TELE CELULAR SUL PARTICIPAÇÕES S. A.
    Contatos
TELE CELULAR SUL PARTICIPAÇÕES S.A.
Ruggero Caterini
Diretor de Finanças...
Alguns dos principais números

                                                                               Em R$ mil
  ...
Composição da Receita Bruta Operacional                           Composição da Receita Operacional Bruta
    2ºTrimestre/...
intenso. O montante no trimestre foi de R$26,6 milhões, comparados com R$ 26,7
milhões registrados no trimestre anterior.
...
Receita Operacional
                                                                        Em R$ mil
                    ...
Dados Selecionados

                                             2º Trim./00     2º Trim./99 1º Trim./00 1º Sem./00 1º Sem...
Dados Selecionados: Empresas Controladas
                              Acumulado no 1º Semestre/2000


                   ...
TELE CELULAR SUL PARTICIPAÇÕES S.A.

                            BALANÇO PATRIMONIAL EM 30 DE JUNHO DE 2000

             ...
TELE CELULAR SUL PARTICIPAÇÕES S.A.

                           BALANÇO PATRIMONIAL EM 30 DE JUNHO DE 2000

              ...
TELE CELULAR SUL PARTICIPAÇÕES S.A.


                               BALANÇO PATRIMONIAL EM 30 DE JUNHO DE 2000

         ...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Press Release 2 T00 Tele Celular Sul

285
-1

Published on

Published in: Business, Economy & Finance
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
285
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Press Release 2 T00 Tele Celular Sul

