Reformulação da comunicação digital de uma empresa de locação de veículos

945 views
724 views

Published on

Apresentado por Rômulo da Silva Rodrigues Especialista em Gestão de Projetos. Graduado em Sistemas de Informação pela Faculdade do Estado do Espírito Santo. 11/2010. Pós-Graduado em Gestão de Projetos - UVV 11/2013.

E-mail : romulo.dvr@gmail.com

Published in: Business
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
945
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
20
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Reformulação da comunicação digital de uma empresa de locação de veículos

  1. 1. CENTRO UNIVERSITÁRIO VILA VELHA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GERÊNCIA DE PROJETOS RÔMULO DA SILVA RODRIGUES REFORMULAÇÃO DA COMUNICAÇÃO DIGITAL DA EMPRESA RANKING LOCAÇÕES DE VEÍCULOS VILA VELHA 2013
  2. 2. RÔMULO DA SILVA RODRIGUES REFORMULAÇÃO DA COMUNICAÇÃO DIGITAL DA EMPRESA RANKING LOCAÇÕES DE VEÍCULOS Monografia apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Gerência de Projetos do Centro Universitário Vila Velha, como requisito parcial para obtenção do título de especialista MBA em Gerência de Projetos. Orientador: Prof. Msc. Santos Gonçalves, PMP. VILA VELHA 2013 Rogério
  3. 3. RÔMULO DA SILVA RODRIGUES REFORMULAÇÃO DA COMUNICAÇÃO DIGITAL DA EMPRESA RANKING LOCAÇÕES DE VEÍCULOS Monografia apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Gerência de Projetos do Centro Universitário Vila Velha, como requisito parcial para obtenção do título de especialista MBA em Gerência de Projetos. Aprovado em ___ de _____de 2013. COMISSÃO EXAMINADORA ___________________________________ Prof. MSc. Rogério Santos Gonçalves, PMP. Orientador. ___________________________________ Christiane Aguiar de Azeredo, MBA. ___________________________________ Floriano M. Damasceno Júnior, MBA.
  4. 4. À Deus, meus pais e amigos.
  5. 5. AGRADECIMENTOS Agradeço primeiramente a Deus, por guiar-me nas decisões e colocar em meu caminho excelentes oportunidades de crescimento pessoal e profissional. A elaboração de um trabalho de especialização é, em alguns momentos, tarefa árdua e solitária. No entanto, durante todo o programa de pós – graduação recebi ajuda de algumas pessoas, as quais, mesmo correndo um sério risco de esquecer alguém, gostaria de registrar publicamente os meus sinceros agradecimentos. Aos meus pais, aos meus irmãos e a todos meus familiares pelo apoio, confiança e incentivo. Tenho muito a agradecer essas pessoas maravilhosas que sempre me deram força. À Vivian Durange, pelo amor, estímulo e compreensão que, na sua paciência trouxe mais harmonia e felicidades. Aos amigos pelo apoio e companheirismo, em especial a Cristiano C. de Souza, José P.Paschoa, Charlye Herzog, Francisco J. Azevedo, Sedney Vaz e Oscar Londoño. Aos meus companheiros de curso, professores e em especial ao meu orientador Rogério Santos Gonçalves pela ajuda recebida durante todo o processo desse projeto. Agradeço pelos conhecimentos transmitidos, orientação, paciência e atenção a mim dispensada. E por fim, a todas as demais pessoas que, direta ou indiretamente, contribuíram para a realização desse projeto.
  6. 6. “Viver no mundo sem tomar consciência do significado do mundo é como vagar por uma imensa biblioteca sem tocar os livros.” Dan Brown
  7. 7. RESUMO As mudanças refletem impactos sobre as organizações, e as estratégias mercadológicas bem elaboradas ditam o caminho a ser seguido por uma empresa. De forma a alcançar seus objetivos com êxito e proporcionar um posicionamento adequado percebido pelos clientes, esse projeto tem por objetivo o desenvolvimento de um novo website para a empresa Ranking Locações de Veículos. Tendo o PMBOK (2008) como metodologia utilizada para a elaboração do plano de gerenciamento do projeto que é um guia das melhores práticas em gerenciamento de projetos. Nesse sentido, as principais entregas do projeto incluem: termo de abertura do projeto; os planos de gerenciamento do projeto; contratação da empresa de desenvolvimento web; aquisição do sistema de atendimento; arquitetura de informação; design; desenvolvimento; revisão e testes; conteúdo; treinamento; relatórios de acompanhamento do projeto e implantação do website, que será desenvolvido nas linguagens PHP, HTML e CSS. Bem como, a utilização de recursos dinâmicos à interface são eles: AJAX e JavaScript. Entretanto, espera-se com esse projeto gerar maior interatividade entre os clientes e a organização, alcançando dessa forma, a satisfação das principais partes interessadas no projeto o patrocinador; a equipe do projeto; os fornecedores; a agência XPD e a empresa Ranking Locações de Veículos. O planejamento realizado apontou uma duração 71 dias para a finalização do projeto, do dia 14-10-13 ao dia 2201-14, a um custo de R$ 40.447,50. Foi possível observar que a aplicação das práticas contidas no PMBOK (2008) proporciona um maior detalhamento, acompanhamento e controle na implantação do novo website, no qual a realização do projeto ocorrerá de forma mais organizada, com maior controle de orçamento, prazos previstos e possibilitando alcançar os objetivos do projeto com qualidade. Palavras- chave: marketing digital, mídias sociais, websites.
  8. 8. LISTA DE FIGURAS Figura 1 Os grupos de processos de gerenciamento de projetos ............................. 23 Figura 2 As áreas de conhecimento do gerenciamento de projetos.......................... 24 Figura 3 Aspectos considerados na metodologia de gerenciamento de projetos ..... 27 Figura 4 Crescimento do número de usuários de internet no Brasil. ......................... 30 Figura 5 As sete estratégias de marketing digital ...................................................... 33 Figura 6 Sites de 1ª geração. .................................................................................... 38 Figura 7 Sites de 2ª geração ..................................................................................... 39 Figura 8 Sites de 3ª geração ..................................................................................... 40 Figura 9 Estrutura Analítica do Projeto EAP.............................................................. 62 Figura 10 Gráfico de Gantt ........................................................................................ 70 Figura 11 Caminho crítico do projeto ........................................................................ 73 Figura 12 Curva S ..................................................................................................... 82 Figura 13 Organograma do projeto ........................................................................... 90 Figura 14 Estrutura analítica dos riscos do projeto EAR ......................................... 108 Figura 15 Fluxograma de controle de mudanças do projeto ................................... 134
  9. 9. LISTA DE TABELAS Tabela 1 Cronograma básico .................................................................................... 47 Tabela 2 Necessidades iniciais de recursos.............................................................. 49 Tabela 3 Estimativa iniciais de custo......................................................................... 55 Tabela 4 Dicionário da EAP ...................................................................................... 63 Tabela 5 Cronograma do projeto............................................................................... 67 Tabela 6 Orçamento do projeto ................................................................................. 77 Tabela 7 Diretório da equipe do projeto .................................................................... 90 Tabela 8 Matriz de responsabilidade do projeto ........................................................ 91 Tabela 9 Alocação financeira para o gerenciamento de recursos humanos ............. 95 Tabela 10 matriz de eventos das comunicações....................................................... 99 Tabela 11 Partes interessadas no projeto ............................................................... 101 Tabela 12 Matriz de responsabilidade de comunicação do projeto ......................... 102 Tabela 13 Riscos x Causa x Impacto ...................................................................... 109 Tabela 14 Matriz de probabilidade e impacto .......................................................... 111 Tabela 15 Identificação e análise dos riscos ........................................................... 112 Tabela 16 Escala de probabilidade e impacto ......................................................... 113 Tabela 17 Análise quantitativa de riscos ................................................................. 114 Tabela 18 Respostas aos riscos ............................................................................. 116 Tabela 19 Reserva de contingência para o risco identificado ................................. 117 Tabela 20 Avaliação dos riscos ............................................................................... 118
  10. 10. LISTA DE SÍMBOLOS E ABREVIATURAS ARPA - Advanced Research Projects Agency CSS - Cascading Style Sheets EAP - Estrutura Analítica do Projeto / Work Breakdown Structure (WBS) EAR - Estrutura Analítica de Riscos GP - Gerente do Projeto HTML - HyperText Markup Language IBOPE - Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística PMBOK® - Project Management Body of Knowledge PMI - Project Management Institute PHP – Hypertext Preprocessor RH- Recursos Humanos
  11. 11. SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO ...................................................................................................... 15 1.1 CONTEXTUALIZAÇÃO E MOTIVAÇÃO ............................................................ 15 1.2 O PROBLEMA.................................................................................................... 16 1.3 SIGNIFICÂNCIA DO PROBLEMA ...................................................................... 16 1.4 LIMITAÇÕES DO PROBLEMA .......................................................................... 17 1.6 DEFINIÇÕES DE TERMOS ............................................................................... 18 1.7 METODOLOGIA ................................................................................................. 20 1.7.1 PMI – Project Management Institute ............................................................ 20 1.7.2 Guia PMBOK® ............................................................................................... 21 1.7.3 Os Grupos de Processos de Gerenciamento de Projetos ......................... 21 1.7.4 Áreas de Conhecimento em Gerenciamento de Projetos .......................... 23 1.8 ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO ...................................................................... 27 2 REVISÃO BIBLIOGRÁFICA ................................................................................. 29 2.1 A INTERNET ...................................................................................................... 29 2.1.1 A Internet no Brasil ........................................................................................ 30 2.2 MARKETING ...................................................................................................... 31 2.2.1 Marketing Digital ............................................................................................ 31 2.2.2 As Estratégias do Marketing Digital ............................................................. 33 2.3 MÍDIAS SOCIAIS ................................................................................................ 35 2.4 OTIMIZAÇÃO DE SITES .................................................................................... 36 2.5 E-BUSINESS...................................................................................................... 37 2.5.1 Gerações do E-business............................................................................... 37 2.6 WEBSITE ........................................................................................................... 41 2.7 SOBRE A RANKING LOCAÇÕES ..................................................................... 42 2.8 SOBRE A XPD ................................................................................................... 43 2.9 DESCRITIVO DO PRODUTO ............................................................................ 43 2.10 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS PARA DESENVOLVIMENTO ....................... 44 3 DESENVOLVIMENTO .......................................................................................... 45 3.1 TERMO DE ABERTURA DO PROJETO ............................................................ 45 3.1.1 Nome do Projeto ............................................................................................ 45
  12. 12. 3.1.2 Objetivo do Projeto ....................................................................................... 45 3.1.3 Justificativa do Projeto ................................................................................. 46 3.1.4 Requisitos Iniciais do Projeto ...................................................................... 46 3.1.5 Produto do Projeto ........................................................................................ 47 3.1.6 Cronograma Básico ...................................................................................... 47 3.1.7 Metas do Projeto ............................................................................................ 48 3.1.8 Principais Stakeholders ................................................................................ 48 3.1.9 Necessidades Iniciais de Recursos .............................................................. 49 3.1.10 Patrocinador do Projeto.............................................................................. 49 3.1.11 Gerente do Projetos .................................................................................... 49 3.1.12 Entregas do Projeto .................................................................................... 50 3.1.13 Premissas do Projeto .................................................................................. 50 3.1.14 Restrições do Projeto ................................................................................. 52 3.1.15 Riscos do Projeto ........................................................................................ 53 3.1.16 Exclusões Específicas ................................................................................ 54 3.1.17 Estimativa de Custos Iniciais ..................................................................... 55 3.1.18. Controle e gerenciamento das informações do projeto .......................... 56 3.1.19 Aprovações .................................................................................................. 56 3.2. PLANO DE GERENCIAMENTO DO ESCOPO .................................................. 57 3.2.1. Declaração do Escopo .................................................................................. 57 3.2.2 Estrutura Analítica do Projeto EAP.............................................................. 61 3.2.3 Dicionário da EAP ......................................................................................... 63 3.2.4 Avaliação do Escopo do Projeto .................................................................. 65 3.2.5 Atualização da Base de Referência de Escopo .......................................... 66 3.2.6 Administração do Plano de Gerenciamento do Escopo ............................ 66 3.2.7 Aprovações ..................................................................................................... 66 3.3 PLANO DE GERENCIAMENTO DO TEMPO..................................................... 66 3.3.1 Cronograma do Projeto ................................................................................. 67 3.3.2 Gráfico de Gantt do projeto .......................................................................... 69 3.3.3 Caminho Crítico do Projeto .......................................................................... 72 3.3.4 Frequência de Atualização do Plano de Gerenciamento do Tempo ......... 75 3.3.5 Reserva Gerencial e Contingencial de Tempo............................................ 76 3.3.6 Linha de Base de Tempo do Projeto............................................................. 76 3.3.7 Administração do Plano de Gerenciamento do Tempo .............................. 76
