que a missão da pasta é incentivar osprodutores rurais e promover alucratividade. Para reforçar e criar medidasde incentivo para o agronegóciotocantinense, o governador Siqueira 3
    • RELATÓRIO DE ATIVIDADES JANEIRO Seagro e Embrapa reforçam parcerias para incentivar a pesquisa agropecuária no TocantinsO secretário da Seagro – Secretaria deAgricultura, da Pecuária e do Desenvolvi-mento Agrário, Jaime Café, reuniu comentidades parceiras para criar e fortaleceros projetos da agricultura e pecuária doTocantins. O encontro aconteceu naSeagro, no mês de janeiro. “Este é ummomento de buscarmos as parceriasnecessárias para resolvermos os entravesda agropecuária tocantinen-se. Queremos Setor busca fortalecer os projetos da Agricultura e Pecuária noum trabalho harmonioso para que Tocantinspossamos levar maisoportunidade para os Expectativa do gover- para o desenvolvimento daprodutores rurais”, des- no do Estado do To- agricultura e da pecuária notacou Jaime Café. A ex- cantins é envolver to- Tocantins. “É necessários quepectativa do governo do dos os parceiros. todos levantem as demandasEstado é envolver todos dos setores para que,os parceiros para que possam contribuir posteriormente tentarmos solucioná-los”, frisou o secretário. Governo cria subsecretaria para impulsionar a produção de energia limpa no Tocantins O governo do Estado, por meio da Seagro – Secretaria da Agricultura, da Pecuária e do Desenvolvimento Agrário criou, a subsecretaria de Produção de Energia Limpa para impulsionar o segmento energético renovável no Estado. Com a implantação, novos projetos serão criados de forma sustentável para desenvolver fontes alterna- tivas de energia limpa. O subsecretário de Produção de Energia Limpa, Ailton Parente Araújo, está fazendo Usina de Biodiesel em Paraíso: uma alternativa de um diag-nóstico para levantar as produção de Energia Limpa poten-cialidades existentes no To c a n t i n s , n e s t e s e g m e n t o energético. 4
    • RELATÓRIO DE ATIVIDADES JANEIRO Tocantins investe na produção de álcool extraído da mandioca Os investimentos tecnológicos para o pelo projeto, apresentou a construção, em incentivo de novas cadeias produtivas no andamento. Tocantins são intensificados pelos empreendedores em parceria com o governo do Estado. Uma usina para produção de álcool neutro extraído da matéria-prima (mandioca), está em fase de construção, na fazenda Santa Rosa, em Porto Nacional. O secretário da Agricultura, da Pecuária e do Desenvolvimento Agrário, Jaime Café, o secretário de Desenvolvimento Susten- tável, Divaldo Rezende e sua equipe, o subsecretário da Produção de Energia Limpa, Ailton Parente de Araújo, entre outros técnicos estiveram conhecendo o ocal. Na ocasião, Luiz Eduardo, do Secretário Jaime Café e equipe durante visita a empreendimento de produção de álcool Instituto Brasil Ecológica e responsávelTrânsito de animais é liberado com extinção da Zona TampãoFoi liberado no município de Barra do Ouro pelo Mapa- Ministério da Agriculturao trânsito de animais após o fim Pecuária e Abas-da Zona Tampão. Embora a “Esse é um momento tecimento. O comboio deZona Tampão tenha sido extinta histórico para o agro- 11 carretas com 204no dia 28 de dezembro de 2010 negócio”, disse Jaime bovinos (162 machos ee recebido o reconhecimento 42 fêmeas) partiu donacional de zona livre de febre Café. município de Barra doaftosa com vacinação, Ouro com destino a um frigorífico na cidade de Nova Olinda. “Esse é um momento histórico para o agronegócio a nível nacional e principalmente para esta região que terá um ganho maior de custo benefício e a valorização também de suas terras”, comemorou o secretário da Seagro, Jaime Café. “Este é um marco importante, além de melhorar a qualidade de vida das pessoas destes municípios, abrir novas fronteiras e atrair novos investimentos” completa o presidente do Ruraltins, Olimpio Mascarenhas.Mais de 200 animais foram transportados até o frigorífico nacidade de Nova Olinda 5
