• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Apresentação APIMEC MG
 

Apresentação APIMEC MG

on

  • 570 views

 

Statistics

Views

Total Views
570
Views on SlideShare
537
Embed Views
33

Actions

Likes
0
Downloads
2
Comments
0

3 Embeds 33

http://providencia.riweb.com.br 27
http://providencia.web01.riweb.com.br 4
http://www.slideshare.net 2

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Apresentação APIMEC MG Apresentação APIMEC MG Presentation Transcript

    • Apresentação Apimec MG 20 de Maio de 2009
    • Agenda • A Companhia • Setorial • Destaques • Resultados 1T09 • Perspectivas 2
    • Estrutura Física Pouso Alegre - MG Abriga uma linha de produção – KAMI 10 25 mil m2 de área construída em terreno de 75 mil m2 KAMI 10 Pouso Alegre – MG KAMI 1 a 9 São José dos Pinhais - PR São José dos Pinhais - PR Abriga nove linhas de produção – KAMI 1 a KAMI 9 72 mil m2 de área construída em terreno de 189 mil m2
    • O Nãotecido Papel Nãotecido Plástico Plá Tecido KAMI 7 Criado quando as tecnologias do papel, tecido e químicas foram combinadas para produzir novos tecidos e produtos com os atributos dos tecidos a custos significativamente mais baixos Polipropileno é a principal matéria-prima
    • Visão Geral Principais Nãotecidos Principais Usos Clientes Fabricante #1 de nãotecidos na América Fraldas Latina Absorventes femininos Market share de 51% no Móveis e colchões Brasil Produtos médicos Market share de 35,4% descartáveis na América Latina, exceto Brasil A Providência opera desde 1º de outubro de 2008 apenas a divisão de negócios de nãotecidos, com aproximadamente 630 funcionários; nossa divisão de tubos e conexões de PVC foi vendida em outubro/2008. A alienação visa aumentar o foco no nãotecido, que apresenta melhores margens e menor custo operacional.
    • Nosso Foco em Nãotecidos: Indústria de Bens de Consumo A Providência está focada em produtos de alto valor agregado e elevado potencial de crescimento (higiene e descartáveis médicos) Mix de Produto (% da Receita Bruta de Nãotecidos) Nãotecidos) Segmentação de Mercado Segmentaç Produto de Margem Tamanho do Cresci- Médicos Valor Operacional Mercado mento Agregado Esperado 3% Duráveis Descartáveis Dois Alta Pequeno 23% Médicos* dígitos Higiene / Dois Bens de Média Grande Higiênicos dígitos Consumo* 74% Duráveis Baixa Médio Um dígito * Também exportados para Estados Unidos e América Latina
    • Agenda • A Companhia • Setorial • Destaques • Resultados 1T09 • Perspectivas 7
    • Market Share & Mercado de Fraldas Market Share Brasil Market Share América do Sul, exceto Brasil Amé Sul, (2008, em toneladas) toneladas) (2008, em toneladas) toneladas) Providencia; 23.700 PGI; 35,4% 28.200 42,2% Fitesa; Softbond; 7.500 7.500 11,2% 11,2% Evolução da Penetração de Fraldas Infantis no Brasil Evoluç Penetraç 38% 35% 20% 15% 1995 2000 2005 2008* *Estimado
    • Agenda • A Companhia • Setorial • Destaques • Resultados 1T09 • Perspectivas 9
    • Destaques 4T08 Operacionais/Administrativos Alienação da Divisão de Tubos e conexões - Provinil: Foco no nãotecido: core business da Empresa, com margens significativamente superiores às da Divisão de Tubos e Conexões; Venda, para subsidiária da Aliaxis, em outubro/08; R$82 milhões, ou 7,5x o Ebitda gerado por essa Divisão nos últimos 12 meses. Debêntures emitidas em Dez/07: Revisão anual do rating; Rating mantido estável em brA, apesar do cenário de crise mundial; Síntese Analítica publicada pela Standard & Poor’s em 28/10/2008. 10
    • Destaques 1T09 Operacionais/Administrativos Projetos de produção de especialidades em descartáveis higiênicos em fase final de conclusão, com incremento de 70% na capacidade de produção dessa linha: Quando estes projetos operarem a plena capacidade poderão responder por até 18% da capacidade de produção total. Equilíbrio dos créditos fiscais na aquisição de matéria-prima para produtos destinados à exportação: Aproveitamento de benefício governamental estancou o aumento de nossos créditos fiscais. 2º Programa de Recompra de Ações iniciado em 26/11/2008 e encerrado em 17/04/09: Recompra de 2,442 milhões de ações que representavam, em novembro/08, 10% de nossas ações em circulação, ao custo total de R$ 6,4 milhões. Em 15/05/09 temos 3,0% de nossas ações em tesouraria e 26,7% de nosso capital 11 em circulação no mercado.
    • Agenda • A Companhia • Setorial • Destaques • Resultados 1T09 • Perspectivas 12
    • Volume de Vendas Total As vendas de Nãotecidos 21,4 Total mostraram ligeira redução, de 2,0% 0,7 19,0 Total no 1T09 em relação ao registrado 5,7 1,6 15,9 no 1T08, devido basicamente aos - 1,2 efeitos de retração econômica mundial, mais sentida no segmento de duráveis; 17,3 15,1 14,8 Comparativamente ao 4T08, a redução foi maior, de 14,8%, aí também devido à sazonalidade existente no primeiro trimestre. 1T08 4T08 1T09 Outros Tubos e Conexões Não Tecidos Em milhares de toneladas 13
