Un panoramadel Sector TI  en Brasil 15 de noviembre de 2015    Sevilla – Andalucía          España
Orador:Roberto CarlosMayer• Director da MBI, desde 1990• Columnista de la revista  Information Week, desde 1999• President...
A Assespro
A Assespro Nacional • Fundada em 1976    – A mais antiga do setor de TI no Brasil        • Entre as mais antigas do mundo ...
Valores• Voluntariado  – Liderança é exercida por empresários voluntários• Democracia  – Associados das regionais    elege...
Estrutura da Assespro
A Capilaridade daAssespro Cidades sede de                                                     Belém (em                   ...
Estrutura Administrativa             Diretoria Nacional                          Conselho                                 ...
Uma Equipe de peso! – 14 Diretorias de Regionais   com 5 membros voluntários   • Cada uma mantém 2 a 3 funcionários, em mé...
About Brazilian IT Market
Brazil, a globalpowerhouse         • 200 million inhabitants            – Two metropolitan areas over 10 million people   ...
IT WorldwideFigures in USD billions - Worldwide total: 1540 billion USD   Source: IDC, 2010
BrazilianITC market breakdown                       Source: IDC
Software & IT ServicesGrowth Rate                                                           Source: IDC, 2010  Since 2002,...
Número de Empresas                      • Um setor composto prioritariamente                        por micro e pequenas e...
Um Setor Dinâmico                    O maior saldo entre                    criação e                    encerramento de  ...
Ambiente de NegóciosIndicadores selecionados doWorld Information Technology Report 2011do Forum Econômico Mundial140      ...
Censo Assespro do Setor de TI
Apresentação• Iniciativa incluída no  Planejamento Estratégico da Assespro Nacional  em fins de 2010• Por quê CENSO e não ...
M    R                 in                                                                               21,8%         io  ...
Metodologia de Análise• Base de Dados com mais de 20 mil  informações individuais• Grande quantidade de questões  independ...
Localização da matriz por região                   Região Sul                    35,4% Região Sudest e     39,3%          ...
Filiais por Região                                    26,7%Região Sudest e                  10,2%    Região Sul           ...
Localização filial x região da matriz               0,0%   10,0%   20,0%   30,0%   40,0 %   5 0,0%   60,0%   70 ,0%       ...
Perfil dos RespondentesPr opr iet ár io ou      Sócio     80,0%                                             Ex ecut ivo de...
Porte das Empresas
Valor Bruto de Faturamento esperado para este                       ano                                                   ...
Faturamento esperado por Porte         da empresa     Em pr esa de    Pequeno Por t e       45,6%                         ...
Valor Bruto de Faturamento esperado para              este ano x Localização da Matriz                     0%       10%   ...
Comparação entre faturamento esperado e                    faturamento do ano passado                                     ...
Idade das Empresas
Ano de Fundação                         2,5%      At é 1980                          3,2%De 1981 a 1985                   ...
Ano de fundação x localização da                     matriz                   0%   10%   2 0%   30%   40%   5 0%   60 %   ...
Ano de Fundação x Porte da     empresa em relação ao faturamento                         1 4 ,3 %                         ...
Atividade Econômica das        Empresas
Atividades que representam 5% ou             mais da receita para 2012                              2,8%Fabricant es de Ha...
Atividades responsáveis por um              terço ou mais do faturamento                              1,8%Fabricant es de ...
Atividade Econômica dos        Clientes
Atividades Econômicas que representam       5% ou mais do faturamento                                       10,5%         ...
Atividades Econômicas que representam        um terço do faturamento                                      2,8%Prof issiona...
1                 ou                         2            3                                     15,1%                 ou  ...
Plataformas Tecnológicas
Sistemas OperacionaisEm but idos ( ist o é, que ex ecut am em equipam ent os que não são       5,3%                       ...
Sistemas Operacionais x                                                  Localização da Matriz                0 ,0 %      ...
Sistemas Operacionais x Porte da                                          empresa em relação ao faturamento               ...
Sistemas Gerenciadores de                           Bancos                                                                ...
Sistemas Gerenciadores de Bancos x Porte da         empresa em relação ao faturamento                                   0%...
Linguagens de Programação    Produt o/ serviço da em presa não se baseia em     8,4%        nenhum a linguagem de program ...
Linguagem de Programação x Porte da           empresa em relação ao faturamento                                  0%       ...
56,8% Microsoft   Orac le                                      33,7%     SAP                              20,4%     IBM   ...
Produtos/serviços integrados a Empresas      Globais x Localização da Matriz                   0%    20%     40%       60%...
Produtos/serviços integrados a Empresas Globais x      Porte da empresa em relação ao faturamento                         ...
Modelos de Negócio
Percentagem das receitas             cobradas periodicamente     Média ( ent re 30        e 70% )         29,8%           ...
Percentagem das receitas cobradas    periodicamente x Localização da Matriz                   0%   10%       20%          ...
Percentagem dos contratos que              possuem cláusula SLA                   De 10 a 30%                      12,6%  ...
Micros oft                                            25,6 %      O ra cle                            8 ,8%        IBM    ...
Aliança Formal com empresas globais x                Localização da Matriz                 0,0%             10 ,0 %     2 ...
Aliança Formal com empresas globais x Porte            da empresa em relação ao faturamento                               ...
CertificaçõesEmpresariais
Certificações Empresariais     Cert if icações       0,4%        r egionais     ( em it idas por                          ...
Certificações Empresariais x                       Localização da Matriz                0,0 %   10 ,0 %   20 ,0 %   3 0,0%...
Certificações Empresariais x Ano de                           Fundação                   0%   10%                  2 0%   ...
Certificações Empresariais x Principais                Atividades Econômicas dos Clientes           Set or Fin an ceir o  ...
Certificações Empresariais x Clientes com            faturamento acima de R$ 60 milhões                                   ...
Certificações Empresariais x Percentagem das             receitas cobradas periodicamente                              0% ...
Certificações Empresariais x Participação em            Associações comerciais/profissionais                0,0%   20,0%  ...
Certificações Empresariais x Porte da empresa              em relação ao faturamento                           0 ,0 %   2 ...
Propriedade Intelectual
Mecanismos de proteção                                                                                       59,6%        ...
Contratos de Joint VentureNenhum a 68,1%                                                   Um a                           ...
Inovação nas Empresas
Resultados gerais sobre                                                      inovação                                     ...
Inovação de MercadoAlt a ( Con cor da)      82 ,3%                                      I nt er m ediár ia                ...
Inovação de ProdutoAlt a ( Concor da)               I nt er m ediár ia      59,2%                           21,6%         ...
