• Like

Loading…

Flash Player 9 (or above) is needed to view presentations.
We have detected that you do not have it on your computer. To install it, go here.

Uploaded on

 

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
257
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1

Actions

Shares
Downloads
0
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Resultados 3T10 10 de outubro de 2010
  • 2. AGENDA DESTAQUES RESULTADOS PERSPECTIVAS Providência USA 2
  • 3. DESTAQUES Estabilidade nos preços de mercado de nossa principal matéria prima, o polipropileno, o que contribuiu para melhoria de nossas margens ao longo deste trimestre. Contratação de financiamento à Exportação junto ao BNDES – Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, por meio do Programa BNDES-Exim Pré- Embarque, no montante de R$ 150 milhões, com taxa de juros pré-fixada de 7,0% ao ano e prazo de pagamento de 18 meses. Os recursos provenientes deste financiamento serão utilizados pela Companhia nas operações de exportação e foram disponibilizados no mês de outubro; Distribuição de dividendos antecipados referente a 100% sobre o lucro líquido ajustado do período findo em 30 de junho de 2010, no montante de R$ 11,1 milhões, correspondente a R$ 0,13884220 por ação ordinária, pagos através do Banco Bradesco S.A com ex-dividendo em 19/11/2010 e pagamento em 26/11/2010, sem retenção de imposto de renda na fonte e sem incidência de correção monetária ou juros; 3
  • 4. AGENDA DESTAQUES RESULTADOS PERSPECTIVAS 4
  • 5. VOLUME DE VENDAS (em milhares de toneladas) toneladas) 20,0 19,7 Crescimento de 2,4% no volume de 19,1 1,3 1,4 1,6 nãotecidos quando comparado com o 3T09 e redução de 3,2% em relação ao 2T10; 17,7 18,7 18,1 Continuamos operando a plena capacidade, aproximadamente 20 mil 3T09 2T10 3T10 toneladas por trimestre. Nãotecidos Outros 5
  • 6. RECEITA LÍQUIDA NÃOTECIDOS (em milhões de Reais) Na comparação com o 3T09, registramos um aumento de R$ 13,4 milhões, equivalente a 13,3%. Os principais fatores para o aumento na receita líquida foram o volume de vendas, realinhamento de preços e 114,8 114,1 100,7 efeito câmbio; Em relação ao 2T10, mostramos 3T09 2T10 3T10 estabilidade, mesmo em relação a oscilação do câmbio durante este período. 6
  • 7. CPV (Custo dos Produtos Vendidos) NÃOTECIDOS 76,4 A redução em termos absolutos de 5,6% 72,1 67,1 na comparação com o 2T10 se deve, principalmente, a um recuo no preço do polipropileno neste último trimestre; R$ 3,82 R$ 3,66 R$ 3,51 Ao longo do 3T10 tivemos estabilidade no preço do polipropileno; 3T09 2T10 3T10 CPV (R$ mil) CPV unitário (R$/Kilo) Nota: O CPV referente ao 3T09, foi ajustado para fins de comparabilidade. Durante o 3T09, foi realizado o ajuste da depreciação acumulada até o mês de setembro de 2009 (CPC 13), o qual foi contabilizado integralmente por revisão da vida útil dos bens do ativo imobilizado. Desta forma, o valor do CPV seria R$ 56,0 milhões. 7
  • 8. EBITDA (R$ milhões) milhões) e MARGEM EBITDA (%) 50,0% 30,1 O Ebitda fechou o 3T10 , com um 26,1 acréscimo de 21,1% ou R$ 5,2 24,9 40,0% milhões em relação ao 2T10 e 15,6% 30,0% em relação ao mesmo período do ano 25,1% 25,8% anterior; 21,4% 20,0% A Margem Ebtida, atingiu 25,8% 10,0% neste trimestre, representando um 3T09 2T10 3T10 incremento de 4,4 p.p na Ebitda Margem Ebitda (%) comparação com o 2T10 e 0,8 p.p. com o 3T09. 8
