Arquitetura da Informação de websites: o caso do Sistema de Bibliotecas da UFAL

1,080 views
1,022 views

Published on

T

0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
1,080
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
11
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Arquitetura da Informação de websites: o caso do Sistema de Bibliotecas da UFAL

  1. 1. Arquitetura de Informação de websites: o caso do Sistema de Bibliotecas da Universidade Federal de AlagoasZayr Cláudio G. da Silva Ronaldo Ferreira de AraújoGraduando em Biblioteconomia/UFAL Professor / Coordenador de Pesquisa Curso de Biblioteconomia/UFAL @zayr_biblio @ronaldfar Recife, 2011
  2. 2. ApresentaçãoConsiderações iniciaisArquitetura da Informação de websitesBibliotecas UniversitáriasO Bibliotecário enquanto Arquiteto da InformaçãoProcedimentos metodológicosResultadosConsiderações finais
  3. 3. Considerações iniciais• Organização da informação na web• Objetivo: analisar a ormação por meio da Arquitetura da Informação de websites no contexto das Bibliotecas Universitárias.• Elementos de análise: a) Sistema de Organização; b) Sistema de Navegação; c) Sistema de Rotulagem; e d) Sistema de Busca.• Estudo de caso: Website do Sistema de Bibliotecas (SIBI) da Universidade Federal de Alagoas (UFAL)
  4. 4. Arquitetura da Informação de websites• Tornar o complexo claro (Wurman, 2005)• Estrutura ou mapa de informação que permite que as pessoas e/ou usuários encontre seus caminhos pessoais para o conhecimento (Camargo & Vidott, 2006).• A arte e a ciência de organizar e catalogar websites, intranets, comunidades online e software de modo que a usabilidade seja garantida (Institute of Information Architecture, 2010, Online).
  5. 5. Quadro 1. Sistemas da Arquitetura Arquitetura da na web Informação de websitesFonte: Adaptado de Rosenfeld e Morville (2002 apud REIS, 2007, p. 71 e SILVA, DIAS, 2008).
  6. 6. Arquitetura da Informação de websitesQuadro 2. Variáveis da Arquitetura da Informação na web Fonte: Adaptado de Rosenfeld, Morville (2002 apud SILVA, DIAS, 2008 e REIS, 2007).
  7. 7. Bibliotecas• Unidades que objetivam a organização, tratamento e a disseminação de informações Universitárias visando às necessidades dos usuários (discentes, técnicos e docentes)• Espaço de armazenamento e disseminação do conhecimento científico - se utiliza de diversas ferramentas para auxílio na prestação de serviços, além de estreitar o relacionamento com os usuários;• Umas dessas ferramentas úteis são, sem dúvida, os seus websites, que além de serem, de acordo com Brinkley (1999 p.8-15 apud Amaral & Guimarães, 2002, p. 3) “o melhor meio para promover e publicar os serviços oferecidos pela biblioteca”
  8. 8. O bibliotecário enquanto Arquiteto da Informação• O bibliotecário colabora com os provedores de recursos de tecnologia, e participa no desenvolvimento de bases de dados e nas ferramentas de buscas para uso efetivo da Internet para atender demandas informacionais específicas. Ele tem a possibilidade de exercer função como designer da informação na Web por ser conhecedor de sua área de atuação e conhecer o perfil de seus clientes (Blattmann; Fachin; Rados, 2000)
  9. 9. Procedimentos metodológicos• Objeto: Website do SIBI da UFAL• Foco: quatro Sistemas Interdependentes da AI: a) Sistema de Organização; b) Sistema de Navegação; c) Sistema de Rotulagem; d) Sistema de Busca.• Análise de conteúdo: análise e sistematização de mensagens sob forma de discurso pronunciada em diferentes linguagens: escrita, oral, visual , [...] compreende criticamente o sentido manifesto ou oculto das comunicações (Severino, 2007)
