vigilância, tecnologia, espaço e cidade

  • 1,407 views
Uploaded on

As ideias de realidade ampliada e espaço ampliado têm sido relacionadas à difusão do uso de tecnologias sofisticadas. Isso também pode ser descrito como uma intensificação de nossas capacidades …

As ideias de realidade ampliada e espaço ampliado têm sido relacionadas à difusão do uso de tecnologias sofisticadas. Isso também pode ser descrito como uma intensificação de nossas capacidades comunicativas, o que tem sido relacionado às (aparentes) infinitas possibilidades de experimentação e percepção do espaço por nossos corpos e mentes, enquanto conectados a ferramentas tecnológicas. Entretanto, ao contrário de experiências de ampliação passadas, em termos individuais (como a religião, a magia, metafísica, as artes, as drogas, etc), a ampliação tecnológica contemporânea tem se incorporado à nossa vida cotidiana, de tal forma que começamos a perder as noções de distinção entre as tecnologias digitais (que se tornam infiltradas, cada vez mais miniaturizadas) e o ambiente construído. Nesta breve apresentação, serão discutidas algumas características do espaço, do território e dos lugares contemporâneos, transformados por essas ampliações das nossas capacidades de interação (entre nós mesmos e com o meio), tendo como foco, ou possíveis manifestações, o uso intensivo de tecnologias cada vez mais infiltradas (cada vez menores e mais invisíveis) e, consequentemente, a intensificação das formas de controle e vigilância do espaço urbano.

More in: Technology , Business
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
1,407
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1

