Suporte Básico Vida

23,071
-1

Published on

curso suporte básico vida professor robson

Published in: Education
4 Comments
5 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total Views
23,071
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
26
Actions
Shares
0
Downloads
558
Comments
4
Likes
5
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Suporte Básico Vida

  1. 1. Curso de Suporte Básico de Vida e Desfibrilação Externa Automatizada Professor Francisco Robson da Costa Lima
  2. 2. OBJETIVOS <ul><li>No fim deste curso os participantes devem ser capazes de: </li></ul><ul><li>Saber avaliar uma vítima de PCR. </li></ul><ul><li>Saber executar a respiração de resgate e a compressão do peito. </li></ul><ul><li>Saber fazer funcionar com segurança um desfibrilador externo automatizado. </li></ul><ul><li>Saber colocar uma vítima na posição de recuperação. </li></ul>
  3. 3. CONSIDERAÇÕES DEFINIÇÃO <ul><li>PCR é a interrupção temporária das funções do coração e do pulmão que resulta na cessação total da distribuição de oxigênio e sangue no organismo. </li></ul><ul><li>Esta situação apresenta-se clinicamente como a ausência de pulso em artéria de grande calibre em paciente inconsciente que não respira. </li></ul>
  4. 4. CONSIDERAÇÕES ETIOLOGIA DA PCR <ul><li>Hipóxia( + frequente), seguida de hipovolemia </li></ul><ul><li>Fora do hospital: Obstrução respiratória, síndrome da morte súbita, trauma por acidente de trânsito ou negligência ( > 1a), afogamento, choque, asma grave e pneumonia. </li></ul><ul><li>No hospital: Infecções, doenças respiratórias, doenças congênitas, sepses, desitratação, choque, distúrbio metabólico e toxicidade de drogas. </li></ul><ul><li>Negligência, mau julgamento e terapia inadequada. </li></ul>
  5. 5. CONSIDERAÇÕES RECONHECIMENTO DA PCR <ul><li>Inexistência de esforço respiratório </li></ul><ul><li>Ausência de pulso palpável </li></ul><ul><li>Não resposta a estímulo </li></ul><ul><li>* Na dúvida assuma que o paciente esta em parada </li></ul><ul><li>* Não perca mais de 10 seg na procura de pulso central </li></ul>
  6. 6. CADEIA DE SOBREVIVÊNCIA
  7. 7. Aproximação segura Checar resposta Grito de socorro Abrir vias aéreas Checar respiração Chame 192 30 compressões do peito 2 respirações de resgate
  8. 8. Aproximação segura! <ul><li>Cena </li></ul><ul><li>Socorrista </li></ul><ul><li>Vítima </li></ul><ul><li>Espectadores </li></ul><ul><li>curiosos </li></ul>Aproximação segura Checar resposta Grito de socorro Abrir vias aéreas Checar respiração Chame 192 30 compressões do peito 2 respirações de resgate
  9. 9. CHECAR RESPOSTA Aproximação segura Checar resposta Grito de socorro Abrir vias aéreas Checar respiração Chame 192 30 compressões do peito 2 respirações de resgate
  10. 10. CHECAR A RESPOSTA <ul><li>Sacuda suavimente a vítima e pergunte “Você está bem?” </li></ul><ul><li>Se responder: </li></ul><ul><li>Deixe na mesma posição. </li></ul><ul><li>Descubra qual é o problema. </li></ul><ul><li>Reavalie se necessário. </li></ul>
  11. 11. GRITO DE SOCORRO Aproximação segura Checar resposta Grito de socorro Abrir vias aéreas Checar respiração Chame 192 30 compressões do peito 2 respirações de resgate
  12. 12. ABRIR VIAS AÉREAS Aproximação segura Checar resposta Grito de socorro Abrir vias aéreas Checar respiração Chame 192 30 compressões do peito 2 respirações de resgate
  13. 13. CHECAR RESPIRAÇÃO Aproximação segura Checar resposta Grito de socorro Abrir vias aéreas Checar respiração Chame 192 30 compressões do peito 2 respirações de resgate
