Novos soldos das Forças Armadas do Brasil

  • 110,385 views
Uploaded on

Novas tabelas de soldo para os próximos três anos, em anexo ao Decreto Lei que trata do reajuste.

Novas tabelas de soldo para os próximos três anos, em anexo ao Decreto Lei que trata do reajuste.

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
  • ISSO É SALÁRIO?.....
    Are you sure you want to
    Your message goes here
  • Caro Heitor. Creio que o fato de os militares não terem a única arma que conta para valer numa democracia do tipo que está funcionando (mal diga-se de passagem pois está a minar sua própria existência pela má qualidade dos que a estão exercendo) no Brasil, a única maneira baseia-se num ponto muito difícil: que os militares se unam, o que é atrapalhado pelo maldito modelo atual de hierarquia e disciplina aplicado nos quartéis, que confunde hierarquia com submissão, e que alguns oficiais querem exportar para a vida civil. Na verdade, não lhes é dada instrução suficiente para aprenderem a viver politicamente e, além disso, eles são em número ínfimo, vide números de oficiais generais e superiores, em relação a intermediários, tenentes e graduados e assim, querem se manter no comando do lado de fora. Infelizmente, em nível nacional, apenas um sargento (que acabou por se sujar e, por tabela, sujar a classe se saiu melhor ultimamente, que foi o ministro dos transportes, Alfredo Nascimento e isso foi péssimo.
    Para se construir base política não adianta quase nada ser um Heleno (Eleno?) que ficou na dele até 4 estrelas e no fim, quando nada mais tinha a perder e ai, diante do excesso de erros que se cometeram e da pressão, abriu o bico. Merece respeito mas, e quanto a votos??? Será que todos os seus ex comandados votariam nele ou lembrariam de seus arrochos durante os 40 anos de tropa e gabinetes? Acho que ai reside o perigo. Eles não confiariam em sargentos e vice versa em muitos, talvez maioria dos casos e, uma lembrança muito emblemática foi o caso Andreazza o qual tinha aceitação geral (as obras como a ponte Rio-Niterói e afins deram-lhe fama entre muita gente de fora da farda e podia até colar) mas, para ele substituir o general de então foi barrado abruptamente pela declaração baseada na triste lógica: 'Eu não vou prestar continência a um coronel!', de uma estupidez política sem tamanho, dita, lógico, por um general... E isso ajudou a acelerar o processo de finalização dos governos militares.

    Até o histriônico - apelido que tem na câmara e alhures - Bolsonaro é sacaneado, apesar de seu espernear constante; parece que ele gostaria de ser o Ministro da Defesa de tanto que bate no napolenanico atual mas, acho que isso, e não a inércia dos atuais, provocaria um terremoto se fosse pra frente; e, ele e nós sabemos que dificilmente o (des)governo se arriscaria a por lá alguém de opinião forte pois, o ideal é ter ali um sujeito que fique caladinho mesmo ao levar bolachas e ser posto de joelhos!
    Existe até um Partido Militar - que para não variar parece estar sendo dirigido por um oficial e talvez seja uma proposta até boa para começar a se impor. Para que tenhamos nossa força política implantada e respeitada deveria acabar essa base preconceituosa e o pessoal aprender a pensar politicamente ao menos nas vantagens que teríamos. Caso os que tem competência de pensar estrategicamente o fizessem pelo pessoal militar das FFAA, analisaria cada estado nos âmbitos local e nacional, veria quantos votos são necessários para deputados vereadores, deputados estaduais, federais, senadores e, quando fossem levantar quantos militares da ativa e da reserva, familiares e amigos que podem ser levados a votar num partido sério, com problemas é claro mas, sabidamente voltado para o bem do País, se surpreenderiam ao saber que é totalmente viável eleger uma forte base parlamentar pois militares em condições os há, ligados ou não a outras forças - vide as religiosas de boa fé - sociais e que são mais que viáveis; é claro que a partir desse movimento, os inimigos da decência e do Brasil se movimentariam também e talvez até os empresários que sustentam a canalhice apoiariam os bandidos mas, pouca gente já atentou para nossa força social. E, lembremos, os militares formaram milhões de reservistas nos quais incutiram valores, que já vinham das famílias mas foram lapidados nos quarteis das FFAA e muitas pessoas tem seus ex-sargentos e comandantes oficiais em muito alta conta. Isso é uma base incomensurável mas os militares não sabem pensar assim. É uma pena e um desserviço ao Brasil.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
  • Reginaldo, depois de observar o post todo vi que errei a colocação. Pelo menos, vê-se que há algumas (poucas, infelizmente) pessoas que sabem sobre o assunto de verdade para poder comentar. Valeu e desculpe, apesar de sabermos, creio, que discordar faria parte da discussão pois há muita luz a lançar sobre o assunto para esclarecer outros que estejam participando de boa fé.
    O que espero de verdade não é que a supremacia dos militares no país volte como aconteceu em alguns pontos no passado mas, se e quando a população decidir dar um fim no descalabro que está campeando por ai, seja possível dar a devida resposta, dentro do que prevê a Constituição Federal.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
  • Flávio Pikana Lemos at ESPAM
    Não discordo de nada que você disse. Apenas respondi à crítica feita pelo outro camarada, que demonstrou desconhecer a vida militar. Ou seja, as soluções que ele apresentou, na realidade, não resolvem nada.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
  • É uma pena dependermos da boa vontade politica salarial do Governo Federa, os Chefes Militares nao tem força e nem vemos vontade de brigar pelos seus subordinados. Não temos representantes no Congresso, pelo menos para brigar por mudança na politica tributaria, que acaba de afundar o assalariado.
    ,
    Are you sure you want to
    Your message goes here
No Downloads

Views

Total Views
110,385
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
4

Actions

Shares
Downloads
2,322
Comments
80
Likes
19

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide