Your SlideShare is downloading. ×
0
História da homeopatia
História da homeopatia
História da homeopatia
História da homeopatia
História da homeopatia
História da homeopatia
História da homeopatia
História da homeopatia
História da homeopatia
História da homeopatia
História da homeopatia
História da homeopatia
História da homeopatia
História da homeopatia
História da homeopatia
História da homeopatia
História da homeopatia
História da homeopatia
História da homeopatia
História da homeopatia
História da homeopatia
História da homeopatia
História da homeopatia
História da homeopatia
História da homeopatia
História da homeopatia
História da homeopatia
História da homeopatia
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

História da homeopatia

2,481

Published on

Published in: Health & Medicine
2 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
2,481
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
66
Comments
2
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. HISTÓRIA DAHOMEOPATIAProf. Dr. RINALDO FERREIRA
  • 2. 1755 - Nasceem Meissenna Saxonia.
  • 3. - seus pais erampintores deporcelana.- aos 12 anosensinava gregoe latim aoscolegas. * Xícara de porcelana produzida em Meissen em 1830
  • 4. - aos 16 anos obteveuma bolsa de estudosna Escola Saint-Afre.- 1775 - Orador com odiscurso: Amaravilhosaconformação da mãohumana. *Escola de St.Afra – Prince’s School - onde Hahnemann estudou em Meissen.
  • 5. - 1775 - Ingressou naUniversidade de Leipzig.- dava aula de línguas.- traduzia livros para oAlemão.*Universidade de Leipzig,onde Hahnemanningressou na Faculdadede Medicina, em 1775. * Mapa das cidades por onde Hahnemann passou e morou.
  • 6. -concluindo seus estudosteóricos foi para Viena.- trabalha no Hospital dosirmãos da misericórdia.
  • 7. - Bibliotecário do governadorda Transilvania.
  • 8. - 1779 - * Óleo sobre Defende sua tela de Julius Schoppe, em comemoraçã- o ao Jubileu tese de * Universidade de Erlangen, escolhida por Hahnemann de Doutorado de Doutorado para defender sua tese de doutorado em 1779 Medalha de Krüger, Hahnemann na Universidade em Dresden, em comemoração de Erlangen em 10.8.1829, ao Jubileu do com a Erlangen. Doutorado de Hahnemann representaçã o de Hygea na (deusa da - realizou Universidade de Erlangen, saúde) à direita. em 10.8.1829 estudos de botânica e química.
  • 9. Johanna Henriette Leopoldine Hahnemann S 1764 – = 1830 Primeira esposa de Hahnemann, com quem- 1782 - Casou com Enriqueta se casou em 17.11.1782Kuealer em Desseau. e teve 11 filhos; dedicada aos afazeres- publica trabalhos de química, do lar e à educação dos filhos, muito contribuiumedicina, toxicologia e para o sucesso de seu marido.higiene.- atende a população carente.- seu prestígio junto a clientelagera ciúmes entre seuscolegas.- conflitos familiares de ordemeconômica.
  • 10. - 1789 - volta amorar emLeipzig.- torna-se agora * Leipzig na época de Hahnemann, onde ele viveu de 1775 a 1777, de 1789 a 1792, eum clínico de de 1811 to 1821grande renomee prosperidade.
  • 11. - insatisfação com a medicina exercida na época.- morre um amigo que estava sob suaresponsabilidade clínica.- vira a mesa e esvazia sua lotada sala de esperadizendo:
  • 12. ” De agora em diante não vos enganarei maiscom esta medicina mentirosa, nem pegareivosso dinheiro.Em torno de mim só encontro trevas edesertos, nenhum conforto para meu coraçãooprimido, oito anos de prática exercida comescrúpulo e cuidado fizeram-me conhecer aausência do valor dos métodos curativosordinários. Não sei, em virtude de minhatristeza e experiência, o que se deve esperardos conceitos dos grandes mestres”.
  • 13. - novamente Hahnemann voltou a viver de traduções e aulas.- 1790 - traduz a Matéria Médica de Cullen, que citava oseguinte:- China é indicada no tratamento da malária por ser amarga.
