• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Projeto de programa - Boa Pinta
 

Projeto de programa - Boa Pinta

on

  • 4,260 views

O programa Boa Pinta quer levar conteúdo de qualidade com descontração para o publico GLS das emissoras de tv aberta.

O programa Boa Pinta quer levar conteúdo de qualidade com descontração para o publico GLS das emissoras de tv aberta.

Statistics

Views

Total Views
4,260
Views on SlideShare
4,259
Embed Views
1

Actions

Likes
4
Downloads
11
Comments
0

1 Embed 1

http://www.slideshare.net 1

Accessibility

Upload Details

Uploaded via as Microsoft Word

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel

Projeto de programa - Boa Pinta Projeto de programa - Boa Pinta Document Transcript

  • PROJETO DE PROGRAMA: Boa Pinta Feira de Santana Junho 2011
  • 2 SUMÁRIO1 INTRODUÇÃO ..................................................................................................................... 22 PROPOSTA ........................................................................................................................... 33 DIA/HORÁRIO ..................................................................................................................... 34 DURAÇÃO ............................................................................................................................ 35ESTRUTURA ......................................................................................................................... 46FORMATO ............................................................................................................................. 47QUADROS ............................................................................................................................. 48 PERFIL DOS APRESENTADORES .................................................................................... 69 CENÁRIO .............................................................................................................................. 710 PATROCINADORES/ANUNCIANTES ............................................................................ 711 CONCLUSÃO ..................................................................................................................... 812 MEUS CONTATOS ............................................................................................................ 9
  • 31 INTRODUÇÃO Nos últimos anos o publico gay tem tido grande notoriedade no cenário mundial, sãovárias discussões entorno de leis, benefícios e direitos destinados a essa parcela da populaçãonormalmente a margem da legislação. No Brasil a conquista mais recente foi oreconhecimento pelo Superior Tribunal Federal da união estável entre pessoas do mesmosexo, a Receita Federal também passou a aceitar a declaração conjunta do Imposto de Rendade casais homossexuais e no censo de 2010 o IBGE incluio pela primeira vez a opção dedeclaração de união estável entre pessoas do mesmo sexo, o que resultou no dado oficial deque no Brasil existe 60 mil casais nessa condição. Além disso, grandes organizações –publicas e privadas – passaram a estender benefícios antes disponíveis apenas para casaisheterossexuais para os casais homossexuais e desde 2005 o Banco do Brasil estendeu aoscasais gays o beneficio de poder incluir seus parceiros no plano de saúde da empresa. No exterior a Human Rights Campaign divulgou em 2006 uma lista, onde constam asempresas que tratam seus funcionários (sejam eles gays ou heteros) com absoluta igualdadeem todos os campos, são avaliados os benefícios oferecidos, a extensão de direitos trabalhistasa parceiros, publicidade específica para diferentes grupos e respeito no ambiente de trabalho,entre outros. Na lista figuram grandes organizações como: American Airlines, AmericanExpress, Apple, AT&T, Cargill, Dell, Ernst & Young, Ford, Intel, IBM, Johnson & Johnson,Kodak, Microsoft, Motorola, New York Times, Nike, PepsiCo, Pfizer e Xerox. Também vale destacar que o mercado voltado para esse público esta em ascendente,mais