Os grupos de pesquisa em Ciência, Tecnologia e Sociedade  no Brasil
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Like this? Share it with your network

Share

Os grupos de pesquisa em Ciência, Tecnologia e Sociedade no Brasil

on

  • 1,414 views

...


O presente trabalho descreve a pesquisa científica em CTS no Brasil a partir do censo 2006 do Diretório dos Grupos de Pesquisa do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). O critério para a identificação dos grupos estudados foi a presença da articulação CTS em um dos seguintes campos descritos no diretório: nome do grupo, linhas de pesquisa, descrição ou repercussão do grupo e títulos de sua produção. Foram identificados 30 grupos, 95 linhas de pesquisa, 217 pesquisadores, 216 estudantes e 11 técnicos. Discutem-se as áreas de conhecimento em que se inserem estes grupos, o período de seu surgimento e sua distribuição geográfica e institucional. Para melhor constatação sobre a atuação dos grupos CTS no Brasil sugere-se desdobramentos em outros estudos que utilizem bons descritores para a articulação CTS e estratégicas para localização dos grupos que estão constituídos fora dos espaços acadêmicos.

Statistics

Views

Total Views
1,414
Views on SlideShare
1,414
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
11
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Os grupos de pesquisa em Ciência, Tecnologia e Sociedade no Brasil Presentation Transcript

  • 1. Apresentado no SEMINÁRIO DE ESTUDOS EM CIÊNCIA, TECNOLOGIA E SOCIEDADE. FAFICH/UFMG, Belo Horizonte, 2008;Publicado na Revista Brasileira de Ciência, Tecnologia e Sociedade, v.1, n.1, p. 81-97, jul/dez 2009. Os grupos de pesquisa em Ciência, Tecnologia e Sociedade no Brasil Ronaldo Ferreira de Araújo Mestre em Ciência da Informação -PPGCI/UFMG Professor e Coordenador de Pesquisa
  • 2. Apresentação Considerações iniciais Ciência, Tecnologia e Sociedade (CTS): Temáticas, pesquisas, teorias e métodos Pesquisa Fragilidades Considerações finais
  • 3. Considerações iniciais
  • 4. Considerações iniciais• Ciência e Tecnologia novas estruturas/compreensão dasrelações sociais• Ciência, Tecnologia e Sociedade: análise crítica e interdisciplinarda ciência e da tecnologia num contexto social - aspectos gerais dofenômeno científico-tecnológico• Pesquisa em CTS• Grupos de Pesquisa em CTS: - quem são? - onde estão? - qual área de conhecimento? - o q produzem (temáticas)?
  • 5. Considerações iniciais• Mapeamento, fotografia, representação (Schemata?)• Caracterização, fortalecimento e consolidação deatuação• Socialização e visibilidade• Papel dos grupos CTS em discussões que envolvemPolíticas de C&T• Discussões
  • 6. Ciência, Tecnologia e Sociedade (CTS)
  • 7. Ciência, Tecnologia e Sociedade (CTS) • Práticas da atividade científica, formas de organização social da pesquisa • Science in the making • Contexto da descoberta (resultado de um processo social; lugar central nas interpretações da construção dos fatos e artefatos científicos)
  • 8. Ciência, Tecnologia e Sociedade (CTS) • Ciência como construção social • Conteúdo do saber científico e tecnológico, suas práticas concretas geograficamente situadas• Rompe com clássicas polarizações: natureza e sociedade,contexto de descoberta e contexto da justificação, centro eperiferia...
  • 9. Ciência, Tecnologia e Sociedade (CTS) • Latour (2001, p.97) “a noção de uma ciência isolada de resto da sociedade se tornará tão absurda quanto a idéia de um sistema arterial desconectado do sistema venoso”.
  • 10. Ciência, Tecnologia e Sociedade (CTS)• Diversidade temática (investigação deaspectos históricos, educacionais, econômicos,políticos, culturais – lacunas e obstáculos)sobre o fenômeno científico-tecnológico• Teorias que as fundamentam: crítica,construtivista, etnometodológica, feminista,interpretativa, pós-moderna (ou a-moderma).• Tipo de pesquisa: pesquisa ação, participante, estudos delaboratório, pesquisa de cunho construtivista, fenomenológico ouetnográfico, historia de vida, entre outras.• Actor-Network Theory (ANT): importante recurso metodológico
  • 11. Pesquisa
  • 12. Pesquisa• Estudo descritivo visando acrescentarconhecimentos sobre a pesquisa e pesquisadores dosgrupos CTS no Brasil.• Fonte: Diretório dos Grupos de Pesquisa(DGP):Censo 2006; currículos da Plataforma Lattes, ambasas bases do CNPq.• Critério de busca = co-ocorrência: Ciência, Tecnologiae Sociedade
  • 13. Pesquisa• 30 grupos de pesquisa• Primeira análise: o ano de formação dosgrupos e sua distribuição por região,instituição e áreas do conhecimento -temáticas
  • 14. Pesquisa
  • 15. Pesquisa
  • 16. Pesquisa
  • 17. Pesquisa
  • 18. Pesquisa
  • 19. Pesquisa
  • 20. Pesquisa
  • 21. Fragilidades da pesquisa
  • 22. Fragilidades da pesquisa• Os 30 grupos identificados representam a comunidade CTS no Brasil?A schemata é boa/satisfatória?• CTS é um bom descritor para CTS? E quem faz CTS e não usa CTS?Conhecemos outros grupos que não foram incluídos? • Busca na Base Corrente (CNPq): ciência e tecnologia=314, história da ciência =196, história da tecnologia=155, filosofia da ciência=117, sociologia da ciência=32, sociologia do conhecimento=24; antropologia da ciência=24; tecnociência=11; abordagem/perspectiva sociotécnica=7. Fica a pergunta: seriam todos grupos CTS? • Não incluem grupos fora do espaço acadêmico
  • 23. Considerações finais
  • 24. Considerações finais• Contribuição da pesquisa para a discussão da atuação CTS noBrasil: necessária confrontação dos dados aqui apresentados coma comunidade CTS, aprofundamento das análises e reforçar apesquisa por desdobramentos em outros estudos • Questões levantadas sobre temáticas, pesquisas, teorias e métodos usados pelos grupos CTS poderiam ser verificados em estudos que analisassem a produção cientifica dos grupos • Baixa representatividade das áreas se dedicam a estudos CTS = verificação da formação dos pesquisadores integrantes dos grupos (lattes) – entrevista com líder do grupo...
  • 25. @ronaldfar Ronald Raj Obrigadoronaldfa@ronaldfa@ http://www.flickr.com/photos/ronaldfa/