Inovação Agressiva               Alt a ( Concorda)                     34,4%   Baixa( Discor da)   38,0%               I n...
Exportações das   Empresas
M    en         os              de                       0,                            25                                 ...
7,7%  Es tados U ni dos          M éx i c o                                                     4,6 %        Ar genti na  ...
Percentagem obtida no Exterior x                    Localização da Matriz                   0%      10 %      20%         ...
Percentagem obtida no Exterior x Porte da             empresa em relação ao faturamento                          0%      1...
Países atingidos pela empresa com receita de       80% ou mais em vendas x Localização da                          Matriz ...
Como evoluiremos o      Censo
Disponibilização a Terceiros• Quantidade de análises possíveis  – Supera largamente recursos alocáveis!• Assespro optou po...
Continuidade do Censo• Assespro repetirá o Censo anualmente• Foi proposto para a ALETI a ampliação do  Censo aos 19 países...
Temas a Incluir• Geração de Oportunidades de Negócios:   – Autorização para divulgação de questões com o objetivo de     a...
Cúpula Mundialde Políticas Públicas        em TI  São Paulo, 2013
Strategic Partnership• Cipa Fiera Milano is our Strategic Partner  – iTech Fair and Congress will be held first time    in...
A whole week of events              10/ 11/ 2013      11/ 11/ 2013                   12/ 11/ 2013                       13...
Program Definition• Two Groups of Themes  – The Digital Age: how IT changes society  – The Digital Age: the IT industry’s ...
The Digital Age:    how IT changes society• Suggested subjects:  – Usage of Technological Tools (PCs, tablets and/or    sm...
The Digital Age:the IT industry’s environment• Suggested subjects:  – E-waste: national policies for recycling technologic...
Registration Schedule               Period                   Discount (%)                 Amount (USD)     From Jan, 31st ...
Sponsorship               sCategory     Amount (USD)   Maximum Quantity of                                 Sponsors Master...
Congresso Mundial   de TI 2016     Brasília
Assespro’s bidfor WCIT 2016      October, 21st, 2012Palais de Congrès de Montréal Montreal, Quebec, Canada
Venue• WCIT 2016 will be held in Brasília   – Brazil’s Federal Capital       • Inaugurated 1961, as a planned city       •...
Lodging•   Currently Brasília already has 11,000 hotel rooms (23,000 beds)     – Still to be expanded over the next few ye...
Assespro’s commitment      to WITSA It is not just about WCIT 2016! We have been working step-by-step    BOD meeting Ju...
Brazilian Governmenteffective commitment• Federal Government   – Communications Ministry       • Paid for WCIT 2012 sponso...
It’s not a bidjust for one country   Assespro’s international commitment    is not restricted to work as a single country...
Muito obrigado!!rocmayer@mbi.com.brroberto.mayer@assespro.org.br              www.assespro.org.br                 www.mbi....
2012 11 15 sevilla panorama sector ti en brasil
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

2012 11 15 sevilla panorama sector ti en brasil

277
-1

Published on

Published in: Business
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
277
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide
  • Pergunta 2 - Tabulação Simples
  • Pergunta 2 - Tabulação Simples Reclassificada
  • Pergunta 3 – Tabulação Simples Reclassificada
  • Pergunta 3 cruzada com pergunta 2 - Tabulação Cruzada Reclassificada
  • Pergunta 48 – tabulação simples
  • Pergunta 46 – tabulação simples
  • Pergunta 46 – tabulação simples reclassificada
  • Pergunta 46 cruzada com 2- tabulação cruzada reclassificada
  • Pergunta 45 – tabulação simples
  • Pergunta 4 - Tabulação Simples Reclassificada
  • Pergunta 4 cruzada com 2 – Tabulação Cruzada Reclassificada2
  • Pergunta 4 cruzada com 46 – Tabulação cruzada reclassificada2
  • Pergunta 5 – Tabulação Simples reclassificada
  • Pergunta 6 – Tabulação simples reclassificada
  • Pergunta 19 – tabulação simples reclassificada
  • Pergunta 20 – tabulação simples reclassificada
  • Pergunta 21 – tabulação simples
  • Pergunta 26 – tabulação simples
  • Pergunta 26 cruzada com 2 – tabulação cruzad reclassificada
  • Pergunta 26 cruzada com 2 – tabulação cruzada reclassificada
  • Pergunta 27 – tabulação simples
  • Pergunta 27 cruzada com 46 – tabulação cruzada reclassificada
  • Pergunta 28 – tabulação simples
  • Pergunta 28 cruzada com 46 – tabulação cruzada reclassificada
  • Pergunta 29 – tabulação simples reclassificada
  • Pergunta 29 cruzada com 2 – tabulação cruzada reclassificada2
  • Pergunta 29 cruzada com 46 – tabulação cruzada reclassificada2
  • Pergunta 30 – tabulação simples reclassificada
  • Pergunta 30 cruzada com 2 – tabulação cruzada reclassificada2
  • Pergunta 32 – tabulação simples
  • Pergunta 43 – tabulação simples reclassificada
  • Pergunta 43 cruzada com 2 – tabulação cruzada reclassificada2
  • Pergunta 43 cruzada com 46 – tabulação cruzada reclassificada2
  • Pergunta 38 – tabulação simples
  • Pergunta 38 cruzada com 2 – tabulação cruzada reclassificada
  • Pergunta 38 cruzada com 4 – tabulação cruzada reclassificada