    • RELATÓRIO DE ATIVIDADES JANEIRO Parceiros realizam primeira reunião sobre Agrotins 2011Na segunda quinzena de janeiro foi balhos. “A nossa intenção é tornar arealizada a primeira reunião para discutir Agrotins mais atrativa, com novidades nassobre a realização da Agrotins 2011. A áreas de energia limpa, silvicultura,reunião aconteceu no Centro tecnologias, agriculturade Tecnologia Agropecuária foi anunciada a data de familiar, aqui-cultura e(Agrotins), em Palmas, e 10 a 14 de maio, aprova- pesca, entre outros”,conduzida pelo secretário da da pelo governador c o m e n t o u C a f é ,Agricultura, da Pecuária e do Siqueira Campos. acrescentando que aDesenvolvi-mento Agrário política adotada peloJaime Café. Na reunião já foi anunciada a governador é que haja compromisso,data de 10 a 14 de maio, aprovada pelo interação com as outras instituições e que,governador Siqueira Campos. além da transferência de tecnologias, aNa reunião o secretário destacou a Agrotins tenha ações práticas, queimportância da parceria e da união de beneficie diretamente os milhares detodos os envolvidos produtores ruraisno processo de ins- que vêm emtalação da Agrotins, b u s c a d ede identificar as conhecimentos ea ç õ e s p a r a novidades para omelhorar as apre- setor rural.sentações dos tra- Equipe da Seagro defendeu destacou a importância das parcerias para a realização da Agrotins durante reunião Secretário comemora aniversário com servidoresEm clima descontraído, marcado com música e mensagens de otimismo, o secretário daAgricultura, da Pecuária e do Desenvolvimento Agrário, Jaime Café, juntamente com osservidores comemoraram a passagem de aniversário, no mês de janeiro. O secretárioparabenizou os aniversariantes. “Neste começo de ano as esperanças se renovam. E nósservidores, somo incumbidos de levar oportunidades para desenvolver as atividades para ohomem do campo”, disse Café.Naquele mês os aniversariantes foram: secretário, Jaime Café, e os servidores: MariaCreusa Alves da Silva, Rimundo Dias de Sousa, Jales Coelho Valadares, Waldeson Pereirade Souza e Sebastiana Borges Parrião. 6
    • RELATÓRIO DE ATIVIDADES JANEIRO Banco do Brasil divulga novos ajustes normativos internos para liberação de crédito ruralA Seagro – Secretaria da Agricultura, da no que se refere aos critérios para aPecuária e do Desenvolvimento Agrário exigência do licenciamento ambiental,divulgou as novas orientações sobre as outorga de uso de água e averbação decontratações de crédito do Banco do reserva legal. Para a comprovação deBrasil, que passou a vigorar no dia 2 de regularidade ambiental da propriedadejaneiro de 2011, para as contratações de rural conforme o Decreto nº 7.029/2009,operações de crédito rural (custeio e será exigida a partir de 12.06.2011, ainvestimento), dando continuidade a apresentação da Averbação da Reservapostura de responsabilidade socioam- Legal ou Adesão ao Programa Maisbiental, as agências financiadoras de Ambiente do Governo Federal (Programalinhas de créditos rurais devem adequar Federal de Apoio à Regularizaçãoaos novos ajustes normativos internos Ambiental de Imóveis Rurais). Produtores contam com novas alterações do Plano Agrícola e Pecuário 2010-2011Atenda as alterações do Plano Agrícola e estufa;Pecuário 2010/2011, a Seagro- Secretaria ? ao médio produtor rural, com a Incentivoda Agricultura, da Pecuária e do criação do Programa Nacional de Apoio aoDesenvolvimento Agrário divulga as princi- Médio Produtor Rural (Pronamp), quepais alterações. manterá as políticas doNesta safra, houve um Nesta safra, houve um Programa de Geração deincremento de 14% no incremento de 14% no Emprego e Renda Ruralvolume total de recursos volume total de recursos (Proger Rural);oferecidos a juros ? dos limites de Aumentocontrolados totalizando R$ oferecidos financiamento de custeio75,6 bilhões. Confira as para médio produtores;principais medidas para o crédito rural na ?Direcionamento de recursos obrigató-riossafra 2010/2011: dos depósitos à vista para o Pronamp;? no crédito para a agricultura Elevação ?à construção e à adequação de Incentivocomercial; armazéns da fazenda, por meio de?nos limites de financiamento em Aumento elevação de limite de crédito emoperações de custeio e comercialização; programas de investimento, aumento doAções de incentivo à Agricultura de Baixo prazo de reembolso e maior volume deCarbono (ABC), que resulta em menor recursos.emissão de gases causadores do efeito 7
    • RELATÓRIO DE ATIVIDADES JANEIRO Seagro e parceiros traçam novas atividades para realização da Agrotins 2011O governo do Estado, por meio da Seagro– Secretaria da Agricultura, da Pecuária edo Desenvolvimento Agrário, suassubsecretarias e parceiros planejam asatividades da edição Agrotins 2011 – amaior feira de tecnologia agropecuária daregião amazônica. A feira acontecerá de 10a 14 de maio, no Centro Agrotecnológicode Palmas.A Agrotins, consolidada como uma dasmaiores feiras agrotecnológicas do país,conta este ano, com uma nova estruturavoltada para o setor agropecuário. Nesta “Agropecuária de Baixo Carbono” é o tema central da Agrotins 2011edição, o tema escolhido “Agropecuária deBaixo Carbono”, proporciona umadiversidade de ações tecnológicas aserem desenvolvidas para agricultura epecuária. Créditos para Programas ruraisSegundo o secretário da Agricultura, da A Seagro – Secretaria da Agricultura, daPecuária e do Desenvolvimento Agrário, Pecuária e do Desenvolvimento RuralJaime Café, nesta Agrotins, as atividades orienta os produtos rurais sobre adiversificadas serão voltadas para atender ampliação das linhas créditos para ostodos os produtores rurais, o grande, programas rurais, na safra 2010/2011,médio e pequenos agricultores. “A nossa como: o Produsa- Programa de Estímulo àexpectativa é envolver a todos para que Produção Agropecuária Sustentável,possamos levar o conhecimento e as Propflora- Programa de Plantio Comercialnovas tecnologias para o desenvolvimento e Recuperação de Floresta, Moderinfra-do agronegócio tocantinense”, enfatizou. Programa de Incentivo à Irrigação e àEntre as novidades, o Secretário citou as Armazenagem, Procap-Agro- Programatrês subsecretarias que estão envolvidas, de Capitalização de Cooperativasde Produção de Energia Limpa, Assenta- Agropecuária, Prodecoop- Programa dementos e Aqüicultura e Pesca. Desenvolvimento Cooperativo para Agregação de Valor à Produção, Proagro- Programa de Garantia da Atividade Agropecuária. Agricultura de Baixo CarbonoO programa ABC foi criado para que a essas tecnologias ao longo do processoagropecuária brasileira conte com uma produtivo. Foram alocados R$ 2 bilhõessérie de alternativas tecnológicas para para este programa. Produtores rurais eminimizar a emissão dos gases do efeito suas cooperativas contam com um limite deestufa. O ABC visa dar ao produtor rural financiamento por beneficiário de R$ 1condições para que ele realize os milhão e taxas de juros de 5,5% ao ano. Oinvestimentos necessários e incorpore prazo de reembolso é de 12 anos. 8
    • RELATÓRIO DE ATIVIDADES JANEIRO Pronaf amplia benefícios de linhas de crédito para os agricultores familiaresOs agricultores familiares do Tocantinscontam com mais benefícios paraaquisição de linhas de crédito doPronaf – Programa Nacional deFortalecimento da Agricultura Familiar.As linhas de créditos passaram poruma redução das taxas de juros eaumento nos valores dos emprés-timos, ampliando as oportunidades deacesso para o produtor rural.Em todo o Brasil, a agricultura familiartem disponível para o Plano Safra Benefício impulsionará a produção dos pequenos agricultores2010/2011, R$ 16 bilhões para aslinhas de custeio, investimento e com aproximadamente de R$ 220comercialização da produção. No milhões. Segundo a assessoria técnicaTocantins, desde o início da safra, os da subsecretaria de Assentamentos dasagricultores familiares contam Pequenas Propriedades, da Seagro. Seagro participa de atividade sobre melhoramento genético em bovinos na região central do EstadoA Seagro – Secretaria da Agricultura, dade de melhoramento genético emda Pecuária e do bovinos. A ação naDesenvolvimento O melhoramento gené- fazenda Lagoa Bonita,Agrário, por meio da tico aplicado é produzido em Silvanópolis, regiãodiretoria de desenvol- com técnica moderna, central do Estado.vimento agropecuário conhecida como biotec- O melhoramento ge-participou de uma nologia. nético aplicado é produzido com técnica moderna, conhecida como biotecnologia “FIV” - Fertilização In Vitro. Na fazenda Serra Bela, em Miracema, foi recolhido o material genético em cinco vacas matrizes doadoras. O resultado deste material, os embriões, foram transferidos para 30 vacas receptoras, na fazenda, Lagoa Bonita.As matrizes doadoras são das raças nelores PO (Puro de Origem).Material genético colhido foi transferido para 30vacas 9
    • RELATÓRIO DE ATIVIDADES FEVEREIRO Seagro e Embrapa reforçam parcerias para incentivar a pesquisa agropecuária no TocantinsOs incentivos para o segmento da pesca e Segundo a diretoria de Pesca daaquicultura no Tocantins recebem reforços Subsecretaria, a meta do governo docom a criação pela Seagro a subsecretaria Estado é criar alternativas para que osde Aqui-cultura e Pesca. Para tanto, foi pescadores possam trabalhar de formaelaborado um cronograma de atividades a organizada.curto, médio e longo prazo, planejadaspara o desenvolvimento dos se-tores.Nas ações a serem desenvolvidasdestacam-se projetos voltados parafortalecer a cadeia produtiva da pesca eaquicultura tocantinense. Entre eles estãoos incentivos para revitalizar as unidadesde processamento de peixe, estruturaçãoe organização da cadeia produtiva comintegração entre os pescadores do Estado.Outra proposta é a implantação detanques-rede de forma sustentável, comtecnologias adequadas. Seagro desenvolve projetos que visam fortalecer a cadeia produtiva da pesca e apicultura tocantinense Subsecretaria estuda implantar sistema informatizado para melhoria das atividades da piscicultura no TocantinsCom o objetivo de estudar a viabilidade de de defesa