0
Dresden em 1900. Chamada de A Florença do rio Elba
Outra bela foto
O Stadtschloss “ City Palace “
O famoso Portal Zwinger em 1900
A Frauenkirche “ Igreja de Nossa Senhora“ construída em 1743
A Praça do Teatro e a Hofkirche
“ Augusto II o Forte “
nasceu em Dresden em 1670,
e governou a Saxônia de 1694
até 1733 como Príncipe-Elector.
De 1697 - 1...
Lust-Schloss Pillnitz
A aparência mediterrânea do Schloss Albrechtsberg
Augusto II morreu em 1733 em Varsóvia como Rei da Polônia, e
como Príncipe-Elector da Saxônia. Ele ordenara que seu coraçã...
Em 13 de fevereiro de 1945, o céu noturno
sobre Dresden se prepara para testemunhar
o que pode ser chamado de “um inferno ...
Ao anoitecer, o ataque de bombardeiros britânicos em 13 de fevereiro de 1945.
O brilho das bombas incendiárias ilumina Dresden
Após o pesado bombardeio de Dresden, na noite de 13/14 de
fevereiro, muitas brigadas de bombeiros e equipes de resgate,
be...
Bombardeiros Stirling britânicos atacam Dresden, 14 de fevereiro.
O próximo grupo de ataque a caminho
Bombardeiros B-17 americanos descarregam suas cargas mortais.
Mais bombardeiros americanos sobre Dresden.
Bombardeio diurno pelos americanos em 15 de fevereiro
Dresden foi atacada na noite de 13 de fevereiro por cerca de
700-800 bombardeiros britânicos, com 3.000 bombas de alto
teo...
Os corpos estão em todos os lugares da cidade.
Para evitar doenças, os corpos foram cremados.
A triste tarefa de coletar corpos.
Uma pira crematória – filme Agfa
Dresden queimou por sete dias.
Aquele que esqueceu como chorar, vai reaprender,
ao ver a destruída cidade de Dresden.
Gerhart Hauptmann in 1945
(Poet and...
A estátua parece dizer:
Vejam o que aconteceu
com a minha amada Dresden
Caminhando entre os destroços
Remoção de destroços em frente a destruída Fraenkirche.
Uma paisagem surreal – ovelhas pastando próximo às ruínas da FrauenKirche.
Dresden em 1949. Quatro anos após o término da guerra.
Estas são as ruínas da antiga
FrauenKirche tal como ficaram
por mais de 48 anos, no centro
de Dresden, como uma memória
da...
Esta é Dresden sem a Frauenkirche, apenas sua silhueta é mostrada,
na exata posição em ela ficava.
O esforço de um grupo d...
A nova Frauenkirche começa a tomar forma.
Grant McDonald um artista e
escultor britânico recebeu a
encomenda de compatritas seus,
para fazer esta cruz de ouro
para ...
Ik wens jullie allen een gezond 2007
Gro
etje
s
jant
jebe
ton
A cúpula com a cruz de ouro. No fundo parte das ruínas.
Trabalhos quase completados
É como um milagre.
Dresden ganhou uma
nova e magnífica
Frauenkirche.
Os pontos escuros, bem
visíveis, são as velhas
pedras...
Dresden parece intacta e novamente completa.
O interior restabelece o antigo esplendor.
A velha cruz, calcinada, permanece como um aviso.
Uma vista interna do domo da rotunda.
O reconstruído “ Zwinger “
A Semper Opera House
Uma bela tarde em Dresden
A Frauenkirche ao pôr do Sol
Esta apresentação sobre a
destruição de Dresden apenas tenta
mostrar o que o homem é capaz de
fazer, quando numa guerra.
O...
Dresden: o inferno na terra.
Dresden: o inferno na terra.
Dresden: o inferno na terra.
Dresden: o inferno na terra.
Dresden: o inferno na terra.
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Dresden: o inferno na terra.

7,614

Published on

Documentário sobre a triste história da cidade alemã de DRESDEN, bombardeada de forma arrasadora pelos aliados na 2a. Guerra Mundial.
Vejam como ficou a cidade, até então conhecida como a "Florença do Rio Elba", depois do bombardeio ininterrupto pela aviação aliada (13 a 15/Fev/1945).
E por fim, como ficou a cidade de Dresden, totalmente reconstruida no pós-guerra.

Published in: Internet
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
7,614
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
19
Actions
Shares
0
Downloads
3
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "Dresden: o inferno na terra."