empresas buscam investir no setor e até contratam serviços especializados como os do“Bureau de Negócios GLS”, desde 1998 a empresa oferece consultoria de mercado etreinamento para empresas privadas e órgãos do governo que tenham interesse no públicoGLS. De acordo com suas informações, o mercado gay é responsável pela movimentação degrandes quantias. Um levantamento feito pela Witeck-Combs, divulgado no site Gay Brasil,aponta que o mercado GLS norte-americano chegará aos US$ 835 bilhões em 2011. Segundo o site Gay Brasil, no Brasil, os consumidores gays são representados por 9,2milhões de pessoas, contando apenas os homossexuais economicamente ativos, que gastamcerca de 100 bilhões de dólares anuais. Franco Reinaudo, presidente da Associação Brasileirade Turismo GLS, afirma que o poder de consumo do público gay é resultado de uma série decaracterísticas. Uma das é que os casais homossexuais não tem filhos, sobrando mais recursospara uso próprio. Franco ainda afirma que os turistas gays gastam em média 30% a mais queos heterossexuais, facilitando o crescimento desse “poder de consumo”.
  • 4 2 PROPOSTA Nossa proposta surge da necessidade de se produzir um programa de televisão voltadopara o publico GLBT (Gays, Lésbicas, Bissexuais, Transexuais e Travestis) do Brasil. Claroque será uma atração que poderá ser assistida por toda família brasileira, fisgando inclusiveaqueles telespectadores que zapeiam através do controle remoto atrás de novidades na TV.O Boa Pinta tem por objetivo levar informações relevantes, cultura e entretenimento dequalidade ao publico alvo, procurando desvincular a imagem caricatural dos gays, mostrandoe compromisso com o respeito a diversidade sexual e seriedade na condução de debates sobretemas recorrentes que envolvam a população homossexual nos quatro cantos do planeta. O programa visa uma inovação na forma de se produzir TV para esse segmento, vistoque são raros os programas na televisão que abordam assuntos ligados as causas gay e quaseinexistentes programas direcionados especialmente para essa fatia da população num país tãodiverso com pessoas de diferentes religiões, culturas, formações, posicionamentos políticos eorientações sexuais como o nosso. Para tanto, tivemos a idéia do programa se passar num ambiente bem projetado, comprofissionais que agreguem valor ao que está sendo oferecido aos telespectadores e que façamuma convergência entre as mídias, ou seja, os telespectadores entrarão em contato conoscoatravés de e-mail, telefone, site, carta, rede sócias (Facebook, Orkut, Twitter) e vise versa. Ecaso o programa atinja a expectativa de audiência na televisão emplacar um portal deconteúdo ligado ao especificamente ao publico (como os sites; GMagazine, A Capa, MixBrasil) com o nome do programa: Boa Pinta.3 DIA / HORÁRIO Sábado ou Domingo (cabendo escolha da emissora) das 23h50min às 00h40min(Contando com os comerciais).4 DURAÇÃO O programa terá no total 50 minutos de duração (com os comerciais inclusos).
  • 55 ESTRUTURA O programa será dividido da seguinte maneira: 1º Bloco: 10 minutos 1º Intervalo: 5 minutos 2º Bloco: 20 minutos 2º Intervalo: 5 minutos 3º Bloco: 10 minutos. Será um programa semanal, que irá mostrar o que acontece no Brasil e no mundodurante cada semana e que interessa ao público alvo.6 FORMATO O programa terá um formato de um jornal interativo e multimídia com mistura de talkshow. Mesclaremos apresentação formal (notícias) com informal (quadros interativos).7 QUADROSO programa contará com vários quadros que possibilitarão um revezamento semanal, nãodeixando a atração engessada, ou seja, mostrando e fazendo sempre as mesmas coisas. 1. Agitos GG: Nosso repórter fará a cobertura de festas importantes para o publico Gay, filmando tudo o que aconteceu. (seja em festas, shows, barzinhos, shopping, teatro...). 2. Dr. Responde: Os telespectadores mandarão carta ou e-mail para nossa produção com perguntas que envolvam o seu cotidiano (amor, medo, desejo, frustrações, duvidas, etc). Essas perguntas serão selecionadas e um psicólogo responderá através de VT. 3. HD – Homossexuais de Destaque: nesse quadro mostraremos a vida de pessoas importantes que são homossexuais (será um por programa). Vamos apresentar feitos, conquistas, trabalho, família e polêmicas de personalidades como; Clodovil