  13. 13. 3.3.8 Aprovações .................................................................................................... 76 3.4 PLANO DE GERENCIAMENTO DE CUSTOS .................................................... 76 3.4.1 Orçamento do Projeto ................................................................................... 77 3.4.2 Frequência de Atualização do Orçamento do Projeto ............................... 80 3.4.3 Reserva Gerencial e Contingencial.............................................................. 80 3.4.4 Linha de Base de Custos do Projeto ............................................................ 81 3.4.5 Curva S de Custos do Projeto ...................................................................... 81 3.4.6 Administração do Plano de Gerenciamento de Custos .............................. 82 3.4.7 Aprovações .................................................................................................... 82 3.5 PLANO DE GERENCIAMENTO DA QUALIDADE ............................................. 83 3.5.1 Processo de Planejamento da Qualidade .................................................... 83 3.5.2 Política da Qualidade ..................................................................................... 84 3.5.3 Critérios de Aceitação................................................................................... 85 3.5.4 Processo de Garantia da Qualidade ............................................................ 85 3.5.5 Planos de Melhorias no Processo ............................................................... 86 3.5.6 Processo de Controle da Qualidade ............................................................. 86 3.5.7 Indicadores e Metas da Qualidade ................................................................ 87 3.5.8 Métricas da Qualidade do Projeto ................................................................ 87 3.5.9 Alocação Financeira das Mudanças nos Requisitos da Qualidade ........... 88 3.5.10 Frequência de Atualização do Plano de Gerenciamento da Qualidade... 89 3.5.11 Administração do Plano de Gerenciamento da Qualidade ...................... 89 3.5.12 Aprovações .................................................................................................. 89 3.6 PLANO DE GERENCIAMENTO DE RECURSOS HUMANOS .......................... 89 3.6.1 Organograma do Projeto ............................................................................... 90 3.6.2 Diretório da Equipe do Projeto ...................................................................... 90 3.6.3 Matriz de Responsabilidade .......................................................................... 91 3.6.4 Novos Recursos, Realocação e Substituição de Membros do Time ........ 91 3.6.5 Treinamento .................................................................................................... 92 3.6.6 Outros Assuntos Relacionados ao Gerenciamento de Recursos Humanos não Previstos neste Plano ...................................................................................... 92 3.6.7 Plano de Contratação e Mobilização de Pessoal ........................................ 93 3.6.8 Alocação Financeira para o Gerenciamento de Recursos Humanos ....... 95 3.6.9 Frequência de Atualização do Plano de Gerenciamento de Recursos Humanos .................................................................................................................. 95
  14. 14. 3.6.10 Administração do Plano de Gerenciamento de Recursos Humanos...... 95 3.6.11 Aprovações .................................................................................................. 95 3.7 PLANO DE GERENCIAMENTO DAS COMUNICAÇÕES .................................. 96 3.7.1 Descrição dos Processos de Gerenciamento das Comunicações ............ 97 3.7.2 Identificação dos Eventos das Comunicações............................................ 97 3.7.3 Planejamento dos Eventos ........................................................................... 98 3.7.4 Execução dos Eventos ................................................................................. 99 3.7.5 Matriz dos Eventos das Comunicações ...................................................... 99 3.7.6 Calendário de Eventos ................................................................................ 100 3.7.7 Documentação............................................................................................. 100 3.7.8 Atualizações nos Documentos do Projeto ................................................. 101 3.7.9 Estrutura de Diretórios ................................................................................ 101 3.7.10 Identificação das Partes Interessadas...................................................... 101 3.7.12 Canais de Comunicação ............................................................................ 103 3.7.13 Administração do Plano de Gerenciamento de Comunicação............... 104 3.7.14 Aprovações ................................................................................................ 104 3.8 PLANO DE GERENCIAMENTO DE RISCOS .................................................. 104 3.8.1. Metodologia de Gerenciamento de Riscos ............................................... 104 3.8.2 Metodologia de Identificação de Riscos ................................................... 105 3.8.3 Identificação dos Riscos ............................................................................ 106 3.8.4 Análise Qualitativa dos Riscos ................................................................... 110 3.8.5 Análise Quantitativa dos Riscos ................................................................ 113 3.8.6 Quantificação dos Riscos........................................................................... 113 3.8.7 Planejamento de Resposta aos Riscos ...................................................... 114 3.8.8 Respostas Planejadas aos Riscos ............................................................. 116 3.8.9 Reserva de Contingência............................................................................ 117 3.8.10 Monitoramento e Controle de Riscos ...................................................... 118 3.8.11 Frequência de Atualização do Plano de Gerenciamento de Riscos ..... 119 3.8.12 Administração do Plano de Gerenciamento de Riscos ......................... 119 3.8.13 Aprovações ................................................................................................ 119 3.9 PLANO DE GERENCIAMENTO DE AQUISIÇÕES ......................................... 120 3.9.1 Processos de Gerenciamento de Aquisições ............................................ 121 3.9.2 Critérios de Seleção e Avaliação do Fornecedor ...................................... 122 3.9.3 Declaração de Trabalho para a Empresa de Desenvolvimento Web. ...... 125
  15. 15. 3.9.4 Declaração de Trabalho para a Empresa de Desenvolvimento do Sistema de Atendimento Online. ........................................................................................ 128 3.9.5 Gerenciamento de Mudanças de Aquisição .............................................. 130 3.9.6 Alocação Financeira para o Gerenciamento das Aquisições .................. 131 3.9.7 Frequência de Atualização do Plano de Gerenciamento de Aquisições . 131 3.9.8 Administração do Plano de Gerenciamento de Aquisições ..................... 132 3.9.9 Aprovações ................................................................................................... 132 3.10 PLANO DE GERENCIAMENTO DE INTEGRAÇÃO ...................................... 132 3.10.1 Priorização das Mudanças de Escopo e Respostas .............................. 132 3.10.2 Controle Integrado e Mudanças do Projeto ............................................ 133 3.10.3 Frequência de Atualização do Plano de Gerenciamento ...................... 135 3.10.4 Administração do plano de gerenciamento ............................................ 135 3.10.5 Aprovações ................................................................................................ 135 4 CONCLUSÃO ...................................................................................................... 136 4.1 LIÇÕES APRENDIDAS ..................................................................................... 136 4.2 RECOMENDAÇÕES ......................................................................................... 137 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS ....................................................................... 138 ANEXO I – LAYOUT DA PÁGINA PRINCIPAL (SITE ANTIGO) ........................... 141 ANEXO II - LAYOUT DA PÁGINA PRINCIPAL (NOVO SITE)............................... 142 ANEXO III - PERFIL DA RANKING NO FACEBOOK ............................................ 143
  16. 16. 15 CAPÍTULO I 1 INTRODUÇÃO Neste capítulo será exposto aos leitores uma breve introdução ao tema. Para tanto, inicialmente o assunto será contextualizado buscando a delimitação do projeto. Em seguida, serão apresentados: o problema, a significância do problema, limitações do problema e o objetivo do projeto, bem como as definições dos termos. Por fim, será apresentada a metodologia utilizada e a organização do trabalho. 1.1 CONTEXTUALIZAÇÃO E MOTIVAÇÃO Uma das maiores inovações tecnológicas e organizacionais no mundo empresarial da atualidade é a internet. Esse fenômeno tem modificado a forma de atuar das organizações, diante da necessidade de adaptação e até mesmo a reinvenção de seus negócios (RAMOS; COSTA, 2000). Ter uma mídia virtual1 não é mais um mero capricho de organizações que buscam estar um passo à frente das demais. Por outro lado, estar ausente do ciberespaço2 pode sim significar um grande retrocesso para qualquer organização. A consolidação das estratégias do marketing digital, os progressivos negócios efetuados através da internet e as possibilidades das pessoas e empresas poderem se comunicar, interagir e transacionar por meio da internet, faz com que o canal de comunicação entre empresas e seu público alvo seja eficaz. 1 refere-se ao conjunto de meios de comunicação que necessita de recursos eletrônicos ou eletromecânicos para que o usuário final (audiência ou público) tenha acesso aos conteúdos. 2 é o espaço mediador da convivência digital entre seres humanos.
  17. 17. 16 Acredita-se que a sistematização em ambiente web defina novos modos de organização e recuperação da informação, esta prática exige know how3 específico e, caracteriza-se por meio de abordagens multidisciplinares entre a ciência da informação e as novas tecnologias web. Dessa forma, o projeto proposto tem como principal objetivo o desenvolvimento de um novo website para a empresa Ranking Locações de Veículos. 1.2 O PROBLEMA O atual website da Ranking Locações de Veículos possui um visual pouco amigável, não passa aos seus visitantes informações consistentes com relação a locação de veículos. Contudo, o mesmo, necessita de uma concepção visual moderna, atraente e funcional, onde seus visitantes poderão encontrar informações e conteúdos qualificados. Acredita-se que é necessário torná-lo acessível ao público alvo da empresa, buscando sempre atender aos padrões de usabilidade. 1.3 SIGNIFICÂNCIA DO PROBLEMA Para o mercado de locações de veículos, a comunicação digital pode auxiliar o relacionamento entre clientes e a empresa, fornecendo informações precisas sobre a organização e seus veículos ofertados, bem como, efetivar prospecto4 de novos clientes. Sendo assim, atentando ao fato supracitado, para que tal comunicação digital possa auxiliar os clientes, é necessário que a interface seja amigável apresentando aos usuários5 os grupos de veículos por categoria e suas respectivas descrições, exibir 3 É o conhecimento de como executar alguma tarefa. Técnica de vendas utilizada para encontrar e selecionar os potenciais clientes. 5 Pessoas ou organizações que se utilizam de algum tipo de serviço. 4
  18. 18. 17 vídeos, fotos e informações consistentes, permitindo aos usuários realizarem filtros, pesquisas, simulações de preços e entre outros parâmetros convenientes. Ao encontrarem os veículos que atendam às suas necessidades, os clientes poderão ter descrições mais detalhadas dos produtos. Os mesmos podem, por exemplo, ter acesso às informações de uma nova frota de veículo, inclusão de adicionais, dentre eles, serviço de entrega do carro sem a necessidade de locomoção ao ponto de retirada, bem como, pacotes promocionais diários ou mensais. Após explorar as informações, os clientes poderão optar por antecipar os procedimentos de locação de automóveis via internet, com o Ranking online, ou prosseguir com o negócio pela forma convencional entrando em contato através do telefone da central de locação. 1.4 LIMITAÇÕES DO PROBLEMA Este projeto traz como limitações de seu escopo campanhas publicitárias, negociação de direitos autorais ou copyrights, o desenvolvimento do sistema de atendimento online na agência XPD, bem como efetivar pagamento online de locação de automóveis através do website e vendas online de automóveis, pois, para este tipo de produto ou serviço possui uma forma tradicional de negociação que envolve a empresa, as operadoras de crédito, as seguradoras e bancos. E por fim, inicialmente não serão oferecidos no website, automóveis para locação fora do estado do Espírito Santo.
