Usabilidade contextual (ou porque este título é redundante)
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Usabilidade contextual (ou porque este título é redundante)

on

  • 1,514 views

Apresentação feita no Interaction south America 2011, em Belo Horizonte

Apresentação feita no Interaction south America 2011, em Belo Horizonte

Statistics

Views

Total Views
1,514
Views on SlideShare
1,512
Embed Views
2

Actions

Likes
5
Downloads
24
Comments
0

1 Embed 2

https://twitter.com 2

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

CC Attribution-NonCommercial-ShareAlike LicenseCC Attribution-NonCommercial-ShareAlike LicenseCC Attribution-NonCommercial-ShareAlike License

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Usabilidade contextual (ou porque este título é redundante) Usabilidade contextual (ou porque este título é redundante) Presentation Transcript

  • USABILIDADE CONTEXTUAL Robson Santos, D.Sc.
  • Robson SantosFreestyle usability mentor and UX strategistDoutor em Design,PUC-Rio, Departamento de Artes e DesignMestre em Design,PUC-Rio, Departamento de Artes e DesignBacharel em Desenho IndustrialEsdi/UerjEspecialista em usabilidade e experiência docliente empresa no grupo Itaú Unibanco
  •   Ajustando as antenas ergonomia
  • No princípio, era aadministraçãocientífica
  • ergon + nomos Estes termos gregosdenominam a ciência do trabalho.
  • h"p://www.iea.cc/01_what/What%20is%20Ergonomics.html  
  • Ergonomia física Ergonomia cognitivaErgonomiaorganizacional
  • A Ergonomia está interessada em utilizar asciências para melhorar as condições detrabalho humano.
  •   Ajustando as antenas usabilidade
  • Capacidade do produto em permitir que a pessoa alcance seus objetivos.
  • ISO 9241 - 11 EFETIVIDADE Usuários específicos USABILIDADE EFICIÊNCIA Tarefas específicas Ambientes específicos SATISFAÇÃO
  • O Estudo de Ågerfalk e ErikssonCritério de usabilidade Orientação instrumental Orientação comunicativaEfetividade Resultado esperado Entendimento mútuoEficiência Gasto relativo de recursos -Satisfação Conforto e atitude positiva Confiança Pär  J  Ågerfalk  and  Owen  Eriksson  .  Usability  in  Social  AcIon:   ReinterpreIng  EffecIveness,  Efficiency  and  SaIsfacIon,  2003  
  •   Teste formal de usabilidade
  • Usability  Lab,  INdT,  Manaus  
  •   Estudo contextual de usabilidade
  •  O pesquisador tem de deslocar-se até o participante Pautado em técnicas de observação e de inquirição diretas
  •   Isto não é etnografia! Mas, WTH é etnografia?
  • É a descrição da cultura de uma comunidade.
  •   Alguns casos
  • Como obter insights para soluções emdispositivos móveis
  • 6.  Fazer  o  quê?  •  Nokia  money  -­‐  Oi  Paggo  
  • Como desenvolver interfaces parasistemas embarcadosem máquinas agrícolas
  • Try  Consultoria  e  Pesquisa  2010  
  • Try  Consultoria  e  Pesquisa  2010  
  • Try  Consultoria  e  Pesquisa  2010  
  • Try  Consultoria  e  Pesquisa  2010  
  • Try  Consultoria  e  Pesquisa  2010  
  • Try  Consultoria  e  Pesquisa  2010  
  • Como melhorar a produtividade e aeficiência em central de atendimento ao telefone
  •   Por que o título desta palestra é redundante?
  • Porque só existeestudo de usabilidade em contexto!
  • Uma história de inovação
  • O único local em que Coca-cola é apresentada em outra cor: Parintins – Amazonas, Brasil.
  • Tradições nordestinas
  • Levadas ao Amazonas
  • Resultaram em algo totalmente novo: Artistas e artesãos locais + Materiais naturais locais + Necessidade de se expressar
  • Resultaram em algo totalmente novo
  • InovaçãoPolítico Social Tecnológico Thanx,  Eric  Reiss,  for  illuminaIng  my  mind  about  this  topic.  
  •   Referências AGERFALK,  Pär  J.,  ERIKSSON,  Owen.  Usability  in  Social  AcIon:   reinterpreIng  effecIveness,  efficiency  and  saIsfacIon.  in   Proc  of  the  11th  European  Conference  on  Informa3on   Systems  (ECIS  2003),  Naples,  2003.  Disponível  em:  h"p:// users.du.se/~oer/forskning/  rapporter/erag03rap.pdf  .   LeCOMPTE,  Margaret  D.;  SCHENSUL,  Jean  J.  Designing  and   conduc3ng  ethnographic  research.  Plymouth  :  Altamira,   1999.   Preece,  J.;  Rogers,  Y;  Sharp,  H.  Design  de  interação:  além  da   interação  homem-­‐computador.  Porto  Alegre  :  Bookman,   2005.    
  •   #ficadica
  • Todo designer deve iraonde o usuário está.
  • Perguntas e respostas [Algumas pelo menos]
  • Muito obrigado! Robson SantosFreestyle usability mentor and UX strategist www.interfaceando.com @interfaceando