Your SlideShare is downloading. ×
Linguagem web2
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Saving this for later?

Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime - even offline.

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Linguagem web2

105
views

Published on

Apresentação em aula sobre adequação de textos para internet

Apresentação em aula sobre adequação de textos para internet

Published in: Education

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
105
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Compreensão textualCOMO VOC3 V4I L3R 3ST3 T3X+O?
  • 2. Qual a diferença???
  • 3. LINGUAGEM PARA INTERNET TEXTOS INFORMATIVOS EMAIL DOCUMENTOS ONLINE ORGANIZAÇÃO DE LAYOUT
  • 4. LEITURA NA WEB O que mais atrai em notícias na internet: Título – 30,6% Fotos – 24% Chamadas das matérias: 23% CONTEÚDO: 15%
  • 5. “ENTRADAS” DE TEXTO
  • 6. INFORMAÇÕES DETALHADAS Nível de resposta SIM NÃO NR
  • 7. ESTRUTURAS SUGERIDAS PARA TEXTO Pirâmide invertida – o mais importante primeiro
  • 8. ESTRUTURAS SUGERIDAS DE TEXTO Narrativa – texto ficcional
  • 9. ESTRUTURAS SUGERIDAS DE TEXTO Organização em blocos – com hipertexto ou rolagem
  • 10. Frase: ordem direta O conteúdo é tão importante quanto a forma em um texto informativo. As frases devem ser simples e diretas. A ordem direta é a estrutura mais natural da língua portuguesa. Na Web, a eficiência informativa é essencial à comunicação. Dados da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) apontam ainda que no horário do auge dos engarrafamentos, às 19h, a piora no trânsito foi mais intensa, de 10%.
  • 11. Frase: tamanho Quanto maior a frase, mais difícil de ler. O ponto final dá ritmo ao texto. Uma frase deve corresponder a uma idéia. Na Web, velocidade de compreensão da informação é ainda mais importante do que no texto impresso.  Frases com mais de uma sentença devem ser evitadas.  Termos técnicos e conceitos transmitem informação de maneira suscinta. São úteis para deixar o texto mais curto.  Dica: corte adjetivos e expressões adicionais pouco significativas sempre que possível. Qualquer frase com mais de dois verbos é “suspeita”, se possível devem ser quebradas em duas ou mais frases.
  • 12. Frase: vocabulárioO vocabulário também pode ser uma barreira para a compreensão do leitor.Embora a Web torne fácil a procura do significado de termos menos comuns,perde-se a atenção atenção do leitor. Quebra-se a continuidade da leitura. Como regra geral evite jargões e palavras “difíceis” Não repita palavras ou expressões. É interpretado como falta de domínio da linguagem escrita  A repetição é sempre uma oportunidade perdida de apresentar mais informações, usando o mesmo espaço Dica: prefira sempre o termo mais comum. Ou seja, use “fora de moda” e não “anacrônico”
  • 13. Exemplos
  • 14. CREDIBILIDADE NO TEXTO“O carro é bom”  A afirmação depende da credibilidade da avaliação do autor."O carro atinge 100 km/h em 3 s, percorre 25 km com um litro de gasolina enão há relatos de problemas mecânicos depois de 50 mil km rodando nasestradas brasileiras".  O leitor precisa acreditar nos dados fornecidos pelo autor.“De acordo com a Revista 4Rodas, o carro é bom.  A credibilidade da opinião é sustentada por outro meio de comunicação.“De acordo com a Revista 4Rodas, o carro atinge 100 km/h em 3 s, percorre 25km com um litro de gasolina e não há relatos de problemas mecânicos depoisde 50 mil km rodando nas estradas brasileiras".  O índicio da apuração de fatos de outro meio de comunicação incrementa a credibilidade do argumento.
  • 15. COESÃO: REPETIR ELEMENTOS NOTEXTO O conjunto das frases ganha coesão através de seu sentido. As idéias centrais devem reaparecer ao longo do texto, sem que isto implique na repetição de palavras e expressões. Na Web, esta prática requer especial cuidado, pois os textos são curtos e concisos. Exemplo "Guga perdeu novamente na primeira rodada de um grande torneio internacional. O melhor tenista brasileiro da história passa por um momento difícil desde a operação no quadril em fevereiro de 2002. O tri-campeão de Roland Garros... O ídolo da torcida ..."