Actions

Shares
Downloads
0
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. rodrigo firmino
    professor associado – gestão urbana (PUCPR)
    www.twitter.com/rodrigo_firmino
  • 2. programa…
    projeto 1 . as tecnologias infiltradas na cidade ampliada: vigilância e controle do espaço contemporâneo
    projeto 2.a influência das TICs no território da cidade ampliada: o desenvolvimento tecnológico e a forma urbana
    projeto 3 . o pensar e o planejar da cidade ampliada: tradução de urbano em cidade na sociedade contemporânea
    temas…
    .espaço ampliado
    .tecnologias miniaturizadas e infiltradas
    .a ideia de ambientes responsivos/reativos/inteligentes
    .vigilância
    . arquitetura + urbanismo + segurança + crime + medo
  • 3. objetivos…
    . estudo e sistematização teórico-conceitual das questões ligadas à vigilância e controle, e seus desdobramentos no espaço urbano;
    . compreender o fenômeno crescente das chamadas tecnologias infiltradas na formação do espaço nas cidades, e o relacionamento dessas tecnologias com a possibilidade de constituição da cidade ampliada;
    .compreender as formas pelas quais vigilância e controlese aplicam à construção, planejamento, gestão e uso do espaço urbano.
  • 4. espaço ampliado?
  • 5. espaço x território?
  • 6. espaço segue a função?
  • 7. espaço cognitivo?
  • 8. espaço x cultura?
  • 9. espaço invisível?
  • 10. lugar
    porção do espaço apropriada por valores culturais compartilhados, não impostos
    ny, brooklyn. a construção do lugar
  • 11. território
    porção do espaço imantada por valores culturais compartilhados na busca do controle
    caaba, meca. a construção do território
  • 12. computação ubíqua
    realidade virtual
    espaço ampliado?
    TICs – o grupo de tecnologias mais “invasivo” de todos os tempos!
    [tudo tende a ter um microchip]
    computação ubíqua(Mark Weiser)
  • 13. era dos mainframes
  • 14. era dos PCs
  • 15. era da ubicomp
  • 16. 4 possíveis implicações ao espaço urbano (Dana Cuff):
    1. espaço cada vez mais controlado e “controlável”
    2. “what was solid and opaque becomes transparent, yet what makes the hidden accessible is itself invisible”
    3. complexificação ideológica e conceitual sobre o que possa significar público e privado na cidade
    4. altera as noções de cidadania e privacidade
    CYBURG. “If cyberspace is dematerialized space, the cyburg is spatially embodied computing, or an environment saturated with computing capability”
  • 17. congestion charge (Londres)
  • 18. Patriot Act, illustration by Wiretap Studios
  • 19. a ideia de cyburg implica…
    . bases de dados para reconhecimento e busca de indivíduos ou grupos, “objetos de interesse”
    . ubicomp e a promessa do always-on, redes onipresentes
    . espaços arquitetônicos e urbanos tornam-se entidades vívidas, continuamente animadas, ambientes inteligentes
    . calculative backgroundou espaço ampliado onde computadores fazem parte das coisas e tarefas mais ordinárias
  • 20. tecnologias infiltradas
    “paradoxically, ambient, ubiquitous or locative media, like all new technological systems, tend to become hidden and ‘disappear’ at precisely the moment that they become most important” (Stephen Graham)
    “the most profound technologies are those that disappear. They weave themselves into the fabric of everyday life until they are indistinguishable from it” (Mark Weiser)
  • 21. 11/16
    Cyburg (Dana Cuff) = recombinant architecture (William Mitchell)
    [espaço urbano híbrido, simbiótico e cibernético]
    “bricks and clicks” =tijolos + argamassa +bits + bytes
  • 22. Chris Oakley, “the catalogue” (www.chrisoakley.com)
  • 23. vigilância?
    - coleta sistemática de informações com o propósito de influenciar, gerenciar, manipular ou controlar indivíduos ou grupos (David Lyon)
    - vigilância dirigida ou em massa
    - humana e não-humana?
    - vigilância é “certo” ou “errado”?
    - assistência e controle… sem transparência, e de forma invisível?
  • 24. referências conceituais…
    .Vigilância - coleta sistemática de informações com o propósito de gerenciar, manipular, ou exercer influência e controle sobre grupos ou indivíduos (David Lyon)
    . de Foucault (panóptico, sociedade da disciplina) à Deleuze (sociedade do controle)
    . ‘little brothers’ x ‘big brother’...
    . ‘sociedade do risco’ (Beck, 1992) = medo do crime (Raco, 2003)
    . espaços urbanos fragmentados, splintering urbanism (Graham and Marvin, 2001)
    .‘sociedades da vigilância’ (Lyon, 1994; Murakami Wood, 2006)
  • 25. vigilância e espaço?
    uso generalizado de tecnologias invisíveis/miniaturizadas = abre diversas possibilidades de aplicação da vigilância e do controle (ambígua)
    Influência sobre oespaço urbano:
    .banalização da segurança e do medo (crime, terrorismo, violência)
    .amplificação de um espaço urbano fragmentado, segregado
    .influência sobre a definição defronteiras sociopolíticas (acesso)
    .segurança torna-se central para governança, design e planejamento
    qual a influência de práticas de vigilância e controle (suportados por tecnologias infiltradas) sobre os LUGARES?
  • 26.
  • 27.
  • 28.
  • 29.
  • 30.
  • 31. renascença urbana ou uma nova estética da segurança?
    arquitetura como uma “solução técnica”para problemas relacionados ao crime e à violência nas cidades?!
    normativo, como um manual para o design de lugares seguros...
    Oscar Newman (1996)
  • 32. renascença urbana ou uma nova estética da segurança?
  • 33. renascença urbana ou uma nova estética da segurança?
  • 34. “stay away!” – segregação, separação, crime e medo
  • 35. “stay away!” – segregação, separação, crime e medo
  • 36. “stay away!” – segregação, separação, crime e medo
  • 37. considerações finais…
    . políticas urbanas e tecnológicas = novas espacialidades e temporalidades urbanas
    . ambientes saturados de tecnologias antecipatórias (infiltradas), que delegam “agência” à sistemas invisíveis
    . novas e velhas tecnologias e projetos reorganizando o espaço por meio de uma agenda com crescente interesse em temas como segurança, crime, medo, terror, guerra...
    . arquitetura e urbanismo levam em consideração esses aspectos na construção de uma cidade cada vez “menos pública” e “menos aberta”, com diferentes nuances nas relações entre vigilância, tecnologia e configuração espacial…
  • 38. inversão de relações espaciais…
    territorialização dos lugares
    lugarização dos territórios
  • 39. “surveillance, security and social control in Latin America”
    http://www2.pucpr.br/ssscla
    2009
    “identification, identity and surveillance in Latin America”
    http://bit.ly/b8o2ow
    2010
  • 40.
  • 41. breve...
    ICTs for Mobile and Ubiquitous Urban Infrastructures
    Surveillance, Locative Media and Global Networks
    Rodrigo Firmino, Fabio Duarte and Clovis Ultramari