Luminotécnica - Tipos de Lâmpadas

4,718 views
4,507 views

Published on

Fonte: Clique Arquitetura

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
4,718
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
176
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Luminotécnica - Tipos de Lâmpadas

  1. 1. LUMINOTÉCNICA Tipos de LâmpadasEste texto é um guia que apresenta diferentes modelos de lâmpadas existentes no mercado.1.Lâmpadas IncandescentesSão as lâmpadas mais antigas, que todos nós já tivemos ou ainda temos em nossas casas. Porserem de baixa eficiência (gastam muita energia para produzir muito calor e pouca luz - apenas5% da energia elétrica consumida é transformada em luz, o restante é transformado em calor),estão sendo substituídas pelas Lâmpadas Fluorescentes.Uso: Em residências e espaços comerciais – para iluminação geral (em pendentes, plafons,lustres), iluminação decorativa ou de efeito (abajures, arandelas, luminárias de piso). Osmodelos de lâmpadas espelhadas são para o uso em spots, para que a luz não sejadesperdiçada, mas sim focada. Também estão presentes na iluminação interna de fogões egeladeiras;Características: Luz Amarelada - aconchegante, ótima reprodução de cores, emitem calor;Exemplos de lâmpadas incandescentes: Bulbo transparente | Bulbo leitoso para iluminaçãonão ofuscante | Lâmpada vela | Lâmpada incandescente para fogão.2.Lâmpadas HalógenasTambém são consideradas lâmpadas incandescentes, mas por possuirem halogêneo (bromoou iodo) em sua constituição, são chamadas de lâmpadas halógenas. Elas são divididas em 2grupos: para serem utilizadas em tensão de rede 110v ou 220v – consideradas de baixaeficiência, mas superiores às lâmpadas incandescentes comuns; e para serem utilizadas emredes de baixa tensão – 12v (obrigatório o uso de transformador), apresentando altaeficiência.Lâmpadas do primeiro grupo – tensão de rede 110v ou 220v  Halógena Palito ou Lapiseira  Halógena haloPAR (20,30 e 38)  Halógena Halopin  Halógena Bipino
  2. 2. Lâmpadas do segundo grupo – baixa tensão de rede (12v)  Halógena Dicróica e Mini Dicróica  Halógena PAR 16 ou Gz 10  Halógena AR (48, 70 e 111)Uso: Para destacar objetos ou uma determinada área, pois apresentam alto controle do fachode luz. Indicadas para residências e comércios, podem ser utilizadas em pendentes, lustres eem spots embutidos. Alguns modelos estão disponíveis em diferentes cores.Características: Luz amarelada, ótima reprodução de cores, emitem calor, possuemdurabilidade maior que as demais incandescentes;Lâmpadas Halógenas: PAR20, com filtro transparente, vermelho e verde respectivamente.Exemplos de Lâmpadas Halógenas: Mini-dicróica | Lâmpada dicróica bi-pino | Dicróica baseE27 | Lâmpada dicróica.3.Lâmpadas FluorescentesHoje em dia são as mais conhecidas e indicadas para o uso residencial e comercial, poisapresentam alta eficiência e baixo consumo de energia.São comercializados 3 modelos:
  3. 3.  Tubular: as mais comuns e mais antigas das fluorescentes, é necessário o uso de reatores eletrônicos externos;  Compacta eletrônica: seu acendimento é automático devido ao reator que já faz parte da lâmpada;  Compacta não integrada: não apresenta o reator acoplado à lâmpada.Uso: Substituem as lâmpadas incandescentes e podem ser utilizadas na iluminação geral deresidências e comércios (em pendentes, plafons, lustres), iluminação decorativa ou de efeito(abajures, arandelas, luminárias de piso).Características: há lâmpadas fluorescentes com diferentes cores de luz (branca, azulada,amarelada, ...), não emite calor, reprodução de cor aproximadamente 85% (Saiba Mais:Luminotécnica);Os fabricantes têm investido bastante nas lâmpadas fluorescentes: existem diversas cores eaté mesmo a luz negra, tanto nos modelos compactos como nos tubulares.A maioria das pessoas conhece as lâmpadas fluorescentes de cor branca ou azulada, mastambém podemos encontrar modelos com temperaturas de cor