Teleconferencia de resultados9 m9

  • 148 views
Uploaded on

 

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
148
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
0
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Banco Santander (Brasil) S.A.Resultados 9M09 em IFRS – Pro forma28 de Outubro de 2009
  • 2. 2Índice Cenário Macroeconômico e Sistema Financeiro 9M09 • - Estratégia - Resultados - Negócios
  • 3. 3Cenário Macroeconômico Recuperação do ritmo de crescimento da economia PIB (Crescimento Real anual %) Taxa de Juros – Selic (Final %) 5,7 5,1 4,8 4,0 13,25 13,75 11,25 10,75 8,75 8,75 1,3 0,0 2006 2007 2008 2T09 2009(e) 2010(e) 2006 2007 2008 set/09 2009(e) 2010(e) Inflação (IPCA %) Taxa de Câmbio – R$/US$ Final de Período 5,9 4,5 4,3 4,3 4,5 2,14 2,34 3,1 1,77 1,78 1,75 1,95 2006 2007 2008 set/09 2009(e) 2010(e) 2006 2007 2008 set/09 2009(e) 2010(e)Fonte: Banco Central do Brasil, IBGE e estimativas Banco Santander.
  • 4. 4Sistema Financeiro: Dinâmica do crescimento do créditoR$ MM Crédito Total Crédito PF Livre %12M Bancos Privados %12M Bancos Públicos 1.347 450 %12M Crédito Total 384 411 1.243 38,8% 1.153 338 31,1% 16,9% 34,1% 17,1% 993 5,5% Mar.08 Jun.08 Set.08 Dez.08 Mar.09 Jun.09 Set.09 Mar.08 Jun.08 Set.08 Dez.08 Mar.09 Jun.09 Set.09 Crédito PJ Livre Crédito Direcionado 426 444 465 472 367 324 288 368 31,4% 37,4% 20,8% 6,1% Mar.08 Jun.08 Set.08 Dez.08 Mar.09 Jun.09 Set.09 Mar.08 Jun.08 Set.08 Dez.08 Mar.09 Jun.09 Set.09 Volume Variação Interanual %Fonte: Banco Central do Brasil
  • 5. 5Sistema Financeiro: Dinâmica do crescimento das captaçõesR$ MM Captações Depósitos Fundos de Investimento (Depósitos + Fundos) Var. 12M – Set.09 Var. 12M – Set.09 Vista: 4,5% Varejo: 4,7% Poupança: 14,9% Não Varejo: 17,3% 2.423 Prazo: 14,2% 2.219 1.027 2.127 976 1.396 1.953 908 1.248 1.243 1.219 705 955 22,0% 608 23,3% 349 1.116 532 587 951 987 14,5% 14,0% 19,7% 13,2% 356 376 389 419 293 256 268 280 Mar. Jun. Set. Dez. Mar. Jun. Set. Mar. Jun. Set. Dez. Mar. Jun. Set. Mar. Jun. Set. Dez. Mar. Jun. Set. 08 08 08 08 09 09 09 08 08 08 08 09 09 09 08 08 08 08 09 09 09 Prazo Vista + Poupança Volume Variação Interanual %Fonte: Banco Central do Brasil
  • 6. 6Índice Cenário Macroeconômico e Sistema Financeiro 9M09 - Estratégia - Resultados - Negócios
  • 7. 7Franquia O Santander é o 3º banco privado no Brasil, com escala para competir Participação de mercado em termos de número de agências (%) Set/09 Junho 2009 Norte: 5% do PIB Crédito (R$ Bi) 132,9 Participação : 5% Nordeste: 13% do PIB Participação: 7% Depósitos (R$ Bi) 173,9 Captação² (R$ Bi) 267,0 Lucro Líquido (R$ MM) 3.917 Sólida plataforma de distribuição… Banco com um dos maiores números de pontos Centro-oeste: 9% do PIB de venda na região Sul / Sudeste (73% do PIB) Participação: 6% – 2.090 agências Sudeste: 57% do PIB – 1.508 PABs Participação: 16% – 18.081 caixas eletrônicos 10,0 milhões de correntistas ativos¹ Sul: 16% do PIB Participação: 9%Fonte: Banco Central do Brasil e IBGE. Data base do PIB de 20061. Clientes com movimentação de depósito à vista no período de 30 dias, segundo Banco Central do Brasil2. Inclui depósitos totais + fundos