  19. 19. 18 1.5 OBJETIVO DO PROJETO Este projeto tem por objetivo o desenvolvimento de um novo website para a empresa Ranking Locações de Veículos. 1.6 DEFINIÇÕES DE TERMOS Benchmarking: um processo de pesquisa que permite realizar comparações de processos e práticas "companhia-a-companhia" para identificar o melhor do melhor e alcançar um nível de superioridade ou vantagem competitiva (BOGAN, 1996). Brainstorming: uma técnica usada para gerar e coletar múltiplas ideias relacionadas aos requisitos do projeto e do produto (PMI, 2008). E-mail marketing: uma estratégia de divulgação de produtos e serviços baseada no envio de correspondências eletrônicas (TORRES, 2009). E-Business: negócios feitos através da internet, desde contatos diretos com consumidores, fornecedores como análise de mercado, análise de investimentos e entre outras atividades afins. (FRANCO, 2005). E-Commerce: é um tipo de transação comercial feita especialmente através de um equipamento eletrônico, como, por exemplo, computadores, tablets e smartphones (ALBERTIN, 2004). Kick-off Meeting: reunião formal realizada no início do projeto com todas as partes interessadas para oficializar o início do projeto e para certificar que todos possuem um entendimento comum sobre a proposta do projeto e sobre as suas funções e responsabilidades (PMI, 2008).
  20. 20. 19 Mídias sociais: precede a internet e as ferramentas tecnológicas, ainda que o termo não fosse utilizado. Trata-se da produção de conteúdos de forma descentralizada e sem o controle editorial de grandes grupos (TELLES, 2010). Mob: marketing de otimização em buscadores é o uso de estratégias com o objetivo de melhorar o posicionamento de um website nos resultados das ferramentas de busca (KENDZERSKI, 2009). MySql: O MySQL é um servidor e gerenciador de banco de dados(SGBD) relaciona, de licença dupla(sendo uma delas de software livre), projetado inicialmente para trabalhar com aplicações de pequeno e médio portes (MILANI, 2007). Sponsor (Patrocinador): pessoa ou grupo que fornece os recursos financeiros para o projeto (PMI, 2008). Stakeholders (partes interessadas): todas as pessoas e organizações que estejam envolvidos no projeto ou com interesses que possam ser afetados seja de maneira positiva ou negativa durante a execução ou no término do projeto; pessoas que podem influenciar o projeto e suas entregas (PMI, 2008). Template: é o modelo visual utilizado para a criação do ambiente de interação online (WIKIPÉDIA, 2013). Termo de abertura do projeto / Project charter: é o documento que autoriza formalmente o projeto. Ele concede ao gerente à autoridade para utilizar os recursos da organização na execução das atividades do projeto (PMI, 2008). Usabilidade: é um termo usado para definir a facilidade com que as pessoas podem empregar uma ferramenta ou objeto a fim de realizar uma tarefa específica e importante (DIAS, 2007). Website: páginas criadas para divulgar um determinado assunto na internet (PEREIRA, 1999).
  21. 21. 20 Wordpress: é um sistema de gerenciamento de conteúdo para internet. Devido a sua versatilidade é utilizado para veicular diversos formatos de website, tais como, blogs, portais, e-commerce entre muitos outros (WIKIPÉDIA, 2013). 1.7 METODOLOGIA A metodologia empregada no desenvolvimento da fundamentação teórica da pesquisa para o gerenciamento do projeto de reformulação da mídia digital da empresa ranking rent a car foi baseado nas melhores práticas abordadas no Guia PMBOK® - PMI, 2008. Segue nessa seção, uma breve descrição do que é o PMI – Project Management Institute, o Guia PMBOK® – A Guide to the Project Management Body of Knowledge, os grupos de processos e as áreas de conhecimentos em gerenciamento de projetos definidas no guia. 1.7.1 PMI – Project Management Institute Fundado em 1969, o grupo constituiu oficialmente a associação na Pensilvânia, EUA. Focados nas necessidades dos profissionais de gerenciamento de projetos, o PMI – Project Management Institute – tem a missão de gerar e promover a excelência dentro do campo do gerenciamento de projetos e das comunidades de profissionais espalhadas pelo mundo. [...] O Instituto de Gerenciamento de Projetos (Project Management Institute PMI) é a uma das maiores associações sem fins lucrativos para profissionais de gerenciamento de projetos. Nosso trabalho para a profissão auxilia mais de 700.000 membros, profissionais certificados e voluntários em praticamente 185 países ao redor mundo a aumentar o sucesso das suas empresas, evoluir em suas carreiras e tornar a profissão mais madura com base nos padrões de credenciais mundialmente reconhecidos. (PMI BRASIL, acesso em 15 de abril. 2013). O PMI detém a posição de líder global no desenvolvimento de padrões para a prática do gerenciamento de projetos. Seu principal documento, A Guide to the
  22. 22. 21 Project Management Body of Knowledge (PMBOK® Guide) é reconhecido mundialmente como o mais consagrado padrão para gerenciar projetos no mercado atual. O PMI está compromissado com a melhoria contínua e a expansão do PMBOK® Guide. 1.7.2 Guia PMBOK® O A Guide to the Project Management Body of Knowledge - PMBOK® Guide – contém, uma quantidade espantosa de informações e faz referência a inúmeras publicações, técnicas e ferramentas relacionadas com o gerenciamento de projetos. O PMBOK® Guide detalha os princípios e práticas geralmente aceitos e aplicáveis no gerenciamento de projetos. Contém um vasto glossário de definições para os mais importantes conceitos, termos e frases. Fornece ainda um conjunto de padrões da linguagem do gerenciamento de projetos, o que por sua vez facilita a comunicação dos aspectos relativos à profissão de forma bastante clara (PMI, 2008). 1.7.3 Os Grupos de Processos de Gerenciamento de Projetos Conforme proposto por Heldman (2005, p.16) “[...] os grupos de processos do gerenciamento de projetos, por sua vez tem suas próprias características e produz resultados que servem de insumos para o próximo grupo de processos”. Segundo o PMBOK® Guide “[...] Um processo é um conjunto de ações e atividades inter-relacionadas que são executadas para alcançar um objetivo. Cada processo é caracterizado por suas entradas, as ferramentas e as técnicas que podem ser aplicadas, e as saídas resultantes” (PMI 2008, p. 37).
  23. 23. 22 Dessa forma, o PMBOK® Guide (PMI, 2008, p. 39) afirma ainda que, “[...] os processos de gerenciamento de projetos são agrupados em cinco categorias, conhecidas como grupos de processos de gerenciamento de projetos [...]”, os quais serão listados a seguir: a) o grupo de processos de iniciação contém os processos realizados para definir um novo projeto ou fase de um projeto existente, obtendo autorização para tal; b) o grupo de processos de planejamento consiste nos processos realizados para estabelecer o escopo total do esforço, definir e refinar os objetivos e desenvolver o curso de ação necessário para alcançar esses objetivos; c) o grupo de processos de execução contém os processos realizados para concluir o trabalho definidos no plano de gerenciamento do projeto de forma a cumprir as especificações do projeto; d) o grupo de processos de monitoramento e controle trata do monitoramento do desempenho do projeto para certificar- se de que os resultados atendem aos requisitos do projeto, bem como, contém os processos necessários para acompanhar, revisar e regular o progresso e o desempenho do projeto, identificar todas as áreas nas quais serão necessárias mudanças no plano e iniciar as mudanças correspondentes; e) o grupo de processos de encerramento, por sua vez, contém os processos para finalizar todas as atividades de todos os grupos de processos, visando encerrar formalmente o projeto ou a fase, assim, neste último grupo de processos, obtém-se a aprovação final do projeto fecham-se os livros e a documentação do projeto é arquivada para consultas futuras. Logo, a característica integrativa do gerenciamento de projetos pode ser ilustrada através da figura 1, que nos mostra o fluxo dos cinco grupos de processos.
  24. 24. 23 Figura 1 Os grupos de processos de gerenciamento de projetos Fonte: Project Management Institute (2008). 1.7.4 Áreas de Conhecimento em Gerenciamento de Projetos O PMBOK® Guide (PMI, 2008) propõe que dentro dos cinco grupos de processos de gerenciamento de projetos, temos ao todo quarenta e dois processos, subdivididos em nove áreas de conhecimento, que são: gerenciamento do escopo, tempo, custos, qualidade, recursos humanos, comunicações, riscos, aquisição e integração (responsável pela consistência entre as áreas), Conforme pode ser visualizado na figura 2 a seguir.
  25. 25. 24 Figura 2 As áreas de conhecimento do gerenciamento de projetos Fonte: Xavier, 2009, p.7, Adaptado, acesso em 26/04/2013. 1.7.4.1 Gerenciamento de integração Descreve os processos e atividades que integram os diversos elementos do gerenciamento de projetos, que são identificados, definidos, combinados, unificados e coordenados dentro dos grupos de processos de gerenciamento de projetos. Consiste no desenvolvimento do termo abertura do projeto; desenvolvimento do plano de gerenciamento do projeto; gerenciamento e orientação da execução do projeto; monitoramento e controle do trabalho do projeto; realização do controle integrado de mudanças e encerramento do projeto ou fase. 1.7.4.2 Gerenciamento do escopo Descreve os processos envolvidos na verificação de que o projeto inclui todo o trabalho necessário, e apenas o trabalho necessário, para que seja concluído com sucesso. Consiste na coleta dos requisitos, definição do escopo, criação da EAP ou WBS, verificação e controle do escopo do projeto.
  26. 26. 25 1.7.4.3 Gerenciamento do tempo Descreve os processos relativos ao término do projeto no prazo esperado. Consiste na definição e sequenciamento das atividades, bem como, no desenvolvimento do cronograma do projeto que, fornece uma representação gráfica das tarefas planejadas, sua duração e dependências, marcos (milestones), recursos utilizados e prazo final do projeto. 1.7.4.4 Gerenciamento de custos Descreve os processos envolvidos em planejamento, estimativa, orçamento e controle de custos, de modo que o projeto termine dentro do orçamento aprovado. 1.7.4.5 Gerenciamento da qualidade Descreve os processos envolvidos na garantia de que o projeto irá satisfazer os objetivos para os quais foi realizado. Consiste no planejamento da qualidade, realização da garantia e do controle da qualidade. 1.7.4.6 Gerenciamento dos recursos humanos Descreve os processos que organizam e gerenciam a equipe do projeto. Consiste em desenvolver o plano de recursos humanos, mobilizar e desenvolver a equipe do projeto.