  1. 1. TELE CELULAR SUL PARTICIPAÇÕES S. A. Contatos TELE CELULAR SUL PARTICIPAÇÕES S.A. Ruggero Caterini Diretor de Finanças e de Relações com Investidores Joana Dark Fonseca Serafim Relações com Investidores (41) 312-6862 jserafim@telecelularsul.com.br Rafael J. Caron Bosio Relações com Investidores (41) 312-6623 rbosio@telecelularsul.com.br Website http:/www.timsul.com.br TELE CELULAR SUL PARTICIPAÇÕES S.A. DIVULGA OS RESULTADOS CONSOLIDADOS DO SEGUNDO TRIMESTRE DE 2000 Curitiba, 3 de agosto de 2000 – A Tele Celular Sul Participações S.A. (BOVESPA: TCLS3 e TCLS4; NYSE: TSU), Empresa que controla a Telepar Celular S.A., Telesc Celular S.A. e CTMR Celular S.A., operadoras lideres na prestação de serviço móvel celular no Sul do Brasil, anuncia os resultados referentes ao 2º trimestre de 2000. Destaques no 2º Trimestre de 2000 Inovação Em termos de inovação, a Tele Celular Sul lançou o Short Mensage Service, que atualmente é oferecido em “two ways”. Adicionalmente foi disponibilizado o TIMnet Banking, um sistema de informações bancárias pelo telefone celular . A Tele Celular criou o seu próprio portal TIMNET.COM, em conjunto com a Tele Nordeste Celular, visando o fornecimento de serviços avançados, inovadores e de pronto acesso do tipo W-Vas (Wireless Value Added Services). Também foram implantados os circuitos de dados CSD, que permitem o tráfego de dados através do canal digital. Segmentação de Mercado O programa de segmentação foi incrementado através do desenvolvimento de novos serviços para clientes coorporativos, como o Plano Empresarial. Também esta operação o programa Right Planning que, no conceito de fidelização, orienta o cliente sobre o plano de serviço mais adequado ao seu perfil de utilização. Qualidade dos Serviços Do ponto de vista de qualidade, estarão sendo investidos de junho até o final do ano R$100 milhões na ampliação da cobertura e melhoria da qualidade dos serviços. O processo de digitalização foi acelerado, atingindo 95% das Estações Radio Base–ERB ao final de junho/2000. Preços e Tráfego No final do segundo trimestre a Tele Celular Sul reestruturou seus preços, elevando as tarifas para os planos de seviços Básico e Econômico. Com o objetivo de expandir o tráfego, Também foi introduzido o programa TIM-TIM, através do qual são concedidos descontos nas tarifas para ligações feitas pelos assinantes da Empresa na rede da companhia. 1
  2. 2. Alguns dos principais números Em R$ mil 2º Trim./00 2º Trim. /99 1º Trim./00 Receita Bruta Total 221.031 205.538 252.971 Receita Líquida de Serviços 152.950 127.133 161.279 Receita Líquida de Aparelhos 20.759 31.439 32.765 Receita Líquida Total 173.709 158.572 194.044 EBITDA 45.451 57.571 61.059 Margem EBITDA 26% 36% 32% Margem EBITDA sem venda de 30% 45% 38% aparelhos Depreciação 33.452 23.950 28.349 Lucro Líquido (776) 15.139 11.842 Lucro por 1.000 ações (R$) - 0,045 0,035 Market Share O segundo trimestre de 2000 foi caracterizado pelo acirramento no ambiente competitivo. Mesmo nesse cenário a Tele Celular Sul manteve sua posição de liderança no mercado onde atua, registrando ao final do segundo trimestre o Market Share estimado de 83%. A taxa de penetração total do mercado para o período é de aproximadamente 10 celulares por 100 habitantes. Em 30 de junho de 2000, a Companhia possuía 1,2 milhões de clientes, sendo 426,4 mil usuários do serviço pré-pago. Receita Operacional A Receita Operacional Bruta da Companhia no 2º trimestre foi de R$221,0 milhões, sendo 7,5% superior à verificada no 2º trimestre/99. O declínio verificado em relação ao primeiro trimestre foi principalmente devido a sazonalidade verifica nos meses de janeiro e fevereiro em virtude das férias, excepcionalmente, pelo bloqueio no segundo trimestre de um número significante de clientes com contas vencidas e pelo decréscimo na venda de aparelhos celulares. A respeito do decréscimo na Receita de Vendas de Aparelhos Celulares, ocorre que em maio de 2000, a Tele Celular Sul contratou os serviços de uma empresa especializada na venda e distribuição de aparelhos celulares, a qual esta sendo responsável por toda a logística envolvida no processo comercialização dos aparelhos. Considerando que a venda de aparelhos celulares não faz parte da atividade principal da Empresa, este mecanismo lhe trará benefícios, inclusive com a eliminação do risco de crédito do revendedor dos aparelhos celulares. 2
