Your SlideShare is downloading. ×
Aula 2
Aula 2
Aula 2
Aula 2
Aula 2
Aula 2
Aula 2
Aula 2
Aula 2
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
572
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
27
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Sistema de arquivos Por: Henrique Quirino Silva
  • 2. O que é um sistema de arquivos?Os discos rígidos, por muito pequenos quesejam, contêm milhões de bits, é necessário porisso organizar os dados a fim de poder localizaras informações, esse é o objetivo do sistema dearquivos.
  • 3. Um disco rígido é constituído por váriasbandejas circulares que giram em redor de umeixo. As pistas (zonas concêntricas escritas deum lado e doutro de uma bandeja) estãodivididas em quartos chamados "setores" (comuma dimensão de 512 bytes). A formatação lógica de um disco permitecriar um sistema de arquivos no disco, o que vaipermitir a um sistema operacional(DOS, Windows, Linux, …) utilizar o espaço nodisco para armazenar e utilizar arquivos.
  • 4. O sistema de arquivos baseia-se na gestão dosclusters (em português “unidade de subsídio”), ou seja, amenor unidade de disco que o sistema operacional écapaz de gerir. ) Um cluster é constituído por um ou váriossetores, assim quanto maior é um cluster, menosentidades o sistema operacional terá de gerir. Por outrolado, já que um sistema operacional sabe gerir apenasunidades de subsídio inteiras, o que quer dizer que umarquivo ocupa um número inteiro de cluster, odesperdício é ainda maior se houver mais setores porcluster. Quanto maior o tamanho do cluster, maior odesperdício. Compreende-se então, a importância daescolha do sistema de arquivos.
  • 5. Sistema de arquivos eSistema Operacional
  • 6. Sistema de arquivos e sistema operacional Na realidade, a escolha do sistema de arquivosfaz-se em primeiro lugar, de acordo com o sistemaoperacional que utiliza. Geralmente, quanto maisrecente é o sistema operacional, maior será o númerode sistemas de arquivos suportados. Assim, sob DOS enas primeiras versões do Windows 95, o FAT16 é umimperativo. A partir do Windows 95 OSR2, pode escolherentre os sistemas de arquivos FAT16 e FAT32. Se poracaso a dimensão da partição for superior a 2GB, osistema de arquivo FAT é excluído, deve por conseguinteutilizar o sistema FAT32 (ou alterar a dimensão dapartição).
  • 7. Sistema de arquivos e sistema operacional Abaixo deste limite, o FAT16 é recomendadopara partições de uma capacidade inferior a500MB, noutro caso, a utilização de FAT32 épreferível. No caso do Windows NT (até à versão 4)pode escolher entre o sistema FAT16 e NTFS, emcontrapartida este não suporta o FAT32.Geralmente, o sistema NTFS é aconselhado porqueoferece uma segurança maior, bem comodesempenhos acrescidos em relação ao FAT. A partir daí o sistema NTFS passou a seramplamente utilizado e é o mais comum nasversões dos sistemas operacionais da Microsoftatuais
  • 8. Para saber qual o tamanho do cluster que estásendo utilizado em seu disco rígido, basta utilizar ocomando CHKDSK, observando a linha "xxxxxx bytes emcada unidade de alocação", onde "xxxxx" é o tamanhodo cluster em bytes. Figura 1: Clusters de 32 KB: a causa do desperdício de espaço em discos rígidos.

×