  27. 27. 26 1.7.4.7 Gerenciamento das comunicações Descreve os processos relativos à geração, coleta, disseminação, armazenamento e destinação final das informações do projeto de forma oportuna e adequada. Consiste na identificação das partes interessadas, planejamento das comunicações, distribuição das informações, gerenciamento das expectativas das partes interessadas e reporte ao desempenho. 1.7.4.8 Gerenciamento dos riscos Descreve os processos relativos à realização do gerenciamento de riscos em um projeto. Consiste no planejamento do gerenciamento dos riscos; identificação de riscos; análise qualitativa de riscos; análise quantitativa de riscos; planejamento de respostas aos riscos; monitoramento e controle aos riscos. 1.7.4.9 Gerenciamento das aquisições Descreve os processos que compram ou adquirem produtos, serviços ou resultados, além dos processos de gerenciamento de contratos. Consiste em planejar as aquisições, conduzir as aquisições, administrar as aquisições, e encerrar as aquisições. Ainda como resultado do estudo da fundamentação teórica relacionada às nove áreas de conhecimento em gerenciamento de projetos, verificou-se que as organizações focam mais as suas metodologias em prazo, escopo e custo, como pode ser visto na figura 3.
  28. 28. 27 Figura 3 Aspectos considerados na metodologia de gerenciamento de projetos Fonte: Estudo de Benchmarking em Gerenciamento de Projetos 2012, Adaptado, acesso em 26/04/2013. Disponível em www.pmsurvey.org 1.8 ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO Para a apresentação do trabalho proposto, esta monografia encontra- se organizada em quatro capítulos, onde: No capítulo I é apresentada a introdução, descreve o problema, a significância do problema, limitações do problema e o objetivo do projeto. Também é descrita a metodologia utilizada para a elaboração do plano de gerenciamento do projeto, baseada no Guia PMBOK®, um guia das melhores práticas em gerenciamento de projetos. No capítulo II é feita a revisão da literatura dos assuntos que fundamentam o trabalho, e são abordados os principais temas numa descrição detalhada sobre: A internet: a internet no Brasil; marketing; marketing digital: as sete estratégias do marketing digital, mídias sociais, otimização de sites; E-business: as gerações do ebusiness; e website.
  29. 29. 28 No capítulo III traz uma abordagem do desenvolvimento do plano de gerenciamento do projeto de elaboração de um novo website para a empresa Ranking Locações de Veículos e, mostra os planos de gerenciamento de cada área de conhecimento contida no guia PMBOK®. Sendo este, o principal capítulo do projeto final. O capítulo IV apresenta as considerações finais, bem como pontua os resultados alcançados e, a possibilidade de aplicação deste projeto. Contudo, sugere- se novos temas a partir dos resultados expostos.
  30. 30. 29 CAPÍTULO II 2 REVISÃO BIBLIOGRÁFICA 2.1 A INTERNET A Internet é derivada da rede militar norte americana surgida nos anos 60 denominada ARPANET. Na época da “guerra fria”, a ARPANET6 foi criada com intuito dos militares terem uma rede de comunicação que tal como o tempo, sua dimensão espacial independesse da localização geográfica e que acima de tudo fosse segura contra a interferência dos inimigos (FRANCO JR, 2003). [...] De várias maneiras, a Internet tem marcado presença desde o fim da 7 década de 60. Embora tenha sido conhecida em 1989, a World Wide Web tornou- se acessível ao público em 1993, ano em que foram abolidas as restrições para o uso comercial da Internet como ferramenta de compartilhamento de dados científicos; o browser, software comercial, deu a primeira indicação de que muito mais poderia ser realizado com rapidez, alcançando aceitação mais rapidamente do que qualquer outra tecnologia na história moderna (SCHWARTZ, 2000). Graças a sua popularização e crescimento, toda uma gama de recursos e benefícios hoje está à disposição para qualquer indivíduo que, por mais uma vez na história, vem para reformular o conhecimento e o tradicional modelo de comunicação e negócios. 6 primeira rede operacional de computadores à base de comutação de pacotes, e o precursor da internet. 7 um sistema de documentos em hipermídia que são interligados e executados na internet.
  31. 31. 30 2.1.1 A Internet no Brasil A internet no Brasil se desenvolveu junto ao meio acadêmico e científico, e no seu início, o acesso era restrito a professores, funcionários de universidades e instituições de pesquisa. Somente no ano de 1995 a internet deixou de ser privilégio das universidades e da iniciativa privada para se tornar de acesso público. Desde então o número de provedores que oferecem o serviço e número de usuários que utilizam este recurso aumentam a cada ano. Dados fornecidos pelo IAB8 confirma que, o crescimento da internet no Brasil tem sido impressionante na última década. Conforme figura a seguir mostra, nos últimos anos têm tido um crescimento exponencial no número de usuários. Em 1999 havia aproximadamente 2,5 milhões de pessoas utilizando a internet no Brasil, sendo que em 2011 havia mais de 85 milhões. Dessa forma, de acordo com consultoria de comScore9, o grande crescimento que continua ocorrendo no país, coloca o Brasil na sétima colocação entre os países com maior número de internautas no mundo. Figura 4 Crescimento do número de usuários de internet no Brasil. Fonte: Turchi (2012, p. 6). 8 IAB: Disponível em < http://www.iabbrasil.org.br/arquivos/doc/Indicadores/Indicadores-de-MercadoIAB-Brasil.pdf> Acesso em 23 Julh. 2013 9 uma empresa de pesquisa de mercado que fornece dados de marketing e serviços para muitas das maiores empresas da internet.
  32. 32. 31 De acordo com o IBOPE Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística (apud TURCHI, 2012), mais de 50 milhões de usuários acessam a rede atualmente de suas casas ou trabalho, número 80 vezes maior do que há 10 anos. Dessa forma, ante essa realidade, o marketing tem uma determinada expansão pela internet e possibilita que uma série de organizações desenvolva estratégias de web marketing que fazem uso de tecnologias digitais. 2.2 MARKETING O marketing é muitas vezes visto de forma simplória como apenas uma ferramenta de venda ou publicidade, porém para (Kotler e Armstrong 2008), o marketing compreende um conjunto de atividades empresariais que visa à satisfação das necessidades e dos desejos de um, ou vários mercados, através da oferta de produtos e serviços, por meio de um processo de troca. Entre as principais formas de marketing direto está o marketing on-line, ou marketing digital. Sendo assim, se faz necessário abordar o tema marketing digital com maior profundidade. 2.2.1 Marketing Digital O marketing digital10 são ações de comunicação que as empresas podem se utilizar por meio da internet e da telefonia celular e outros meios digitais para divulgar e comercializar seus produtos, conquistar novos clientes e melhorar sua rede de relacionamentos (WIKIPEDIA, 2013). 10 Traduz – se em ações de marketing (estratégia, econômicas e operacionais) adaptadas aos meios digitais.
  33. 33. 32 Dessa forma (LIMEIRA, 2003, p. 39) define a seguir que, [...] com a evolução da tecnologia da informação e da comunicação, especialmente a internet, o marketing evoluiu para o chamado marketing eletrônico, e - marketing ou marketing digital, conceito que expressa o conjunto de ações de marketing intermediadas por canais eletrônicos como a internet, em que o cliente controla a quantidade e o tipo da informação recebida. A partir das definições supracitadas podemos observar que, as estratégias do E marketing é um modelo de marketing digital, que estabelece presença em todos os pontos de contato entre a marca e o consumidor, criando assim, ações de forte impacto e resultado. Sendo assim, para (OLIVEIRA, 2000, p. 4), [...] O foco do Marketing Digital é desenvolver estratégias de marketing através da internet, onde organizações e consumidores buscam interatividade total nos seus relacionamentos, proporcionando uma troca de informação rápida, personalizada e dinâmica. “Web Marketing ou Marketing Digital, corresponde a toda concentração de esforços no sentido de adaptar e desenvolver estratégias de marketing no ambiente Web”. Contudo, com o crescimento da internet no mundo, as empresas, independentemente de seu porte, passaram a incluir ações de marketing digital em seu planejamento estratégico. Como afirma Torres (2009), seja qual for o negócio, uma parcela significativa de consumidores é representada por usuários frequentes da internet como parte do planejamento de marketing das empresas, criando ações integradas que permitam utilizar melhor os recursos disponíveis, é fundamental. Feita essa constatação se faz necessária uma análise mais aprofundada na literatura sobre os assuntos que envolvem o tema marketing digital. Os temas abordados serão: as estratégias de marketing digital, mídias sociais, otimização de sites.
  34. 34. 33 2.2.2 As Estratégias do Marketing Digital Segundo (TORRES, 2009), [...] As sete estratégias do marketing digital, criará o foco essencial para uma boa implementação de um modelo, onde o mesmo será voltado para os negócios das organizações, cujo objetivo é ligar e estabelecer presença em todos os pontos de contato entre a marca e o consumidor. Podemos observar a seguir o conceito das sete estratégias do marketing digital: Figura 5 As sete estratégias de marketing digital Fonte: Torres, 2009, p.9, Adaptado, acesso em 07/07/2013. a) marketing de conteúdo Ao gerar conteúdo relevante no site, aumentamos a exposição nas ferramentas de busca. O consumidor que esta buscando assuntos relacionados ao tema, os encontra no site, e se relaciona com a marca. Além disso, o conteúdo gera interesse de outros blogs, gerando referências de links, e pode ser utilizado nas redes sociais, aumento da visitação e maior exposição da marca.
  35. 35. 34 b) marketing nas mídias sociais A conversa nas mídias sociais permite ampliar a exposição da marca e o relacionamento com o cliente. Criar perfis e publicar partes do conteúdo do site, e outras informações ajuda a atrair consumidores. Além disso, as redes sociais servem como plataforma para as ações de marketing viral, e para as pesquisas on-line. c) e-mail marketing O e-mail marketing, quando bem estruturado, é uma poderosa ferramenta de comunicação. O site deve possuir uma área própria para cadastro, e campanhas podem ser direcionadas para atrair mais inscritos no mailing da marca. As ações de e-mail marketing devem focar o envio de informativos regulares e de promoções. d) marketing viral O marketing viral é usado para propagar a marca entre os consumidores através de ações que trabalhem as emoções e motivações do público alvo. Uma das grandes vantagens do marketing viral é o efeito multiplicador da comunicação, permitindo que milhares de consumidores tenham acesso à marca através da recomendação de outros consumidores. e) pesquisa online A pesquisa visa conhecer o perfil do consumidor e entender melhor suas necessidades e motivações de compra. A pesquisa permite ainda conhecer melhor o mercado e os concorrentes, criando a inteligência competitiva da marca.