  1. 1. Dresden em 1900. Chamada de A Florença do rio Elba
  2. 2. Outra bela foto
  3. 3. O Stadtschloss “ City Palace “
  4. 4. O famoso Portal Zwinger em 1900
  5. 5. A Frauenkirche “ Igreja de Nossa Senhora“ construída em 1743
  6. 6. A Praça do Teatro e a Hofkirche
  7. 7. “ Augusto II o Forte “ nasceu em Dresden em 1670, e governou a Saxônia de 1694 até 1733 como Príncipe-Elector. De 1697 - 1704, e novamente de 1709 - 1733 ele governou também como Rei da Polônia. August II foi de grande influência para Dresden. Muitos prédios no estilo barroco foram construídos no seu tempo como Kurfurst Principe-Elector. Ele admirava a arquitetura italiana e utilizou muitos artesãos italianos na construção da Dresden de seus sonhos
  8. 8. Lust-Schloss Pillnitz
  9. 9. A aparência mediterrânea do Schloss Albrechtsberg
  10. 10. Augusto II morreu em 1733 em Varsóvia como Rei da Polônia, e como Príncipe-Elector da Saxônia. Ele ordenara que seu coração deveria ser enterrado na Hofkirche em Dresden. Seu corpo foi enterrado na Catedral em Krakow, Polônia. Sob sua direção a cidade de Dresden se tornou um tesouros culturais da Europa.
  11. 11. Em 13 de fevereiro de 1945, o céu noturno sobre Dresden se prepara para testemunhar o que pode ser chamado de “um inferno na terra.”
  12. 12. Ao anoitecer, o ataque de bombardeiros britânicos em 13 de fevereiro de 1945.
  13. 13. O brilho das bombas incendiárias ilumina Dresden
  14. 14. Após o pesado bombardeio de Dresden, na noite de 13/14 de fevereiro, muitas brigadas de bombeiros e equipes de resgate, bem como médicos e enfermeiras foram chamados de cidades vizinhas. Eles tentaram combater o inferno de chamas e salvar os habitantes e feridos. Quando o segundo ataque começou, na noite de 14/15, eles foram pegos desprevenidos e a maior parte deles pereceu neste segundo violento ataque. Bombardeiros americanos finalizaram a sequência de ataques com um bombardeio diurno efetuado por mil aviões, em 15 de fevereiro.
  15. 15. Bombardeiros Stirling britânicos atacam Dresden, 14 de fevereiro.
  16. 16. O próximo grupo de ataque a caminho
  17. 17. Bombardeiros B-17 americanos descarregam suas cargas mortais.
  18. 18. Mais bombardeiros americanos sobre Dresden.
  19. 19. Bombardeio diurno pelos americanos em 15 de fevereiro
  20. 20. Dresden foi atacada na noite de 13 de fevereiro por cerca de 700-800 bombardeiros britânicos, com 3.000 bombas de alto teor explosivo, para destruir os telhados e a infraestrutura da cidade. O mesmo número de aviões, no segundo ataque, descarregou 500.000 pequenas bombas incendiárias com o objetivo de incendiar os prédios já danificados e dutos de gás rompidos. Do ponto de vista estratégico isto funcionou muito bem. Uma tempestade de fogo varreu a cidade, gerando um verdadeiro furacão em função das altas temperaturas dos incêndios, dificultando trabalhos humanitários além de matar por sufocamento. O número oficial de mortos foi de 35.000 o que é um número de propaganda, totalmente irreal, uma vez que muitos refugiados, principalmente da Silésia estavam abrigados na cidade. Em realidade este número, com base em dados e análises no pós-guerra, está entre 150.000 e 300.000 pessoas.
  21. 21. Os corpos estão em todos os lugares da cidade.
  22. 22. Para evitar doenças, os corpos foram cremados.
  23. 23. A triste tarefa de coletar corpos.
  24. 24. Uma pira crematória – filme Agfa
  25. 25. Dresden queimou por sete dias.
  26. 26. Aquele que esqueceu como chorar, vai reaprender, ao ver a destruída cidade de Dresden. Gerhart Hauptmann in 1945 (Poet and Nobel Prize Laureate for Literature in 1912)
  27. 27. A estátua parece dizer: Vejam o que aconteceu com a minha amada Dresden
  28. 28. Caminhando entre os destroços
  29. 29. Remoção de destroços em frente a destruída Fraenkirche.
  30. 30. Uma paisagem surreal – ovelhas pastando próximo às ruínas da FrauenKirche.
  31. 31. Dresden em 1949. Quatro anos após o término da guerra.
  32. 32. Estas são as ruínas da antiga FrauenKirche tal como ficaram por mais de 48 anos, no centro de Dresden, como uma memória da Segunda Guerra Mundial. Estes materiais de construção foram totalmente incorporados no novo prédio, assim como milhares de outras pedras que estavam nos destroços. Com a ajuda de um programa de computador forma determinadas a posição que cada pedra ocupava antes da destruição.
  33. 33. Esta é Dresden sem a Frauenkirche, apenas sua silhueta é mostrada, na exata posição em ela ficava. O esforço de um grupo de cidadãos para a reconstrução logo recebeu o reforço de uma campanha mundial para obtenção de fundos para a reconstrução. Em 1994 os trabalhos de reconstrução começaram, sendo completados em 2005. Neste processo, com a duração de uma década muitos conhecimentos esquecidos tiveram que ser reaprendidos pelos pedreiros.
  34. 34. A nova Frauenkirche começa a tomar forma.
  35. 35. Grant McDonald um artista e escultor britânico recebeu a encomenda de compatritas seus, para fazer esta cruz de ouro para o topo da cúpula. Por ironia de destino, seu pai fora piloto de bombardeiro na guerra, voando várias missões sobre a Alemanha, Dresden inclusive.
  36. 36. Ik wens jullie allen een gezond 2007 Gro etje s jant jebe ton A cúpula com a cruz de ouro. No fundo parte das ruínas.
  37. 37. Trabalhos quase completados
  38. 38. É como um milagre. Dresden ganhou uma nova e magnífica Frauenkirche. Os pontos escuros, bem visíveis, são as velhas pedras reutilizadas, nos seus lugares originais.
  39. 39. Dresden parece intacta e novamente completa.
  40. 40. O interior restabelece o antigo esplendor.
  41. 41. A velha cruz, calcinada, permanece como um aviso.
  42. 42. Uma vista interna do domo da rotunda.
  43. 43. O reconstruído “ Zwinger “
  44. 44. A Semper Opera House
  45. 45. Uma bela tarde em Dresden
  46. 46. A Frauenkirche ao pôr do Sol
  47. 47. Esta apresentação sobre a destruição de Dresden apenas tenta mostrar o que o homem é capaz de fazer, quando numa guerra. O Terceiro Reich da Alemenha foi responsável por muitas atrocidades na Segunda Guerra Mundial. Mas não devemos atribuir culpa somente para um país. Em vez disto, devemos aprender com o passado, o que é muito importante nos nossos dias quando observamos os conflitos ao redor do mundo.
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×