  • Pergunta 38 cruzada com 20 – tabulação cruzada reclassificada
  • Pergunta 38 cruzada com 21 – tabulação cruzada
  • Pergunta 38 cruzada com 30 – tabulação cruzada reclassificada
  • Pergunta 38 cruzada com 40 – tabulação cruzada reclassificada
  • Pergunta 38 cruzada com 46 – tabulação cruzada reclassificada
  • Pergunta 39 – tabulação simples
  • Pergunta 42 – tabulação simples
  • Pergunta 44 – valor médio respostas ABC
  • Pergunta 44 a – tabulação simples reclassificada
  • Pergunta 44 b – tabulação simples reclassificada
  • Pergunta 44c – tabulação simples reclassificada
  • Pergunta 33 – tabulação simples
  • Pergunta 34 – tabulação simples reclassificada
  • Pergunta 33 cruzada com 2 – tabulação cruzada reclassificada
  • Pergunta 33 cruzada com 46 – tabulação cruzada reclassificada
  • Pergunta 34 cruzada com 2 – tabulação cruzada reclassificada2
  • 2012 11 15 sevilla panorama sector ti en brasil

    1. 1. Un panoramadel Sector TI en Brasil 15 de noviembre de 2015 Sevilla – Andalucía España
    2. 2. Orador:Roberto CarlosMayer• Director da MBI, desde 1990• Columnista de la revista Information Week, desde 1999• Presidente de ALETI – Federación Ibero-Americana de Entidades de TI• Vice-presidente de Relações Públicas da Assespro Nacional• Representante do Brasil y director en WITSA• Ex-presidente de Assespro São Paulo• Ex-professor en IME USP
    3. 3. A Assespro
    4. 4. A Assespro Nacional • Fundada em 1976 – A mais antiga do setor de TI no Brasil • Entre as mais antigas do mundo • Mais de 1400 empresas associadas voluntariamente – 15 Regionais Estaduais • AL, BA, CE, DF, ES, MG, PB, PE, PR, RJ, RN, RS, SC, SE e SP • Filiada na ALETI – Federação Ibero-Americana • Filiada na WITSA – Federação global • Nenhum outro setor da economia se organiza desta forma a nível global
    5. 5. Valores• Voluntariado – Liderança é exercida por empresários voluntários• Democracia – Associados das regionais elegem lideranças locais – Lideranças locais elegem a diretoria nacional – Votações sempre abertas• Renovação obrigatória de quadros – Estatuto determina mandatos de dois anos, com no máximo UMA reeleição• Ética e governança corporativa
    6. 6. Estrutura da Assespro
    7. 7. A Capilaridade daAssespro Cidades sede de Belém (em implantação Regionais e/ou núcleos Fortaleza subregionais: Natal Porto Alegre Novo Hamburgo Recife Florianópolis Curitiba Maceió Maringá Aracaju Londrina Salvador Cascavel Brasilia Pato Branco Ponta Grossa Salvador São Paulo Maceió Sorocaba Aracaju Uberlândia Belo Horizonte Rio de Janeiro Recife Belo Horizonte Natal Viçosa Vitória Uberlândia Fortaleza Maringá Londrina Sorocaba Viçosa Brasília Vitória Belém (em implantação) Cascavel Ponta Grossa São Paulo Rio de Janeiro Curitiba Pato Branco Cada Regional possui autonomia para Florianópolis constituir sub-sedes da forma mais conveniente em cada Estado Novo Hamburgo Porto Alegre
    8. 8. Estrutura Administrativa Diretoria Nacional Conselho vigia Fiscal Presidente VP de Articulação Política 3 membros VP de Relações Públicas VP de Planejamento e Governança VP de Finanças e Sustentabilidade elege elege Conselho de Administração Presidentes das Regionais Alagoas Pernambuco Bahia Rio Grande do Norte Ceará Rio Grande do Sul Distrito Federal Rio de Janeiro Espírito Santo Santa Catarina Minas Gerais São Paulo Paraná Sergipe 1400+ Empresas se filiam na Regional e elegem diretorias locais
    9. 9. Uma Equipe de peso! – 14 Diretorias de Regionais com 5 membros voluntários • Cada uma mantém 2 a 3 funcionários, em média – Nacional • Diretoria • Conselho Fiscal • Mais 3 funcionários (staff) – Um time composto por 120 profissionais a serviços das empresas associadas e do setor de TI
    10. 10. About Brazilian IT Market
    11. 11. Brazil, a globalpowerhouse • 200 million inhabitants – Two metropolitan areas over 10 million people – Another 98 cities over 250 thousand inhabitants • Area: 8,5 million sq km • GDP among six biggest worldwide – 18% Farming and Crop – 26% Manufacturing – 60% Services • Growing international creditor • Among biggest international reserves • But: imports + exports ca. 25% of GDP – Much less in the IT sector!
    12. 12. IT WorldwideFigures in USD billions - Worldwide total: 1540 billion USD Source: IDC, 2010
    13. 13. BrazilianITC market breakdown Source: IDC
    14. 14. Software & IT ServicesGrowth Rate Source: IDC, 2010 Since 2002, the Brazilian Real has doubled in value against USD As internal inflation averages 4,5% per year, our internal prices in USD quadrupled over the last ten years
    15. 15. Número de Empresas • Um setor composto prioritariamente por micro e pequenas empresas • Apenas 3% das empresas (~2000) possuem 20 ou mais pessoas ocupadas, mas são responsáveis por dois terços das ocupações • Entretanto: dificuldades, desafios e problemas são semelhantes paraFonte: Softex, 2009 MPEs e gigantes do setor!
    16. 16. Um Setor Dinâmico O maior saldo entre criação e encerramento de empresas entre todos os setores da economia! Fonte: Softex, 2009