sanitária animal que poderá serimplantar o sistema de informação das disponibilizado ao setor.atividades aquícolas no “Queremos colaborar com oTocantins, a Seagro, por “Queremos colaborar f o m e n t o d a p r o d u ç ã o ,meio da Subsecretaria de com o fomento da produ- unindo parceiros em prol daAgricultura e Pesca, ção, na busca de solu- busca de soluções quejuntamente com a Adapec ções para o comércio e beneficie o comércio e ose o Ruraltins se reuniram. consumidores”, pontuou oO sistema de coleta de os consumidores” presidente da Adapec,dados já utilizado na Geraldino Ferreira Paz.Adapec é eficiente na agilidade de Participaram também da reunião a prefeitatransmissão das informações. de Brejinho de Nazaré, Miyuki Hyashida, oSegundo o responsável pelo Programa técnico agrícola do Ruraltins, Confúcio daEstadual de Sanidade dos Animais Silva Guedes e o técnico agropecuário,Aquáticos da Adapec, Jefferson Pessoa, a Agnelo Neto Nascimento.Agência já tem um sistema informatizado 10
    • RELATÓRIO DE ATIVIDADES FEVEREIRO Secretário reúne-se com parceiros para debater sobre alinhamento de estratégias do agronegócio Alinhamento de Estratégias do Agronegó- cio Tocantinense, esse tema foi pauta discussão, em reunião coordenada pelo secretário da Seagro – Secretaria de Agri- cultura, da Pecuária e do Desenvolvi- mento Agrário, Jaime Café com entidades parceiras. O foco da reunião girou entorno das possibilidades de desenvolver a agropecuária tocantinense. A atenção concentrou nas apresentações de propostas para os investimentos no agronegócio do Estado. O objetivo é de- senvolver ações que facilite as condições Produção sustentável no agronegócio foi debatida por técnicos da secretaria de investimentos para que os empresários possam produzir no Tocantins de forma Olímpio Mascarenhas, presidente da sustentável. Na reunião participaram Naturatins, Alexandre Tadeu, o presidente também, os Subsecretários e Diretores da do Itertins, Luiz Carlos Alves de Queiroz, o Seagro, presidente da Adapec, Geraldino secretário de Estado das oportunidades, Ferreira da Paz, presidente da Ruraltins, Omar Hennemann e demais profissionais. Subsecretaria cria estratégia para fortalecer agricultores familiares no Tocantins Os agricultores familiares do Tocantins cretário da pasta, Rodolfo Costa Costa recebem incentivos para a Botelho, um novo panorama produção agrícola e “O governo construirá desponta na agricultura infraestrutura básica com a nas regiões mais secas familiar tocantinense. “A criação da Subsecretaria do Estado, cacimbas e intenção do governo do dos Assen-tamentos e Estado é desenvolver ações Pequenas Propriedades poços semiartesianos”, de melhorias, levando para Rurais.Segundo o subse- diz Café. os agricultores familiares oportunidades de produzir com novas tecnologias, e assim, aumentar a produtividade”, enfatizou. Rodolfo destacou ainda que, para fortalecer os pequenos produtores é fundamental proporcionar mais investimentos na agricultura e pecuária. A expectativa é atender as comunidades rurais como: assentados, comunidades quilombolas, indígenas, extrativistas, pequenas propriedades, dentre outras.Novas tecnologias serão disponibilizadas para a produçãodos pequenos agricultores 11
    • RELATÓRIO DE ATIVIDADES FEVEREIRO Empresários argentinos querem investir em esmagadora de soja no TocantinsInicialmente, os empresários argentinos, com uma produção mensal de 90 milpretendem instalar no Tocantins uma toneladas. Segundo o secretário deesmagadora para processar a soja Agricultura, Jaime Café, atualmente otocantinense. Segundo o consultor da Tocantins continua despertando interesseBrasil Vision, Willian Molina Viegas, o de empresários para investimentos emempreendimento terá capacidade de diversos segmentos do agronegócio. Oprocessar 3 mil toneladas de soja por dia, secretário da Seagrp, Jaime Café e o subsecretário Aliton Parente de Araújo, receberam, no gabinete da Seagro, consultores da empresa Brasil Vison, representantes de um grupo empresarial da Argentina. O Tocantins é o centro das atenções para investimentos de grandes empresas. “Além das condições logísticas favoráveis temos um grande diferencial de distancia. O Porto de Itaqui, no Maranhão está a 2.500 milhas marítimas mais perto do mercado europeu e asiático do que os Portos de exportações do Sul e Sudeste doTécnicos da Seagro e empresários consideram logísticano Tocantins viável para exportação da produção País”, lembrou. Governo e parceiros garantem R$ 2,5 milhões para movimentar as exposições agropecuárias em 2011As feiras e exposições agropecuárias em2011 serão fortalecidas com um montantede R$ 2,5 milhões. O recurso foi