Constatação de óbito

8,002
-1

Published on

OTÁVIO AUGUSTO FONSECA REIS
COORDENADOR MÉDICO
SAMU - BETIM

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
8,002
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Constatação de óbito

  1. 1. CONSTATAÇÃO ÓBITO VISÃO DO SAMU 192 OTÁVIO AUGUSTO FONSECA REIS COORDENADOR MÉDICO SAMU - BETIM
  2. 2. O QUE É O SAMU ATRIBUIÇÕES DO SAMU REGULAÇÃO MÉDICA PROTOCOLOS ATUAIS
  3. 3. <ul><li>PROTOCOLOS </li></ul><ul><li>ATENDIMENTO INICIAL </li></ul><ul><li>ATENDIMENTO POR USA </li></ul><ul><li>ATENDIMENTO POR USB: ACIONAMENTO DA USA E INICIAR MANOBRAS DE BLS. EXCETO EM SINAIS DE ÓBITO EVIDENTE OU POR SOLICITAÇÃO DE FAMILIARES </li></ul><ul><li>ATÉ A CHEGADA DA USA AS CONDUTAS SÃO DEFINIDAS PELO MÉDICO REGULADOR </li></ul><ul><li>MÉDICO DA USA NO LOCAL DEFINE EM MANTER MANOBRAS OU INTERROMPER E CONSTATAR O ÓBITO </li></ul>
  4. 4. <ul><li>PROTOCOLOS </li></ul><ul><li>CONSTATAÇÃO DE ÓBITO </li></ul><ul><li>CONSTATAÇÃO SEMPRE PELO MÉDICO DA USA </li></ul><ul><li>O MESMO DEVERÁ FORNECER RELATÓRIO DO ATENDIMENTO E TELEFONE DE CONTATO DA REMOÇÃO – IML OU ORIENTAR CONTATO COM MÉDICO PARTICULAR PARA EMISSÃO DO ATESTADO DE ÓBITO </li></ul><ul><li>PACTE DO PID: ORIENTAR CONTATO COM A UAI DE REFERÊNCIA PARA SABER SE HÁ CONDIÇÕES DE EMITIR O ATESTADO </li></ul><ul><li>EM HORÁRIOS COMERCIAIS E PACTE QUE FAZ CONTROLE NA UBS DE REFERÊNCIA OU PSF: ORIENTAR CONTATO COM A UNIDADE PARA SABER SE HÁ CONDIÇÕES DO MÉDICO EMITIR O ATESTADO </li></ul>
  5. 5. <ul><li>PROTOCOLOS </li></ul><ul><li>SITUAÇÕES ESPECIAIS </li></ul><ul><li>ÓBITO POR TRAUMA: CORPO FICA A CARGO DA POLÍCIA RESPONSÁVEL (PM; PRF) </li></ul><ul><li>USA INDISPONÍVEL: A VÍTIMA DEVERÁ SER CONDUZIDA EM RCP ATÉ A UAI MAIS PRÓXIMA </li></ul><ul><li>CONSTATAÇÃO POR USB: APENAS NA PRESENÇA DE SINAIS DE ÓBITO EVIDENTE: TCE COM EXPOSIÇÃO MASSA ENCEFÁLICA; RIGIDEZ CADAVÉRICA; DECAPITAÇÃO; ESMAGAMENTO DE SEGMENTOS VITAIS, CARBONIZAÇÃO, DECOMPOSIÇÃO. </li></ul>
  6. 6. <ul><li>PROTOCOLOS </li></ul><ul><li>CUIDADOS COM O CORPO </li></ul><ul><li>ÓBITO CLÍNICO EM DOMICÍLIO: CORPO A CARGO DOS FAMILIARES </li></ul><ul><li>ÓBITO TRAUMÁTICO EM DOMICILIO: ISOLAMENTO; CAPA MORTUÁRIA; CORPO A CARGO DA PM </li></ul><ul><li>ÓBITO EM VIA PÚBLICA: ISOLAMENTO; CAPA MORTUÁRIA; CORPO A CARGO DA PM </li></ul><ul><li>ÓBITO DENTRO DA AMBULÂNCIA: CORPO DEVERÁ SER CONDUZIDO AO HOSPITAL REGIONAL. O MÉDICO DE PLANTÃO NO HOSPITAL PREENCHE A FICHA CLÍNICA E O MÉDICO DA USA CONDUZ O CORPO AO NECROTÉRIO E O MESMO PREENCHE A SOLICITAÇÃO DE NECRÓPSIA. </li></ul>
  7. 7. <ul><li>PROTOCOLOS </li></ul><ul><li>CUIDADOS LEGAIS COM O LOCAL DA OCORRÊNCIA </li></ul><ul><li>EM SITUAÇÕES DE CRIME: A CENA NÃO DEVERÁ SER ALTERADA </li></ul><ul><li>EXCEÇÕES: </li></ul><ul><ul><li>OPTADO POR INICIAR RCP </li></ul></ul><ul><ul><li>RISCO PARA A EQUIPE </li></ul></ul><ul><ul><li>RISCO DE ACIDENTES </li></ul></ul><ul><ul><li>IMPOSSIBILIDADE DE ACESSO A VÍTIMA </li></ul></ul>
  8. 8. <ul><li>QUALQUER DÚVIDA </li></ul><ul><li>LIGUE </li></ul>

×