Your SlideShare is downloading. ×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Como Definir Preços De Maneira Inteligente

11,235
views

Published on

Published in: Business

1 Comment
14 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total Views
11,235
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
4
Actions
Shares
0
Downloads
516
Comments
1
Likes
14
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Como definir preços de maneira inteligente. Ricardo Jordão Magalhães [email_address] BIZREVOLUTION
  • 2.  
  • 3.  
  • 4. Uma empresa de tecnologia colocou no mercado um computador por $ 500 dólares com recursos ultra sofisticados e muito a frente dos recursos presentes nos computadores da concorrência. As pessoas adoraram, mas ninguém comprou nada. POR QUE?
  • 5. “ Nós começamos a vender computadores com recursos sofisticados embutidos por $500. As pessoas adoraram, mas ninguém comprou nada. Nós então começamos a fazer perguntas, e todos disseram, “Não pode custar tão barato”. Nós dobramos os preços para $ 1.000 e as vendas arrebentaram. No final, o Cliente estava certo. A percepção era que a $ 500 nós não poderiamos entregar tudo que prometiamos.” Leonard Lodish, Consultor e Professor de Wharton, sobre um dos seus Clientes, Maio de 2006.
  • 6.  
  • 7. O Varejo tem a MAIOR MARGEM e o MAIOR PREÇO da indústria. Varejo que vende barato é ilusão. (Margem do Wal-Mart: 30-35%)
  • 8. PREÇO É O FILHO POBRE DO MIX DE MARKETING! Infelizmente poucos se importam com o preço. A grande maioria dos executivos não gosta de falar no assunto, ou mesmos sabem falar no assunto . (É sempre mais fácil dar 5% de desconto). Para complicar, existem poucos livros e estudos de caso sobre preço.
  • 9. OS QUATRO PÊS ! P RODUTO P ROPAGANDA P ONTO-DE-VENDA E O P REÇO?
  • 10. “ Não se vende pelo preço, vende-se o preço.” Philip Kotler, o inventor do marketing.
  • 11.  
  • 12. Como você define os preços dos seus produtos?
  • 13. “ Estratégia de Preços baseada em custos é a maior baboseira que existe!” Eu , o iPod, o Windows, a DeskJet, os Sorvetes do Rochinha, a Padaria do Pão de Açucar, o Cachorro Quente do Zé do Parque, o Coco do Pastor, o Quindim da Santa Luzia, o Pastel do Mercado Municipal, o Kibe da São Jorge, a Empada do Rancho da Empada.
  • 14. O que poderia ser diferente entre dois computadores?
  • 15. COMO O CONSUMIDOR PERCEBE O VALOR valor das coisas?
  • 16. LEMBRE-SE: Seres Humanos não conseguem tomar decisões comparando mais de dois a quatro atributos de uma vez. Se você oferecer seis ou sete, o Cliente se perde. Se apenas um único atributo satisfaz o Cliente, FOCO nele.
  • 17. O consumidor sempre exagera os benefícios quando ele acredita que o produto é superior. O consumidor QUER pagar mais pelo produto que pensa que é melhor.
  • 18. Você não define preços, quem define preços é o mercado. Quem acredita nessa afirmação?
  • 19. Um único preço para TODOS os compradores é uma idéia relativamente nova, surgiu com o grande varejo. Sempre houve negociação na história do mundo , e a internet promete reverter o cenário atual e acabar com a idéia do PREÇO FIXO.
  • 20.  
  • 21. Estratégias de preço podem ter uma influência enorme nos lucros de uma empresa. Um estudo conduzido pela McKinsey em 2005 com mais de 2.400 empresas, mostra o impacto de várias decisões sobre os resultados finais: uma redução de 1% nos custos fixos melhora a lucratividade em 2,3% ; um aumento de 1% no volume das vendas resulta em uma elevação de 3,3% nos lucros ; uma redução de 1% nos custos variáveis ocasiona um aumento de 7,8% nos lucros e um aumento de 1% nos preços pode elevar a lucratividade em 33%.
  • 22. Antes e Depois do aumento de 1% Antes ($) Depois ($) Preço 10 10,10 (aumento de 1% no preço) Unidades Vendidas 100 100 Receita 1.000 1.010 Custos
    • 970
    -970 Lucro 30 40 (aumento de 11% nos lucros)
  • 23. “ Ultimamente os empresários vêm prestando atenção em muitos fatores que podem influenciar o sucesso de suas empresas — comportamento organizacional, redimensionamento, indicadores de desempenho e reengenharia —, e as empresas fizeram de tudo para cortar custos. Mas elas não gastaram muito tempo pensando nas melhores estratégias de preços possíveis. Os lucros podem melhorar muito por meio de estratégias de preços mais apropriadas.” John Zang, Professor de Preços da Wharton Business School, Novembro de 2006.
  • 24. Como definir preços de maneira inteligente? Como o seu público toma decisões sobre compras. O que é importante para eles. Comunique o seu benefício único. Não dê um tiro no pé cortando os próprios preços antes do tempo.
  • 25. Quem aqui realiza pesquisas de preços com consistência e frequência em seus mercados?
  • 26. Três Tipos de Comportamentos: Clientes Fiéis, Clientes Inconstantes e Caça-Ofertas.
  • 27.  
  • 28.  
  • 29.  
  • 30. Estratégias de Preços tradicionais: Estratégia de Penetração, Estratégia de Preços Econômicos, Estratégia de Preços Promocionais, Estratégia de Bundles, Estratégia de Produtos Opcionais, Estratégia Linha de Produtos, o que não falta são estratégias de preço! ESCOLHA UMA!
  • 31. EU RECOMENDO Preços Premium!
  • 32.  
  • 33. Existem Pontos de Preço?
  • 34. Primeiro, posicionamento . “Para quem você vai vender? Qual deveria ser o valor percebido dos meus produtos comparada a concorrência? Quem vai comprar? Onde estão os meus Clientes? O que vai me fazer bem-sucedido no longo prazo? O que é único sobre o meu negócio que será difícil os meus concorrentes copiarem?”
  • 35. Preço Imitações Conveniência Nec. Esp. Luxo Alto Padrão Máximo
  • 36.  
  • 37.  
  • 38.  
  • 39. Se nós aumentarmos os preços, as vendas vão cair? Quanto irá cair? Se baixarmos os preços, quantos produtos a mais vamos vender?
  • 40. “ Mesmo destituído de autoridade para determinar o preço, constatamos que os melhores vendedores, aqueles que realmente compreendem os clientes e sabem como vender valor, acabarão, no fim das contas, fixando preços mais elevados. Os clientes desses profissionais, acabam reivindicando cada vez menos descontos da equipe responsável pela fixação de preços. Portanto, quer o vendedor tenha ou não autoridade para fixar preços, altos ou baixos que sejam, isso pouco importa. De qualquer modo, ele será sempre um elo da maior importância na criação da vantagem de preço em uma organização.” Craig Zawada, Consultor Especializado em Preços da McKinsey, autor do The Price Advantage.
  • 41. Tudo se torna uma commodity...a menos que você... Venda o preço e não pelo preço. Crie uma fidelidade de marca que não depende do preço. Eu sei, falar é falar, mas esse é o caminho.
  • 42.  
  • 43. Uma Revolução Pelas Próximas Gerações BIZREVOLUTION Essa apresentação pertence a BIZREVOLUTION, visite www.bizrevolution.com.br para conhecer mais sobre essa Revolução. [email_address]