garantido,durante reunião da senadora e presidenteda CNA – Confederação da Agricultura ePecuária doBrasil, Kátia Jaime Café garantiu oA b r e u , o recurso no valor desecretário da R$ 1,5 milhão.Seagro –Jaime Café, presidentes de sindicatosrurais e demais autoridades.Na reunião, representando o governo do A comercialização de animais faz parte dos negócios dasEstado, o secretário Jaime Café garantiu o feiras agropecuáriasrecurso no valor de R$ 1,5 milhão para arealização das feiras e exposições Agricultura e Pecuária/ Serviço Nacional deagropecuárias no Tocantins. Na parceria, a Aprendizagem Rural. O secretário JaimeSenadora Kátia Abreu declarou Café, destacou que o Tocantins é umdisponibilizar um valor de R$ 1 milhão, pelo estado em franco desenvolvimentosistema CNA/Senar - Confederação da 12
    • RELATÓRIO DE ATIVIDADES FEVEREIRO Tocantins receberá R$ 200 milhões para projetos de agricultura irrigada O governador Siqueira Campos, ministrou a palestra “Novas Diretrizes da recebeu em seu gabinete, o assessor Política Nacional de Irrigação e especial do Ministério da Integração Perspectivas Futuras para o Tocan-tins”, Nacional, Ramon Flávio Gomes apresentando uma deta-lhada explanação Rodrigues, que veio ao Tocantins sobre a reestruturação do Ministério da apresentar os novos projetos de Integração Nacional e, anunciando a investimento na agricultura irrigada no criação da Secretaria Nacional de Estado. Após o encontro, Ramon, Irrigação, com políticas específicas para este setor. Durante o evento, o assessor informou que nos próximos quatro anos serão investidos cerca de R$ 200 milhões para reformulação e recuperação de projetos de agricultura irrigada, já instalados no Tocantins como o Projeto Formoso. Participaram do encontro várias auto- ridades, entre eles o secretário do Desen- volvimento Sustentável e Recursos Hídricos, Divaldo Rezende, e o secretário Projetos de irrigação ganham incentivo do Governo da Agricultura e Abastecimento, Jaime Café. Seagro participa do início da colheita da safra 2011 no 20º aniversário de Lagoa da ConfusãoO secretário da Agricultura, da Pecuária e e Cristalândia foram plantados 65 mildo Desenvolvimento Agrário, Jaime Café, hectares de arroz irrigado. No lançamentoo secretário Executivo, Ruiter Pádua, com participam também a Embrapa, o Ruraltinsentidades do ramo agropecuário e a Adapec, Unitins Agro e os produtoresprodutores rurais participaram do início da rurais da região.colheita da safra 2011, na fazendaBarrerinha, em Lagoa da Confusão. Oevento foi promovido pela pre- Cultivo de arroz é destaque nafeitura muni- agricultura tocantinensec i p a l . N a A colheita desta épocaocasião foi é focada na cultura dod e b a t i d o arroz irrigado.com os pro-dutores rurais as principais ações para odesenvolvimento da agricultura na região.A colheita desta época é focada na culturado arroz irrigado. Na região de Lagoa daConfusão que compreende os municípiosde Formoso do Araguaia, Pium, Dueré 13
    • RELATÓRIO DE ATIVIDADES FEVEREIRO Seagro e Unitins Agro reforçam parcerias para ampliar pesquisas tecnológicas no setor agropecuárioO secretário da Agricultura, da Pecuária e ampliar as pesquisas na agricultura edo Desenvolvimento Agrário, Jaime Café, pecuária. E o Tocantins tem potencial parao secretário das Oportunidades, Omar esta área cientifica”, destacou. Para o reitorHenneman, o presidente da Ruraltins, da Unitins Joaber Divino Macedo, o CentroOlímpio Mascarenhas, profissionais e de Pesquisa é um referencial empesquisadores agrícolas, reuniram-se transferência de tecnologia.para reforçar parcerias para desenvolveras pes-q u i s a s “Necessitamos investir etenológi- ampliar as pesquisas nac a s n o agricultura e pecuária”,Estado. A destacou destacou Café.reuniãoaconteceu, no Centro de Pesquisa daUnitinsAgro, no Centro Agrotecnológico dePalmas.O secretário Jaime Café destacou aimportância de buscar parcerias de reforçoàs pesquisas já existentes e implantaçãode projetos tecnológicos para o desen-volvimento da produção agropecuária Setores do agronegócio e pesquisas destacam atocantinense. “Necessitamos investir e importância de investimentos tecnológicos Expositores preparam vitrines vegetais com as inovações tecnológicas para Agrotins 2011 Os expositores das vitrines vegetais feira acontece de 10 a 14 de maio, no iniciaram os preparativos para Centro Agrotecnológico de Palmas. A apresentar, na Agrotins 2011, as Seagro e os parceiros expositores vão inovações das cultivares agrícolas. A acompanhar o processo de plantio nas vitrines vegetais, no Centro Agrotecno- lógico. Na Agrotins, os expositores vão apresentar as diferentes culturas com as novas tecnologias voltadas para o plantio do arroz, milho, milheto, feijão, soja, sorgo, girassol, oleaginosas, entre outras. De acordo com o diretor de Desenvolvimento Agrário da Seagro, Ricardo Pires, os expositores iniciaram o plantio das cultivares antecipado para que na exposição da Agrotins estejam no porte ideal para Diferentes culturas são plantadas no centro apresentação. tecnológico de Palmas 14
