A televisão como meio de convergência

1,051 views
981 views

Published on

0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
1,051
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
5
Actions
Shares
0
Downloads
42
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

A televisão como meio de convergência

  1. 1. A televisão como meio de convergência Rita Oliveira | ritaoliveira@ua.pt Cultura de Convergência nos Media ICPD | FLUP – UP | UA – DeCA | 2009
  2. 2. Sumário <ul><li>Introdução </li></ul><ul><li>A convergência TV <–> Web </li></ul><ul><li>Social iTV </li></ul><ul><li>Mobile TV </li></ul><ul><li>t-learning </li></ul><ul><li>O papel da acessibilidade no contexto de convergência televisiva </li></ul><ul><li>Comentários Finais </li></ul>
  3. 3. Introdução <ul><li>A revolução tecnológica que teve lugar nos últimos anos configurou o aparecimento do paradigma da convergência. </li></ul><ul><li>A digitalização do sinal televisivo possibilitou a convergência da Televisão com outros media, transformando-se, assim, de um meio passivo, para um meio interactivo. </li></ul><ul><li>McLuhan (1964) qualifica a televisão como um meio que exige participação e envolvimento, no entanto, no contexto histórico em que o autor abordou estes conceitos, a televisão era um meio isolado  previsão do futuro da TV. </li></ul>
  4. 4. Introdução <ul><li>Jenkins (2006) reflecte sobre o futuro da televisão como meio de convergência. </li></ul><ul><ul><li>Colocando a questão: será que a televisão irá desaparecer ? </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Há tecnologias que ficam desactualizadas, mas não existem meios que morrem simplesmente; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Por mais que as pessoas usem o computador para aceder a conteúdos televisivos, a TV possui características que nenhum outro meio possui e isso fará com que ela não vá desaparecer  meio de massas. </li></ul></ul></ul>
  5. 5. A convergência TV <-> Web <ul><li>A convergência da TV com a Web permitiu a expansão e a dinamização da Televisão Interactiva (iTV). </li></ul><ul><li>A iTV representa a convergência entre a tecnologia interactiva e a televisão  permitindo a troca de informação entre o emissor e o receptor (Valdez, 2003). </li></ul><ul><li>Permite aos utilizadores uma maior intervenção sobre o conteúdo televisivo, comparativamente à TV tradicional. </li></ul><ul><li>Por outro lado, assiste-se à crescente utilização da Web como plataforma de distribuição de conteúdos televisivos (através da tecnologia de streaming e P2P). </li></ul>
  6. 6. A convergência Web-TV
  7. 7. Social iTV <ul><li>Os serviços interactivos destinados à dinamização de práticas de socialização em torno dos conteúdos televisivos são o centro da investigação da área do Social iTv. </li></ul><ul><li>Alguns exemplos desses serviços: </li></ul><ul><ul><li>AOLTV (AOL, 2000) </li></ul></ul><ul><ul><li>2BeOn (Ferraz de Abreu, Almeida, Branco, 2002) </li></ul></ul><ul><ul><li>AmigoTV (Coppens, 2004) </li></ul></ul><ul><ul><li>COSE (Siemens, 2006) </li></ul></ul><ul><ul><li>ChaTV (Fink, 2006) </li></ul></ul>
  8. 8. Social iTV
  9. 9. Mobile TV <ul><li>A visualização de conteúdos televisivos no telemóvel é um serviço que oferece aos utilizadores a oportunidade de acederem a estes conteúdos em qualquer lugar  TV-Anywhere </li></ul><ul><li>A Mobile TV oferece algumas oportunidades de negócio para: </li></ul><ul><ul><li>as estações televisivas --> a mobile tv cria uma nova forma de alcançar audiência. </li></ul></ul><ul><ul><li>as operadoras móveis --> a forma de disponibilizar conteúdos a um número alargado de utilizadores através de um datacast DVB é muito eficiente e rentável. </li></ul></ul>
  10. 10. Mobile TV Samsung SGH-P960 (DVB-H)
  11. 11. t-learning “… learning through interactive digital TV and other related consumer-like devices is starting emerge as potentially an important medium for creating new opportunities for learning in home.” (Bates, 2003).
  12. 12. t-learning <ul><li>TV como plataforma educacional  Tele-escola </li></ul><ul><li>Os alunos passavam a poder contar com os ensinamentos e explicações de dois professores: um presente na televisão e outro no na sala de aula. </li></ul><ul><li>As características de utilização do t-learning e a sua capacidade mais vasta de disseminação comparada com as do e-learning abrem novos cenários de ensino dirigidos a um número mais elevado de potenciais utilizadores (Chiara, 2009). </li></ul>
  13. 13. O papel da acessibilidade no contexto de convergência televisiva
  14. 14. O papel da acessibilidade no contexto de convergência televisiva <ul><li>Televisão como meio de convergência  complexificação de serviços, dispositivos e interfaces  necessidade de abranger o maior número de telespectadores  colocam-se problemas de acessibilidade. </li></ul><ul><li>Sendo a televisão um meio que pode contribuir para a melhoria da qualidade de vida das pessoas com deficiência e dos idosos, torna-se necessário a conceptualização e o desenvolvimento de serviços e plataformas baseados em regras de acessibilidade e usabilidade. </li></ul><ul><li>A acessibilidade e o design inclusivo têm actualmente uma importância fundamental na investigação e no desenvolvimento da televisão como meio de convergência. </li></ul>
  15. 15. Comentários Finais <ul><li>Utilizadores com diferentes perfis tecnológicos e aptidões reagem de formas diversas à convergência tecnológica TV  acessibilidade possui papel importante </li></ul><ul><li>Convergência Televisiva  desafio para políticas de regulamentação, em termos: </li></ul><ul><ul><li>do acesso universal </li></ul></ul><ul><ul><li>da promoção da diversidade e do pluralismo </li></ul></ul><ul><ul><li>protecção dos interesses dos consumidores </li></ul></ul>

×