    17. 17. Ambiente de NegóciosIndicadores selecionados doWorld Information Technology Report 2011do Forum Econômico Mundial140 br za ar ar Argentina pe it bo130 mx br bo ar br es bo Bolívia bo bo cl120 ru es fr br Brasil pe bo ar mx es110 pe bo ar fr in ar ca Canada ar bo bo it za100 ru za ru ar kr ru mx ru uk cl Chile pe 90 it mx pe mx de ar it mx kr cn China 80 mx it kr ru cn mx ar ar br br mx cn de Alemanha 70 kr bo in bo us it pe ca it za pe ar pe es Espanha za ru bo 60 in mx br es cl uk mx cl br uk mx cn ru es ru cl pe cl it de us fr França 50 ru in ca es ar it pe pe es it ru es br pe cl za us in India 40 za fr it cn cl za uk de de in in in es cn bo in in cn it cl kr fr uk cn it Itália 30 uk in in es ru za cl br br cl za cn cn es kr de de es br cn za cn Coréia do 20 ca fr kr kr cl fr ca uk kr cn cl Sul de us uk br de uk fr kr us de us us ca kr fr 10 us ca fr kr us fr ca mx México fr ca ca ca za uk fr us de us ca uk kr de de us uk ca in 0 pe Peru Qualidade dos Qualidade das ger ada per capit a m at em át ica e Pr eços da t elef onia I m pact o e Alcance Disponibilidade de Sof ist icação Readyness I ndex Em pr esar ial em Acesso a I nt er net Qualidade do I m pact o da TI f or necedor es Financeir o Ener gia elét r ica sobr e novos I nvest im ent o inst it uições Capit al de Risco pr odut os e Mer cado cient íf icas ru Rússia ensino de da Tr ibut ação ciências ser viços nas escolas locais Net w or k P& D Grã celular uk Bretanha Estados us Unidos África do za Sul 1.02 8.07 5.03 5.07 3.07 NRI 1.01 7.06 3.05 4.01 4.07 1.06 Setor Privado Setor Público
    18. 18. Censo Assespro do Setor de TI
    19. 19. Apresentação• Iniciativa incluída no Planejamento Estratégico da Assespro Nacional em fins de 2010• Por quê CENSO e não ‘pesquisa’? – Não obtivemos nenhum apoio oficial – Coleta de dados baseada na contribuição voluntária via Web• Questionário disponível em – http://assespro.org.br/files/assespro/biblioteca/dados- mercado/Censo-Assespro-do-Setor-de-TI-2012-Download.pdf• De maio a julho de 2012 – Participação de 368 empresas – 297 completaram o questionário – Dados analisados com base em 285 entrevistas validadas – Um “pequeno milagre”• Patrocínio da MBI – Parceria com a SurveyMonkey
    20. 20. M R in 21,8% io as G G ra er 16,8% nd ai R e s io do de S 11,9% Ja ul P er ne 9,5% D ir na o is m tr bu 7,4% ito co S F an ed ta er 5,6% C al at ar in 4,6% a B ah 4,2% iaR io 3,9% G ra nd e 3,2% do N 3,2% or te 2,1% S er gi pe 1,8% 1,1% A la M at go 1,1% o as G ro ss 0,7% o A 0,7% m az on as 0,4% 0,4% Localização da Matriz por UF
    21. 21. Metodologia de Análise• Base de Dados com mais de 20 mil informações individuais• Grande quantidade de questões independentes – Oportunidade de análises cruzadas – Exige reclassificação das respostas em função de: • Tamanho da amostra • Simplicidade dos gráficos pretendidos
    22. 22. Localização da matriz por região Região Sul 35,4% Região Sudest e 39,3% Out r as Regiões 25,3%
    23. 23. Filiais por Região 26,7%Região Sudest e 10,2% Região Sul 20,0%Out ras Regiões
    24. 24. Localização filial x região da matriz 0,0% 10,0% 20,0% 30,0% 40,0 % 5 0,0% 60,0% 70 ,0% Alagoas Região Sul Am azonas Bahia Cear á Dist r it o Feder al Espír it o Sant o Goiás Mar anhão Mat o Gr osso Mat o Gr osso do SulRegião Sudest e Minas Ger ais Par á Par aíba Par aná Per nam buco Rio de Janeir o Rio Gr ande do Nor t e Rio Gr ande do Sul Sant a Cat ar inaOut r as Regiões São Paulo Ser gipe
    25. 25. Perfil dos RespondentesPr opr iet ár io ou Sócio 80,0% Ex ecut ivo de Vendas/ Negóci os 7,4% Ex ecut ivo de Ár ea Técnica 4,6% Out r a Ex ecut ivo de 7,4% RH 0,7%
    26. 26. Porte das Empresas
    27. 27. Valor Bruto de Faturamento esperado para este ano 17,5% Até R$ 360.000,00 De R$ 360.000,01 a 21,8% 1.200.000,00 23,9% De R$ 1.200.000,01 a 3.600.000,00 18,2% De R$ 3.600.000,01 a 10.000.000,00 8,8% De R$ 10.000.000,01 a 20.000.000,00 De R$ 20.000.000,01 a 6,3% 60.000.000,00 2,5% De R$ 60.000.000,01 a 360.000.000,00 1,1%Acima de R$ 360.000.000,01
    28. 28. Faturamento esperado por Porte da empresa Em pr esa de Pequeno Por t e 45,6% Em pr esa de Por t e Médio 33,3% Micr o- Em pr esa 17,5% Gr ande Em pr esa 3,5%
    29. 29. Valor Bruto de Faturamento esperado para este ano x Localização da Matriz 0% 10% 20% 30% 40% 5 0% 60% 70 % 80% 90 % 1 0 0% Regi ão Su lRegi ão Sudest eOu t r as Regi ões At é R$ 3 6 0 m i l De R$ 36 0 m il a 1 ,2 m i lh ão De R$ 1,2 m il h ão a 3 ,6 m il h ão De R$ 3,6 m i l hão a 1 0 m i lh ões De R$ 10 m i lh ões a 20 m i lh ões De R$ 20 m il h ões a R$ 6 0 m i lh ões De R$ 60 m i lh ões a R$ 3 60 m i lh ões Acim a de R$ 36 0 m il h ões
    30. 30. Comparação entre faturamento esperado e faturamento do ano passado 9,5% Crescer ent r e 5 e 10% 34,0% Crescer ent r e 10 e 25% 25 ,3% Crescer ent r e 25 e 50% 11,9% Cr escer ent re 50 e 100% 7,0% Cr escer m ais de 100%Se m ant er est ável ( cr escer ou 6,0% dim inuir m enos que 5% ) 1,1% Dim inuir ent r e 5 e 10% 1,4% Dim inuir ent re 10 e 25% 0,7% Dim inuir ent re 25 e 50% 3,2% Não inf or m ado
    31. 31. Idade das Empresas
    32. 32. Ano de Fundação 2,5% At é 1980 3,2%De 1981 a 1985 11,2%De 1986 a 1990 22,8%De 1991 a 1995 19,6%De 1996 a 2000 22,8%De 2001 a 2005 17,2%De 2006 a 2010 0,7%De 2011 a 2012
    33. 33. Ano de fundação x localização da matriz 0% 10% 2 0% 30% 40% 5 0% 60 % 70 % 8 0% 9 0% 1 00% Região Sul At é 1 98 0 De 1 98 1 a 19 85 De 1 98 6 a 19 90 De 1 99 1 a 19 95Região Sudest e De 1 99 6 a 20 00 De 2 00 1 a 20 05 De 2 00 6 a 20 10 De 2 01 1 a 20 12Out r as Regiões
