Grécia Antiga

  • 9,280 views
Uploaded on

 

More in: Education
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
  • Muito bom seu trabalho. Objetivo. Parabéns.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
No Downloads

Views

Total Views
9,280
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3

Actions

Shares
Downloads
298
Comments
1
Likes
2

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Os Gregos no Século V a.C. EB 2.3 Poeta Bernardo Passos História 2009 -2010 Ricardo Pereira
  • 2. A Grécia (Hélade) no Século V a. C. A Grécia localiza-se no Sul da Europa, no Mediterrâneo Oriental
  • 3. A Grécia (Hélade) no Século V a. C. Grécia Continenta l – Faz parte das Península Balcânica Grécia Insular – parte constituída por mais de 1400 ilhas nos Mar Egeu e Jónio (actualmente são habitadas 227 ilhas) Grécia Asiática – Parte que se localiza na Ásia Menor
  • 4. A Grécia (Hélade) no Século V a. C. A Grécia: Localiza-se na Peninsula Balcânica A sua costa é muito recortada É banhada pelo Mar Egeu , a oriente Pelo mar Jónio ou Jónico, a ocidente Mais de 80% do seu território é formado por montanhas As planícies são poucas e pequenas O solo é pobre, por isso a agricultura é pouco produtiva O clima é Mediterrânico, com verões quentes e secos, os invernos são amenos e pouco chuvosos
  • 5.
    • Origem do povo grego
      • Mistura de vários povos
        • Aqueus
        • Dórios
        • Jónios
      • Origem no sul da Rússia
      • Instalam-se na Grécia no 2º milénio a. C.
    A Grécia (Hélade) no Século V a. C. Máscara dos Aqueus (Micénica) Pintura em Cnosos (ilha de Creta - Minóicos)
  • 6. A Grécia (Hélade) no Século V a. C. A partir do século VIII a.C a civilização grega começou a desenvolver-se, mas: O relevo montanhoso, as numerosas ilhas e as dificuldades de comunicação levaram ao isolamento da população. As condições geográficas da Grécia levou a que os gregos se organizassem política e administrativamente em CIDADES ESTADO ou PÓLIS Cidade-estado: é uma cidade com um território rural envolvente e que é política e economicamente independente das outras cidades Da Pólis fazem parte: * Acrópole - parte elevada e fortificada da cidade, que continha edifícios e religiosos. * Ágora – parte baixa destinada à habitação, à vida económica, política e cultural. * Zona rural – parte reservada para abastecer a Pólis com produtos agrícolas. * Porto – todas as cidades-estado gregas estavam próximas do mar por isso o porto era da máxima importância para o comércio que os gregos faziam pelo Mediterrâneo
  • 7. A Grécia (Hélade) no Século V a. C.
  • 8. Na Grécia Antiga havia centenas de Pólis Cada uma das cidades-estado tinha um governo próprio, um exercito e produzia tudo o que necessitava sendo, por isso, independente economicamente das outras cidades-estado. O espaço territorial de cada cidade-estado era reduzido. Quando a população aumentou, os alimentos eram escassos e os conflitos surgiram, por isso os Gregos tiveram de emigrar e ocuparam outras regiões nas costas do Mediterrâneo No entanto, a língua , a religião , os jogos e os costumes conferiam uma identidade comum a todos os gregos
  • 9. Atenas, exemplo de uma Pólis Grega Localização da cidade-estado de Atenas
  • 10. Actividades Económicas Agricultura - Apesar de não ser uma agricultura muito produtiva era muito importante para a cidade de Atenas, uma das mais ricas da Grécia. Principais produtos: - cereais - vinha - arvores de fruto (oliveira, figueira, amendoeira) - também criavam animais (cabras e ovelhas) - exploravam os subsolos (prata e mármore) Dioniso – Deus do vinho (pintura de Caravaggio - séc. XVI)
  • 11. Actividades Económicas Artesanato Nas actividades artesanais destacavam-se: - A cerâmica; - A construção naval; - A metalurgia; - A Joalharia
  • 12. Actividades Económicas Comércio O mar constituía uma importante fonte de rendimento para a Pólis ateniense - Praticavam a pesca , o peixe era um dos principais alimentos dos atenienses. - Mas era o comércio que lhes dava mais lucro e lhes possibilitava abastecer Atenas com produtos que não possuía. - Exportavam vinho, azeite e produtos artesanais - I mportavam cereais, madeira e metais. - Os atenienses, tal como os outros gregos fundaram colónias por todo o mediterrâneo, eram “cidades gémeas” com quem faziam um comércio intenso. - Para facilitar o comércio passaram a utilizar a moeda – o dracma
  • 13. Ânforas com azeite e com vinho
  • 14. A Sociedade Ateniense No século V a. C., a sociedade Ateniense era composta por: - CIDADÃOS - METECOS - ESCRAVOS
  • 15. A Sociedade Ateniense Cidadãos - Homens livres; - Maiores de 18 anos; - Filhos de pai e mãe ateniense. - Só os cidadãos tinham direitos políticos e por isso só eles podiam participar no governo da cidade - Só eles podiam possuir terras