baixa, que apresentam coramarelada, semelhante à luz da lâmpada incandescente comum.4.Lâmpadas de Descarga (HID)Uma descarga (de alta pressão) elétrica entre os eletrodos leva os componentes internos(gases sódio, xenon, mercúrio – cada modelo de lâmpada de descarga apresenta um tipo degás) do tubo de descarga a produzirem luz. Este tipo de lâmpada leva de 2 a 15 minutos paraacender por completo e necessitam de reatores eletrônicos para sua ignição (acionamento) eoperação (manter-se ligada).Possui baixo consumo de energia e a luz produzida é extremamente brilhante, possibilitando ailuminação de grandes áreas, além de serem compactas – lâmpadas relativamente pequenas.Há 4 modelos de lâmpadas de descarga:  Multivapores Metálicos  Vapor de Sódio  Vapor de Mercúrio  Lâmpadas MistasUso: São utilizadas principalmente na iluminação interna de grandes lojas, galpões, fábricas,em vitrines e na iluminação de áreas externas (postes de ruas).Características: há lâmpadas de descarga com diferentes qualidades de reprodução de cores edurabilidade variável, alguns modelos emitem menos calor que as halógenas;
  4. 4. Lâmpada de Vapor de Sódio Ovóide | Lâmpada de Vapor Metálico Tubular.5.LED´s - Lighting Emitted DiodesConsideradas as lâmpadas mais modernas – produto de última tecnologia. Convertem energiaelétrica diretamente em energia luminosa, através de pequenos chips. É um produtoecologicamente correto, pois seu consumo de energia é muito baixo e apresenta uma vidaextremamente longa; utilizam baixa tensão de rede (10v ou 24v), logo necessitam detransformadores para converterem a energia. Devido a alta eficiência e ao baixo consumoestão substituindo as lâmpadas fluorescentes no uso residencial.Uso: Iluminação de destaque em ambientes residenciais e comerciais. Podem ser utilizadasem spots (sobre bancadas, objetos decorativos), arandelas (criar efeitos na parede),balizadores (iluminação de corredores e escadas) e na iluminação de fachadas.Características: possui baixíssimo consumo de energia e vida útil muito grande, há lâmpadasde diferentes tonalidades de cores e não emitem calor; Led Dicróica | Led PAR30 | Led Dicróicas coloridas verde e amarelo. Led base E27 | Led AR111.
  5. 5. 6.Fibra ÓpticaÉ um filamento de vidro ou de elementos poliméricos utilizado para transmitir a luz. Isto é, aolançar um feixe de luz em uma das extremidades do filamento de fibra, esta parte de luzpercorre toda a fibra por meio de reflexões sucessivas até “sair” pela outra extremidade, istoem uma velocidade altíssima.É necessária apenas uma fonte geradora de luz para que esta possa percorrer o(s) cabo(s) defibra óptica e assim iluminar vários outros pontos. Por isto, a iluminação com fibra óptica éconsiderada econômica, de baixa manutenção e segura - os filamentos transmitem a luz e nãoa energia elétrica.Modelos  Filamentos: 0,5 a 1,5 milímetros.  Cabos: de 8 a 17 milímetros (com luz pontual e lateral).Alguns efeitos 1. Céu estrelado 2. Chão de estrelas 3. Cortina de luzUso: É ideal para iluminação de efeito, em detalhes arquitetônicos, forro de gesso, painéis,móveis / nichos, jardins, piscinas e em vitrines de lojas. Garante maior liberdade na criação deefeitos luminotécnicos.Características: não transmite calor, não emite ruídos, pode ser utilizada em vários locais (oscabos são bem finos) e é uma boa alternativa para substituir o néon.7.Lâmpadas de NeónA lâmpada de neón é composta por um tubo com gás neón em seu interior (este tubo pode terdiferentes formatos). Quando submetida à eletricidade, a lâmpada de neón emite uma luzvermelha (diferentes gases produzem diferentes cores). A tensão necessária para ofuncionamento do tubo dependerá das dimensões deste e do gás utilizado, pode ser direto darede ou com transformador.Uso: É utilizada para iluminação decorativa, principalmente comercial. Seu inconveniente é oruído emitido pelo reator. Exemplos da aplicação de neón em fachadas.

×