    34. 34. Ano de Fundação x Porte da empresa em relação ao faturamento 1 4 ,3 % 4 2,9 % 42 ,9 % At é 1 98 0 1 1,1 % 7 7 ,8% 1 1 ,1 %De 1 981 a 198 5 4 6,9 % 3 4,4 % 1 2,5 % 6,3 %De 1 986 a 199 0 49 ,2 % 36 ,9 % 3 ,1 % 1 0,8 %De 1 991 a 199 5 5 0 ,0 % 4 4 ,6 % 5 ,4%De 1 996 a 200 0 5 3 ,8 % 3 3 ,8 % 1 2 ,3 %De 2 001 a 200 5 3 6 ,7 % 6,1 % 5 7 ,1 %De 2 006 a 201 0 1 0 0 ,0 %De 2 011 a 201 2 Em pr esa de Pequeno Por t e Em pr esa de Por t e Médio Gr ande Em pr esa Micr o- Em pr esa
    35. 35. Atividade Econômica das Empresas
    36. 36. Atividades que representam 5% ou mais da receita para 2012 2,8%Fabricant es de Hardw are 52,3% Dist ribuição e Varej o 102,1% Soft w ares Produt o 326,7% Serviços sob Dem anda
    37. 37. Atividades responsáveis por um terço ou mais do faturamento 1,8%Fabricant es de Hardw are 17,5% Dist ribuição e Varej o 63,9% Soft w ares Produt o 130,2% Serviços sob Demanda
    38. 38. Atividade Econômica dos Clientes
    39. 39. Atividades Econômicas que representam 5% ou mais do faturamento 10,5% Set or Prim ário 11,2%Pr of issionais Liberais/ Pessoas Físicas 31,9% Tecnologia da I nf orm ação 33,3% I nf ra- Est rut ura 39,3% Set or Financeiro 51,9% Set or Público 100,0% At acado e Varej o 105,3% Serviços I ndúst ria da Const rução e 124,6% Transf or m ação
    40. 40. Atividades Econômicas que representam um terço do faturamento 2,8%Prof issionais Liber ais/ Pessoas Físicas 3,2% Set or Pr im ár io 10,9% I nf ra-Est rut ura 14,0% Tecnologia da I nf or m ação 18,6% Set or Financeiro 27,0% Set or Público 34,7% I ndúst r ia da Const rução e Transf or m ação 36,1% At acado e Varej o 42,8% Ser viços
    41. 41. 1 ou 2 3 15,1% ou 4 D 10,5% e 5 R$ 60 milhões a 8 D e 13,7% 9 a 15D e 16 8,4% a 31D e 32 8,8% a 6465 ou 7,0% m ai s 6,0% N 7,4% en hu m Clientes com faturamento acima de 23,2%
    42. 42. Plataformas Tecnológicas
    43. 43. Sistemas OperacionaisEm but idos ( ist o é, que ex ecut am em equipam ent os que não são 5,3% com put ador es nem t ab 6,3% Mainf r am es I BM 8,1% Sist em as I BM de port e m édio ( p.ex. zSeries – AS/ 400) 14,0% Fam ília Unix pagos ( p.ex. Solaris, AI X, HP/ UX) 14,7% Fam ília Apple ( qualquer ver são para Macint osh) Pr odut o/ serviço da em pr esa não depende do sist em a 21,8% operacional do client e 30,5% Sist em as par a celulares, sm ar t phones ou t ablet s 49,1% Fam ília Linux ( qualquer dist ribuição) 85,3%Fam ília Micr osof t ( qualquer ver são de MS-DOS, Window s, et c.)
    44. 44. Sistemas Operacionais x Localização da Matriz 0 ,0 % 5 0,0 % 10 0 ,0% 15 0,0% 200 ,0 % Região Su lRegião Sud est eOu t r as Regiões Mi cr osof t Linu x Di sposit ivos m óveis I ndepen de de S.O. Apple Uni x Em bu t i dos Mai nf r am es I BM I BM por t e m édio
    45. 45. Sistemas Operacionais x Porte da empresa em relação ao faturamento 0% 5 0% 100 % 1 50% 2 0 0% 25 0% Micr o- Em pr esaEm pr esa de Pequ eno Por t e Em pr esa de Por t e Médio Gr ande Em pr esa Mi cr osof t Lin ux Plat af or m as m óveis Unix Apple I BM por t e m édio Main f r am es I BM Em but idos I ndepende de s.o.
    46. 46. Sistemas Gerenciadores de Bancos 5,3% Bancos de dados em but idos 8,8% Fam ília DB/ 2 ( em servidores) 10,9% Bancos de dados par a PCs desk t op ( p.ex. Access) Out ros bancos de dados propriet ários par a ser vidor es ( p.ex. 13,0% Cachê, Pr ogr ess, SybProdut o/ serviço da em pr esa não depende do banco de dados do 14,4% client e 39,3% Fam ília Oracle ( em servidores) 53,0% Fam ília Sof t w ar e Livr e ( p.ex. m ySQL, Post greSQL) Fam ília SQL Ser ver ( em servidores) 58,2%
    47. 47. Sistemas Gerenciadores de Bancos x Porte da empresa em relação ao faturamento 0% 5 0% 1 0 0% 150 % 20 0% 25 0% Micr o- Em pr esa Em pr esa de Pequ en o Por t e Em pr esa de Por t e Médio Gr ande Em pr esaSQL Ser ver Or acle Sof t w ar e Li vr e Out r os pr opr i et ár ios DB/ 2 Desk t op Em bu t idos I ndepen de de b.d.
    48. 48. Linguagens de Programação Produt o/ serviço da em presa não se baseia em 8,4% nenhum a linguagem de program ação 13,3%Linguagens de cust om ização de sof t w are-produt o 16,5% ( p.ex. ABAP, VBA) 21,8%Linguagens de progam ação de baixo nível ( p.ex. C, 23,2% C+ + , Assem bler) 48,1%Linguagens de desenvolvim ent o para a Web ( p.ex. 71,2% ASP, ASP.net , PHP, Perl)
    49. 49. Linguagem de Programação x Porte da empresa em relação ao faturamento 0% 5 0% 10 0% 150% 2 00% Micr o- Em pr esa Gr ande Em pr esa Em pr esa de Por t e Médi oEm pr esa de Pequen o Por t e Linguagens par a a Web Linguagens client e- ser vi dor Linguagens de baix o nível Linguagen s 4GL Linguagens de cust om i zação Out r as li nguagens I ndepende de linguagem
    50. 50. 56,8% Microsoft Orac le 33,7% SAP 20,4% IBM 18,6% Cisco 8,4%Compuware 3,5% Red Hat 1,1% Google 1,1% ESRI 1,1% Empresas Globais Outros 12,3% Produtos/serviços integrados a
    51. 51. Produtos/serviços integrados a Empresas Globais x Localização da Matriz 0% 20% 40% 60% 80% 1 00% 1 20% 1 40% 160% 1 80% Região SulRegi ão Sudest eOut r as Regiões Micr osof t Or acle SAP I BM Cisco Com puw ar e ESRI ( Ar cGis) Red Hat Google Out r os