  10. 10. Sistema de Organização Resultados• Categorização e agrupamento produtos, serviços e informações do SIBI e BC;• Menu dividido em duas categorias, sendo SIBI e Biblioteca Central;• Informações diferentes no mesmo local na barra lateral. Via Pesquisa (Setor) x Funcionamento (Horário da BC)
  11. 11. Sistema de Navegação Resultados• Menu apesar de ser breve facilita a navegação do usuário, além de rótulos e hiperlinks;• Alguns links não abrem, como exemplo o MORE-Mecanismo online que gera referências);• Não há diferenciação visual consistente entre o que pode ser clicado e o que não pode
  12. 12. Sistema de Rotulagem Resultados• Rótulos de produtos e serviços;• Quantidade demasiada de rótulos simbólicos na página inicial;• Rótulos textuais sem padronização de fonte
  13. 13. Sistema de Busca Resultados • O wesbite não disponibiliza nenhuma forma de busca! • Possibilidades de Busca! • Motor de Busca próprio; • Motor de Busca Personalizada do Google; • Mapa do webiste;
  14. 14. Considerações finais• O website do SIBI da UFAL requer alguns ajustes tendo em vista aspectos teóricos e práticos da AI para organização e disponibilização da informação na web• Sugerido: conteúdo primário (dinâmico) com últimas notícias, ou mesmo informações gerais que apresente a biblioteca como um conteúdo fixo, e que os rótulos podem vir logo abaixo.• A apresentação estática, sem opções de comentários e conteúdos audiovisuais, passa uma visão pouco dinâmica e nada interativa do website.• Inclusão e disponibilização online de algumas ferramentas de web 2.0 (Twitter, Wiki, Redes Sociais, Feeds RSS (Really Simple Syndication)
  15. 15. AMARAL, Sueli; GUIMARÃES, Tatiara Paranhos. Sites de Bibliotecas universitárias brasileiras. In: SEMINÁRIO NACIONAL DE Referencias BIBLIOTECAS UNIVERSITÁRIAS - SNBU. 2002. Anais Eletrônicos... Disponível em: <http://www.sibi.ufrj.br/snbu/snbu2002/oralpdf/131.a.pdf>.BLATTMANN, Ursula; FACHIN, Gleisy Regina Bóries; RADOS, Gregório J. Varvakis. Bibliotecário na posição do arquiteto da informação em ambiente web. In. SEMINÁRIO NACIONAL DE BIBLIOTECAS UNIVERSI TÁRIAS, 2000. Florianópolis: Universidade Federal de Santa Catarina. 2000. Disponível em: <http://www.ced.ufsc.br/~ursula/papers/arquinfo.html>. Acesso em: jun 2009.CAMARGO, Liriane Soares de Araújo de.; VIDOTTI, Silvana A. Borseti Gregório. Arquitetura da informação para biblioteca digital personalizável. Santa Catarina, Enc. Bibli. Revista Eletrônica de Biblioteconomia e Ciência da Informação, Florianópolis, n. esp., 1º sem. 2006.INSTITUTO DE ARQUITETURA DA INFORMAÇÃO. Definição de Arquitetura da Informação. Disponível em: <http://iainstitute.org/pt/>. Acesso em: 22 mar. 2010.MORIGI, Valdir José; PAVAN, Cleusa. Tecnologias da informação e comunicação: novas sociabilidades nas bibliotecas universitárias. Ciência da Informação, Brasília, v. 33, n. 1, p. 117-125, jan./abr., 2004,REIS, Guilhermo Almeida dos. Centrando a arquitetura de informação no usuário. 2007. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação)--Escola de Comunicação e Artes, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2007.SEVERINO, Antonio Joaquim. Metodologia do trabalho científico. 23. ed. rev. e atual. São Paulo: Cortez, 2007.SILVA, Patrícia Maria da; DIAS, Guilherme Ataíde. A arquitetura da informação centrada no usuário: estudo do website da biblioteca virtual em saúde (bvs). Revista Eletrônica de Biblioteconomia e Ciência da Informação, Florianópolis, n. 26, 2º sem. 2008.WURMAN, Richard Saul. Ansiedade da informação: um guia para quem comunica e dá instruções. v. 2. São Paulo: Cultura, 2005.
  16. 16. Obrigado!ronaldfa@gmail.com @ronaldfar

×