  14. 14. CHECAR RESPIRAÇÃO <ul><li>Olhe, escute e sinta se há respiração normal </li></ul><ul><li>Não confunda respiração irregular com respiração normal </li></ul>
  15. 15. RESPIRAÇÃO IRREGULAR <ul><li>Ocorre um pouco depois de uma parada cardíaca em até 40% das vítimas </li></ul><ul><li>Pode ser descrita com uma respiração lenta, supervicial, barulhenta ou em gasping </li></ul><ul><li>Reconheça como um sinal de comprometimento cardíaco </li></ul>
  16. 16. Aproximação segura Checar resposta Grito de socorro Abrir vias aéreas Checar respiração Chame 192 30 compressões do peito 2 respirações de resgate
  17. 17. RESPIRAÇÕES DE RESGATE Aproximação segura Checar resposta Grito de socorro Abrir vias aéreas Checar respiração Chame 192 30 compressões do peito 2 respirações de regate
  18. 18. RESPIRAÇOES DE RESGATE <ul><li>Vedar o nariz </li></ul><ul><li>Encher os pulmões de ar </li></ul><ul><li>Colocar os lábios acima da boca </li></ul><ul><li>Soprar até a subida do peito </li></ul><ul><li>Aguardar 1 segundo </li></ul><ul><li>Deixar o peito descer </li></ul><ul><li>Repetir </li></ul>
  19. 19. 30 COMPRESSÕES DO PEITO Aproximação segura Checar resposta Grito de socorro Abrir vias aéreas Checar respiração Chame 192 30 compressões do peito 2 respirações de resgate
  20. 20. COMPRESSÕES DO PEITO <ul><li>Coloque a palma de uma das mãos no centro do peito </li></ul><ul><li>Coloque a outra mão em cima </li></ul><ul><li>Cruze os dedos </li></ul><ul><li>Comprima o peito </li></ul><ul><ul><li>Progundidade 4-5 cm </li></ul></ul><ul><ul><li>Relação compressão : relaxamento </li></ul></ul><ul><li>Quando possível intercale as compressões com outra pessoa </li></ul>
  21. 21. CONTINUE RCP <ul><li> 30 2 </li></ul>
  22. 22. Aproximação segura Checar resposta Grito de socorro Abrir vias aéreas Checar respiração Chame 192 30 compressões do peito 2 respirações de resgate
  23. 23. DESFIBRILAÇÃO
  24. 24. Chame 192 Aproximação segura Checar resposta Grito de socorro Abrir vias aéreas Checar respiração Desfibrilador Siga as intruções
  25. 25. LIGUE O DESFIBRILADOR <ul><li>Alguns desfibriladores ligam automaticamente quando a tampa é aberta </li></ul>
  26. 26. FIXE AS ALMOFADAS AO PEITO DO PACIENTE
  27. 27. ANÁLISE DO RITMO NÃO TOQUE A VÍTIMA
  28. 28. CHOQUE INDICADO <ul><li>Área livre </li></ul><ul><li>Chocar </li></ul>
  29. 29. CHOQUE INDICADO SIGA AS INTRUÇÕES 30 2
  30. 30. CHOQUE NÃO ACONSELHADO SIGA AS INSTRUÇÕES 30 2
  31. 31. SE A VÍTIMA COMEÇA A RESPIRAR NORMALMENTE COLOQUE EM POSIÇÃO DE RECUPERAÇÃO
  32. 33. RCP EM CRIANÇAS <ul><li>As técnicas RCP adultas podem ser usadas em crianças </li></ul><ul><li>Compressões 1/3 da profundidade do peito </li></ul>
  33. 34. DESFIBRILAÇÃO EM CRIANÇAS <ul><li>Idade > 8 anos </li></ul><ul><ul><li>use o desfibrilador adulto </li></ul></ul><ul><li>Idade 1-8 anos </li></ul><ul><ul><li>use almofadas pediátricas / colocar se disponível (caso contrário usar o modo adulto ) </li></ul></ul><ul><li>Idade < 1 ano </li></ul><ul><ul><li>use apenas se as intruções do fabricante indicarem que é seguro </li></ul></ul>
  34. 35. QUESTÕES?
  35. 36. Aproximação segura Checar resposta Grito de socorro Abrir vias aéreas Checar respiração Chame 192 30 compressões do peito 2 respirações de resgate Aproximação segura Checar resposta Grito de socorro Abrir vias aéreas Checar respiração Chame 192 Desfibrilador Siga as intruções
  36. 37. Obrigado!

×