Resumo contribuições sociais 8212
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Like this? Share it with your network

Share

Resumo contribuições sociais 8212

on

  • 9,625 views

Quadro resumido das Contribuições da lei 8.212/91, material de Apoio aos alunos do Tche Concursos

Quadro resumido das Contribuições da lei 8.212/91, material de Apoio aos alunos do Tche Concursos

Statistics

Views

Total Views
9,625
Views on SlideShare
9,624
Embed Views
1

Actions

Likes
2
Downloads
84
Comments
0

1 Embed 1

http://us-w1.rockmelt.com 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Resumo contribuições sociais 8212 Presentation Transcript

  • 1. Lei 8.212/91 Custeio daSeguridade social RESUMO DAS CONTRIBUIÇÕES SOCIAIS DA LEI 8.212/91
  • 2. CONTRIBUINTE BASE DE CÁLCULO ALÍQUOTA RESPONSÁVEL PELO RECOLHIMENTOSEGURADO EMPREGADO Salário-de- 8% SC até R$1.10752Art. 12, I contribuição (SC) 9 % SC até R$ 1.845,87 Empregador Art. 28, I 11 % SC até R$ 3.691,74 Art. 30, IEMPREGADO DOMÉSTICO Salário-de- 8% SC até R$1.10752 Empregador Doméstico,Art. 12, II contribuição (SC) 9 % SC até R$ 1.845,87 Art. 30, II Art. 28, II 11 % SC até R$ 3.691,74SEGURADO AVULSO, Art. 12, VI Salário-de- 8% SC até R$1.10752 Empregador contribuição (SC) 9 % SC até R$ 1.845,87 Art. 30, I Art. 28, I 11 % SC até R$ 3.691,74CONTRIBUINTE INDIVIDUAL Salário-de- 20 % Sobre o SC Art. 21 O próprio seguradoArt. 12, IV contribuição (SC) 11% Sobre a nota (retido pela Art. 30, II Art. 28, III empresa Art. 21, § 2º, I) A empresa que contratar o 5% - Sobre o Sal.Min. ( segurado contribuinte microempreendedor individual deve proceder a individual, (Art. 21, §2º, II retenção de 11% do valor da “a” prestação dos serviços - Art. 30, I “b”SEGURADO FACULTATIVO Salário-de- 20 % sobre o Salário-de- O próprio seguradoArt. 14 contribuição (SC) contribuição (SC) Art. 21 Art. 28, IVSEGURADO ESPECIAL receita bruta 2,% a empresa adquirente,Art. 12, VI proveniente da consumidora ouE comercialização da mais adicional de 0,1% consignatária ou aEMPREGADOR RURAL sua produção Art. para o Seguro de Acidente cooperativa - art. 30 IVPESSOA FÍSICA ( art. 25) 25, I do Trabalho O próprio segurado quando vender pessoa física ou para o exterior Art. 30, X
  • 3. CONTRIBUINTE BASE DE ALÍQUOTA ADICIONAL RETENÇÕES CÁLCULOEMPRESA 01- o total das 20% 1- Para o 1- Dos remunerações financiamento dos contribuintesArt. 15, I pagas, devidas ou Seguro de individuais ( Art. creditadas a Acidentes do 22, § 2º, II) e qualquer título, Trabalho (SAT) empresas de durante o mês, aos cessão de mão segurados 1% risco leve de obra : 11% empregados , valor da nota ( Art. trabalhadores 2% risco médio 31) avulsos e contribuintes 3% risco grave individuais que lhe prestem serviços – 2- (5, 7 ou 9%) Art. 22, I e III Por trabalhador com 02- valor bruto da Exposição ag. nota fiscal ou fatura nocivo com direito de prestação de à apos. Especial serviços, relativamente a 15% 03- 2,5 % para serviços que lhe são Instituições prestados por Financeiras e cooperados por Entidades de intermédio de Previdência cooperativas de Complementar trabalho
  • 4. CONTRIBUINTE BASE DE CÁLCULO ALÍQUOTA ADICIONAL RETENÇÕEScontribuição valor da receita bruta 2,5% 0,1 % custeio do SAT 1- Dosdevida pela proveniente da contribuintesagroindústria Art. comercialização da individuais ( Art.22-A produção 22, § 2º, II) e Art. 22-A empresas de cessão de mão de obra : 11% valor da nota ( Art. 31)Associação receita bruta, decorrente 5% (5, 7 ou 9%) Por 1- DosDesportiva com dos espetáculos trabalhador com contribuintesEquipe de Futebol desportivos de que Exposição ag. nocivo individuais ( Art.Profissional Art. participem em todo com direito à apos. 22, § 2º, II) e22, § 6º território nacional em Especial empresas de qualquer modalidade cessão de mão de desportiva, inclusive jogos obra : 11% valor da internacionais, e de nota ( Art. 31) qualquer forma de patrocínio, licenciamento de uso de marcas e símbolos, publicidade, propaganda e de transmissão de espetáculos desportivos Art. 22, § 6oEmpregador salário-de-contribuição do 12% NÃO RETENÇÃO EDoméstico Art. 15, empregado doméstico a RECOLHIMENTOII seu serviço Art. 24 DAS CONTRIBUIÇÕES DO EMPREGADO DOMÉSTICO Art. 30, V
  • 5. "O sucesso é construído à noite! Durante o dia você fazo que todos fazem. “ Por Roberto ShinyashikiNão conheço ninguém que conseguiu realizar seu sonho, semsacrificar feriados e domingos pelo menos uma centena devezes. Da mesma forma, se você quiser construir uma relaçãoamiga com seus filhos, terá que se dedicar a isso, superar ocansaço, arrumar tempo para ficar com eles, deixar de lado oorgulho e o comodismo. Se quiser um casamento gratificante,terá que investir tempo, energia e sentimentos nesse objetivo. Osucesso é construído à noite! Durante o dia você faz o que todos fazem.Mas, para obter resultado diferente da maioria, você tem queser especial. Se fizer igual a todo mundo, obterás os mesmosresultados. Não compare à maioria, pois infelizmente ela não émodelo de sucesso. Se você quiser atingir uma meta especial,terá que estudar no horário em que os outros estão tomandochope com batatas fritas. Terá de planejar, enquanto os outrospermanecem à frente da televisão. Terá de trabalhar enquantoos outros tomam sol à beira da piscina.A realização de um sonho depende de dedicação. Há muitagente que espera que o sonho se realize por mágica. Mas todamágica é ilusão. A ilusão não tira ninguém de onde está. Ilusãoé combustível de perdedores. "Quem quer fazer algumacoisa, encontra um meio. Quem não quer fazer nada,encontra uma desculpa."