  36. 36. 35 f) publicidade online Na internet a publicidade ajuda a dar maior exposição à marca, com a criação de ações específicas de publicidade, como banner, Links patrocinados, vídeos. g) monitoramento Para unir todas as estratégias e permitir que se aperfeiçoem recursos e ações, o monitoramento é fundamental. Com ele podemos estabelecer métricas e metas para o trabalho de Marketing Digital. A implantação desse conceito no cenário da web traz novos recursos e, permitem que o relacionamento entre os consumidores e as empresas seja mais aberto e direto. 2.3 MÍDIAS SOCIAIS As mídias sociais11 são definidas como tecnologias e práticas online usadas por pessoas ou empresas para disseminar conteúdo, provocando o compartilhamento de opiniões, ideias, experiência e perspectivas. Para Telles (2010), [...] As mídias sociais possibilitam a produção de conteúdos online e interação a partir das informações fornecidas nos mais diferentes formatos. Elas abrangem diversas atividades que integram tecnologia, interação social e o compartilhamento de textos, fotos, vídeos e áudios. Assim, as mídias sociais ganham importante significado quando utilizadas pelas empresas que, por sua vez, as veem como meio de extrema importância na 11 É o conjunto de todos os tipos e formas de mídias colaborativas.
  37. 37. 36 comunicação com seus públicos, pois esperam que o conteúdo compartilhado ultrapasse a página eletrônica, gerando ação de compra de serviço ou produto. Ainda para Telles (2010), 12 [..] Os sites de relacionamento ou redes sociais online enfocam a reunião de pessoas que, uma vez cadastradas, podem expor informações em seu perfil e interagir com outros membros daquela rede, criando listas e comunidades, a exemplo do Facebook, Twitter e Foursquare. Dessa forma, é importante que as empresas visem à construção de relacionamentos sólidos com seus consumidores presentes nas mídias sociais. 2.4 OTIMIZAÇÃO DE SITES Os resultados obtidos através da otimização de sites, ou search engine optimization (SEO) 13 , melhoram não apenas o posicionamento dos sites, mas também aperfeiçoam a navegabilidade e experiência proporcionada aos internautas. Para Torres (2009), [...] se o website apresenta um conteúdo constantemente atualizado, útil, original e relativamente significativo, será viável obter uma grande quantidade de tráfego e um bom posicionamento nos mecanismos de buscas. Quando um site tem conteúdo relevante, outros websites naturalmente criarão links para ele, melhorando seu ranking e aumentando o número de visitantes no website. Chamado pelo Google de posicionamento orgânico, o mesmo é feito através de um conjunto de técnicas e métricas que são avaliadas e implementadas no código de programação de cada website, fazendo com que consequentemente apareçam evolutivamente nos primeiros resultados da busca. Dessa forma, conclui-se que as 12 são formas de interação entre pessoas compreendidas através de uma estrutura de rede e , compreende apenas uma categoria das mídias sociais. 13 É o conjunto de estratégias com o objetivo de potencializar e melhorar o posicionamento de um site nas páginas de resultados naturais (orgânicos) nos sites de busca gerando conversões, sejam elas, uma compra, um envio de formulário, agendamento de consulta e outros.
  38. 38. 37 práticas de SEO visam manter um bom rankeamento nas pesquisas através da confiança e credibilidade. Entretanto, diante deste cenário varias organizações buscam formar uma estratégia eficiente, bem como, ampliar as fronteiras de atuação dos negócios e aumentar a velocidade de suas operações, a rede digital, mais precisamente o e-business tem se mostrado uma forma de alcançar estes objetivos. 2.5 E-BUSINESS O e-business identifica os negócios efetuados por meios eletrônicos, sua aplicação possibilita o aumento significativo de novos processos e novas interações, sejam elas internas ou externas à organização. Segundo (FRANCO Jr. At CARLOS F. 2005), [..] O termo e-business acrónimo do inglês Electronic Business (negócios eletrônicos), que se utiliza para identificar os negócios por meios eletrônicos, geralmente. Pode-se definir e-business como negócios feitos através da internet no sentido mais amplo da palavra negócio, desde contatos diretos com consumidores, fornecedores como também análises de mercado, análise de investimentos, pesquisa de mercados e entre outras atividades afins. 2.5.1 Gerações do E-business Podemos estar pensando o que é um site da 3ª geração. Também deve se questionar se o site de sua empresa é considerado um site de 3ª geração. As características de um site de 3ª geração serão vistas nesta seção, mas antes serão mostradas as características dos sites de 1ª e 2ª geração.
  39. 39. 38 Conforme (KENDZERSKI, 2009) as três gerações são: a) primeira geração Os chamados sites de 1ª geração são aqueles que não têm nenhuma relação integrada com o dia-a-dia da empresa. Normalmente são sites em que todo o planejamento, se é que existe, é feito por uma empresa, contratada para o desenvolvimento do site. Com conhecimentos apenas técnicos, essas empresas não se preocupam em conhecer melhor a atividade do cliente para desenvolver um projeto que gere resultados satisfatórios. Figura 6 Sites de 1ª geração. Fonte: Kendzerski, 2009, p.29, Adaptado, acesso em 10//07/2013. Muitos desses sites não possuem sequer uma forma de contato com quem visita o site. Apenas um formulário, o famoso “Fale Conosco”. Quando a empresa recebe o contato via Fale conosco, não existe nenhuma forma de medição de onde veio este contato, pois não são utilizadas no site ferramentas de Web Analytics14. A publicidade fora da internet não possui nenhuma integração com a mídia online. As ações de comunicação no meio digital resumem- se ao envio de e-mail em lote, utilizando programas como 14 Processo de medição, coleta, análise e a produção de relatórios.
  40. 40. 39 Outlook15, Outlook Express e outros sistemas individuais de comunicação, o que não pode ser considerado ações de e-mail marketing16. b) Segunda geração O site de 2ª geração, por sua vez, passa a ter uma integração maior com as ações da empresa tanto no meio digital como no meio tradicional. Figura 7 Sites de 2ª geração Fonte: Kendzerski, 2009, p.30, Adaptado, acesso em 10/07/2013. A publicidade da empresa está sendo feita de forma integrada. Tanto off-line com online, a intenção é gerar um contato com a empresa da forma que o cliente preferir. Assim a possibilidade de novos negócios cresce muito. É dado ao usuário o poder de decidir como ele quer se comunicar com a empresa. Já existe um Database marketing17 integrado. O cliente quando faz um contato com a empresa, pode gerar uma única informação que poderá ser utilizada tanto para ações de mídia online, como campanhas de e-mail marketing, como para envio de mala direta tradicional ou telemarketing. O site 15 O principal cliente de mensagens e colaboração da Microsoft. Utilização do e-mail como ferramenta de marketing direto, respeitando normas e procedimentos pré-definidos. 17 É um gerenciamento de sistema de dados atualizados sobre clientes atuais e potenciais de sua empresa e produto. 16
  41. 41. 40 de 2ª geração passa a ser uma parte integrante e ativa da estratégia da empresa. c) Terceira geração O site de 3ª geração contempla uma estratégia digital altamente eficiente, pois seu desenvolvimento está integrado com o planejamento estratégico da empresa. Ele não “espera” o consumidor visitar o site. Ele não “espera” que o consumidor lembre que a empresa possui um site. Um site de 3ª geração utiliza ferramentas de detecção e análise do ambiente internet da empresa utilizando avançadas tecnologias, que permitem uma visão completa dos negócios digitais, seus pontos fortes e fracos, oportunidades e ameaças. Figura 8 Sites de 3ª geração Fonte: Kendzerski, 2009, p.32, Adaptado, acesso em 10/07/2013. A análise de comportamento do visitante do site, como os períodos de maior visitação, quais as áreas mais acessadas e como o usuário “descobriu” o site, são algumas das análises que uma ferramenta deste tipo oferece. A coleta destes dados possibilita informações úteis, que irão gerar um conhecimento
  42. 42. 41 fundamental para que o profissional responsável pelo marketing digital da empresa define que tipo de ação digital precisa ser feito para transformar esses visitantes em clientes. 2.6 WEBSITE Os primeiros websites foram criados por jovens estudantes como resposta aos desabafos e um meio de expressão pessoal. O conteúdo desses websites foram despertando o interesse de um número crescente de pessoas, a ponto de começar a rivalizar com a própria televisão, o principal meio de informação, entretenimento e educação então existente (PINHO, 2000, p.108). Um website representa uma forma ágil e de menor custo para atingir o cliente. Dessa forma, um website atrativo, com informações claras e atualizadas torna-se mais um ponto de conexão da empresa com os consumidores neste novo cenário. Assim, antes mesmo de realizar uma ligação, o cliente pode obter informações variadas sobre a empresa, como por exemplo, seus produtos e preços ofertados. Segundo Pereira (1999), [...] Website é um lugar no ambiente web da internet que é ocupado com informações como textos, fotos, animações gráficas, sons e vídeos de uma empresa ou de uma pessoa, sendo que cada website possui uma URL, que significa Uniform Resource Location, ou, local uniforme do recurso. Uma URL é um endereço virtual que indica exatamente onde as informações da empresa ou da pessoa se encontram e o conjunto de todos os sites públicos existentes compõe a World Wide Web. Para Vinicius et al (2009), ” websites, são conjuntos estruturados de conteúdos multimídias baseados em hipertexto e disponibilizados para os usuários de modo interativo”. Estes conjuntos permitem um forte diálogo com o usuário, não apenas com os conteúdos disponibilizados no próprio site, mas também servindo como interface através da qual se pode ter acesso aos bancos das empresas anunciantes.
  43. 43. 42 Ainda conforme Vinicius et al (2009), [...] os sites mais atraentes aos anunciantes, são os que oferecem informação e entretenimento ao consumidor visitante. Os websites, ao disponibilizarem serviços para o consumidor, não apenas mensagens de divulgação publicitária estão combinando novas formas de relação com o usuário e acompanhando as mais recentes tendências do marketing. Assim, interação, informação e parceria são algumas dessas novas tendências. “[...] A utilização dos recursos interativos multimídia representa um marco importante no sentido de apontar para o avanço das estratégias de marketing na internet e, também para as mudanças no perfil do consumidor” (VINICIUS et al, 2009, p. 3). 2.7 SOBRE A RANKING LOCAÇÕES A Ranking Locações de Veículos está hoje entre as quatros maiores locadoras de automóveis no Estado do Espírito Santo. Atualmente, conta com uma moderna estrutura administrativa, é uma empresa genuinamente capixaba, desenvolve a atividade principal de locação de veículos automotores, de passeio e utilitários, leves e pesados, com ou sem motorista, na área de transportes. Detém confiança e capacidade técnica atestadas por Órgãos Públicos da Administração Federal, Estadual e Municipal; Empresas Estatais e de Economia Mista; e Empresas Privadas de Grande, Médio e Pequeno Porte. Atua também no Daily Rent (varejo) para Pessoas Físicas, oferecendo serviços personalizados. Criada em 29 de junho de 1990, da diversificação dos negócios então existentes de manutenção e reparo de veículos, e compra e venda de automóveis, objetivando em princípio atender às necessidades dos clientes daqueles negócios. Sua primeira locação surgiu da necessidade de um vendedor de livros, ao parar seu veículo para manutenção, não podia comprometer a sua renda nem a entrega de seus livros. O crescimento ocorreu com a necessidade das grandes empresas (Ex.: Vale, Cesan, Arcelor, Aracruz Celulose, entre outras) terceirizarem suas frotas de veículos.