  • 8. 8Franquia Combinação de plataformas locais complementares potencializada pela afiliação ao Grupo Santander Plataforma global do Santander Rede Rede Escala Global em Sourcing Concentração em São Forte presença no Rio Paulo e região Sul de Janeiro, Minas Gerais, e outras partes no Nordeste Plataforma de TI Internacional e Diferenciada Segmentos Forte presença nos segmentos de média Segmentos Forte presença nos segmentos de alta + Capacidade de Replicar Produtos Globais renda e servidores renda e Pequenas e públicos Médias Empresas Gestão de Riscos Eficiente Negócios Negócios Cartões de crédito, Financiamento de crédito consignado veículos Base de Clientes Multinacional Plataforma única combinando capacidade global com forte presença local
  • 9. 9Integração Integração no cronograma previsto 1a Etapa 2a Etapa 3a EtapaAgo/08 Mar/09 Mai/10 Set/10I Senior Management Integrado II Áreas Centrais Integradas Análise de Risco, Recursos Humanos, Marketing, Controladoria, Compliance, etc III Atacado, Private & Asset III Integrados GB&M, Corporate, e Middle IV IV Caixas Eletrônicos Integrados Plataforma de Caixas Eletrônicos Melhorias na infra-estrutura das agências VV Sistemas de Back Office Integração Completa/ VI VI Unificação das Redes Unificação da gestão de caixa e compensação Sistemas de Cartões de Crédito “Big Bang” das agências Integração dos Call centers
  • 10. 10Integração Metas de Sinergias Metas de Sinergias – R$ MMAcumulado (2008-2011) - Buscamos conseguir sinergias de custos cumulativasem aprox. R$ 2.400 MM e R$ 300 MM em receitas acumuladas¹ Até 300 2.700 2.400 De Janeiro a Setembro alcançamos R$ 831 MM de Sinergias de Gastos² Sinergias de Sinergias de Custos Total Receita 1. Conforme informado no Prospecto Definitivo de Oferta Pública de Distribuição Primária de Units 2. Informação Gerencial
  • 11. 11Integração Oportunidades de captura de sinergias no Varejo Nós identificamos oportunidades entre nossos …e temos estratégias bem definidas clientes e linhas de produto… para capturar os benefícios Ticket médio por cliente +49% Clientes fiéis Clientes fiéis +19% Consolidar o CRM para mapear são mais são mais 364 434 Varejo clientes fiéis e fortalecer a rentáveis1 rentáveis1 R$ 305 fidelidade dos demais Fidelidade Baixa Média Alta % do Balanço FinanciadaPenetração emPenetração em por Cartões de Crédito cartões de cartões de Expandir o financiamento através decrédito é uma crédito é uma cartões de créditooportunidade2oportunidade2 31% 18% % Penetração de Seguros Elevar a penetração dos produtosPenetração emPenetração em de seguro:seguros é umaseguros é uma – Vendas através das agênciasoportunidade3 oportunidade3 32% 4% – Cross-selling – Novos clientes através de parcerias PMEs PMEs Contas de PMEs / Agência Empréstimos para PMEs / demonstram demonstram Agência (R$ MM) Aumentar a participação de forte forte mercado em PMEs através da potencial de potencial de utilização das melhores práticas 150 265 5,9 11,1 crescimento2 crescimento21. Em Fevereiro de 2009, compreende indivíduos de alta renda somente2. Em Dezembro de 20083. Em Junho de 2009
  • 12. 12IPO - Santander A Oferta Pública de Units reafirma nossa confiança no potencial de crescimento do Brasil e nos prepara para acompanhar este crescimento Acelerar o crescimento orgânico, aumentando a nossa participação de mercado – Abertura de 600 novas agências e 300 PAB’s Buscar crescimento da – Aumentar a carteira de crédito, tanto no Banco carteira de crédito acima do Comercial, quanto no Banco Global de Atacado crescimento do mercado (Global Wholesale Banking) Fortalecer a estrutura de funding – Melhoria da estrutura de Tier 1 / Tier 2