  • 14. - Hahnemann ingere a China.”Meus pés, as extremidades de meus dedos,etc. tornaram-se um tanto frias. Sentia-mefraco e sonolento; em seguida meu coraçãocomeçou a Ter palpitações e meu pulsoacelerou; senti uma intolerável ansiedade,tremores, e um enfraquecimento de todos osmeus membros. Depois latejos na cabeça,vermelhidão das faces, sede e, em suma,todos os sintomas que são comumentecaracterísticos da febre intermitenteapareceram um após o outro, contudo sem otremor peculiar ao acesso pernicioso.”
  • 15. - experimentou a China em seus familiares e amigos.- experimentou cerca de 60 substâncias.- 1796 - Publica Ensaio sobre um novo princípio para verificaro poder curativo das drogas.
  • 16. - 1805 -Retorna aprática médica * Representação de Hahnemann como professor, ensinando Homeopatia ae pública Hering, Hartlaub, Humbold, e outros.Matéria médicacom 27medicamentos.
  • 17. * Constantine HeringS 1880 - = 1880 – Alemanha – Germany Convenceu-se daverdade da Lei dos Semelhantes após ter sido contratado em1821 para fazer um estudo que desacreditasse a Homeopatia,e tornou-se discípulo de Hahnemann. É considerado o pai daHomeopatia na América, para onde se mudou em 1833,fundando a “Hahnemann Society” e a “North AmericanAcademy for Homoepathic Healing Art”, de Allentown.Descreveu o padrão do processo de cura, que ficouconhecido como “Leis de Cura de Hering”. Autor doimportante livro de Matéria Médica “Guiding Symptoms”.
  • 18. - 1810 - Publica O organon da arte decurar. * Repertórios usados por Hahnemann* Torgau na época de Hahnemann, onde eleviveu de 1805 a 1811
  • 19. - 1811 - Publica Matéria médica ampliadaa 64 medicamentos
  • 20. - 1835 - Aos 80 anos já viúvo, casa com Melanie dHervilly. * Casa de Köthen, hoje o Museu de Hahnemann, onde ele morou de 1821 a 1835, quando foi para Paris após seu casamento com Mèlanie.Marie Melanie D’Hervilly-Gohier S 1800 - = 1880Segunda esposa de Hahnemann, com quem se casou em Köthen, em 1835, mudando-se em seguida para Paris. Em Paris foi auxiliar direta do mestre até sua morte.Dedicavase também à pintura e à poesia. Em 1847 foi julgada pelo exercício ilegal damedicina, mas só interrompeu sua prática em 1868.
  • 21. - reside em Paris * Medalha em bronze de Emileonde teve Rogart, de 1835 em Paris, emreconhecimento e comemoração ao aniversário de 80glória. anos de Hahnemann
  • 22. * Pintura a óleo pós- * Busto em bronze de Pierreoriginal de Jean David D’Angers (1788-Hahnemann, 1856), em agradecimentoprovavelmente uma por sua cura, em Paris,cópia de autor entre 1836 e 1838. O originaldesconhecido, do está no Hospital Sãoquadro pintado por Jacques, em Paris. ExisteMèlanie Hahnemann uma réplica no túmulo deem 1835, em Paris. Hahnemann em Paris - França, outra réplica, em gesso, no Hospital de Tratamento Natural de Munique - Alemanha, uma terceira no Parque Farroupilha em Porto Alegre – Brasil, e uma última réplica encontra-se no Largo do Arouche em São Paulo – Brasil.
  • 23. - 1843 - Morre em 2 de julho.* Túmulo de Hahnemann Inicialmenteenterrado no Cemitério de Montmartre, ondeficou esquecido por longo tempo, foitransferido, em 24.5.1898, para seu túmulodefinitivo no Cemitério de Père Lachaise,em Paris
  • 24. * Hospital Hahnemannna Philadelphia, USA,com 18 andares, 658leitos e acomodaçõespara 750 estudantes
  • 25. * Robert Ellis DudgeonS 1820 – = 1904 –InglaterraFez uma sofisticadatradução do “Organon”para o inglês,comparando a 5ª ediçãocom as anteriores;também traduziu a“Materia Medica Pura”.Autor de “Lectures on theTheory and Practice ofHomoeopathy”.
  • 26. * Benoit Jules MureS 1809 – = 1858 – França - FranceFoi aluno de Hahnemann em Paris.Foi o introdutor da Homeopatia noBrasil onde chegou em 1840 e erachamado de Bento Mure. Tambémpropagou a Homeopatia em outrospaíses como: Itália, França e Egito,onde morreu. Estudou Hurabrasiliensis, Elaps corallinus,Crotalus cascavella e outrosmedicamentos. Autor de “Doctrine deL’ École de Rio de Janeiro etPathogènésie Brèsilienne”.
  • 27. AS IMAGENS FORAMTIRADAS DESTE CD

×