    • Receita Líquida Divisão Nãotecidos A receita líquida totalizou R$ 98,2 124,4 milhões no 1T09, crescimento de 12,5% em relação ao 1T08 - apesar 98,2 87,3 da ligeira retração de volumes - devido basicamente à melhoria do mix de vendas em relação a igual período de 2008, por contarmos com a plena operação da KAMI9, voltada à produção de descartáveis 1T08 4T08 1T09 higiênicos especiais e médicos, de maior valor agregado . Em milhões de Reais 14
    • Custo do Produto Vendido Divisão Nãotecidos Os custos com produtos vendidos (CPV) 84,5 totalizaram R$ 59,1 milhões no 1T09, uma redução de 10,6% se comparado com os 66,1 R$ 66,1 milhões registrados no 1T08; 59,1 Na comparação com o 4T08 houve redução de 30,0% no CPV devido ao 4,18 4,46 3,71 menor volume exportado; Redução de 11,2% no CPV unitário em comparação com o 1T08; 1T08 4T08 1T09 Na comparação com o 4T08 a redução CPV Unitário unitária foi de 16,8%. 15
    • EBITDA (R$ milhões) e Margem EBITDA (%) 33,3 31,5 O Ebitda da Divisão de Nãotecidos fechou o 1T09 em R$ 31,5 milhões, com margem de 21,4 32,1%, resultando em um acréscimo de 47,7% em relação 32,1% ao 1T08. 24,5% 26,8% Em relação ao 4T08 houve redução de 5,4% em termos absolutos, apesar disso apresentamos aumento de 5,3 1T08 4T08 1T09 p.p. na margem. Margem Ebitda 16
    • Lucro Líquido (R$ milhões) e Margem Líquida (%) 19,0 O lucro líquido no 1T09 atingiu R$ 10,9 milhões 10,9 (margem de 10,9%), contra 9,0 15,0% lucro de R$ 9,0 milhões no 7,9% 10,9% 1T08 e de R$ 19,0 milhões no 4T08. 1T08 4T08 1T09 Margem Líquida 17
    • Endividamento/ Caixa Dívida Líquida Consolidada (R$ MM) 31/12/08 31/03/09 Dívida total Financiamento Curto Prazo 38,4 41,4 Financimento Longo Prazo 454,3 458,4 Total 492,7 499,8 235,4 246,5 Caixa 257,3 253,3 Dívida líquida 471,6 479,1 Patrimônio Líquido
    • Endividamento/ Caixa A Dívida líquida mostra-se estável, com redução de cerca de 2,0% em relação ao período anterior; Dívida preponderantemente de longo prazo; Crescimento do caixa de R$ 11,1 milhões oriundo de nossas atividades operacionais; No 1T09 contabilizamos R$ 14,4 milhões de despesas financeiras, sem desembolso significativo de caixa no curto prazo; Em 31 de março de 2009 possuíamos duas modalidades de contratos de swap em função dos nossos financiamentos, uma CDI x US$ no total de US$ 11,3 milhões com vencimento em dezembro de 2012 e outra Libor x Libor Pré Fixada no total de US$ 50 milhões com vencimento em junho de 2013.
    • Agenda • A Companhia • Setorial • Destaques • Resultados 1T09 • Perspectivas 20
    • Perspectivas Ampliação da capacidade de produção de especialidades em descartáveis higiênicos, em fase final de conclusão, com potencial para produzir 1.200 toneladas/mês quando os investimentos estiverem em operação; Ampliação da produção de produtos descartáveis médicos de alta performance, que tem maior valor agregado, visando atingir no longo prazo 10% de nosso volume; Criação, aprovada em Reunião de Conselho de Administração de 30 de janeiro de 2009, do Comitê de Gestão de Risco. O Comitê vem desde então desenvolvendo nossa Política de Gestão de Riscos, que visa normatizar os instrumentos financeiros utilizados com o objetivo de reduzir a incerteza sobre nosso fluxo de caixa; Reinstalação do Conselho Fiscal na AGO de 30/04/2009. 21
    • CFO:Eduardo Feldmann Costa Gerente de RI: Gabriela Las Casas Tel: (41) 3381-7639 Fax: (41) 3283-5909 São José dos Pinhais – PR www.providencia.com.br/ri As palavras “acredita”, “antecipa”, “espera”, “estima”, “irá”, “planeja”, “pode”, “poderá”, “pretende”, “prevê”, “projeta”, entre outras palavras com acredita” antecipa” espera” estima” irá”, planeja” pode” poderá”, pretende” prevê” projeta” significado semelhante, têm por objetivo identificar estimativas e projeções. Estimativas e projeções futuras envolvem incertezas, riscos e projeç projeç premissas, pois incluem informações relativas aos nossos resultados operacionais futuros possíveis ou presumidos, estratégia de negócios, informaç possí estraté negó planos de financiamento, posição competitiva no mercado, ambiente setorial, oportunidades de crescimento potenciais, efeitos de regulamentação posiç crescimento regulamentaç futura e efeitos da competição. Devido aos riscos e incertezas descritos acima, os eventos estimados e futuros discutidos nesta apresentação competiç estimados apresentaç podem não ocorrer e não são garantia de acontecimento futuro. A Providência não se obriga a atualizar essa apresentação mediante novas apresentaç informações e/ou acontecimentos futuros. informaç