  • 6 Hernandez, Ana Carolina, Elton John, Ellen DeGeneres, Rick Martin, Marc Jacobs, entre outros.4. Indo a Caça: Vamos levar um participante para a balada e dar dicas de comportamento através de um ponto eletrônico. Tentaremos torná-lo mais atraente para ver se desencalha.5. Momento Glyp: Passar clipes de músicas que tragam as características relevantes para atrair o publico GLS ou os mais novas de cantores(as) bem aceitos por eles, como Lady Gaga, Madonna, Britney Spears, etc. (todo o tipo de música, mas música de qualidade).6. Trocando as Bolas: Vamos selecionar um participante heterossexual para se comportar como gay durante um dia e teremos câmeras (não estando visível) acompanhado os seus passos. Mostrar a reação das pessoas e depois o participante contará o que achou da experiência de se colocar do lugar do outro (uma “minoria” tão descriminada).7. Ki Bofe É Esse!?: Apresentação Do trabalho de um gogo boy. Inicia com suas fotos e ficha do rapaz (nome, idade, estado civil, naturalidade, altura, etc.) e depois ele fará uma performance gogo boy.8. Sorteios e Participação por Telefone: Os telespectadores ligarão para nossa central e responderão um pergunta, deixando o seu numero registrado no sistema. No final do programa ligaremos para um deles e se ele disser a frase: “Eu Sou Boa Pinta” ganhará um premio do programa (par de ingressos para cinema, eventos musicais, peças teatrais ou boates) e mais valores em dinheiro fazendo algum jogo proposto por nós.9. Saindo do Armário: Os telespectadores se inscreverão pelo site ou por carta pedindo nossa ajuda para que ele conte para seus familiares (mãe, pai, avós, tias, primos, etc.) que ele é gay. De forma bem esclarecida, responsável e respeitadora iremos até a casa do participante levar a informação aos escolhidos e depois da conversa com os escolhidos ele se encontrará com os familiares e veremos a reação de todos.
  • 7 10. Procura-se: receberemos fotos de participantes que estejam interessados em encontrar namorado(a), mostraremos no programa as fotos, falaremos um pouco dele e disponibilizaremos uma forma de contato, podendo ser e-mail, MSN, Orkut, Facebook ou Twitter. 11. Entrevista G: Personalidades da música, política, televisão, moda, responderão a perguntas do apresentador e enviadas pelos telespectadores sobre os diversos assuntos ligados ao publico GLS. 12. Enquete: Lançar um tema (que pode estar sendo debatido no programa ou não) e fazer perguntas aos internautas responderão pelo site, depois mostraremos o resultado. 13. Força na Peruca: Selecionaremos um gay que não saiba se vestir bem (os amigos que nós indicarão quem são esses cafonas) e levaremos o garoto para fazer umas compras, nesse espaço aproveitaremos para dar dicas de moda ao público. 14. De Malas Prontas: visitaremos cidades e países que são fortes no turismo GLS (Rio de Janeiro, Buenos Aires, Salvador, São Francisco, Paris, etc.) e mostraremos o que os hotéis fazem para receber esse publico diferenciado, as festas que acontecem na cidade, as ações do governo para manter políticas publicas voltadas para os gays.Tais quadros se dividem em três blocos, a cada semana serão exibidos de 4 a 6 quadros porprograma, dependendo do importância e relevância que cada um deles terá no momento.8 PERFIL DOS APRESENTADORES O programa será apresentado por um jovem, preferencialmente gay, que possua bomnível cultural, seja proativo, participativo, bem humorado e tenha boa aparência.Também haverá a participação de um boneco que interagirá com o apresentador durante oprograma, fazendo criticas sobre os assuntos abordados, contando piadas e passando algumasinformações ao apresentador (para permitir diálogos durante a atração), fazendo com que oambiente fique mais descontraído durante a condução do programa, tornando-o atrativo.