  • 16. Coesão: ritmo do texto Um texto inteiramente em ordem direta é monótono. A inversão desta ordem varia o ritmo e permite dar maior ênfase a determinadas idéias. Como a Web implica rapidez de compreensão, é preciso balancear a ordem direta (simplicidade da frase) com sua inversão. O prazo para a entrega do Imposto de renda termina amanhã. Mais de 5 milhões de pessoas ainda não enviaram a declaração à Receita Federal. A internet foi o meio preferido pela maior parte dos contribuintes. Amanhã, o prazo para a entrega do Imposto de Renda termina. Mais de 5 milhões de pessoas ainda não enviaram a declaração à Receita Federal. A internet, novamente, foi o meio preferido pela maior parte dos contribuintes.
  • 17. Coesão: Pronomes e conectores Vários elementos de textos realizam a conexão entre as frases. É preciso conhecer as possibilidades e entender como utilizá-las. Os paragráfos curtos e o privilégio da ordem direta recomendados na Web, tornam a coesão mais importante.  Conectores (“além disso”, “entretanto”, “porém”, etc)  Articulam a relação significativa entre frases e entre sentenças. Devem ser usadas quando facilitam a compreenssão do leitor.  Pronomes (eu, tu, ele, elas, nós, etc)  Podem servir para substituir os sujeitos, mas devem ser evitados. Normalmente, são dispensáveis (sujeito oculto). Também podem gerar confusão, pois o leitor deve ligar o pronome ao que substitui.
  • 18. ExemploAs pequenas empresas são beneficiadas por algumas simplificações nos trâmitesde exportação, como o "Exporta fácil" dos Correios e o "Simplex".Entretanto, ainda é fundamental aprender a identificar oportunidades no mercadointernacional e aprender negociar com culturas diferentes.“Os bandidos entraram em acordo com a policia para terminar a rebelião. Elespreferiram uma saída pacífica. ”  Eles quem? Será que “eles” se refere aos bandidos, a polícia ou ambos?
  • 19. Padronização  Norma Culta  Manual de Redação e Estilo do O Estado de S. Paulo  Específicos  Para manter a coerência dos textos nos casos não cobertos pela norma culta  Como desenvolver e colocar em prática  Uma lista inicial das dúvidas mais comuns deve estar disponível na intranet para todos os criadores de conteúdo  A lista é dinâmica e deve crescer na medida que houver a identificação de necessidade
  • 20. EXEMPLOS DE REGRAS  Números  De um a dez devem ser escrito por extenso. Acima de 11, em algarismos. A exceção é para os números no início das frases que devem ser sempre escritos por extenso.  O mesmo vale os ordinais.  Nos números acima de mil use um ponto para facilitar a leitura (como em 1.001.987).
  • 21. EXEMPLOS DE REGRAS Datas e horas  Nos números redondos ou arredondados use mil, milhão, bilhão, etc acompanhados de algarismos com até uma casa decimal. Ou seja, use 1,5 milhão e não um milhão e 500 mil.  Nomes de meses e dias da semana não devem ser abreviados. Os dias do mês devem ser sempre expressos em numerais.  Horas devem ser abreviados no seguinte formato: 21h30. Portanto, não use “9 e meia da noite”. Acrescente “min” no final apenas se a precisão da informação chegar aos segundos como 21h30min45s.
  • 22. EXEMPLOS DE REGRAS  Cargos  Deve vir sempre antes do nome da pessoa. Apenas nas colunas sociais a pessoa é mais relevante que o cargo que ocupa. O nome do cargo deve ser escrito em caixa baixa e a instituição que representa em caixa alta. Ou seja, o diretor do SEBRAE-SP faz parte da Diretoria do SEBRAE-SP.  Palavras em maiúscula  Fora do início de frases, deve ser usada em caixa-baixa. A internet há tempos deixou de ser novidade  Convenções da Web  Palavras em CAIXA-ALTA são interpretadas como GRITOS e é considerado falta de educação na internet  Evite exclamações!!!
  • 23. FONTES  Folha de São Paulo: noticias.uol.com.br  Revista Piauí: http://revistapiaui.estadao.com.br/edicao-60/anais- da-religiao/vitoria-em-cristo  Estadão (Economia): http://www.estadao.com.br/noticias/impresso,a-mp-dos- derivativos-sofre-muitas-criticas-ate-do-bc-,782746,0.htm