Infraestrutura de Software - Introdução

1,076 views
976 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,076
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
18
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Infraestrutura de Software - Introdução

  1. 1. UFRPE/EADLicenciatura em Computação-6P 2011.1 Tutor: Rodrigo Lins Rodrigues
  2. 2.  Infraestrutura de software; O que é um sistema operacional; Sistemas operacionais (interfaces); Fundamentos; Principais objetivos do S.O; Classificação dos sistemas operacionais. 2
  3. 3. Um sistema de computação é composto: HARDWARE (HW) ▪ Engloba toda a parte fisicamente montada. ▪ CPU, memória, disco, impressora, teclado, mouse, monitor, ... SOFTWARE (SW) ▪ Compreende toda a programação para levar o HW a executar o que foi determinado pelo usuário; ▪ Compilador, editor de texto, planilha eletrônica, navegador Web,...
  4. 4.  De forma geral é um SW desenvolvido para GERENCIAR o HW/SW e COMPARTILHAR, de forma organizada, confiável e a mais simples possível, os recursos de um sistema computacional aos seus usuários.
  5. 5.  Serve de interface entre o usuário e os recursos disponíveis no sistema computacional; Torna a comunicação transparente; Permite ao usuário uma utilização com menores chances de erros e maior interação usuário computador.
  6. 6.  O que dá a vida ao hardware é o software que executa sobre ele; Os componentes de um Sistema Computacional podem ser separados de acordo com a seguinte hierarquia:
  7. 7.  Esconder os detalhes do hardware do programador/usuário; Fornece interface orientada a arquivos e esconde detalhes relacionados a interrupções, organização do disco rígido e demais aspectos associados ao hardware. Pode ser visto como um gerenciador de recursos, controlando o funcionamento dos diversos recursos disponíveis no computador.
  8. 8.  Modo batch ou em lote  Programas são agrupados e executados em lotes  Saída é gravada em fita  Só após termino do lote é que novo lote pode ser executado. Atualmente os SO são interativos  Comandos são processados imediatamente após a sua submissão e uma saída é automaticamente fornecida ao usuário. Sistema operacional interativo  Usuário interage diretamente com o computador mesmo durante a execução de um programa, Através de dispositivos de entrada e saída  Ex.: teclado/monitor/mouse
  9. 9.  Batch ou lote (Década de 1950) Multiusuário  Com os SOs multiprogramados nasceu também a possibilidade de mais de um usuário interagir com o sistema; Monousuário  Não permitem a interação de mais de um usuário com o SO.
  10. 10.  Uma tarefa é executada por vez; Carregam um programa por vez para a memória a fim deque seja executado; A memória principal é subdividida em duas partes onde uma delas é utilizada pelo próprio SO e a a segunda é utilizada pelo único programa em execução.
  11. 11.  Mantém o processador ocupado com a execução de um ou mais programas por vez; Carregam diversos programas para a memória ao mesmo tempo e o processador comuta rapidamente de um para o outro.; A memória é compartilhada entre o sistema operacional e os diversos programas de aplicação.
  12. 12.  O processador nunca fica ocioso; O SO consegue comutar entre os vários programas carregados para a memória; A consequência imediata disso é o aumento de produtividade e menor ociosidade dos recursos.
  13. 13.  São aqueles em que os processos executam por, no máximo, uma fatia (slice) determinada de tempo; São conhecidos como preemptivos e oferecem maior interatividade com ao usuário; Diversos jobs são carregados para a memória;
  14. 14.  Os sistemas de tempo real (real-time) diferem dos de tempo compartilhado no tempo exigido no processamento das aplicações; Nos sistemas de tempo real os tempos de processamento devem estar dentro de limites rígidos; Exemplos de sistemas que utilizam SO de tempo real:  Sistemas de tráfego aéreo ou ferroviário,  Aplicações em robótica,  Sistemas de controle de equipamentos médicos,  Sistemas multimídia, etc.
  15. 15.  Possui um núcleo comum e serviços do próprio S.O distribuídos em diversos computadores interligados objetivando a conclusão de tarefas em comum; Componentes são fortemente acoplados, o não funcionamento de uma das partes pode comprometer o S.O .
  16. 16.  Executa sobre uma coleção de computadores; Cada um executa seu próprio sistema operacional; Trabalham juntos para tornar seus próprios serviços e recursos disponíveis; Os componentes são fracamente acoplados.

×