    • RELATÓRIO DE ATIVIDADES FEVEREIRO Arroz irrigado em Lagoa da Confusão gera mais de mil empregos diretosProdutores de Lagoa da Confusão jáiniciaram a colheita do arroz irrigado,considerado o carro chefe da agriculturada região e responsável pela geração demais dem i l e m - “Necessitamos investir epregos di- ampliar as pesquisas naretos. agricultura e pecuária”,Com uma destacou destacou Café.produçãoestimada de três milhões de sacas por ano,em uma área de 65 mil hectares, o cultivode arroz irrigado no município chega aos Jaime Café: “produção do arroz, mola principal para o crescimento da cidade”25 anos com saldo positivo. O secretárioda Seagro, Jaime Café, avalia que “a para o local foi a instalação de duasprodução do arroz irrigado foi a mola indústrias de beneficiamento do grão, o queprincipal para fazer com que a cidade aumenta a lucratividade do produtor emdobrasse em 10 anos a sua população e 20%, uma vez que o grão produzido namelhorasse a qualidade de vida”. Outra propriedade já sai ensacado para atender ovantagem que este tipo de cultura trouxe mercado interno e externo. Região sudoeste do Estado ganha centro de pesquisa para produção de arroz A região sudoeste do Estado será município de Lagoa da Confusão. beneficiada com um Centro de Jaime Café falou da importância deste Pesquisa para a produção de arroz Centro de Pesquisa para o desenvolvi- com alto padrão de qualidade. A mento agrícola da região. “Esse centro informação foi repassada pelo avançado de pesquisa vai trazer mais secretário da Seagro, Jaime Café, oportunidade de melhoria da produ- durante a abertura do início da colheita ção e qualidade do arroz". do arroz, na fazenda Bom Jesus, As pesquisas são voltadas para as variedades de arroz com melhora- mento com alto padrão de qualidade para o consumo e resistentes as doenças. A implantação do Centro de Pesquisa é fruto de uma parceria entre a Seagro – Secretaria da Agricultura, da Pecuária e do Desenvolvimento Agropecuário, a Embrapa Arroz e Feijão do Estado de Goiás e a Unitins Agro e a prefeitura muni-cipal. Centro de pesquisa influenciará na qualidade da produção de arroz 15
    • RELATÓRIO DE ATIVIDADES FEVEREIRO Ministra e governador lançam obras da Embrapa Pesca e Aquicultura na CapitalA ministra de Estado da Pesca e EncontroAquicultura, Ideli Salvatti, acompanhada Na programação da visita tambémdo governador Siqueira Campos, do aconteceu o encontro dos piscicultores esecretário da Agricultura, da Pecuária e do pescadores do Tocantins com a Ministra e oDesenvolvimento Agrário, Jaime Café, da Secretário de Agricultura do Estado. Noprefeita de Brejinho de Nazaré, Miyuki encontro os piscicultores apresentaram aHyashida e autoridades fez o lançamento Ministra uma carta do setor aquícola nodas obras de construção da sede da Tocantins.Embrapa Pesca e Aquicultura, em Palmas.A cerimônia contou também com apresença do presidente da Embrapa –Empresa Brasileira de Pesquisa Agro-pecuária, Pedro Antônio Arraes Pereira, dochefe geral da Embrapa Pesca eAquicultura no Tocantins, Carlos Magno edo superintendente Federal da Pesca eAquicultura no Tocantins, Jozafá RibeiroMaciel.Em audiência, o governador SiqueiraCampos, recebeu a comitiva da Ministra,Ideli Salvati, com a participação do Autoridades durante o lançamento da Embrapa Pesca esecretário da Agricultura, Jaime Café, o Aquicultura em Palmassuperintende Federal da Pesca eAquicultura no Tocantins, Jozafá RibeiroMaciel e a prefeita de Brejinho de Nazaré,Miyuki Hyashida. Seagro e parceiros reúnem-se para estudar viabilidade de criar projeto de reciclagem de óleo residual para biodieselA Seagro – Secretaria de Agricultura, da projeto para o aproveitamento do óleoPecuária e do Desenvolvimento Agrário, residual para produzir o biodiesel nopor meio da subsecretaria de To c a n t i n s . O g r u p oEnergia Limpa se reuniu com Criar um projeto de t a m b é m d i s c u t i u aa empresa Biotins Energia e r e c i c l a g e m d e ó l e o realização do Dia deparceiros para estudar a residual de fritura para Campo com o temaviabilidade de criar um produção de biodiesel. “Agricultura Familiar naprojeto de reciclagem de óleo Cadeia Produtiva doresidual de fritura para produção Biodiesel e a Cultura da Soja”. O eventode biodiesel. aconteceu em março e os parceirosNo encontro, o técnico da Biotins, Willian desenvolveram ações para envolvendo osAssunção apresentou o plano de ação pequenos produtores rurais a trabalhar napara estudar a viabilidade de criar um produção de biodiesel no Tocantins. 16