  • 9. LUCRO LÍQUIDO (R$ milhões) (R$ milhões) E MARGEM LÍQUIDA (%) 14,2 Neste trimestre, o lucro líquido 14,0 10,7 atingiu um crescimento de 98,3% em 9,0 comparação com o 2T10 e 33,1% em 7,2 relação ao 3T09. Estes resultados 4,0 12,2% estão ligados a recomposição de 10,3% 6,2% margens e menor despesa financeira. (1,0) 3T09 2T10 3T10 Lucro Líquido Margem Líquida (%) Nota: O Lucro Líquido referente ao 3T09, foi ajustado para fins de comparabilidade. Durante o 3T09, foi realizado o ajuste da depreciação acumulada até o mês de setembro de 2009 (CPC13), o qual foi contabilizado integralmente por revisão da vida útil dos bens do ativo imobilizado. Desta forma, o valor do Lucro Líquido seria R$ 18,0 milhões. 9
  • 10. CAIXA E APLICAÇÕES FINANCEIRAS (em milhões de Reais) O Caixa da Companhia reduziu 14,4% ou R$ 39,1 milhões, na comparação com o 3T09, principalmente em função de pagamento de dividendos, juros e principal 272,0 da dívida; 225,8 233,0 Quando comparado com o 2T10, o caixa aumentou 3,2%, equivalente a R$ 7,2 3T09 2T10 3T10 milhões, com destaque a geração de caixa operacional. 10
  • 11. DÍVIDA LÍQUIDA (em milhões de Reais) A Dívida Líquida da Companhia teve um incremento de R$ 38,0 milhões na comparação com o 2T10, tendo como 230,5 destaque a captação de recursos para 192,5 161,2 financiamento da nova linha de produção nos EUA; 3T09 2T10 3T10 62% do endividamento é baseado em moeda local e 38% em moeda estrangeira. 11
  • 12. ENDIVIDAMENTO/ CAIXA Dívida Líquida Consolidada Var 3T10 / R$ (MM) 30/09/2009 30/09/2010 3T09 Dívida Total Financiamento Curto Prazo 60,8 145,3 139,1% Financiamento Longo Prazo 372,5 318,1 -14,6% Total 433,2 463,4 7,0% Caixa 272,0 233,0 -14,4% Dívida Líquida 161,2 230,5 43,0% Dívida Líquida / Ebitda Ajustado 1,4 2,5 78,6% Patrimônio Líquido 508,0 521,0 2,6% 12
  • 13. AGENDA DESTAQUES RESULTADOS PERSPECTIVAS 13
  • 14. PERSPECTIVAS Forte expectativa no 4º trimestre de 2010 de manutenção da plena capacidade de produção, corroborada pelos pedidos de vendas já existentes; Expectativa de estabilidade nos preços de nossa principal matéria prima, o polipropileno, o que deve contribuir para manutenção de margens no próximo trimestre; O principal projeto de investimento da Companhia neste ano, a planta nos Estados Unidos, está sendo desenvolvido dentro do cronograma previsto, tanto do ponto de vista operacional quanto financeiro. A montagem esta em pleno andamento e a comercialização deverá ocorrer ainda no 1T11. 14
  • 15. CEO: Hermínio V. S. de Freitas CFO: Eduardo Feldmann Costa RI : Gizele Rigoni Tel: +55 (41) 3381-8673 Fax: +55 (41) 3283-5909 São José dos Pinhais – PR www.providencia.com.br/ri www.twitter.com/providencia_ri As palavras “acredita”, “antecipa”, “espera”, “estima”, “irá”, “planeja”, “pode”, “poderá”, “pretende”, “prevê”, “projeta”, entre outras palavras com significado semelhante, têm por objetivo identificar estimativas e projeções. Estimativas e projeções futuras envolvem incertezas, riscos e premissas, pois incluem informações relativas aos nossos projeções. resultados operacionais futuros possíveis ou presumidos, estratégia de negócios, planos de financiamento, posição competitiva no mercado, ambiente setorial, oportunidades de crescimento potenciais, efeitos de regulamentação futura e efeitos da competição. Devido aos riscos e incertezas descritos acima, os eventos estimados e competição. futuros discutidos nesta apresentação podem não ocorrer e não são garantia de acontecimento futuro. A Providência não se obriga a atualizar essa apresentação mediante futuro. novas informações e/ou acontecimentos futuros. futuros. 15