  • 13. 13Índice Cenário Macroeconômico e Sistema Financeiro 9M09 - Estratégia - Resultados - Negócios
  • 14. 14Resultados: Eventos Recentes Em Setembro de 2009 divulgamos ao mercado, a venda de algumasparticipações acionárias e fortalecemos nosso balanço Receita (R$ Bilhões) Valor- - Visanet 1,6 Despesa (R$ Bilhões) Valor - Serasa 0,1 - Provisões de Crédito (0,5) - Amortização aquisição - Companhia Brasileira de (0,8) 0,3 folhas de pagamentoSoluções e Serviços (VisaVale) - Tecnologia Bancária + Visa - Fundo Reestruturação (1,1) 0,1Inc. - Green Shoe Visanet 0,3 TOTAL (2,4) TOTAL 2,4 No terceiro trimestre incorporamos as ações da seguradora e asset, comimpacto no lucro líquido de R$ 79 milhões
  • 15. 15Resultados: Highlights Lucro líquido de R$ 3.917 MM acumulado nos nove meses de 2009 com crescimento de 30% em doze meses Aceleração do ritmo de crescimento do lucro líquido: Variação interanual 6M09/6M08: 13%; 9M09/9M08: 30% Crescimento do lucro alavancado por crescimento das receitas e controle de gastos Melhora nos indicadores de Gestão em doze meses (9M09/9M08) Eficiência: 34,4% com queda de 8,3 p.p. Recorrência: 56,8% com aumento de 2,3 p.p. ROE¹: 21,2% com aumento de 3,3 p.p. Bons indicadores de Solidez Índice de Basiléia: 17,8%, com aumento de 3,8 p.p. em doze meses (9M09/9M08) Cobertura: 101%, com aumento de 4 p.p. no trimestre PL de R$ 27.355 MM (excluindo o ágio² de R$ 28.312 MM) 1. Exclui o ágio apurado na Aquisição do Banco Real e da Real Seguros Vida e Previdência 2. Ágio apurado na Aquisição do Banco Real e da Real Seguros Vida e Previdência
  • 16. 16Resultados: Lucro LíquidoR$ MM Lucro Líquido por Trimestre Lucro Líquido Acumulado 30% 1.613 3.917 1.472 13% 3.007 2.445 906 2.170 837 832 3T08 4T08 1T09 2T09 3T09 6M08 6M09 9M08 9M09
  • 17. 17Resultados: Margem Líquida com JurosR$ MM 3% 5.384 5.489 5.656 5.172 4.420 Var. 9M09 9M08 09/08 Margem com Juros 16.317 13.847 17,8% 3T08 4T08 1T09 2T09 3T09 Taxa de Juros (Média) – Selic 13,39% 13,66% 11,70% 9,54% 8,65%
  • 18. 18Resultados: Ganhos/perdas ativos financeiros + diferençascambiaisR$ MM -45% 1.051 Var 9M09 9M08 09/08 459 646 578 Ganhos/perdas ativos 10 240 financeiros + diferenças 2.275 999 127,7% (222) 514 cambiais 592 379 338 258 - Hedge de Cayman¹ 1.062 -120 n.a. 132 (369) Ganhos/perdas ativos (480) financeiros + diferenças 1.213 1.119 8,4% cambiais (excluindo Hedge) 3T08 4T08 1T09 2T09 3T09 Hedge Cayman Outros1. Este valor não tem impacto no lucro líquido, pois é compensado pelo mesmo valor (com sinal contrário) na linha de impostos
  • 19. 19Resultados: Comissões LíquidasR$ MM Var 9M09 9M08 09/08 -1% Tarifas bancárias 1.826 1.819 0,4% Cobrança e arrecadação 374 329 13,8% 1.612 1.573 1.556 1.443 Venda de seguro 772 621 24,2% 1.314 Fundos de investimento 545 634 -14,1% Cartões de crédito e 554 479 15,5% débito Mercado de capitais 335 310 8,0% 3T08 4T08 1T09 2T09 3T09 Comércio exterior 285 254 12,3% Imposto sobre Serviços (257) (269) -4,4% Outros 139 374 -63,0% Total 4.572 4.552 0,4%
  • 20. 20Resultados: Despesas Gerais e AmortizaçãoR$ MM 1% 3.491 3.196 318 3.048 Var 2.977 3.013 372 317 9M09 9M08 09/08,% 328 339 Gastos de Adm. 4.013 4.199 -4,4% 3.173 Gastos de Pessoal 4.041 4.160 -2,9% 2.824 2.731 2.649 2.674 Depreciações e 984 918 7,2% Amortizações Total 9.038 9.277 -2,6% 3T08 4T08 1T09 2T09 3T09 Despesas Gerais Depreciações e Amortizações