    • RELATÓRIO DE ATIVIDADES FEVEREIRO Governo quer aumentar a produção de abacaxiApostando na vocação do Tocantins para afruticultura, o governo do Estado queraumentar os investimentos na produçãodo aba-caxi, fruta o plantio de abacaxiq u e g a - integrado serviu den h o u o modelo para váriosm e r c a d o Estadosnacional einternacional pela qualidade do produto,propiciada pelas condições climáticas daregião. Instituições públicas apontam vantagens no programaO secretário da Seagro, Jaime Café, o integrado de fruticultura do abacaxipresidente do Ruraltins, Olímpio Masca-renhas, e representantes da Adapec e do com o pesquisador, o plantio de abacaxiMinistério da Agricultura ouviram do integrado serviu de modelo para váriospesquisador da Embrapa Bahia, Aristó- Estados, entre eles, Pará, Minas Gerais,teles Pires de Matos, as vantagens e os Bahia e Amazonas. Lembrado que oresultados do Programa Integrado de Ruraltins é o órgão responsável peloFruticultura no Abacaxi (PIF). De acordo extensionismo rural. Parceiros ampliam ações do projeto Balde Cheio em Dia de Campo Os produtores de leite do entorno de Tocantinense das Associações e Palmas se reuniram, no Agrovale Multi Entidades Rurais e parceiros. Na Raças, para reforçar as parcerias e programação palestras voltadas para o imple-mentar o projeto Balde Cheio, no manejo adequado para produção de entorno de Palmas. O evento foi leite. O coordenador de Desenvolvi- realizado pela FAERTO – Federação mento Animal, da Seagro, Cláudio Sayão, ministrou palestra sobre obtenção higiênica do leite. Os participantes tiveram a oportunidade de conhecer um projeto modelo na chácara Senhora Aparecida, na região norte de Palmas. O projeto Balde Cheio, implan-tado em 2008, é fruto de uma parceria entre a Seagro, Sebrae – Serviço Brasileiro de Apoio as Micros e Pequenas Empresas, Ruralitns e a Sagri – Secretaria de Agricultura do Município de Palmas. 17
    • RELATÓRIO DE ATIVIDADES FEVEREIRO Tocantins registra novo marco na produção de peixe, diz secretário Jaime Café“Tocantins inicia um momento histórico nosetor do pescado. A vinda da ministra deEstado da Pesca e Aqüicultura, IdeliSalvatti, trouxe grandes expectativas deincentivos para a produção de peixe noTocantins”, disse o secretário da Agricul-tura, da Pecuária e do DesenvolvimentoAgrário, Jaime Café, durante o lançamentodas obras da Embrapa Pesca e Aqüiculturano Tocantins.O secretário informou ainda que, acredi-tando nesse potencial para produção depeixe que o Tocantins possui, o governador A pesquisa genética aumenta a produçãoSiqueira Campos criou, nesta nova gestão,a subsecretaria de Aqüicultura e Pesca no alimentares com a carne do peixe”, desta-Tocantins. “Portanto a meta do governo do cou. O presidente da Embrapa Pesca eEstado é desenvolver o segmento Aqüicultura no Tocantins, Carlos Magno,pesqueiro, proporcionando a geração de disse que é um grande desafio trabalhar ememprego e renda para os produtores de pesquisas de melhorias genéticas empeixes. Além disso, incentivar bons hábitos diversas espécies de peixes para incentivar a produção no Tocantins. Pesquisas em Aqüicultura podem ajudar a erradicar fomeDurante o evento de lançamento das obras governador, acrescentando que semda sede da Embrapa Pesca e Aqüicultura pesquisa não é possível aplacar a fomeno Tocantins, o governador Siqueira que assola 16% da população que não temCampos também destacou a o que comer e 36% queimportância da instalação da “Nada melhor que a pes- passa fome parcialmente.unidade para o combate à ca para fazer as mudan- A mudança de hábitofome e a mudança de hábitoalimentar da população ças que procuramos” alimentar, senadora Kátia citada pela também foitocantinense. Segundo ele, disse o Governador. Abreu. “Ao elaborar seuo Tocantins não pode plano de Governo, ocontinuar um “estado tão rico e governador Siqueira Campos já inseria aexuberante, de potencialidade grande mudança de hábito alimentar dapotencialidade, com terras e braços população, para a inserção do peixe naociosos”. merenda escolar e hoje estamos dando“Nada melhor que a pesca apoiada por mais um grande passo para a realizaçãogovernos atuantes, para fazer as deste sonho”, disse.mudanças que procuramos” disse o 18