  3. 3. Composição da Receita Bruta Operacional Composição da Receita Operacional Bruta 2ºTrimestre/00 - R$ 221,0 milhões 2º Trimestre/99- R$ 205,5 milhões Vendas de Vendas de Utilização Aparelhos Aparelhos Outras 17,6 23,5 36,2 89,6 Outras 0,5 55,7 31,4 Interconcexão 76,3 47,8 interconexão ou uso de rede 47,9 ou Uso de Utilização Assinatura Assinatura Rede * Custos e Despesas Operacionais Os Custos dos Serviços Prestados do 2º Trimestre/2000 (excluindo-se o custo com a venda de aparelhos celulares) foram de R$74,8 milhões, representando um acréscimo de 6% comparado ao trimestre anterior. No período, os custos relacionados à manutenção de hardware, software e de infra-estrutura incrementaram em função da aceleração da digitalização e expansão da cobertura. A Depreciação do segundo trimestre foi de R$30,8 milhões, comparada com R$ 26,5 milhões no trimestre anterior. Os Custos de Venda de Aparelhos do 2º trimestre foram R$ 23,2 milhões, o que representa uma redução de 42% em relação ao primeiro trimestre do ano. Composição dos Custos dos Serviços Prestados Composição dos Custos dos Serviços Prestados 2º Trimestre/00 - R$ 75,0 milhões 2º Trimestre/99 - R$ 53,6 milhões Serviços Fistel Pessoal Serviços de Pessoal de Terceiros Terceiros Fistel 3,0 4,3 1,0 7,0 10,9 3,2 Depreciação e Amortização 30,9 Depreciação e 23,9 Amortização 14,5 12,5 Interconexão Interconexão Aluguel de 10,7 ou Uso * Aluguéis 6,7 ou Uso de Meios de Rede de meios Rede O segundo trimestre foi caracterizado por uma forte redução nos níveis de subsídios, de forma que o custo de aquisição por assinante (SAC) foi de R$ 132, uma redução de 15% em relação a R$ 156, registrado no trimestre anterior. As despesas Comerciais, excluindo-se a despesa com os créditos de liquidação duvidosa, mantiveram-se estáveis mesmo diante de um cenário de competição mais 3
  4. 4. intenso. O montante no trimestre foi de R$26,6 milhões, comparados com R$ 26,7 milhões registrados no trimestre anterior. A implementação do novo sistema de faturamento, em sua fase inicial, implicou em postergações nas emissões de faturas telefônicas e na interrupção temporária de algumas práticas voltadas à agilização da cobrança. Tais fatores elevaram o nível de inadimplência para R$22,5 milhões no segundo trimestre. No período, excepcionalmente, foram bloqueados um número significativo de clientes com contas vencidas, no entanto, a implementação de políticas de crédito e procedimentos de cobrança rígidos tem demonstrado uma melhora na curva de arrecadação, já no mês de julho, de forma a redirecionar a níveis mais baixos de inadimplência para os próximos trimestres. As Despesas Gerais e Administrativas no segundo trimestre foram de R$12,7 milhões, ou seja, R$1,7 milhões acima do montante registrado no primeiro trimestre, porém 43% inferior aos níveis de despesas gerados no 2º trimestre de 1999. Despesa Financeira A Despesa Financeira líquida do trimestre foi de R$ 15,5 milhões, representando um acréscimo de R$ 1,7 milhões em relação ao primeiro trimestre. O Endividamento Oneroso da Tele Celular Sul, em 30 de junho de 2000, foi de R$ 307,9 milhões, representando 40% do Patrimônio Líquido. EBITDA O EBITDA no segundo trimestre foi de R$ 45,5 milhões e uma margem de 26% sobre a Receita Líquida - ou 30%, não considerando as venda de aparelhos. Resultado Líquido No trimestre foi registrado o prejuízo líquido de R$ 0,8 milhão, atribuído exclusivamente ao incremento da despesa com inadimplência no período. No semestre, no entanto, o lucro líquido acumulado é de R$ 11,1 milhões, que representa R$ 0,03 por lote de mil ações. Eventos Adicionais Em 28 de junho de 2000, a Tele Celular Sul efetuou o pagamento dos juros sobre o capital próprio referentes ao exercício social de 1999, equivalente a R$ 0,0365 por lote de 1.000 ações preferenciais e ordinárias, valor líquido de imposto de renda e corrigidos pela Taxa Referencial equivalente ao período de 31 de dezembro até a data do efetivo pagamento. Em 30 de junho de 2000, a Assembléia Geral Extraordinária aprovou a transferência do ágio pago na privatização, para suas operadoras da Operadoras, Telepar Celular, Telesc Celular e CTMR Celular, controladas pela Tele Celular Sul. O ágio estava alocado na Tele Celular Sul, desde quando esta incorporou empresa 1A2A participações S.A., em etapa anterior. xxxxxxxxxxxxxxx 4
