Your SlideShare is downloading. ×
0
Andre e João Carlos - Automóvel, Fonógrafo e Ferro de Engomar
Andre e João Carlos - Automóvel, Fonógrafo e Ferro de Engomar
Andre e João Carlos - Automóvel, Fonógrafo e Ferro de Engomar
Andre e João Carlos - Automóvel, Fonógrafo e Ferro de Engomar
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Andre e João Carlos - Automóvel, Fonógrafo e Ferro de Engomar

1,268

Published on

Published in: Education
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
1,268
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
4
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  1. Escola E.B 2,3 Prof. Dr.Egas Moniz H.G.P Inventos do séc.XIX e XIII André Nº5 João Carlos Nº14 2008/09
  2. Automóvel <ul><li>O carro mais antigo do mundo e movido a vapor foi construi­do na França em 1884 , apenas um ano antes de Gottileb Daimler e Karl Benz construiram o primeiro carro experimental movido a gasolina. Apesar de que os americanos afirmam que Henry Ford foi quem inventou o carro, porem, ele construiu seu primeiro veiculo somente 12 anos depois desse. O velocidade maxima do carro pode ser 60 km por hora. </li></ul>
  3. Fonógrafo <ul><li>O fonógrafo foi inventado em 21 de Novembro de 1877 , por Thomas Edison . O aparelho consistia em um cilindro coberto com papel de alumínio. Uma ponta aguda era pressionada contra o cilindro. Conectados à ponta, ficavam um diafragma (um disco fino em um receptor onde as vibrações eram convertidas de sinais eletrônicos para sinais acústicos ou vice versa) e um grande bocal. O cilindro era girado manualmente conforme o operador ia falando no bocal (ou chifre). A voz fazia o diafragma vibrar. Conforme isso acontecia, a ponta aguda cortava uma linha no papel de alumínio. </li></ul><ul><li>Quando a gravação estava completa, a ponta era substituída por uma agulha; a máquina desta vez produzia as palavras quando o cilindro era girado mais uma vez. </li></ul>
  4. Ferro De Engomar <ul><li>O ferro de passar ou ferro de engomar é um instrumento usado para passar roupa, alisando tecidos, utilizando aquecimento. Ferros antigos utilizavam óleo, carvão ou gasolina para aquecer-se, enquanto os modernos utilizam energia elétrica . </li></ul><ul><li>A história do ferro de passar ou engomar começa há muito tempo. Desde o século IV já existiam formas de alisar roupas. Nos séculos seguintes, madeira, vidro ou mármore eram os materiais mais comuns dos alisadores criados no Ocidente. Eles eram utilizados a frio, uma vez que até o século XV as roupas eram engomadas, o que impossibilitava o trabalho a quente. </li></ul><ul><li>No entanto, o ferro de passar propriamente dito tem suas primeiras referências a partir do século XVII, com o ferro a brasa. Somente no século XIX surgiram outras modalidades como o ferro de lavadeira, a água quente, a gás e a álcool. A evolução do produto culminou em 1882, com a patente do ferro de passar elétrico, feita pelo americano Henry W. Seely e, somente em 1926 , surgiria o primeiro ferro a vapor. </li></ul>

×