Uploaded on

 

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
303
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1

Actions

Shares
Downloads
5
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. LAUREATE INTERNATIONAL UNIVERSITIES* Algoritmos e Lógica de Programação Conceitos Básicos Profa. MSc. Ana Carolina Costa de Oliveira
  • 2. Apresentação• Por que precisamos de algoritmos• Características• Formas de representação• Estruturas chaves da construção de algoritmos
  • 3. Por que precisamos de algoritmos ? “A noção de algoritmo é básica para toda a programação de computadores” “O conceito central da programação e da ciência da computação é o conceito de algoritmo”
  • 4. Por que precisamos de algoritmos ? A importância do algoritmo está no fato de termos que especificar uma seqüência de passos lógicos para que o computador possa executar uma tarefa qualquer. Com uma ferramenta algorítmica, podemos conceber uma solução para um dado problema, independendo de uma linguagem específica e até mesmo do próprio computador.
  • 5. Características Básicas ter fim; não dar margem à dupla interpretação (nãoambíguo); capacidade de receber dado(s) de entrada domundo exterior; poder gerar informações de saída para omundo externo ao do ambiente do algoritmo; ser efetivo (todas as etapas especificadas noalgoritmo devem ser alcançáveis em um tempofinito).
  • 6. Formas de representaçãoAlgoritmos podem ser representados, dentreoutras maneiras, por: Descrição narrativa Fluxograma Linguagem algorítmica
  • 7. Descrição narrativaFaz-se uso do português para descreveralgoritmos. EXEMPLO: Receita de Bolo: Providencie manteiga, ovos, 2 Kg de massa, etc. Misture os ingredientes Despeje a mistura na fôrma de bolo Leve a fôrma ao forno Espere 20 minutos Retire a fôrma do forno Deixe esfriar Prove
  • 8. Descrição narrativaVANTAGENS: o português é bastante conhecido por nós;DESVANTAGENS: imprecisão; pouca confiabilidade (a imprecisão acarreta a desconfiança); extensão (normalmente, escreve-se muito para dizer pouca coisa).
  • 9. FluxogramaUtilização de símbolos gráficos para representar algoritmos. No fluxograma existem símbolos padronizados para início, entrada de dados, cálculos, saída de dados, fim, etc.
  • 10. Fluxograma - Exemplo
  • 11. FluxogramaVANTAGENS: Uma das ferramentas mais conhecidas; Figuras dizem muito mais que palavras; Padrão mundialDESVANTAGENS: Faz com que a solução do problema já esteja amarrada a dispositivos físicos; Pouca atenção aos dados, não oferecendo recursos para descrevê-los ou representá-los; Complica-se à medida que o algoritmo cresce
  • 12. Linguagem algorítmicaConsiste na definição de umapseudolinguagem de programação, cujoscomandos são em português, pararepresentar algoritmos. EXEMPLO: Algoritmo CALCULA_DOBRO Início Leia NUM DOBRO 2 * NUM Escreva DOBRO Fim
  • 13. Linguagem algorítmicaVANTAGENS: Independência física da solução (solução lógica apenas); Usa o português como base; Pode-se definir quais e como os dados vão estar estruturados; Passagem quase imediata do algoritmo para uma linguagem de programação qualquer.DESVANTAGENS: Exige a definição de uma linguagem não real para trabalho; Não padronizado.
  • 14. Um ambiente para escrever algoritmos Exemplo: Exemplo: Uma máquina hipotética para a qual será desenvolvido um algoritmos. O computador hipotético apresentará a seguinte organização:
  • 15. Exemplosde Algoritmo
  • 16. Escovar os Dentes
  • 17. Escovar os DentesEXEMPLO: Escovar os dentes pela manhã. Algoritmo Escovar_dentes Início Colocar creme dental na escova Escova os dentes Enxaguar a boca com água Enxugar a boca Fim_do_algoritmo.
  • 18. Trocar uma lâmpada queimada
  • 19. Trocar uma lâmpada queimadaEXEMPLO: Trocar uma lâmpada queimadaAlgoritmo Trocar_lâmpada_queimadaInício Posicionar a escada debaixo da lâmpada queimada; Escolher uma nova lâmpada de mesma potência da Queimada; Subir na escada até que a lâmpada possa ser alcançada; Girar a lâmpada no sentido anti horário até que ela se solte; Posicionar a nova lâmpada no soquete; Girá la no sentido horário até que ela se firme Descer da escada;Fim_do_algoritmo.
  • 20. Preparar um Dry Martini
  • 21. Preparar um Dry MartiniEXEMPLO: Preparar um Dry MartiniAlgoritmo Preparar um Dry MartiniInício Coloque um dose de vermute e duas doses de Gin num copo Adicione uma gota de angostura Adicione uma gota de Orange Bitter Coloque a Pedra de gelo Enfeite com a azeitona esperta num palitoFim_do_algoritmo.Fim_do_algoritmo.
  • 22. ImportantíssimaImportante: abordar omáximo de detalhes em umalgoritmo. Não esquecer: como seráinterpretado o que foiescrito ?
  • 23. Exercício
  • 24. Exercício para casa Troca de um pneu furado; Fritar um ovo; Fazer um bolo simples; Atravessar uma rua; Um escritório de previsão do tempo armazenadiariamente a temperatura média de uma determinadaregião. A tarefa é descobrir qual é a menor temperaturajá registrada nos arquivos do escritório. Lembrar quetemperaturas podem ser negativas ou positivas.
  • 25. ExercícioAnalise e descreva uma maneira de mover os discosdo pino A para o pino C, mantendo a mesma ordem.Em hipótese nenhuma um disco maior poderá ficarsobre um menor. Para que um disco seja movido deA para C, deve-se passar pelo pino B e vice-versa.
  • 26. Considerações finais
  • 27. LAUREATE INTERNATIONAL UNIVERSITIES* Algoritmos e Lógica de Programação Conceitos Básicos Profa. MSc. Ana Carolina Costa de Oliveira