    52. 52. Produtos/serviços integrados a Empresas Globais x Porte da empresa em relação ao faturamento 33,3% 66,7%ESRI ( Ar cGis) 33,3% 33,3% 33,3% Red Hat 13,6% 39,5% 42,0% 4,9% Micr osof t 9,4% 30,2% 55,2% 5,2% Or acle 5,2% 34,5% 56,9% 3,4% SAP 3,8% 30,2% 56,6% 9,4% I BM 66,7% 33,3% Google 50,0% 40,0% 10,0% Com puw ar e 20,8% 66,7% 12,5% Cisco 8,6% 34,3% 42,9% 14,3% Out r os Micr o- Em pr esa Em pr esa de Pequeno Por t e Em pr esa de Por t e Médio Gr ande Em pr esa
    53. 53. Modelos de Negócio
    54. 54. Percentagem das receitas cobradas periodicamente Média ( ent re 30 e 70% ) 29,8% Alt a ( 70% ou m ais)Baix a ( at é 39,6% 30% ) 30,5%
    55. 55. Percentagem das receitas cobradas periodicamente x Localização da Matriz 0% 10% 20% 30% 40% 50% 6 0% 70 % 80% 90% 10 0% Região Su lRegião Su dest eOut r as Regiões Baix a ( at é 30% ) Média ( ent r e 30 e 70% ) Alt a ( 70% ou m ais)
    56. 56. Percentagem dos contratos que possuem cláusula SLA De 10 a 30% 12,6% De 30 a 50% 9,8% De 50 a 70% 3,5%At é 10% 49,8% De 70 a 90% 8,8% Mais de 90% 15,4%
    57. 57. Micros oft 25,6 % O ra cle 8 ,8% IBM 4,2% SAP 2,1% Cisc o 1,8% Intel 1,4 % HP 1 ,4% VMWare 1,1%Inte rsys tems 1,1% Ou tros 13,3% Aliança Formal com empresas globais
    58. 58. Aliança Formal com empresas globais x Localização da Matriz 0,0% 10 ,0 % 2 0,0 % 3 0,0% 4 0 ,0 % 5 0,0% 6 0,0% 70 ,0 % Região Su lRegião Su dest eOut r as Regiões Mi cr osof t Or acl e/ Su n I BM I n t el SAP Cisco HP I n t er syst em s VMWar e Ou t r os
    59. 59. Aliança Formal com empresas globais x Porte da empresa em relação ao faturamento 100,0% VMWar e 20,0% 76,0% 4,0% Or acle 25,0% 75,0% HP 8,3% 25,0% 58,3% 8,3% I BM 33,3% 66,7%I nt er syst em s 33,3% 50,0% 16,7% SAP 40,0% 40,0% 20,0% Cisco 8,2% 41,1% 47,9% 2,7% Micr osof t 50,0% 50,0% I n t el 28,9% 63,2% 7,9% Ou t r os Mi cr o- Em pr esa Em pr esa de Pequeno Por t e Em pr esa de Por t e Médio Gr ande Em pr esa
    60. 60. CertificaçõesEmpresariais
    61. 61. Certificações Empresariais Cert if icações 0,4% r egionais ( em it idas por 0,4%CMMi f or Ser vices I SO 27000 0,4% ( segurança da inf orm ação) 0,4% I TI L ( I TSM) I SO 14000 0,7% ( am bient al) I SO 20000 1,8% ( gest ão de inf raest ut ur a de 3,2%m ps.br nível A a D 6,7%CMMi nível 2 ou 3 I SO 9000 13,0% ( qualidade de processos)m ps.br nível E a G 15,4%
    62. 62. Certificações Empresariais x Localização da Matriz 0,0 % 10 ,0 % 20 ,0 % 3 0,0% 40 ,0 % 50 ,0% Cer t if i cações r egion ais ( em i t idas por ór gão/ au t or idade est ad ual ) CMMi f or Ser vicesRegião Sud est e CMMi n ível 2 ou 3 I SO 1 40 00 ( am bi en t al) I SO 2 00 00 ( gest ão de i nf r aest u t ur a de TI ) I SO 2 70 00 ( segur an ça da in f or m ação) I SO 9 00 0 ( quali dade de pr ocessos) Região Sul I TI L ( I TSM) m ps.br nível A a D m ps.br nível E a GOu t r as Regiões
    63. 63. Certificações Empresariais x Ano de Fundação 0% 10% 2 0% 30% 40% 50 % 60% 70%De 2 006 a 20 10De 2 001 a 20 05De 1 996 a 20 00De 1 991 a 19 95De 1 986 a 19 90De 1 981 a 19 85 At é 19 80 Cer t i f i cações r egionai s ( em i t i das p or ór gão/ au t or i dade est adu al) CMMi f or Ser v ices CMMi n ív el 2 ou 3 I SO 1 40 00 ( am bi en t al ) I SO 2 00 00 ( gest ão de i nf r aest u t ur a de TI ) I SO 2 70 00 ( segur ança da i n f or m ação) I SO 9 00 0 ( qual i dade de pr ocessos) I TI L ( I TSM) m ps.br nível A a D m ps.br nível E a G
    64. 64. Certificações Empresariais x Principais Atividades Econômicas dos Clientes Set or Fin an ceir o Set or Pr im ár io Set or Pú blico I n f r a- Est r u t u r a Cer t if icações r egion ais ( em it idas por ór gão/ au t or idade est ad ual) I n dú st r ia CMMi f or Ser v ices CMMi n ível 2 ou 3 Ser viços I SO 1 400 0 ( am bient al) I SO 2 000 0 ( gest ão de inf r aest u t u r a de TI ) At acado e Var ej o I SO 2 700 0 ( seg ur an ça da in f or m ação) I SO 9 000 ( qu alidade de pr ocessos)Tecnolog ia d a I n f or m ação I TI L ( I TSM) m ps.br nível A a D Pr of ission ais Liber ais m ps.br nível E a G 0% 1 0% 20% 30% 4 0% 5 0% 6 0% 70% 8 0%
    65. 65. Certificações Empresariais x Clientes com faturamento acima de R$ 60 milhões Cer t if icações r egi onai s ( em it i das por ór gão/ aut or i dade est adual) Nen hu m CMMi f or Ser v ices CMMi nív el 2 ou 3 1 ou 2 I SO 14 000 ( am bient al) I SO 20 000 ( gest ão de in f r aest ut u r a de TI ) 3 ou 4 I SO 27 000 ( segur an ça da i nf or m ação) I SO 90 00 ( qu ali dade de pr ocessos) De 5 a 8 I TI L ( I TSM) m ps.br nív el A a D De 9 a 15 m ps.br nív el E a GDe 16 a 31De 32 a 6465 ou m ai s 0% 20% 40% 60% 80% 100%
    66. 66. Certificações Empresariais x Percentagem das receitas cobradas periodicamente 0% 5% 10% 15% 20% 25% 30 % 3 5% 40% 45% Alt a ( 70% ou m ais)Média ( ent r e 30 e 70% ) Baix a ( at é 30% ) Cer t if icações r egionais CMMi f or Ser vices CMMi nível 2 ou 3 I SO 14000 ( am bient al) I SO 20000 ( gest ão de inf r a de TI ) I SO 27000 ( segur ança) I SO 9000 ( pr ocessos) I TI L ( I TSM) m ps.br nível A a D m ps.br nível E a G
    67. 67. Certificações Empresariais x Participação em Associações comerciais/profissionais 0,0% 20,0% 40,0% 60,0% 8 0,0 % 100,0% Cinco a Oit oTr ês ou Quat r o Duas Um a Nenhu m a