  • 21. 21Resultados: Receita Bruta vs Despesas Gerais Receita Bruta¹ e Despesas Gerais²R$ MM 3T09 vs. 3T08 (%) 7.055 7.288 7.471 7.598 19,2% 6.376 2,8 2,3 2.824 3.173 -5,3% 2.731 2.649 2.674 3T08 4T08 1T09 2T09 3T09 Receita Bruta Despesas Gerais1. Receita Bruta = Receita Total, excluindo o hedge de Cayman. Incluindo o hedge a Receita Bruta 3T09/3T08, cresce 32,1%2. Não inclui amortização
  • 22. 22Resultados: Provisões de CréditoR$ MM 16% 3.101 2.683 2.461 2.197 Var 9M09 9M08 09/08 1.566 Provisões Crédito (8.245) (5.043) 63,5% 3T08 4T08 1T09 2T09 3T09 Provisões para Crédito de Liquidação Duvidosa
  • 23. 23Negócios: Qualidade do Crédito Inadimplência (%)¹ Cobertura² 9,7 111% 8,3 8,6 8,8 7,8 7,7 107% 106% 7,0 6,0 5,2 5,7 6,1 101% 5,7 97% 3,9 4,2 3,4 3T08 4T08 1T09 2T09 3T09 3T08 4T08 1T09 2T09 3T09 PF PJ Total1. Operações vencida há mais de 90 dias + créditos normais com alto risco de inadimplência / carteira de crédito (gerencial)2. Provisão para créditos de liquidação duvidosas / Operações vencidas há mais de 90 dias + créditos normais com alto riscode inadimplência
  • 24. 24Resultados: Indicadores Eficiência¹ (%) Recorrência² (%) ROE (ajustado)³ (%) -8,3 p.p 2,3 p.p. 3,3 p.p. 42,7 21,2 56,8 54,5 17,9 34,4 9M08 9M09 9M08 9M09 9M08 9M091. O índice de eficiência, excluindo o hedge de Cayman para os períodos 9M08 e 9M09, seriam respectivamente: 42,5% e 36,0%.2. Recorrência (Comissões líquidas/Despesas Gerais).3. ROE ajustado, excluindo o efeito do ágio apurado na aquisição do Banco Real e da Real Seguros Vida e Previdência.
  • 25. 25Índice Cenário Macroeconômico e Sistema Financeiro 9M09 - Estratégia - Resultados - Negócios
  • 26. 26Negócio: Evolução Gerencial do Crédito Clientes¹R$ Bilhões -1% 30.09.09 30.09.08 Variação Interanual 136,0 137,1 134,2 132,9 128,2 Pessoa Física 42,4 37,5 13,0% Financiamento ao 24,2 25,6 -5,3% consumo Pequenas e Médias 31,0 31,7 -2,1% Empresas Grandes Empresas 35,3 33,4 5,7% set.08 dez.08 mar.09 jun.09 set.09 Total 132,9 128,2 3,7%1. A abertura gerencial do crédito considera a reclassificação efetuada no 3T09, quando excluiu-se algumas operações quenão apresentam características de crédito
  • 27. 27Crédito: Produtos Pessoa Física Consignado Veículos¹R$ MM R$ MM 44% 9.341 27.438 -9% 25.011 6.479 Set.08 Set.09 Set.08 Set.09 Cartões ImobiliárioR$ MM R$ MM 22% 42% 7.706 8.699 6.308 6.135 Set.08 Set.09 Set.08 Set.091.Inclui Aymoré e Rede
  • 28. 28Negócio: Evolução da Captação (fundos + depósitos)R$ Bilhões 1,3% 264,1 262,7 263,5 267,0 30.09.09 30.09.08 Var 09/08,% 260,1 Vista 13,7 13,3 3,1% 85,6 80,4 80,1 85,5 93,1 Poupança 22,9 19,2 19,5% Prazo 106,8 113,7 -6,0% 178,6 182,3 180,0 177,9 173,9 Outros¹ 30,4 32,4 -6,1% Depósitos 173,9 178,6 -2,6% set.08 dez.08 mar.09 jun.09 set.09 Total Fundos 93,1 85,6 8,8% Fundos Total Depósitos Total 267,0 264,1 1,1%1. Inclui operações compromissadas
  • 29. 29Conclusões Processo de integração segue conforme o planejado utilizando as melhores práticas de cada banco Captura de Sinergias de R$ 831 milhões de janeiro a setembro Melhora nos indicadores de Gestão e de Solidez Lucro Líquido cresce 30%, acelerando ritmo de crescimento quando comparado com o crescimento do semestre, de 13%.