  5. 5. Receita Operacional Em R$ mil 2º Trim./00 2º Trim./99 1º Trim./00 1º Sem./00 1º Sem./99 Vendas de Aparelhos 23.493 36.217 38.347 61.840 55.523 Utilização 93.876 89.577 111.014 204.890 174.913 Assinatura 47.880 47.760 47.603 95.483 92.240 Uso da Rede (Interconexâo) 1 55.679 31.444 55.596 111.275 59.620 Outras 103 540 411 514 5.966 Receita Operacional Bruta 221.031 205.538 252.971 474.002 388.262 Tributos e outras Deduções (47.322) (46.966) (58.927) (106.249) (84.168) Receita Operacional Líquida 173.709 158.572 194.044 367.753 304.094 Receita Operac. Líquida de Serviços 152.950 127.133 161.279 314.229 256.042 Receita Operacional Líquida de Vendas 20.759 31.439 32.765 53.524 48.052 Nota: (1) No demonstrativo ajustamos os valores da Receita de Interconexão do 1º Trim./00, de forma que R$16,9 milhões foram transferidos para Receita de Utilização. Custos e Despesas Operacionais Em R$ mil 2º Trim./00 2º Trim./99 1º Trim./00 1º Sem./00 1º Sem./99 Custo de Serviços e Mercadorias 98.058 87.249 110.506 208.564 162.863 Custos dos Serviços 74.858 53.621 70.427 145.285 107.336 Custos de Mercadorias e Outros 23.200 33.628 40.079 63.279 55.527 Despesas Operacionais 91.425 51.730 82.096 173.521 116.376 Despesas Comerciais 49.147 22.342 44.444 93.591 41.644 Despesas Gerais Administrativas 12.712 21.076 10.964 23.676 35.950 Despesas Financeiras 21.000 8.765 19.774 40.774 37.382 Outras Despesas Operacionais 8.566 (453) 6.914 15.480 1.400 Custos e Despesas Operacionais 189.483 138.979 192.602 382.085 279.239 Despesas com Créditos de Liquidação 22.546 9.385 17.685 40.231 19.410 Duvidosa – DCLD xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx 5
  6. 6. Dados Selecionados 2º Trim./00 2º Trim./99 1º Trim./00 1º Sem./00 1º Sem./99 Assinantes Total 1.205.343 770.873 1.121.531 1.205.343 770.873 Pós-pago 778.992 706.965 763.742 778.992 706.965 Pré-pago 426.351 63.908 357.789 426.351 63.908 População estimada da região (milhões) 14,7 14,3 14,7 14,7 14,3 Municípios Atendidos 218 193 217 218 193 Penetração ( TSU ) 8% 5% 8% 5% 8% Market share 83% 94% 85% 83% 94% Market share marginal 73% 84% 76% ARPU TOTAL 1 R$44 R$60 R$50 R$47 R$62 ARPU – pós-pago 1 R$57 R$61 R$59 ARPU – pré-pago 1 R$19 R$22 R$20 MOU ( entrante) 75 94 81 77 96 MOU ( sainte) 46 70 60 53 72 MOU do Pré-pago (sainte) 16 19 17 MOU do Pré-pago (entrante) 71 79 75 Investimentos ( milhões ) R$7 R$98 R$51 R$57 R$106 Adições Brutas 121.200 128.192 133.476 254.676 193.881 Desconexões 37.388 23.027 46.211 83.599 33.389 Churn 2 3% 3% 4% 7% 5% Pontos de vendas (incluso lojas próprias) 635 547 610 635 547 Lojas Próprias 14 15 16 14 15 Empregados Totais 1.225 927 1.197 1225 927 Efetivos 1.146 537 1.103 1146 537 Contratados e Estagiários 79 39 94 79 390 Notas: (1) Receita média por assinante ( Líquida e sem venda de aparelhos). (2) Calculado sobre a base média de assinantes. xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx 6
  7. 7. Dados Selecionados: Empresas Controladas Acumulado no 1º Semestre/2000 Telepar Celular Telesc Celular CTMR Celular Dados Operacionais 640.989 532.623 31.731 Total de Assinantes 421.627 331.151 26.214 Pós-pagos 219.362 201.472 5.517 Pré-pagos 9,2 5,2 0,3 População Estimada na região (milhão) 105 109 4 Municípios Atendidos Investimentos R$36,8 R$18,4 R$1,1 355 273 7 Pontos de Vendas 505 268 12 Total de Empregados Dados Financeiros (R$ milhões) Receita Operacional Bruta 264,2 211,1 13,1 Receita Operacional Líquida 203,8 165,7 10,3 Custos dos Serviços e Mercadorias 131,4 82,2 7,0 Despesas Comerciais 51,5 39,3 2,8 Despesas Gerais e Administrativas 12,1 9,4 0,4 EBITDA 47,5 59,1 1,8 EBITDA Margem 23% 36% 18% xxxxxxxxxxxxxxxx 7
  8. 8. TELE CELULAR SUL PARTICIPAÇÕES S.A. BALANÇO PATRIMONIAL EM 30 DE JUNHO DE 2000 (Valores em milhares de Reais) A T I V O Controladora Consolidado 30 Junho, 2000 31 Março, 2000 30 Junho, 2000 31 Março, 2000 ATIVO CIRCULANTE Disponibilidades 899 20 14.008 1.985 Contas a Receber de Serviços - - 153.775 184.612 Contas a Receber de Vendas de Mercadorias - - 40.227 30.748 Créditos com Empresas - - - - Controladas Provisão para Créditos de - - (41.868) (27.218) Liquidação Duvidosa Estoques - - 19.567 24.776 Dividendos Recebíveis - 12.058 - - Tributos Diferidos e a Recuperar 3.206 2.363 21.458 22.451 Despesas Diferidas - - 9.396 13.399 Outros Direitos 1.847 1.559 21.399 16.593 ---------- ---------- ---------- ---------- 5.952 16.000 237.962 267.346 ---------- ---------- ---------- ---------- ATIVO REALIZÁVEL A LONGO PRAZO Recebíveis de Subsidiárias 135.171 134.431 - - Tributos Diferidos e a Recuperar - - 59.644 44.517 Outros Ativos Realizáveis a 1.179 977 14.001 12.264 Longo Prazo ---------- ---------- ---------- ---------- 136.350 135.408 73.645 56.781 ---------- ---------- ---------- ---------- ATIVO PERMANENTE Investimentos 650.971 449.238 20 20 Imobilizado 742 64 782.363 814.284 Diferido - - 617.766 17.396 ---------- ---------- ------------ ------------ 651.713 449.302 1.400.149 831.700 ---------- ---------- ------------ ------------ ATIVO TOTAL 794.015 600.710 1.711.756 1.155.827 ====== ====== ======= ======= 8
  9. 9. TELE CELULAR SUL PARTICIPAÇÕES S.A. BALANÇO PATRIMONIAL EM 30 DE JUNHO DE 2000 (Valores em milhares de Reais) P A S S I V O Controladora Consolidado 30 Junho, 2000 31 Março, 2000 30 Junho, 2000 31 Março, 2000 PASSIVO CIRCULANTE Empréstimos e Financiamentos - - 251.888 241.097 Fornecedores 2.408 2.953 25.486 58.418 Impostos, Taxas e Contribuições 75 705 - - Salários e Encargos Sociais 4.317 3.801 7.235 6.478 Dividendos a Pagar 4.788 15.844 - 18.961 Provisão para contingências - 462 662 1.173 Provisão para Manutenção da Integridade Patrimônio Líquido - - 42.543 - Pagáveis às Subsidiárias - - - - Tributos Diretos e Indiretos - - 24.747 25.386 Outras 1.350 1.187 19.349 26.112 ---------- ---------- ---------- ---------- 12.938 24.952 371.910 377.625 ---------- ---------- ---------- ---------- EXIGÍVEL A LONGO PRAZO Empréstimos e Financiamentos - - 56.073 55.224 Provisões 3.466 2.874 3.727 6.851 Provisão para Manutenção da Integridade Patrimônio Líquido - - 351.544 - Tributos Indiretos - - 24.232 14.705 Outras 75 75 75 75 ---------- ---------- ---------- ---------- 3.541 2.949 435.651 76.855 ---------- ---------- ---------- ---------- ---------- ---------- ---------- ---------- PARTICIPAÇÕES MINORITÁRIAS - - 126.659 128.538 ---------- ---------- ---------- ---------- PATRIMÔNIO LÍQUIDO Capital Social Realizado 175.772 175.872 175.772 175.872 Reserva de Capital 205.603 - 205.603 - Reserva Legal 16.744 16.744 16.744 16.744 Reserva de Lucro 126.655 126.655 126.655 126.655 Lucros/Prejuízos Acumulados 252.762 253.538 252.762 253.538 ---------- ---------- ---------- ---------- 777.536 572.809 777.536 572.809 --------- --------- ---------- ---------- PASSIVO TOTAL 794.015 600.710 1.711.756 1.155.827 ====== ====== ====== ====== 9
  10. 10. TELE CELULAR SUL PARTICIPAÇÕES S.A. BALANÇO PATRIMONIAL EM 30 DE JUNHO DE 2000 DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO (Valores em milhares de Reais) Controladora Consolidado 01/01/2000 a 01/01/1999 a 01/01/2000 a 01/01/1999 a 30/06/2000 30/06/1999 30/06/2000 30/06/1999 Receita Bruta de Vendas e/ou Serviços - - 474.002 388.262 Dedução da Receita Bruta - - (106.249) (84.168) ---------------- ---------------- ---------------- ---------------- Receita Líquida de Vendas e/ou Serviços - - 367.753 304.094 Custo de Bens e/ou Serviços Prestados - - (208.564) (162.863) ---------------- ---------------- ---------------- ---------------- Resultado Bruto - - 159.189 141.231 Despesas/Receitas Operacionais Com Vendas - - (93.591) (41.644) Gerais e administrativas (1.555) (1.087) (23.676) (35.950) Financeiras 10.342 25.390 (29.197) (18.539) Outras Receitas/Despesas Operacionais (2.204) 104 299 7.485 Receita Sobre Investimentos Nas Subsidiárias 6.176 15.062 - - ---------------- ---------------- ---------------- ---------------- Resultado Operacional 12.759 39.469 13.024 52.583 Resultado Não Operacional - - 31 (7.940) ---------------- ---------------- ---------------- ---------------- Resultado Antes Tributação/Participação 12.759 39.469 13.055 44.643 Provisão para IR e Contribuição Social (1.011) (8.273) (3.746) (24.095) IR Diferido - - - 10.508 Participações/Contribuições Estatutárias (682) - (1.112) (530) Participações Minoritárias - - 2.869 670 ---------------- ---------------- ---------------- ---------------- Lucro/Prejuízo no Período 11.066 31.196 11.066 31.196 ========= ========= ========= ========= Número de Ações, Ex- Tesouraria 334.399.027 334.399.027 334.399.027 334.399.027 ========= ========= ========= ========= Lucro/Prejuízo por Lote de Mil Ações 0,03 0,09 0,03 0,09 ========= ========= ========= =========

×