    68. 68. Certificações Empresariais x Porte da empresa em relação ao faturamento 0 ,0 % 2 0 ,0 % 4 0 ,0 % 6 0 ,0 % 8 0 ,0 % 1 0 0 ,0 % 1 2 0,0 % 1 40 ,0 % Gr an de Em pr esa Cer t if icações r egionais ( em i t idas porEm p r esa de Por t e Méd io ór gão/ au t or i dade est adual) CMMi f or Ser v ices CMMi n ív el 2 ou 3 I SO 140 0 0 ( am bi en t al) Em pr esa d e Pequ en o I SO 200 0 0 ( gest ão de in f r aest ut ur a de Por t e TI ) I SO 270 0 0 ( segur ança da inf or m ação) I SO 900 0 ( qu al idade de pr ocessos) I TI L ( I TSM) Mi cr o- Em pr esa m ps.br nív el A a D m ps.br nív el E a G
    69. 69. Propriedade Intelectual
    70. 70. Mecanismos de proteção 59,6% Regist ro de Marcas 50,2% Claúsulas Cont rat uais Específicas I nclusão de reserva de direit os aut orais ( copyright ) nos 17,9% produt os da em pr esa 13,7% Depósit o de Pat ent es 12,6%Depósit o de Código Font e j unt o a t erceiros ( não-client es) Tecnologia de at ivação de produt os ( por hardw are ou 0,4% soft w are) Licenciam ent o com o código abert o ( p.ex. Creat ive 0,4% Com m ons, GNU)
    71. 71. Contratos de Joint VentureNenhum a 68,1% Um a 15,8% Duas 8,8% Tr ês ou Quat r o Nove ou m ais Cinco a Oit o 3,9% 1,8% 1,8%
    72. 72. Inovação nas Empresas
    73. 73. Resultados gerais sobre inovação 5,14 I novação m ercadológica 5,10 I novação pela int eração com client es 4,68 Criat ividade e aprendizado em equipe Com part ilham ent o do conhecim ent o 4,60 4,41I m pact o da inovação no result ado financeiro I novação de produt o 4,30 3,86 Gest ão int erna do conhecim ent o 3,69 I novação pela int eração com parceiros Uso de t ecnologia abert a 3,44 3,33 I novação agressiva 2,05 Com pra de propriedade int elect ual 2,03Disponibilização abert a da t ecnologia gerada 1,98 Venda de propriedade int elect ual
    74. 74. Inovação de MercadoAlt a ( Con cor da) 82 ,3% I nt er m ediár ia Baix a 12,4% ( Discor da) 5 ,3 %
    75. 75. Inovação de ProdutoAlt a ( Concor da) I nt er m ediár ia 59,2% 21,6% Baixa ( Discor da) 19,1%
    76. 76. Inovação Agressiva Alt a ( Concorda) 34,4% Baixa( Discor da) 38,0% I nt er m ediár ia 27,5%
    77. 77. Exportações das Empresas
    78. 78. M en os de 0, 25 % D e 0, 25 3,2% a 1% D e 3,5% 1 a 4% D e 4 3,9% a 15 % D e 15 4,6% a 30 % D e 30 1,8% a 60 % D e 60 1,8% a 80 % Percentagem obtida no Exterior 0,4% 81,1%
    79. 79. 7,7% Es tados U ni dos M éx i c o 4,6 % Ar genti na 3 ,9% C olom bia 2,8 % C an adá 2, 1% Es pan ha 1,8 % R ei no U n ido 1, 1% F r an ç a 1,1% Alem a nha 1, 1% O ut r os paí s es da Eur opa 6,7% O utr os p aís e s da Am é r ic a Lat ina 5, 3% Pa ís e s da Ás i a 3,5% País es da Áf r ic a 3, 2%Pa ís es da O c e ania 0,4% receita de 80% ou mais em vendas Países atingidos pela empresa com
    80. 80. Percentagem obtida no Exterior x Localização da Matriz 0% 10 % 20% 3 0% 4 0% 50 % 60% 7 0% 8 0% 90% 10 0% Região Su lRegião Su dest eOut r as Regiões Menos de 0,25 % De 0 ,25 a 1 % De 1 a 4 % De 4 a 1 5% De 15 a 3 0% De 30 a 6 0% De 6 0 a 8 0% Não ex por t a
    81. 81. Percentagem obtida no Exterior x Porte da empresa em relação ao faturamento 0% 10% 20% 30% 40% 50% 60% 70% 80% 90% 100% Gr ande Em pr esa Em pr esa de Por t e Médi oEm pr esa de Pequeno Por t e Micr o- Em pr esa Menos de 0,2 5% De 0,25 a 1% De 1 a 4% De 4 a 15% De 1 5 a 30% De 30 a 60% De 6 0 a 80% Não ex por t a
    82. 82. Países atingidos pela empresa com receita de 80% ou mais em vendas x Localização da Matriz 0,0% 10,0% 20,0% 30,0% 40 ,0% 50,0% 60,0% Regi ão SulRegião Sudest eOut r as Regiões Est ados Unidos Méx i co Ar gent ina Colom bia Espanha Canadá Fr ança Rein o Unido Alem anh a Out r os países da Áf r ica Out r os países da Am ér ica Lat ina Out r os países da Ásia Out r os países da Eu r opa Out r os países da Oceania
    83. 83. Como evoluiremos o Censo
    84. 84. Disponibilização a Terceiros• Quantidade de análises possíveis – Supera largamente recursos alocáveis!• Assespro optou por fornecer dados a: – Universidades – Órgãoes de Governo – Entidades de Classe – Empresas Privadas (em troca de doação para a Assespro)• Exige-se assinatura de Convênio – Estrutura simples, com objetivo de garantir: • Sigilo da informação individual • Obrigatoriedade de citação da fonte • ... entre outros
    85. 85. Continuidade do Censo• Assespro repetirá o Censo anualmente• Foi proposto para a ALETI a ampliação do Censo aos 19 países da Região Ibero- Americana – A ser votado em janeiro – Despertou interesse da Unctad
    86. 86. Temas a Incluir• Geração de Oportunidades de Negócios: – Autorização para divulgação de questões com o objetivo de atrair oportunidades de negócios – Será usado para alimentar versão atualizada do Catálogo de Software• Mapeamento de Capacidade em P&D&i – Classificação Sistemática das Competências – Útil para alinhamento do fomento e alianças internacionais• Relacionamento com Capital de Risco• Questões Simples: – Questões geográficas: • Países onde a empresa mantêm Filiais prórias (no Exterior) – Geração de receita por área concêntrica: vizinhança, estado, país, continente, resto do mundo • Nos níveis de 5 e 33%
    87. 87. Cúpula Mundialde Políticas Públicas em TI São Paulo, 2013
    88. 88. Strategic Partnership• Cipa Fiera Milano is our Strategic Partner – iTech Fair and Congress will be held first time in 2012