  • 30. 30 ANEXOSResultados Pro FormaBalanço Pro Forma
  • 31. 31Resultado Pro forma por trimestreR$ MMDemonstração de Resultado 3T08 4T08 1T09 2T09 3T09 - Receitas com juros e similares 9.622 11.117 9.996 9.775 9.731 - Despesas com juros e similares (5.202) (5.733) (4.824) (4.286) (4.075)Margem líquida com juros 4.420 5.384 5.172 5.489 5.656Resultado de renda variável 16 5 7 8 7Resultado de equivalência patrimonial 56 88 205 52 33Comissões líquidas 1.612 1.314 1.443 1.573 1.556 - Receita de tarifas e comissões 1.828 1.581 1.664 1.799 1.797 - Despesas de tarifas e comissões (216) (267) (221) (226) (241)Ganhos (perdas) com ativos e passivos financeiros (líquidos) + diferenças cambiais 10 (222) 646 1.051 578Outras receitas (despesas) operacionais (107) 6 (53) (110) 106Total de receitas 6.007 6.575 7.420 8.063 7.936Despesas Gerais (2.824) (3.173) (2.731) (2.649) (2.674) - Despesas Administrativas (1.427) (1.659) (1.371) (1.297) (1.345) - Despesas de Pessoal (1.397) (1.514) (1.360) (1.352) (1.329)Depreciação e amortização (372) (318) (317) (328) (339)Provisões (líquidas)¹ (337) (432) (559) (1.250) (1.190)Perdas com ativos (líquidas) (1.463) (1.983) (2.381) (2.518) (3.844) - Provisão para Créditos de Liquidação Duvidosa² (1.457) (1.920) (2.360) (2.467) (3.008) - Outros ativos financeiros 0 1 0 (4) (2) - Perdas com outros ativos (líquidas) (6) (64) (21) (47) (834)Ganhos líquidos na alienação de bens 26 5 49 1.040 2.280Lucro Líquido antes da tributação 1.037 674 1.481 2.358 2.169Impostos sobre a renda (200) 232 (649) (745) (697)Lucro Líquido 837 906 832 1.613 1.4721. Inclui provisões para contingências legais e fiscais2. Inclui recuperações de créditos baixados como prejuízo
  • 32. 32Resultado Pro forma AcumuladoR$ MM Var 12M Demonstração de Resultado 9M09 9M08 ABS % - Receitas com juros e similares 29.502 26.985 2.517 9,3% - Despesas com juros e similares (13.185) (13.138) (47) 0,4% Margem líquida com juros 16.317 13.847 2.470 17,8% Resultado de renda variável 22 34 (12) -35,3% Resultado de equivalência patrimonial 290 217 73 33,6% Comissões líquidas 4.572 4.552 20 0,4% - Receita de tarifas e comissões 5.260 5.268 (8) -0,2% - Despesas de tarifas e comissões (688) (716) 28 -3,9% Ganhos (perdas) com ativos e passivos financeiros (líquidos) + diferenças cambiais 2.275 999 1.276 127,7% Outras receitas (despesas) operacionais (57) (81) 24 -29,6% Total de receitas 23.419 19.568 3.851 19,7% Despesas Gerais (8.054) (8.359) 305 -3,6% - Despesas Administrativas (4.013) (4.199) 186 -4,4% - Despesas de Pessoal (4.041) (4.160) 119 -2,9% Depreciação e amortização (984) (918) (66) 7,2% Provisões (líquidas)¹ (2.999) (1.270) (1.729) 136,1% Perdas com ativos (líquidas) (8.743) (4.672) (4.071) 87,1% - Provisão para Créditos de Liquidação Duvidosa² (7.835) (4.653) (3.182) 68,4% - Outros ativos financeiros (6) 2 (8) n.a - Perdas com outros ativos (líquidas) (902) (21) (881) n.a Ganhos líquidos na alienação de bens 3.369 49 3.320 n.a Lucro Líquido antes da tributação 6.008 4.398 1.610 36,6% Impostos sobre a renda (2.091) (1.391) (700) 50,3% Lucro Líquido 3.917 3.007 910 30,3% 1. Inclui provisões para contingências legais e fiscais 2. Inclui recuperações de créditos baixados como prejuízo