    • RELATÓRIO DE ATIVIDADES FEVEREIRO Governador e ministra visitam local da sede da Embrapa Pesca e AquiculturaLogo após a solenidade de lançamentodas obras da sede da Embrapa Pesca eAquicultura, que acontecer no PalácioAraguaia, o governador Siqueira Campose a ministra da Pesca e Aquicultura, IdeliSalvatti, foram visitar o local das obras etambém conhecer as instalações doCentro de Produção de Peixes Nativos(CPPN).Durante a visita o governador e a ministraconheceram a estrutura de todo ocomplexo Ministra Ideli Salvatti lança obras na Embrapa em Palmas, onde irá Estamos animados comfuncionar as perspectivas dos in- Estado o projeto da Embrapa. “Nósa nova pudemos ver que a ministra está realmentesede da vestimentos na área da com muita vontade de fazer o projetoEmbrapa pesca”, afirmou o secre- acontecer. Ela fez questão de vir in loco eem Pal- tário. conhecer como é a estrutura na qual serámas. Na instalada a sede. Nós estamos muitoocasião o Siqueira Campos enfatizou seu animados com as perspectivas e queentusiasmo com o projeto e destacou que teremos muitos investimentos na área daacredita que a produção em tanque rede pesca”, afirmou o secretário.vai melhorar muito a qualidade de vida dapopulação ribeirinha do Estado, que vive Incentivos fiscaisda pesca. Siqueira Campos tambémdestacou que conta com o apoio do Incentivos fiscais e financeiros para micro,Ministério da Pesca e Aquicultura para pequeno e médio empreendedor, da pescalevar muitos benefícios a população e aqüicultura, foram assegurados pelotocantinense. governador Siqueira Campos.O secretário da Agricultura, Jaime Café, Segundo o governador, para que a pesca eque também participou da visita frisou que aqüicultura cresçam de forma a atender oa ministra demonstrou muita vontade em mercado e suprir as necessidades dadesenvolver junto com o Governo do população, nos quesitos financeiros e nutritivos, é necessários que haja estímulo do poder público. “Nós já instituímos neste Estado a alíquota zero para o pescado e depois criaram uma de 7% para fora. Por isso, neste momento peço ao secretário da Fazenda que baixe a alíquota de fora para 2%”. O valor cobrado sobre as exportações, segundo o governador, será depositado no Fundo de Apoio ao Pescador, que será criado para dar todo o suporte necessárioGovernador Siqueira Campos com a Ministra Ideli aos ribeirinhos, que se encontramSalvatti acompanhados do secretário Jaime Café e do atualmente abandonados.presidente da Embrapa Pedro Antônio visitaram o localda sede da Embrapa 19
    • RELATÓRIO DE ATIVIDADES FEVEREIRO Em reunião com produtores do setor pesqueiro ministra recebe carta de prioridadesA ministra da Pesca e Aquicultura, IdeliSalvatti, participou de uma reunião comprodutores de peixe do Estado. Durante oevento, realizado no Campus Palmas doInstituto Federal do Tocantins, a ministrarecebeu das mãos do secretário executivoda Secretaria da Agricultura, Pecuária eDesenvolvimento Agrário (Seagro), RuiterPádua, uma carta de prioridades do setorprodutivo. A carta foi elaborada porpiscicultores, produtores alevinos,indústrias de processamento de pescado eSebrae, sob consultoria do Governo do Seagro aponta prioridades para o setor durante encontroEstado por meio da Seagro/Susap. O com ministradocumento destaca temas como omercado, a legislação ambiental, setores produtivos com a ministra é muitopesquisas e cadeia produtiva da importante e demonstra que o setor teráaquicultura. De acordo com o diretor da apoio para ter um grande crescimento noAquicultura da Seagro, Alexandre Godi- Estado.nho, este momento de discussão dos Ao entregar equipamentos ministra destaca que Estado pode ser líder em pesquisa e em produção aquícolaA ministra da Peca e Aquicultura, Ideli Durante o evento a ministra destacou queSalvatti, realizou entrega de equipamentos o Estado tem tudo para se tornar o líderao município de Palmas e a colônias de nacional em pesquisa, com a instalação dapescadores na Feira da 304 Sul em sede da Embrapa em Palmas, e tambémPalmas. Foram entregues um caminhão em produção aquícola. “O Tocantins temFeira do Peixe, uma Cozinha Comunitária, tudo para ser o líder das pesquisas porum Kit acampamento e a autorização para causa da instalação da Embrapa Pesca euso da Fabrica de Gelo de Caseara. Aquicultura e também tem condição de ser o líder em produção e esses equipamentos que estamos entregando hoje são um incentivo para isto”, afirmou a ministra. O secretário executivo da Secretaria de Agricultura Pecuária e Desenvolvimento Agrário, Ruiter de Pádua, também esteve e destacou que o setor da pesca e aquicultura é uma prioridade no Estado. “O Governo criou uma subsecretaria para cuidar deste setor e neste momento nós estamos desenvolvendo um estudo para que os pescadores possam sobreviver doMinistra projeta que Tocantins será líder em pesquisa peixe os 365 dias do ano. 20