  44. 44. 43 2.8 SOBRE A XPD A empresa XPD é uma agência de comunicação criativa e bidirecional, surgiu na era digital com pensamento empreendedor e inovador, onde a comunicação é uma via de dois sentidos. Atua sob uma visão estratégica onde a tríade inovação, trabalho e disciplina agem de forma holística, unificada e orientada ao negócio dos clientes. Tem-se como objetivo ajudar seus atuais e futuros parceiros, atingir suas metas e objetivos através da comunicação. Entende-se a evolução do marketing e o impacto das novas tecnologias no universo da comunicação. Tem como principal motivador as novidades que vivemos e o desafio de estar sempre em movimento. 2.9 DESCRITIVO DO PRODUTO O produto a ser entregue ao final do projeto é um website, preparado para oferecer aos clientes uma gama de automóveis novos ou futuros lançamentos, disponibilizados pela Ranking Locações de Veículos. O website apresentará as seguintes funcionalidades: cadastro para oferta de automóveis novos ou futuros lançamentos; conteúdo institucional da Ranking Locações; chat para atendimento online aos clientes; opção de compartilhar os conteúdos do website nas redes sociais, através do perfil oficial da Ranking Locações de veículos; serviço de envio de orçamento por e-mail; envio de e-mail para dúvidas; cadastro de clientes em base de dados; serviço de busca personalizada de automóveis; passo-a–passo para reservar de veículo; espaço para cadastro e publicação de notícias; cadastro de currículos para base de dados do setor de recursos humanos; newsletter que coletará nome, e-mail e telefone, onde os internautas poderá se cadastrar para receber informações sobre novidades,
  45. 45. 44 ofertas e lançamentos. Sendo assim, por sua vez, o novo website estará também otimizado para indexação no Google com URLs Dinâmicas, padrão de títulos, subtítulos, metatags, e outras configurações que melhora a encontrabilidade e elevam os acessos orgânicos. Por fim, ressalta- se que a integração com as redes sociais no site é importante para que a marca Ranking Locações de veículo amplie seus horizontes no mundo online. 2.10 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS PARA DESENVOLVIMENTO O website será desenvolvido utilizando os seguintes recursos e técnicas: a) AJAX: significa Asynchronous JavaScript and XML, de modo geral refere-se a uma solução de atualização dinâmica de dados em uma página web sem que precise ser inteiramente recarregada; b) Cookies: são informações trocadas entre o navegador e o servidor que hospeda o website, sendo armazenadas no computador do usuário; c) CSS: são folhas de estilo em cascata (Cascading Style Sheets), utilizadas para formatação de páginas web; d) JavaScript: é um recurso baseado em scripts, usado para enriquecer a ação do usuário e acrescentar recursos dinâmicos à interface; e) PHP: é uma linguagem de script open source de uso geral, muito utilizada em aplicações Web.
  46. 46. 45 CAPÍTULO III 3 DESENVOLVIMENTO Este capítulo apresenta o Termo de Abertura do Projeto (seção 3.1) e o Plano de Gerenciamento do Projeto, contendo as áreas de conhecimento descritas no Guia PMBOK®. 3.1 TERMO DE ABERTURA DO PROJETO 3.1.1 Nome do Projeto Reformulação da comunicação digital da empresa Ranking Locações de Veículos. O projeto atenderá pelo código: RLV001. 3.1.2 Objetivo do Projeto Este projeto tem por objetivo o desenvolvimento de um novo website para a empresa Ranking Locações de Veículos.
  47. 47. 46 3.1.3 Justificativa do Projeto O mercado de prestação de serviços vem crescendo de forma bastante acelerada nos últimos anos e, o crescente número de pessoas que buscam referências na internet sobre locação de veículos em autolocadoras ganhou vulto no segmento. Com base na demanda identificada e visando garantir o sucesso no mercado de locação de veículos, observou-se como estratégia a contratação da empresa XPD com o objetivo de implantar, orientar e prestar consultoria à Ranking Locações de Veículos durante todas as fases do projeto, corroborando para o desenvolvimento de um novo website. Assegurando, dessa forma, que o desenvolvimento do projeto ocorra dentro do prazo e orçamentos previstos. 3.1.4 Requisitos Iniciais do Projeto Para o projeto em questão, a agência XPD disponibilizará uma estrutura de equipamentos adequados, bem como profissionais qualificados no gerenciamento e desenvolvimento de websites. Sendo assim, temos como requisitos iniciais do projeto: a) Aquisição de materiais e contratação de serviços; b) Escritório com acesso a internet; c) Computadores e impressora multifuncional; d) Material de escritório; e) Telefones celulares para a equipe do projeto; f) Servidor de testes, servidor de produção e servidor aprovação; e
  48. 48. 47 g) Gerenciamento do projeto conforme melhores práticas definidas no PMI. O projeto deve ser concluído em 71 dias, tendo como data base para início o dia 14/10/2013. 3.1.5 Produto do Projeto O produto do projeto compreende o desenvolvido um novo website para a empresa Ranking Locações de Veículos, utilizando recursos próprios a fim de atender o escopo definido e as expectativas das partes interessadas, bem como, o termo de abertura do projeto, os planos de gerenciamento do projeto atualizado; relatórios resumidos de acompanhamento do projeto; resultados de testes com usuários e pesquisas; orçamentos de terceiros; treinamentos; apresentações; consultoria em design institucional para o site da organização; desenvolvimento de novo layout mais adequado às necessidades da organização; sistema de gerência de conteúdo online em wordpress; entregar de um sistema de atendimento online e implantação do website. 3.1.6 Cronograma Básico O cronograma básico, estimado por fase do projeto, encontra-se na tabela 1 a seguir. Tabela 1 Cronograma básico Etapas Iniciação Planejamento Execução Monitoramento e controle Encerramento Total: Início Previsto Término Previsto 14/10/13 16/10/13 07/11/13 08/11/13 21/01/14 14/10/13 16/10/13 07/11/13 21/01/14 13/01/14 22/01/14 22/01/14 Duração (dias) 02 16 51 44 02 71
  49. 49. 48 3.1.7 Metas do Projeto a) Entregar o projeto dentro do prazo de 71 dias e no custo estimado de R$ 40.447,50; b) Quanto à qualidade, vale- se o conhecimento e experiência da agência XPD em gerenciamento de projetos similares. 3.1.8 Principais Stakeholders a) Patrocinador; b) Gerente do projeto; c) Equipe do projeto; d) Fornecedor do sistema de atendimento online; e) Agência XPD; f) Ranking Locações; g) Clientes da Ranking Locações; h) Funcionários da Ranking Locações; i) Área Jurídica.
  50. 50. 49 3.1.9 Necessidades Iniciais de Recursos Tabela 2 Necessidades iniciais de recursos Recursos Qtde Analista de Sistemas 1 Desenvolvedor 2 Redator 1 Web designer 2 Analista de marketing 1 Descrição Profissional capaz de modelar visualmente as necessidades de comunicação Profissional capacitado em PHP para construção do produto final a ser entregue. Profissional capaz de identificar as necessidades, criar e revisar o conteúdo. Profissional capaz de modelar visualmente as necessidades de comunicação do cliente. Profissional com responsabilidade de buscar informações e fornecer a equipe contratada Lotação Agência XPD Ranking Locações 3.1.10 Patrocinador do Projeto O patrocinador do projeto é o Carlos Eduardo de Oliveira. Diretor geral da Ranking Locações de Veículos, graduado em engenharia mecânica. 3.1.11 Gerente do Projetos Rômulo Rodrigues, graduado em sistemas de informação pela Universidade Federal do Espírito Santo, PMP. Tem como responsabilidades gerenciar o projeto, apresentar orçamentos, aplicações de recursos; deverá preparar e formalizar os planos do projeto, fazer seleção de pessoas, bem como a definição de tarefas para elas; definir a estrutura organizacional do projeto. Tem autoridade para avaliar e aprovar contratações de pessoal e serviços. Possui autonomia para liberar pagamentos da ordem de até 10.000,00.
  51. 51. 50 3.1.12 Entregas do Projeto a) Termo de abertura do projeto; b) Os planos de gerenciamento do projeto; c) Contratação da empresa de desenvolvimento web; d) Aquisição do sistema de atendimento online; e) Arquitetura de informação; f) Design; g) Desenvolvimento; h) Revisão e testes; i) Conteúdo; j) Treinamento; k) Implantação do website; l) Website; e m) Relatórios de acompanhamento do projeto. 3.1.13 Premissas do Projeto a) Recursos humanos utilizados no projeto são de responsabilidade da Agência XPD;
  52. 52. 51 b) Sede para alocação de equipe, computadores, sala de reunião e projetor são de responsabilidade da Agência XPD; c) O domínio e a hospedagem do website será disponibilizado pela Ranking Locações; d) A Ranking irá oferecer todo o conteúdo textual e material gráfico; e) O servidor para hospedagem será de responsabilidade da Ranking Locações; f) Toda infraestrutura tecnológica utilizada na implantação do website é de responsabilidade da Ranking Locações; g) O exercício dos trabalhos da equipe e do gerente do projeto compreende 40 horas semanais, de segunda à sexta-feira; h) Qualquer dúvida levantada pela equipe do projeto deverá ser respondida pelo patrocinador ou representante em até 3 (três) dias úteis; i) Processo de comunicação e controle de fornecedores por responsabilidade do gerente do projeto; j) Todo cadastro de informações de veículos será feito pela analista de marketing da Ranking Locações, antes da data prevista para lançamento do website; k) Para o lançamento: no caso da certificação em testes pode-se submeter o site a instituições certificadoras. A realização de testes de usabilidade e de funcionalidade pela equipe de projeto pode homologar o site para lançamento;
  53. 53. 52 l) Para o negócio: acessos, vendas, contatos estabelecidos com o público, contatos estabelecidos entre usuários, comparação com outros sites, sucesso de outras atividades relacionadas diretamente ao site; m) Todos os contratos devem ser obrigatoriamente avaliados por uma área jurídica a ser contratada pelo patrocinador do projeto; n) As reuniões de acompanhamento do projeto devem ser realizadas com a presença do Patrocinador; o) O treinamento do website para os funcionários da Ranking Locações será fornecido pela XPD; p) O novo website será feito em uma tecnologia que permitirá mais controle sobre todo o conteúdo do site; q) O novo website será encontrado pelo Google com mais facilidade, atraindo mais visitas; e r) O gerenciador de conteúdo (CMS) passará por atualizações dinâmicas constantemente, o que permite que o painel de administração seja sempre moderno. 3.1.14 Restrições do Projeto a) Como a Agência XPD não disponibiliza horário comercial aos finais de semana e feriados, esses dias não serão considerados no cronograma; b) Jornada de trabalho de 40 horas por semana, 8 horas por dia de segundafeira à sexta-feira;