  • 33. 33Balanço Pro forma - AtivoR$ MMAtivo jun/08 set/08 dez/08 mar/09 jun/09 set/09Disponibilidades e reserva no Banco Central do Brasil 32.137 33.697 23.701 23.317 24.813 21.261Ativos financeiros para negociação 17.494 17.086 19.986 22.347 15.809 19.261Outros ativos financeiros ao valor justo no resultado 8.030 4.978 5.575 6.462 6.068 16.986Ativos financeiros disponíveis para venda 29.200 29.196 30.736 27.294 30.593 44.763Empréstimos e financiamentos 142.126 149.713 162.725 159.355 161.645 149.973 - Empréstimos e adiantamentos a instituições de crédito 30.425 30.157 29.691 30.977 31.993 27.932 - Empréstimos e adiantamentos a clientes 117.649 126.928 141.215 137.227 138.811 132.343 - Provisão para perdas (5.948) (7.372) (8.181) (8.848) (9.159) (10.302)Ativos tangíveis 2.098 3.455 3.829 3.742 3.600 3.682Ativos intangíveis 2.695 30.977 30.995 30.534 30.590 30.982 - Ágio 121 27.488 27.488 27.190 27.263 28.312 - Outros 2.574 3.489 3.507 3.344 3.327 2.670Ativo fiscal 10.581 11.916 12.920 12.798 13.386 15.058Outros ativos 2.805 2.960 3.723 3.850 2.374 4.271Total do ativo 247.166 283.978 294.190 289.699 288.878 306.237
  • 34. 34Balanço Pro forma - PassivoR$ MMPassivo jun/08 set/08 dez/08 mar/09 jun/09 set/09Passivos financeiros para negociação 6.616 7.433 11.210 8.268 4.887 5.316Passivos financeiros ao custo amortizado 200.090 208.058 213.973 208.267 207.645 205.801 - Depósitos do Banco Central do Brasil 0 0 185 1.049 870 562 - Depósitos de instituições de crédito 35.761 38.598 26.326 23.435 21.794 18.754 - Depósitos de clientes 135.796 139.714 155.495 155.231 154.922 154.548 - Títulos de dívida e valores mobiliários 8.595 10.718 12.085 11.535 11.299 10.945 - Dívidas subordinadas 8.229 8.709 9.197 10.938 10.996 11.149 - Outros passivos financeiros 11.709 10.319 10.685 6.079 7.764 9.843Passivos por contratos de seguros 0 0 0 0 0 13.812 (1)Provisões 7.541 9.212 8.915 9.749 10.203 11.555Passivos fiscais 4.689 5.484 6.156 6.402 7.352 9.287Outros passivos² 3.273 3.472 4.099 6.341 6.986 4.799Total do passivo 222.209 233.659 244.353 239.027 237.073 250.570Patrimônio líquido 24.189 49.866 49.318 50.113 51.135 55.079Participação dos acionistas minoritários 292 5 5 5 5 6Ajustes ao valor de mercado 476 448 514 554 665 582Total do patrimônio líquido 24.957 50.319 49.837 50.672 51.805 55.667Total do passivo e patrimônio líquido 247.166 283.978 294.190 289.699 288.878 306.2371. Inclui provisões para pensões e contingências2. Inclui outros passivos financeiros ao valor justo no resultado e Derivativos utilizados como hedge.
  • 35. 35Carteira de Crédito Clientes Gerencial por segmento¹R$ MM Crédito Clientes Gerencial 3T08 4T08 1T09 2T09 3T09 Pessoa Física 37.515 39.153 40.602 41.321 42.405 Pequenas e Médias Empresas 31.689 34.289 32.933 31.748 31.029 Financiamento ao consumidor 25.591 24.757 24.284 24.332 24.225 Grandes Empresas 33.392 37.839 39.298 36.772 35.290 Total do Crédito 128.186 136.039 137.117 134.173 132.949 Avais e Fianças 26.234 25.405 24.118 22.671 21.247 Total do Crédito com Avais e Fianças 154.420 161.444 161.235 156.844 154.1961. A abertura gerencial do crédito considera a reclassificação efetuada no 3T09, quando excluiu-se algumas operações quenão apresentam características de crédito
  • 36. 36Conciliação IFRS x BRGAAPR$ MM 9M09 Lucro em BR GAAP 1.420 - Amortização do ágio da aquisição do Banco Real 2.096 - Ajuste de preço de compra - amortização 280 - Outros 121 Lucro em IFRS 3.917
  • 37. Relações com InvestidoresAvenida Juscelino Kubitscheck, 2.235, 10ºandar São Paulo | SP | Brasil | 04543-011Tel. (55 11) 3553-3300e-mail: ri@santander.com.br