    89. 89. A whole week of events 10/ 11/ 2013 11/ 11/ 2013 12/ 11/ 2013 13/ 11/ 2013 14/ 11/ 2013 15/ 11/ 2013 Sunday Monday Tuesday Wednesday Thursday FridayFrom To WITSA ALETI WITSA ALETI iTech GPATS iTech GPATS iTech ALETI08:00 09:0009:00 10:00 Working Working Opening Ceremony Committee10:00 11:00 Group Board Group Keynote Speaker Meetings Panel 3:11:00 12:00 Meetings Meeting Meetings B2B B2B Panel 1:12:00 13:00 meetings Keynote Address meetings Board13:00 14:00 Lunch Meeting14:00 15:00 Panel 2:15:00 16:00 Working B2B meetings - welcome Committee Panel 4 + Closing Ceremony16:00 17:00 Group coffee for general Trade Fair Keynote Address Trade Fair Trade Fair Meetings17:00 18:00 Meetings international visitors18:00 19:0019:00 20:00 Welcome Welcome Dinner + Imre20:00 21:00 Activity (for Simon prices21:00 22:00 WITSA and Gala Event22:00 23:00
    90. 90. Program Definition• Two Groups of Themes – The Digital Age: how IT changes society – The Digital Age: the IT industry’s environment
    91. 91. The Digital Age: how IT changes society• Suggested subjects: – Usage of Technological Tools (PCs, tablets and/or smartphones) to support educational processes – E-Health: transforming patient service and care through ITC implementation in public health – ITC applied to national tax collection processes – ITC applied to political and election processes
    92. 92. The Digital Age:the IT industry’s environment• Suggested subjects: – E-waste: national policies for recycling technological products after consumption – National policies to foster technological innovation by local industry – Regulation changes for the IT sector, as consequence of the widespread usage of cloud computing – Comparative analysis of internationalization experiences for local IT industries around the globe
    93. 93. Registration Schedule Period Discount (%) Amount (USD) From Jan, 31st to Mar, 01st 79,7 120,00 From Mar, 02nt to Apr, 26th 60,2 235,00 From Apr, 27th to Jun, 28th 45 320,00 From Jun,29th to Aug, 30th 30 410,00 From Aug, 31st to Oct, 12th 15 495,00 From Oct, 12th to Nov, 12nd* Full Price 590,00 Undergraduate Students Additional 50% at all times• Registration system will be ‘all included’, but every item will be selectionable• *During the last period, registration options may not include hotel and airplane tickets• In all, registration will cover: registration, hotel, airplane, spouse program• Each price transition will serve as a new marketing argument
    94. 94. Sponsorship sCategory Amount (USD) Maximum Quantity of Sponsors Master 75.000,00 1Platinum 50.000,00 2 Gold 25.000,00 4 Silver 10.000,00 8Bronze 5.000,00 16
    95. 95. Congresso Mundial de TI 2016 Brasília
    96. 96. Assespro’s bidfor WCIT 2016 October, 21st, 2012Palais de Congrès de Montréal Montreal, Quebec, Canada
    97. 97. Venue• WCIT 2016 will be held in Brasília – Brazil’s Federal Capital • Inaugurated 1961, as a planned city • 2,8 million people • Highest per capita income and education levels in the country• Venue – Ulisses Guimarães Convention Center • Capacity for 9000 people, 54000 sqm building • Main auditoriums capacity at 2800 seats • Gaining two additional blocks until 2014 – National Stadium • Rebuilt from scratch, opening 2013 – Located one in front of the other, across the monumental axis • Will be connected
    98. 98. Lodging• Currently Brasília already has 11,000 hotel rooms (23,000 beds) – Still to be expanded over the next few years• Hotel “Sectors” within walking distance to WCIT venue National Stadium Con vent Nor Cen ion thern Hotel ter Area Sout h er n H ot el A rea Pres Natio ide Cong nal Off ntial ice ress
    99. 99. Assespro’s commitment to WITSA It is not just about WCIT 2016! We have been working step-by-step  BOD meeting Jun, 2012 was held in Brasília, Brasil  Assespro is part of new WITSA’s BOD  GPATS 2013 will be in Brasil  Nov 13-14, 2013 in São Paulo Assespro’s board has been systematically promoting WITSA at all international activities where Brazil takes part, in order to help at:  Expanding WITSA’s membership  Strengthening WITSA’s political influence
    100. 100. Brazilian Governmenteffective commitment• Federal Government – Communications Ministry • Paid for WCIT 2012 sponsorship – National Tourism Board • Paid for Brazilian Reception during WITSA BOD meeting Montreal • Provided editing and printing for the Brazilian bid book• Government of the Federal District – Equivalent in status to a State – Governor’s personal commitment • Received Secretary General in March, 2012 and signed letter of commitment – Science & Technology Secretary • Will pay WITSA’s whole licensing fee at once during 2013 – Tourism Secretary • Responsible for operation of Brazilian Reception during WITSA BOD – Publicity Secretary • Developed WCIT 2016 logo Brasilia’s Digital Tower
    101. 101. It’s not a bidjust for one country  Assespro’s international commitment is not restricted to work as a single country:  Brazil currently leads ALETI  Ibero-american Federation of IT Associations (including 19 countries: Spain, Portugal, Brazil, plus all Spanish-speaking Latin American countries - except Cuba and Nicaragua)  All of them have signed support letter  Inclusive leadership style  Everybody involved should benefit  New WITSA BOD composition reflects our region’s organizational strengths
    102. 102. Muito obrigado!!rocmayer@mbi.com.brroberto.mayer@assespro.org.br www.assespro.org.br www.mbi.com.br

    ×