  54. 54. 53 c) Somente serão utilizados softwares livres para o desenvolvimento da aplicação; d) A hospedagem do website será realizada em servidor próprio da Ranking Locações; e) Mudanças de escopo devem ser aprovadas pelo patrocinador do projeto; f) O orçamento não poderá exceder a R$ 60.000,00, pois esse foi o limite imposto pelo patrocinador; g) Será utilizada a linguagem PHP para o desenvolvimento da aplicação na plataforma wordpress com banco de dados Mysql; h) A diagramação será desenvolvida em linguagem HTML e CSS; i) Toda mudança necessária em alguns dos planos do projeto deve ser aprovada pelo patrocinador do projeto; j) O Website deve ser entregue 22/01/2014, data de lançamento do website, conforme solicitado pelo patrocinador do projeto. 3.1.15 Riscos do Projeto a) Falha na especificação dos requisitos; b) Indisponibilidade de infraestrutura tecnológica para a equipe do projeto; c) Indisponibilidade de participar do treinamento; d) Fornecedor não confiável ou sem experiência;
  55. 55. 54 e) Não cumprimento do prazo para a entrega do sistema de atendimento online; f) Baixa adesão por parte dos clientes da Ranking Locações; g) Constantes solicitações de mudança da arquitetura e wireframe do projeto; h) Indisponibilidade do sponsor nas reuniões de acompanhamento; i) Falta de mão de obra especializada para a execução do projeto; j) Falha de comunicação entre os membros da equipe; k) Dificuldade em transmitir para equipe do projeto a correta especificação dos requisitos desejados. 3.1.16 Exclusões Específicas Não faz parte do escopo do projeto: a) A elaboração do business case do projeto; b) Desenvolver internamente na XPD o sistema de atendimento online; c) Cadastro de conteúdo dos veículos (texto e imagem); d) Encerramento do contrato com a empresa que desenvolveu o sistema de atendimento online; e) Custos de hospedagem ou custos adicionais de bases de dados, caixas postais, espaço em disco, transferência ou quaisquer outros custos ligados à hospedagem devendo ser custeado pelo sponsor;
  56. 56. 55 f) Vetorização ou digitalização de logomarcas; g) Produção e/ou direção de vídeos, bem como compra de imagens e fotos em banco de imagens; h) Desenvolvimento de peças publicitárias, tratamento de fotos e vídeos dos veículos, bem como divulgação e campanha de marketing; i) Inserção de conteúdo das seções que possuem áreas administrativas; j) Tradução de textos para outros idiomas, contemplando somente a aplicação; e k) O projeto não se responsabiliza pela necessidade de obtenção de licenças legais de software, bem como, manual do sistema. 3.1.17 Estimativa de Custos Iniciais O projeto tem custo estimado em R$ 40.447,50 (quarenta mil quatrocentos e quarenta e sete reais e cinquenta centavos), sendo orçado R$ 36.238,00 (trinta e seis mil duzentos e trinta e oito reais). Tabela 3 Estimativa iniciais de custo Etapas Iniciação Planejamento Execução Monitoramento e controle Encerramento Total: Reserva de contingência Total Custo (R$) 980,00 6.272,00 25.703,00 2.548,00 735,00 R$ 36.238,00 R$ 4.209,50 R$ 40.447,50
  57. 57. 56 3.1.18. Controle e gerenciamento das informações do projeto Todo processo de comunicação e informação do projeto será feita através de reuniões de acompanhamento, atas de reuniões, solicitações através de formulários próprios para mudanças e aquisições, e-mail e celular para comunicações internas e externas ao projeto. 3.1.19 Aprovações Vila Velha, 14 de outubro de 2013. Rômulo Rodrigues Carlos Eduardo de Oliveira Gerente de Projetos – XPD Diretor Ranking - sponsor do Projeto
  58. 58. 57 3.2. PLANO DE GERENCIAMENTO DO ESCOPO 3.2.1. Declaração do Escopo Nome do projeto: Reformulação da comunicação digital da empresa Ranking Locações de Veículos. Código do projeto: RLV001. Data: 14 de outubro de 2013. Preparado por: Rômulo Rodrigues, Gerente do projeto. Patrocinador do projeto: Carlos Eduardo de Oliveira. Justificativa: O mercado de prestação de serviços vem crescendo de forma bastante acelerada nos últimos anos e, o crescente número de pessoas que buscam referências na internet sobre locação de veículos em autolocadoras ganhou vulto no segmento. Com base na demanda identificada, e visando garantir o sucesso no mercado de locação de veículos, observou-se como estratégia a contratação da empresa XPD com o objetivo de implantar, orientar e prestar consultoria à Ranking Locações de Veículos durante todas as fases do projeto, corroborando para o desenvolvimento de um novo website. Assegurando, dessa forma, que o desenvolvimento do projeto ocorra dentro do prazo e orçamentos previstos. Descrição do produto: O produto a ser entregue ao final do projeto é um website, preparado para oferecer aos clientes uma gama de automóveis novos ou futuros lançamentos, disponibilizados pela Ranking Locações de Veículos. O website apresentará as seguintes funcionalidades: cadastro para oferta de automóveis novos ou futuros lançamentos; conteúdo institucional da Ranking Locações; chat para atendimento online aos clientes; opção de compartilhar os conteúdos do website nas
  59. 59. 58 redes sociais, através do perfil oficial da Ranking Locações de veículos; serviço de envio de orçamento por e-mail; envio de e-mail para dúvidas; cadastro de clientes em base de dados; serviço de busca personalizada de automóveis; Passo-a–passo para reservar seu veículo; espaço para cadastro e publicação de notícias; cadastro de currículos para base de dados do setor de recursos humanos; newsletter que coletará nome, e-mail e telefone, onde os internautas poderá se cadastrar para receber informações sobre novidades, ofertas e lançamentos. Sendo assim, por sua vez, o novo website estará também, otimizado para indexação no Google com URLs Dinâmicas, padrão de títulos, subtítulos, metatags, e outras configurações que melhora a encontrabilidade e elevam os acessos orgânicos. Por fim, ressalta- se que a integração com as redes sociais no site é importante para que a marca Ranking Locações de veículo amplie seus horizontes no mundo online. Entregas do projeto: a) Termo de abertura do projeto: o documento que autoriza formalmente o projeto. Ele designa o gerente e concede a este a autoridade para utilizar os recursos da organização na execução das atividades do projeto; b) Os planos de gerenciamento do projeto: elaboração e especificação do projeto, processos integrados, avaliados e controlados, bem como acordos internos, preparação do ambiente de trabalho, termos e condições de trabalho, plano de recuperação, recursos e habilidades; c) Contratação da empresa de desenvolvimento web: Contratação de uma empresa que visa atender o desenvolvimento do sistema web para Ranking Locações; d) Aquisição do sistema de atendimento online: compra de um sistema de atendimento online que uma empresa terceira irá desenvolver;
  60. 60. 59 e) Arquitetura de informação: levantamento e análise das informações, esboço do website, proposta de soluções, estudo de viabilidade e protótipo de apresentação; f) Design: contempla a organização, interação e apresentação, ou seja, determina os aspectos estéticos e visuais; g) Desenvolvimento: projeta-se a estrutura lógica dos dados que ficará armazenada fisicamente, codificação do website aplicando funcionalidades no que tange à programação; h) Revisão e testes: contempla a verificação dos elos (links), correção dos programas, teste de usabilidade (facilidade de navegação), portabilidade (funcionamento em todos os browsers) e performance (velocidade para quantidade de acesso); i) Conteúdo: plano de entrega do conteúdo do site, preparação do conteúdo a ser aplicado; j) Treinamento: preparação do material, capacitação do cliente a utilizar o sistema administrativo do website; k) Implantação do website: fase de instalação e configuração utiliza-se uma linguagem compatível com o servidor ou sistema operacional; l) Website: entrega da solução funcionando como o esperado com todos os testes realizados e atendendo ao tempo desejado; e m) Relatórios de acompanhamento do projeto: contém informações que auxiliarão no reporte e andamento do projeto. São alimentados pelo Gerente de Projeto com dados do desempenho, indicadores, acompanhamento de esforço, custo, prazo, riscos e mudanças geradas.
  61. 61. 60 Exclusões: a) A elaboração do business case do projeto; b) Desenvolver internamente na XPD o sistema de atendimento online; c) Cadastro de conteúdo dos veículos (texto e imagem); d) Encerramento do contrato com a empresa que desenvolveu o sistema de atendimento online; e) Custos de hospedagem ou custos adicionais de bases de dados, caixas postais, espaço em disco, transferência ou quaisquer outros custos ligados à hospedagem devendo ser custeado pelo sponsor; f) Vetorização ou digitalização de logomarcas; g) Produção e/ou direção de vídeos, bem como compra de imagens e fotos em banco de imagens; h) Desenvolvimento de peças publicitárias, tratamento de fotos e vídeos dos veículos, bem como divulgação e campanha de marketing; i) Inserção de conteúdo das seções que possuem áreas administrativas; j) Tradução de textos para outros idiomas, contemplando somente a aplicação; e k) O projeto não se responsabiliza pela necessidade de obtenção de licenças legais de software, bem como, manual do sistema. Escopo do projeto: faz parte do escopo do projeto o desenvolvimento de um website para a empresa Ranking Locações de Veículos, onde contempla: o termo de
  62. 62. 61 abertura do projeto; os planos de gerenciamento do projeto; sistema de atendimento online; arquitetura de informação; design; desenvolvimento; revisão, testes de desempenho e funcionalidades; conteúdo com inserção da primeira carga de conteúdo do website, porém, o conteúdo é de responsabilidade do contratante; treinamento; implantação do website; entrega do website; relatórios de acompanhamento do projeto. Objetivos do projeto: o projeto tem como objetivo substituir o site atual da Ranking Locações e, por sua vez, auxiliar os usuários no processo de locação de automóveis. O site existente está desatualizado, seu design encontra-se fora dos padrões de visualização e navegação. Sendo assim, todo o conteúdo do site será reestruturado para uma melhor navegação do usuário web. Objetivos de custo: o projeto tem custo estimado no valor de R$ 40.447,50. Medições da qualidade: a) Será avaliado se o site abre com a mesma aparência em diversos navegadores com suporte aos padrões W3C (HTML4.1 e CSS2.1); b) Serão utilizados testes de acessibilidade e usabilidade para verificar se é fácil de encontrar por meio de buscadores, bem como se o visitante encontra as informações desejadas com facilidade, e se o carregamento da página é realizado em um tempo satisfatório. 3.2.2 Estrutura Analítica do Projeto EAP A Estrutura Analítica do Projeto (EAP) pode ser observada a seguir onde exibem as atividades do projeto para cada grupo de processo de gerenciamento.