  • 89 CENÁRIO Será a mistura de vários tipos de cenários em um só. Teremos uma mesa de escritóriocom notebook para o momento de falarmos sobre assuntos mais sérios e que demanda um arde formalismo, além de comportar o nosso boneco (mascote), uma bancada em forma detriangulo para entrevistas (que pode ser substituída por 2 poltronas e 1 mesa de centro, nocaso de debate com mais participantes aumentaríamos o numero de poltronas) e um palcocentral para a realização de concursos e promoções. Teremos ainda um telão ao fundo dopalco bem como uma TV de 32” ao fundo da mesa de escritório.Um ambiente bem moderno que passe aos telespectadores o conceito de inovação e qualidade,onde o apresentador e convidados possam circular tranquilamente, mas não precisa ser umcenário grande, mas sim confortável.10 PATROCUNADORES/ANUNCIANTES Atualmente muitas empresas têm investido no publico GLS, pois elas passaram aentender as necessidades desse grupo e sabem o quanto faz diferença em suas receitas inserir-los em suas estratégias de marketing. Pesquisas comprovam que os homossexuais gastammais que os heterossexuais. Prova da mudança de comportamento das grandes organizações que passaram aestender seus benefícios aos funcionários homossexuais. Uma analise do grupo gay EqualityForum, em 2004 a lista com as 500 maiores corporações estadunidenses publicada pelaForbes, mostra que mais de 400 delas possuem políticas pró-gays. Na lista figuram Microsoft,Ford, Coca-Cola, Motorola, Xerox, entre outras. No Brasil temos a Caixa Econômica Federal, que já investe em publicidade para osegmento, patrocinando a Parada Gay de São Paulo, a Previdência Social que baixou emdezembro de 2010 uma resolução permanente garantindo aos homossexuais pensão por mortedo parceiro e a recente decisão do Supremo Tribunal Federal de reconhecer a união estávelpara casais do mesmo sexo. Essas ações e dados corroboram com a idéia de que o respeito às diferenças entre osindivíduos que compõem a sociedade tem aumentado, o que possibilita que as empresasinvistam no programa sem o receito de que essa decisão afete seus negócios, pelo contrário,trará a idéia de que a organização está preocupada em oferecer seus produtos e serviços sempreconceito algum com as escolhas pessoais de cada um.
  • 911 CONCLUSÃO De modo geral, muitas emissoras já possui envolvimento com a causa GLBT, a RedeGlobo possui vários personagens gays em suas telenovelas e seriados (inclusive com o quadroGayme exibido no programa “Amor e Sexo”), o SBT exibiu recentemente na novela “Amor eRevolução” aquele considerado o primeiro beijo gay numa emissora aberta brasileira, aRedeTV conta com a descontração e irreverência do repórter Cristian Pior do programa“Pânico na Tv”, etc. Com o avançar dos anos os gays tem conquistado mais direitos e essa tendênciacontinuará a crescer, visto que o debate foi aperto em todos os campos da sociedade epermitirão amplas discussões sobre os temas propostos e um vasto acervo de assuntos queacontecerão no Brasil e no mundo a serem abordados em matérias e reportagens. Ao longo da apresentação desse projeto pode-se verificar a importância e projeção queos gays têm adquirido ultimamente, dessa forma a criação do Programa Boa Pinta traz aemissora uma oportunidade de ampliar seu mix de conteúdo, além de produzir um programade qualidade que atinja um público específico, mais que possui grandes chances de conquistara fidelidade de muitos telespectadores. Apesar de pequeno, o trabalho já consegue gerar resultados. O preconceito diminui aospoucos e as empresas percebem a importância de acreditar neste publico, o que abre um lequede oportunidades para os negócios desse segmento, como a criação do programa Boa Pinta.
  • 1012 MEUS CONTATOSE-mail: roqueronald@live.comFacebook: http://www.facebook.com/roqueronaldTwitter: http://twitter.com/#!/roqueronaldOrkut: http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=3210286945236899031LinkedIn: http://www.linkedin.com/profile/view?id=117116583&trk=tab_pro