  • 16. A Sociedade Ateniense Família dos Cidadãos - Mulheres e jovens com menos de 18 anos - As mulheres não tinham quaisquer direitos políticos, não podia participar no governo da cidade. - Também não podia participar na vida pública e cultural da cidade. - Estava sempre na dependência do pai, marido, irmão ou do parente masculino Mais próximo. - Nas casas gregas havia um espaço dedicado exclusivamente às mulheres - o Gineceu – onde passavam a maior parte do tempo e onde cuidavam dos filhos, onde bordavam e teciam
  • 17. A Sociedade Ateniense Metecos - Estrangeiros que viviam em Atenas; - Eram homens livres mas não tinham direitos políticos; - Tinham que pagar impostos e cumprir o serviço militar; - Não tinham direito a ter terras; - Dedicavam-se ao comércio e ao artesanato;
  • 18. A Sociedade Ateniense Escravos - Grupo mais numeroso da sociedade ateniense - Geralmente eram prisioneiros de guerra, raptados por piratas ou cidadãos condenados por dívidas. - Não eram livres e não tinham direitos - Geralmente faziam os trabalhos mais duros (minas, construção, agricultura) - Em situações especiais podia conseguir a liberdade
  • 19. A Sociedade Ateniense LIVRES NÃO LIVRES
  • 20. A Democracia na Época de Péricles 1. Bulé – Assembleia formada por 500 cidadãos que preparam as leis a aprovar pela Eclésia 2. Velha Bulé
  • 21. A Democracia na Época de Péricles 3. Eclésia – Assembleia formada por todos os cidadãos atenienses que votavam as leis, reunia-se na Pnix. Tribunal do Helieu - Para impedir injustiças eram sorteados anualmente 6000 cidadãos para serem juízes no Helieu.
  • 22. A Democracia na Época de Péricles 4. Areópago – tribunal onde os antigos arcontes julgavam os crimes de morte e religiosos. No Areópago cada jurado introduzia uma placa de bronze com o seu nome numa ranhura do Kleroterion (4), instrumento de pedra que servia para tirar à sorte o nome dos jurados ou dos magistrados que iriam servir no tribunal de forma rotativa. Este processo garantia igualdade absoluta entre os cidadãos e evitava qualquer corrupção na partilha dos cargos.
  • 23. A Democracia na Época de Péricles 5. Relógio de água – era utilizado para controlar o tempo dos oradores no tribunal os quai só podiam falar durante o tempo em que a água demorava a passar de uma taça para a outra.
  • 24. A Democracia na Época de Péricles 6. Mercado – edifício de maior cumprimento . Por toda a cidade ainda podiamos encontrar edifícios dedicados à higiene, educação e lazer: o ginásio , o estádio , os balneários e o teatro Para além da Bulé e dos Tribunais também havia dois órgãos dirigidos por magistrados Arcontes – 10 cidadãos sorteados que organizavam os tribunais e o culto dos deuses; julgam casos de morte. Estrategos – 10 cidadãos eleitos comandavam o exército e aplicavam as leis.
  • 25. Religião e Cultura A Formação do Cidadão Ateniense Rapazes - Até aos 7 anos eram educados pela mãe, no Gineceu. - A partir dos sete frequentavam a escola onde aprendiam a ler escrever e a recitar os poemas dos poetas. - Aos 12 aprendiam cálculo, música oratória, gramática e praticavam ginástica. - Aos 15 estudavam ciências e leis. - Os adolescentes frequentavam a ágora, onde conversavam e aprendiam com os filósofos. - Aos 18 iniciavam a sua preparação militar e tornavam-se cidadãos. Os atenienses procuravam dar uma educação ecléctica aos seus filhos, ou seja Uma educação completa em todos os aspectos: moral , intelectual , física e cívica Raparigas - eram educadas, em casa, pelas mães que as preparavam para serem esposas dedicadas e boas administradoras da casa. - Só as mais ricas aprendia a ler, escrever e música.
  • 26. Religião e Cultura Os Gregos eram POLITEÍSTAS , prestavam culto a vários Deuses Os Gregos acreditavam que os Deuses eram semelhantes aos Homens ,podiam mesmo andar entre eles e tinham os mesmos defeitos e virtudes Eram Antropomórficos (Forma Humana) Os Deuses distinguiam-se dos Homens porque: - Tinham poderes sobrenaturais ; - podiam assumir a forma que desejassem ( metamorfose ); - eram imortais . Por toda a Grécia havia santuários dedicados ao cultos dos Deuses. Atenas tinha como protectora a Deusa Atena (sabedoria e e ciência), a quem os atenienses dedicavam grandes festividades: as Pan-Ateneias . As festividades incluíam jogos desportivos, teatro, procissões, sacrifício de animais, entre outros.
  • 27. Religião e Cultura Por vezes os Deuses tinham casos amorosos com humanos. Os filhos saídos Dessas relações eram considerados heróis ou semideuses Hércules ou Héracles , Teseu e Édipo são os Heróis mais conhecidos da mitologia grega. Os Gregos adoravam os seus deuses: - em casa, nos altares domésticos - Nos grandes santuários (templo de Apolo em delfos, templo de Zeus, em Olímpia) Neles faziam-se festas, onde vinham pessoas de toda a Grécia, por isso estas festas são conhecidas como cultos pan-helénicos. - Cada Cidade estado tinha o seu deus protector, em sua honra faziam culto cívicos ou públicos, onde realizavam actividades culturais e desportivas, como: cortejos, teatros e jogos. De todos os jogos pan-helénicos destacam-se os jogos olímpicos .