  63. 63. 62 Figura 9 Estrutura Analítica do Projeto EAP
  64. 64. 63 3.2.3 Dicionário da EAP Tabela 4 Dicionário da EAP ID 0 1 Atividades Reformulação da comunicação digital da empresa Ranking Locações de Veículos Iniciação (Continua) Descrição Responsável Nome do projeto Gerente de projetos Grupo de atividades 1.1 Identificação dos stakeholders Identificação de todas as pessoas ou organizações que podem ser afetadas pelo projeto. Gerente de projetos 1.2 Elaborar o termo de abertura do projeto Atividade onde deverá conter todas as necessidades do projeto. Gerente de projetos Reunião com os envolvidos no projeto onde serão apresentadas suas descrições, restrições, bem como considerações importantes. Gerente de projetos Após apresentado o termo de abertura o projeto será validado pelo sponsor e com seu acordo terá início as atividades programadas. Sponsor 1.3 1.4 2 2.1 Reunião de Kick Off Aprovação do sponsor do projeto Planejamento Elaborar plano de gerenciamento do escopo Grupo de atividades Criar um plano de gerenciamento do escopo do projeto. Gerente de projetos Elaborar plano de gerenciamento do tempo Elaborar o planejamento do tempo e desenvolver documentos relacionados. Gerente de projetos Elaborar plano de gerenciamento de custos Elaborar o planejamento do custo do projeto, analisando os desembolsos previstos e os recursos de contingências do projeto. Gerente de projetos 2.4 Elaborar plano de gerenciamento da qualidade Elaborar o planejamento da qualidade do projeto, verificando e analisando as formas de medições de garantia e controle da qualidade e a busca pela qualidade do produto final. Gerente de projetos 2.5 Elaborar plano de gerenciamento de recursos humanos 2.2 2.3 2.6 2.7 2.8 2.9 2.10 Elaborar plano de gerenciamento das comunicações Elaborar o planejamento de recursos humanos, identificando as partes envolvidas no projeto e suas responsabilidades. Elaborar o planejamento das comunicações do projeto, priorizando que todas as partes estejam envolvidas e todas as informações do projeto documentadas. Gerente de projetos Gerente de projetos Elaborar plano de gerenciamento de riscos Elaborar o planejamento de riscos do projeto, analisando os riscos evidenciados na declaração do escopo, bem como buscando medidas para o controle dos riscos. Gerente de projetos Elaborar plano de gerenciamento de aquisição Elaborar o planejamento de aquisições do projeto, informando as aquisições realizadas e contratos utilizados. Gerente de projetos Elaborar o planejamento de integração do projeto, de forma que os documentos do projeto estejam integrados, bem como avaliando e registrando o impacto das mudanças no projeto. Gerente de projetos Reunião com o sponsor do projeto para aprovação do plano de gerenciamento. Gerente de projetos e Sponsor Elaborar plano de gerenciamento de integração Reunião de aprovação do planejamento
  65. 65. 64 Tabela 4 Dicionário da EAP ID 0 3 3.1 3.2 3.3 Atividades Reformulação da comunicação digital da empresa Ranking Locações de Veículos Execução Contratação da empresa de desenvolvimento web Aquisição do sistema de atendimento online Arquitetura da informação 3.4 Design 3.5 Desenvolvimento 3.6 Revisão e testes 3.7 Conteúdo 3.8 3.9 Treinamento Implantação (Continuação) Descrição Responsável Nome do projeto Gerente de projetos Grupo de atividades Contratação para prestação de serviço que visa atender todas as naturezas de serviços relacionados ao desenvolvimento do website. Contemplam nesse pacote de trabalho as atividades de: selecionar proposta, negociar, assinar contrato e aceite. Gerente de projetos, Sponsor. Atividade responsável por selecionar e contratar o fornecedor do sistema de atendimento online. . Contemplam nesse pacote de trabalho as atividades de: enviar carta convite, selecionar fornecedor, preparar contrato, assinar contrato, entrega do sistema de atendimento online, aceite do sistema. Atividade de análise e levantamento de informações para que se possam identificar as necessidades do projeto, bem como descrever o sistema em seus detalhes. Contemplam nesse pacote de trabalho as atividades de: levantamento dos requisitos, modelagem e estrutura do website, aprovação da arquitetura da informação. Atividade responsável por conceder a identidade visual, definir, manter e garantir a criação da proposta inicial da solução. Contemplam nesse pacote de trabalho as atividades de: protótipo, layout, finalização do design. Atividade responsável por programar a interface visual do website e concretizar tudo o que foi projetado. Contemplam nesse pacote de trabalho as atividades de: a programação do backend e frontend. Atividade responsável pelas correções de conteúdo, testes de correção de programação e diagramação. Contemplam nesse pacote de trabalho as atividades de: revisão do G.P, testes e revisão de programação e diagramação, validação do sponsor e finalização do teste e revisão. Atividade responsável por revisar o conteúdo enviado pelo cliente, adaptar, criar sempre que necessário, bem como aplicar na área administrativa. Contemplam nesse pacote de trabalho as atividades de: organizar, adaptar, revisar conteúdo; aplicar métricas de SEO e finalizar o conteúdo. Atividade responsável por passar para o cliente um treinamento das funcionalidades do sistema. Contemplam nesse pacote de trabalho as atividades de: preparar material, executar treinamento e finalizar treinamento. Atividade responsável por colocar o sistema em funcionamento em ambiente de produção. Contemplam nesse pacote de trabalho as atividades de: validação do website, publicação do website, operação assistida pós-implantação, entrega do website. Gerente de projetos, Empresa contratada. Analista de sistemas, Gerente de projeto. Web designer, Gerente projeto, Sponsor. Desenvolvedor Desenvolvedor, Web designer, Gerente de projetos, Sponsor. Redator, Analista de Marketing. Analista de Sistemas. Analista de Sistemas.
  66. 66. 65 Tabela 4 Dicionário da EAP ID (Conclusão) Atividades 0 Monitoramento e controle 4.1 4.2 4.3 4.4 4.5 5 5.1 Reunião de acompanhamento do projeto. Auditoria da qualidade. Reunião de monitoramento e controle dos riscos. Reunião de monitoramento e controle de mudanças. Reunião com a empresa contratada 5.2 Desmobilização da equipe 5.3 Encerrar contrato 5.4 Aceite do projeto 5.5 Encerrar projeto. Gerente de projetos Grupo de atividades Acompanhar, monitorar, bem como avaliar a realização das atividades e o desempenho do projeto. Auditorias realizadas com periodicidade pré- definida com o intuito de garantir a qualidade nos processos de gestão e execução. Reuniões periódicas com o intuito de monitorar, controlar os riscos do projeto e propor ações de mitigação. Reuniões realizadas com o intuito de controlar as mudanças que possam impactar de forma significativa no custo e no prazo do projeto. Transmitir as informações e avaliações das atividades realizadas e esclarecer dúvidas no contexto do projeto. Encerramento Lições aprendidas. Responsável Nome do projeto Reformulação da comunicação digital da empresa Ranking Locações de Veículos 4 Descrição Gerente de projetos. Gerente de projetos. Gerente de projetos. Gerente de projetos. Gerente de projetos. Grupo de atividades Elaborar documentação de lições aprendidas, e manter no histórico de projetos um aprendizado para os próximos. Gerente de projetos. Atividade responsável por desmobilizar os membros da equipe do projeto. Gerente de projetos. Encerrar o contrato com a empresa contratada para o projeto. Juridicamente, financeiramente e informar a avaliação da contratada. Após a entrega do website e feita à verificação e análise do projeto, estando dentro dos padrões de qualidade estabelecidos, bem como comprometidos todas as descrições do escopo, o projeto tem o aceite do sponsor e, por sua vez, logo será encerrado. Finalização do projeto após análise das atividades desempenhadas, bem como prazos, custos e qualidade atendidas conforme escopo detalhado. Gerente de projetos, Sponsor. Sponsor Gerente de projetos. 3.2.4 Avaliação do Escopo do Projeto O escopo deverá ser avaliado levando-se em consideração todos os marcos de entrega, caminho crítico do projeto e prazo. A periodicidade para avaliação no escopo do projeto será semanalmente durante a reunião de acompanhamento e controle.
  67. 67. 66 3.2.5 Atualização da Base de Referência de Escopo Caso uma mudança no escopo seja aceita pelo gerente e/ou permitida pelo patrocinador do projeto, deverão ser produzidos um conjunto de correções nos documentos de escopo ou uma nova versão destes documentos deverão ser geradas. 3.2.6 Administração do Plano de Gerenciamento do Escopo Responsável pelo plano: Rômulo Rodrigues – Gerente do Projeto. 3.2.7 Aprovações Elaborado por: Rômulo Rodrigues Aprovado por: Carlos Eduardo de Oliveira 3.3 PLANO DE GERENCIAMENTO DO TEMPO O gerenciamento do tempo será realizado utilizando a ferramenta de apoio Microsoft Project 2010, a partir do lançamento das datas de início e fim real de cada tarefa, bem como, o percentual de execução (% completos) das tarefas em andamento. Esta ferramenta ajuda o gerente de projeto a acompanhar o desenvolvimento do projeto pelo cronograma elaborado. A baseline do projeto será estabelecida após a submissão do cronograma inicial ao sponsor do projeto.
  68. 68. 67 Para atrasos, serão consideradas as atividades onde a data de término real seja superior à data de término presente no baseline e, as atividades onde à previsão de término afete o sucesso do projeto. 3.3.1 Cronograma do Projeto O cronograma do projeto pode ser visualizado na tabela a seguir: Tabela 5 Cronograma do projeto (Continua) Reformulação da comunicação digital da empresa Ranking Locações de Veículos Nº 1 Atividades Iniciação Duração Início Término 2,5 days Mon 14/10/13 Wed 16/10/13 1.1 Identificação dos stakeholders 2 hrs Mon 14/10/13 Mon 14/10/13 1.2 Elaborar o termo de abertura do projeto 16 hrs Mon 14/10/13 Wed 16/10/13 1.3 reunião de Kick Off 2 hrs Wed 16/10/13 Wed 16/10/13 1.4 2 Aprovação do sponsor do projeto Planejamento 0 hrs Wed 16/10/13 Wed 16/10/13 16 days Wed 16/10/13 Thu 07/11/13 2.1 Elaborar plano de gerenciamento do escopo 16 hrs Wed 16/10/13 Fri 18/10/13 2.2 Elaborar plano de gerenciamento do tempo 14 hrs Fri 18/10/13 Tue 22/10/13 2.3 Elaborar plano de gerenciamento de custos 14 hrs Tue 22/10/13 Wed 23/10/13 2.4 Elaborar plano de gerenciamento da qualidade 14 hrs Thu 24/10/13 Fri 25/10/13 2.5 Elaborar plano de gerenciamento de recursos humanos 14 hrs Fri 25/10/13 Tue 29/10/13 2.6 Elaborar plano de gerenciamento das comunicações 14 hrs Tue 29/10/13 Thu 31/10/13 2.7 Elaborar plano de gerenciamento de riscos 14 hrs Thu 31/10/13 Fri 01/11/13 2.8 Elaborar plano de gerenciamento de aquisição 14 hrs Mon 04/11/13 Tue 05/11/13 2.9 Elaborar plano de gerenciamento de integração 14 hrs Tue 05/11/13 Thu 07/11/13 2.10 3 3.1 Reunião de aprovação do planejamento Execução Thu 07/11/13 Thu 07/11/13 Thu 07/11/13 Tue 21/01/14 5,13 days Thu 07/11/13 Thu 14/11/13 3.1.1 Enviar proposta 40 hrs Thu 07/11/13 Thu 14/11/13 3.1.2 Negociação 0,5 hrs Thu 14/11/13 Thu 14/11/13 3.1.3 Assinar contrato 0,5 hrs Thu 14/11/13 Thu 14/11/13 3.1.4 Aceite do desenvolvimento web 0 hrs Thu 14/11/13 Thu 14/11/13 3.2 Contratação da empresa de desenvolvimento web 0 hrs 50,63 days 10,5 days Thu 07/11/13 Thu 21/11/13 3.2.1 Aquisição do sistema de atendimento online Enviar carta convite 1 hr Thu 07/11/13 Thu 07/11/13 3.2.2 Selecionar fornecedor do sistema de atendimento 1 hr Thu 07/11/13 Thu 07/11/13 3.2.3 Preparar contrato 1 hr Thu 07/11/13 Thu 07/11/13 3.2.4 Assinar contrato 1 hr Thu 07/11/13 Thu 07/11/13 3.2.5 Entrega do sistema de atendimento online 80 hrs Fri 08/11/13 Thu 21/11/13 3.2.6 Aceite do sistema de atendimento online 0 hrs Thu 21/11/13 Thu 21/11/13

×